conecte-se conosco


Política MT

Deputado cobra melhorias para as rodovias da região oeste

Publicado

Dr. Gimenez frisa que as rodovias da região são fundamentais para o escoamento da produção da agricultura familiar e pecuária, além de transitar por ela diariamente milhares de estudantes

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Devido ao alto índice de acidentes nas rodovias da região oeste, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) cobrou, durante a sessão parlamentar, investimentos do governo do estado. Ele reapresentou 12 indicações que cobram, prioritariamente, recuperação e sinalização de estradas que estão em péssimas condições. 

“Não temos mais a justificativa do decreto de calamidade financeira, portanto, peço sensibilidade ao governador e ao secretário de Infraestrutura para que olhem para a nossa região onde este governo teve excelente votação e onde a população aguarda respostas para os problemas”, afirmou o deputado na tribuna.

Já existe uma ação do Ministério Público Estadual (MPE) exigindo da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) que faça melhorias na MT-175, conhecida como “Rodovia da Morte”, que corta vários municípios e vai até a BR-174, no entroncamento do Cacho. No final do ano passado, um jovem de 24 anos morreu no trecho entre Mirassol D’Oeste e São José dos Quatro Marcos. 

“Essas obras são de extrema importância porque a estrada está em péssimas condições de trafegabilidade, com muitos buracos, não tem acostamento, o mato está invadindo a pista e a sinalização é bastante precária, tudo isso vem resultando quase que semanalmente em acidentes, muitos deles fatais”, lamentou Dr. Gimenez. Sem sinalização e totalmente esburacada, a MT 175 é uma das prioritárias devido ao volume de acidentes e muitas mortes

Veja Também:  Interação social e postura diante de crises são temas discutidos em roda de conversa que marca o Janeiro Branco

Foto: ROSE DOMINGUES

Entre as indicações, também estão pedidos de recuperação para a MT-339 de Glória D’Oeste até a BR-174. Essa rodovia é estratégica porque beneficia 11 municípios, entre eles, Quatro Marcos, Mirassol, Araputanga, Indiavaí, Figueirópolis D’Oeste e Jauru. Além disso, facilita o acesso de Curvelândia, Rio Branco, Salto do Céu, Reserva do Cabaçal e Lambari D’Oeste, à região médio-norte. 

Outra demanda urgente é para pavimentação asfáltica de um trecho de 5,6 km da MT-250, no município de Mirassol D’Oeste, que inclui trechos da rodovia 175 em Curvelândia e da MT-475 de Aparecida Bela. Essa melhoria, segundo o deputado, vai favorecer o acesso dos trabalhadores da usina de álcool e do frigorífico, incentivando o desenvolvimento econômico regional. 

“Recebemos muitas cobranças para a MT-339, entre Quatro Marcos e Glória D’Oeste, que nunca saiu do papel, e é um trecho perigoso. É importante destacar que as estradas são um meio de acesso da população e de entrada e saída de produtos, somos hoje um polo de produção na agricultura familiar e temos o maior rebanho bovino do Estado. Além disso, os investimentos vão dar mais segurança a milhares de estudantes que transitam entre Cáceres, Mirassol, Quatro Marcos e Araputanga”. 

Para a MT-248, a demanda é para a construção de uma pista de caminhada entre o auto posto da cidade até a ponte sobre o Rio Brigadeiro, em Figueirópolis D’Oeste, que conforme o vereador Anísio Peres, vai beneficiar diretamente a população. “É um projeto importante que visa estimular a prática de exercícios e ainda dar mais segurança aos trabalhadores do município que fazem uso da rodovia diariamente”.  A precariedade das rodovias na região é alvo de ação do Ministério Público Estadual

Veja Também:  Ulysses Moraes encaminha requerimento de informação acerca de R$ 150 mil liquidados

Foto: ROSE DOMINGUES

Também são cobrados serviços de recuperação, com posterior sinalização da MT-170, entre o entroncamento com a BR-174, onde fica o Distrito do Caramujo/Cáceres, passando por Curvelândia, Lambari D’Oeste, Rio Branco e Salto do Céu. 

“Esse é um trecho totalmente esquecido pelas gestões passadas que nunca recebeu manutenção e que se encontra uma lástima, mas que compreende uma região belíssima, um cartão-postal do turismo no berço das águas do oeste mato-grossense com incontáveis belezas naturais, como cachoeiras, grutas, lagoas de águas cristalinas, trilhas e praias de água doce”. 

O parlamentar também apresentou uma nova indicação reforçando a necessidade de recuperação e sinalização na MT-175, do entroncamento do Cacho (BR-174), até o município do Jauru. A exigência é dos vereadores Elias Lopes, João Martins Martinez, Edson Domingos da Silva e Ronaldo Jardim dos Santos. “Trafegar em dias chuvosos e à noite é bastante perigoso por estar em péssimas condições e sem nenhuma sinalização”, afirmou Lopes. 
 

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Mesa Diretora lamenta falecimento de Benedito Botelho, pai do presidente da AL

Publicado

Foto: ARQUIVO PESSOAL / ALMT

A Assembleia Legislativa vem a público expressar sentimento de pesar e prestar condolências à família do presidente da Casa de Leis, deputado Eduardo Botelho, pelo falecimento do seu  pai, senhor Benedito Caetano Botelho, na manhã desta sexta-feira (17).

Seo Chinhô, como era conhecido, era natural de Livramento, completou 95 anos em setembro, e tratava de câncer há três anos. Ele deixou nove filhos e viúva, senhora Leopoldina Fontes Maia.

O velório está previsto para acontecer nesta sexta-feira (17), a partir das 16 horas, na funerária Capelas Jardins – em Cuiabá.

Comentários Facebook
Veja Também:  Deputados derrubam veto do governo e lei orgânica do Tribunal de Contas é alterada
Continue lendo

Política MT

Ulysses Moraes encaminha requerimento de informação acerca de R$ 150 mil liquidados

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) encaminhou um requerimento de informação para que seja enviado ao chefe da Casa Civil do Estado de Mato Grosso acerca da liquidação e do suposto recebimento por parte do governador de maneira, de acordo com o parlamentar, que afronta os cofres públicos.

“Como compete ao parlamentar fiscalizar as ações ligadas ao estado de Mato Grosso, solicitei hoje durante a sessão, através de requerimento, todas as informações pertinentes à prestação de contas desta verba e porque ela não consta no Portal da Transparência, como dita a lei”, esclarece o parlamentar.

No requerimento, o deputado solicita a totalidade de gastos mensal com ajuda de custo e verba de representação junto ao gabinete do governador e qual a finalidade desta verba. Além disso, Ulysses requereu informações da prestação de contas dos valores mês a mês, a legalidade desta verba e qual a razão pela qual esta informação não conta nos Sistemas de controle de gastos do estado.

O montante está sendo classificado como ‘verba secreta’, já que está obstruído de consulta pública. Na data do documento consta o ano de 2019, mesmo ano em que o governador decretou estado de calamidade pública. 

Veja Também:  Interação social e postura diante de crises são temas discutidos em roda de conversa que marca o Janeiro Branco

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Interação social e postura diante de crises são temas discutidos em roda de conversa que marca o Janeiro Branco

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

Conversar sobre a qualidade das interações sociais, as responsabilidades e as atitudes que contribuem para melhorar a qualidade da saúde mental e emocional é um dos propósitos da roda de conversa que a Assembleia Legislativa, por meio da Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida (Qualivida), promoverá no próximo dia 28. A ação faz parte da campanha Janeiro Branco, que visa à conscientização sobre a importância dos cuidados com a saúde mental para qualidade de vida. “O convite é aberto a todos os servidores. Não precisa fazer inscrição para participar”, explica o psicólogo Raul Bruno Tibaldi, um dos coordenadores da atividade.

“A saúde mental envolve questões multifatoriais, mas a forma como estabelecemos as relações de convívio com outras pessoas são fatores preponderantes para manter o equilíbrio das emoções. Daí a importância de conversar sobre isso no ambiente de trabalho e  de se buscar mecanismos de como aperfeiçoá-las em prol da saúde emocional”, destaca o psicólogo.

Segundo Raul, a iniciativa visa promover um ambiente de troca de ideias entre as pessoas sobre os desafios das interações sociais, das posturas que contribuem para superar dificuldades e dos cuidados individuais com emoções e sentimentos, para uma melhor qualidade da saúde mental e emocional.

Veja Também:  Três CPIs estão instaladas e em andamento na Assembleia Legislativa

Campanha Janeiro Branco – Surgiu em 2014 por iniciativa de psicólogos de Uberlândia (MG). O objetivo é a conscientização da promoção e proteção da saúde mental. Ela busca chamar atenção para que as pessoas busquem refletir sobre a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas e sobre suas emoções, seus pensamentos e seus comportamentos.

Os idealizadores da campanha perceberam um movimento da maior parte da população em relação às expectativas e aos desejos de uma boa saúde e bem-estar que surgem com a chegada de um novo ano. Dessa forma, o mês de janeiro foi pensado estrategicamente para que seja o pontapé inicial para fortalecer esses cuidados, através de esclarecimentos e conscientização da promoção de bem-estar físico, social e mental e prevenção às doenças mentais. (Fonte: site janeirobranco.com.br)

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana