conecte-se conosco


Agro News

Aprosoja Brasil pede a governo que defenda produção sustentável de soja no Cerrado

Publicado

Aprosoja Brasil pede a governo que defenda produção sustentável de soja no Cerrado

Créditos: Foto: Vinicius Tavares

31 de Julho de 2019

Representantes dos produtores de soja de todo o Brasil entregaram à ministra da Agricultura Tereza Cristina a Carta de Palmas, documento na qual os sojicultores pedem que o governo federal se manifeste contra a moratória da soja na região do Cerrado conhecida como Matopiba, que abrange áreas dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. O encontro ocorreu nesta terça-feira (30/7), em Brasília.

A Carta De Palmas é resultado do seminário Soja Responsável – Produzindo com Sustentabilidade, realizado em Palmas (TO), em julho, em parceria entre a Aprosoja Brasil e pelas Aprosojas estaduais, e que discutiu dados da Embrapa Territorial.

No manifesto, a moratória é classificada como uma campanha publicitária financiada por organizações não governamentais da Europa com o objetivo de denegrir a imagem do agro brasileiro. Ainda de acordo com a Carta, o Cerrado brasileiro não está ameaçado de acabar e a soja não é fator relevante de desmatamento, nem neste bioma, nem no bioma amazônico.

Veja Também:  Presidente Antonio Galvan avalia Missão USA da Aprosoja Brasil

“O Matopiba está 72% preservado, sendo que a agricultura ocupa apenas 5% de sua área, enquanto que a soja abrange 3% da área originalmente ocupada pelo bioma na região”, consta do documento.

No encontro, os produtores defenderam o realinhamento institucional da Embrapa e o reconhecimento dos dados da Embrapa Territorial como fonte de informações sobre o uso e ocupação do solo no Brasil.

A comitiva também entregou o documento ao secretário executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes, ao ministro Alexandre Ghisleni, do Departamento de Promoção do Agronegócio do Ministério de Relações Exteriores, e ao assessor especial da Casa Civil, Abelardo Lupion, que se comprometeu a envolver outras áreas do governo na defesa do agronegócio brasileiro, e aproveitou a presença na Casa Civil do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, para falar sobre a iniciativa.

Participaram das visitas o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz Pereira, o presidente da Aprosoja Goiás, Adriano Barzotto, o presidente da Aprosoja Tocantins, Maurício Buffon, o diretor administrativo da Aprosoja Mato Grosso, Lucas Beber, o diretor executivo da Aprosoja MT, Wellington Andrade e o diretor executivo da Aprosoja Brasil, Fabrício Rosa.

Veja Também:  Alunos elogiam Academia de Liderança Master

 

Fonte: Aprosoja Brasil

Ascom Aprosoja Brasil

Contatos: (61) 3551-1640

Comentários Facebook
publicidade

Agro News

Alunos elogiam Academia de Liderança Master

Publicado

Fortalecimento Institucional

Alunos elogiam Academia de Liderança Master

Estão surpresos com o conteúdo

16/08/2019

“Está valendo a pena participar”. Essa é a avaliação dos alunos da primeira turma da Academia de Liderança Master, idealizada pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). O segundo módulo foi realizado nos dias 15 e 16 de agosto, com análise positiva dos participantes.

Uma das acadêmicas que teceu elogios ao projeto é a produtora de Lucas do Rio Verde e delegada suplente da Aprosoja-MT, Lucimeire Balzan Cella. Para ela, os dois primeiros módulos são essenciais para ter sucesso na liderança. “Esse ponta pé é fundamental para o sucesso. O curso está muito dinâmico, bastante atrativo e a gente nem vê as horas passarem. Os dois primeiros módulos são sequenciais e nos trazem o suporte que precisamos para nos conhecer e como lidar com as emoções no dia a dia. Muito conhecimento e equilíbrio para alcançar as metas”, avaliou.

A delegada coordenadora e produtora rural em Primavera do Leste, Rosana Galbieri Legal enfatizou que a Academia Master garante maior aplicação dos conceitos já ensinados na tradicional Academia. O conteúdo das aulas surpreendeu a produtora. “Com certeza está valendo muito a pena participar. O autoconhecimento, inteligência emocional foram dois módulos bem importantes. O que eu vi aqui era o que eu procurava: algo para que eu me conhecesse, mas também com atuação. Como fazer o acerto maior é se conhecendo. Você conhece e identifica melhor seus colaboradores, a sua forma de liderar e contribui para uma equipe mais produtiva. Esse curso traz muito mais do que eu esperava”, disparou.

O produtor de Lucas do Rio Verde, Ronaldo Silva também disse que está valendo a pena participar do treinamento. Ele destacou o primeiro módulo, que o ajudou a se se conhecer melhor. “O primeiro módulo me ajudou a me conhecer pelos meus próprios olhos, me fez sair para fora e me enxergar”, contou.

Já o produtor de Sinop, Leonildo Bares enfatizou o trabalho relacionado a personalidade e parabenizou a Aprosoja Mato Grosso pela iniciativa de investir na formação de líderes mais assertivos. “Estamos trabalhando bastante a nossa personalidade e das outras pessoas também. Como líder, identificar as referências das pessoas, para saber lidar com elas. Estou achando muito positivo, muito bacana. Eu não esperava que aos 58 anos de idade pudesse estar aprendendo igual um garoto de primário. Parabéns a Aprosoja pela iniciativa, que é um grande passo para produção agrícola de Mato Grosso. Obrigado pela oportunidade que vocês estão me dando”, disse.

Master – O curso é um a espécie de pós-graduação para líderes já formados no tradicional treinamento da Aprosoja Mato Grosso. O treinamento “FAL in company – Formação Avançadas de Líderes” será ministrado pelo Grupo Valure.

O FAL é um programa que combina etapas de avaliação sistêmica do gestor, treinamento das mais atuais metodologias e ferramentas para liderança agregado com o coaching, que proporciona mais segurança na aplicação da prática do aprendizado de novos comportamentos.

 

Veja Também:  Presidente Antonio Galvan avalia Missão USA da Aprosoja Brasil

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Presidente Antonio Galvan avalia Missão USA da Aprosoja Brasil

Publicado

Fortalecimento Institucional

Presidente Antonio Galvan avalia Missão USA da Aprosoja Brasil

Destacou a recepção do embaixador do Brasil em Whashington

16/08/2019

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) e vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), Antonio Galvan, avaliou a Missão Estados Unidos como bastante produtiva. Dentre as agendas realizadas pelo grupo, estão a visita a sede da Bolsa de Chicago, encontro com produtores de grãos do Estado de Illinois e a pesquisadores da Universidade de Wisconsin. A viagem foi encerrada com a ida a embaixada brasileira, em Whashington.

Na embaixada os produtores trataram sobre as relações comerciais entre Brasil e Estados Unidos, os impactos da guerra comercial com a China e as medidas que precisam ser tomadas para ampliar e consolidar mercados aos produtos brasileiros no exterior. Na oportunidade, a Aprosoja Brasil entregou ao embaixador a Carta de Palmas, documento em que os sojicultores brasileiros reafirmam a sustentabilidade da soja no cerrado.

Galvan destacou sobretudo, a recepção do embaixador do Brasil em Whashington, Nestor Forster Jr. “Ficamos muito contentes e satisfeitos com a forma que fomos recebidos. Abordamos diversos assuntos internacionais e pudemos sentir a disposição do embaixador em colaborar com os temas. Foi uma surpresa pra mim, especialmente, quando o embaixador me elogiou com relação a minha fala em Bruxelas.”, avaliou o presidente.

Em Washington a comitiva esteve reunida também com o EPA, a agência de proteção ambiental, e com o USDA, para avaliação sobre as perspectivas para o mercado de grãos nos próximos anos. Ainda na capital americana, visitaram a sede da American Soybean Association (ASA), onde também foram recebidos por representantes da National Corn Growers Association (NCGA), do setor de milho. Na ocasião, produtores de grãos dos dois países falaram sobre previsões do USDA e a expectativa de demanda mundial.

Ainda de acordo com Galvan, após as visitas foi possível perceber que o setor caminha com dificuldades parecidas com a realidade brasileira. “Realmente a dificuldade do produtor rural dos Estados Unidos é tão ou pior que a nossa no Brasil. Os relatos que ouvimos são bastante preocupantes, mas estaremos atentos”, disse o presidente da Aprosoja Mato Grosso.

Participam representantes da Aprosoja- MT, Aprosoja-MS, Aprosoja-MG, Aprosoja-GO, Aprosoja-PI, Aprosoja-TO, Aprosoja-PA, Aprosoja-SP, além da Famato, Famasul, e da Comissão de Grãos da CNA.

“Após a viagem faremos um documento com o relato de tudo que presenciamos durante a missão da Aprosoja Brasil, que será apresentado a todos os produtores de soja do nosso país”, finaliza Antonio Galvan.

 

Veja Também:  Presidente Antonio Galvan avalia Missão USA da Aprosoja Brasil

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Sojicultores visitam Bolsa de Chicago e investigam desafios e oportunidades

Publicado

Sojicultores visitam Bolsa de Chicago e investigam desafios e oportunidades

Missões internacionais

Créditos: Foto: Vinicius Tavares

14 de Agosto de 2019

Uma comitiva de produtores de soja lideradas pela Aprosoja Brasil visitou a sede da Chicago Board os Trader (CBOT), a Bolsa de Valores responsável pelas principais negociações mundiais do mercado de grãos. A visita aconteceu na manhã de segunda-feira (12/8), data da divulgação do relatório de safra do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

A comitiva foi recebida pela diretora de Negócios da CME Group para as Américas, Anne Schankin, brasileira que há 14 anos atua diretamente na CBTO e que deu orientações sobre a atuação da Bolsa de Valores, suas origens e importância.

Mais cedo, os sojicultores estiveram mais cedo na sede da AG Resources Company (ARC), empresa que desde 1987 oferece consultoria a produtores de grãos nos principais mercados do continente. E ouviram uma palestra do presidente da empresa, Dan Basse, sobre as principais tendências para o mercado mundial de commodities.

Apesar da chuva que atinge o estado de Illinois, o grupo visitou um produtor de milho do município de Sheffield, distante cerca de 200 km de Chicago, para ver de perto os desafios e oportunidades para os produtores da região.

Participam da missão o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz Pereira, o vice-presidente Antônio Galvan, que preside a Aprosoja Mato Grosso, o deputado estadual Fderedico Dávila (SP), representando a Aprosoja SP, e os presidentes das Aprosojas estaduais Alzir Neto (PI), André Dobashi (MS), Wesley Barbosa (MG), Vanderlei Ataídes (PA), Adriano Barzotto (GO) e Maurício Buffon (TO).

Integram a missão o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Marcos da Rosa, o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Sul (Farsul), Elmar Konrad, o presidente da Comissão de Grãos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Luis Alberto Moraes Novaes, o diretor executivo da Aprosoja Brasil, Fabrício Rosa, e o consultor técnico da Aprosoja MT, Wanderlei Guerra.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana