conecte-se conosco


Mato Grosso

Escola realiza oficinas sobre intervenção pedagógica em alinhamento ao DRC

Publicado

A equipe gestora da Escola Estadual Iara Maria Minotto Gomes, localizada no município de Juara (a 709 quilômetros de distância de Cuiabá), realiza oficinas sobre intervenção pedagógica para todos os professores. A unidade educacional planejou esta ação para que as práticas pedagógicas aconteçam em sintonia com o Documento Referência Curricular (DRC-MT), conforme estabelece o caderno “Concepções para a Educação Básica”, versão homologada para Mato Grosso.

Com base nesse caderno, as escolas da rede pública estadual, assim como instituições de ensino de outras redes que dele fizerem uso, subsidiarão a reelaboração de seus Projetos Pedagógicos, a fim de adequá-los ao disposto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

As oficinas de intervenção pedagógica serão realizadas na escola Iara Minotto num período de 90 dias, com encontros três vezes por mês, sempre às quintas-feiras nos períodos matutino, vespertino e noturno. Os encontros vão oferecer a oportunidade formativa para todos os professores que atuam na unidade escolar.

Conforme explica o coordenador pedagógico da escola, Alexandre da Silva Colinsque, em atenção ao DRC-MT, a Escola Iara Minotto vem realizando ações que intencionam a implementação e a busca constante da prática efetiva do que estabelece a nova política curricular, neste caso, a política de intervenção pedagógica com o objetivo de melhorar a aprendizagem e modernizar as práticas pedagógicas, sempre pensando em colocar toda a estrutura escolar a serviço da aprendizagem.

Veja Também:  PM prende homem que manteve adolescente de 16 anos em cárcere privado durante 3 meses

“A política de intervenção vem ao encontro da necessidade de superar, potencializar e rever práxis pedagógicas no sentido de conquistar novos resultados em aprendizagem. Todas as questões que norteiam as práticas pedagógicas estão contidas no DRC, razão pela qual as ações formativas de implementação são necessárias para a garantia do direito de aprender, superar e obter melhores resultados”.

Para a professora pedagoga Janete Aparecida do Santos, que leciona nos anos iniciais, a oficina foi de grande valia, pois é algo novo para os educadores. “Penso que ações assim visam melhorar nossa ação, que sempre precisa passar por reflexão, buscando o aperfeiçoamento. Foi um momento para tirar dúvidas e aprender com o diálogo entre gestão e professores”, observou.

A professora alfabetizadora Patrícia Gonçalves destaca que a proposta apresentada na oficina foi de extrema importância, pois levou os professores a aprofundarem seus conhecimentos acerca de como planejar, desenvolver e analisar os resultados das intervenções pedagógicas. “Esperamos ter mais momentos formativos com esta dinâmica de organização, sempre pensando em levar aos alunos a oportunidade de aprender e superar as defasagens que porventura surjam”.

Veja Também:  PM capacita servidores de nove instituições em curso de inteligência

Segundo a professora Elizangela Teixeira de Miranda, pedagoga que também leciona nos anos iniciais, a partir do encontro todos puderam interagir e questionar a respeito das dúvidas que apareceram durante o planejamento do plano da intervenção. “Saímos daqui com toda bagagem necessária para elaboração de tal ação, e com a certeza de que, para educação ser sucesso, precisamos sempre buscar novos horizontes e conhecimentos, que colocaremos a serviço da aprendizagem dos nossos alunos, então sujeitos de nossa ação docente”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Parque Natalino: Conheça o percurso completo da Arena Encantada

Publicado

Até o dia 5 de janeiro, a Arena Pantanal se transforma na Arena Encantada, um espetacular parque natalino aberto à visitação todos os dias, sempre das 18h às 23h. A entrada é um quilo de alimento não perecível por família e os alimentos sugeridos são arroz, feijão, açúcar, café, macarrão, óleo, leite longa vida e panetone.

Com instalações interativas, o circuito de atrações conta com a Casa do Papai Noel, Presépio, Floresta Encantada, Vila dos Doces e Vila das Fadas e Duendes. No entorno da arena, o público poderá desfrutar de uma infraestrutura gastronômica completa, na praça de alimentação.

“Entregamos para toda a nossa população um espaço de lazer com lindos cenários natalinos, uma estrutura nunca antes montada em Mato Grosso. E nos próximos anos vamos interiorizar, promover em outros municípios”, afirma a primeira-dama Virginia Mendes, idealizadora do projeto.

Com mais de 4 mil m² de estrutura montada, a Arena Encantada se instala no entorno do campo da Arena Pantanal, no piso sintético das laterais, atrás das traves e nos túneis de acesso aos vestiários, de maneira a preservar o gramado, que estará inacessível.

A Arena Encantada, evento dedicado à magia das festas natalinas, com instalações interativas, cenários e ambientes que recriam a histórica da maior festa cristã, é uma iniciativa do Governo de Mato Grosso, em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e apoio da iniciativa privada.

Pórtico de entrada da Arena Encantada

Na arquitetura, um pórtico é o local coberto, na entrada de um templo, palácio ou grande edificação. No caso, o Portão F da Arena Pantanal se transforma na suntuosa entrada da Arena Encantada. É o marco de partida desse lúdico tour natalino. As luzes, cores e formas dão uma ideia do que espera o visitante na parte interna.

Floresta Encantada

Os ursos guardiões da entrada dão as boas-vindas. Reza a lenda que na véspera de Natal, os animais da floresta saem de suas tocas para comemorar o nascimento do Menino Jesus. A lenda diz ainda que à meia-noite do dia 25 de dezembro, os bichos ganham a habilidade de celebrar junto aos homens e mulheres de bom coração.

Todos comemoram numa grande festa debaixo do maior e mais antigo pinheiro da Floresta Encantada. Cada ser leva um presente para compartilhar entre todos, reforçando os espíritos de comunhão, gratidão e generosidade, característicos do Natal.

Veja Também:  PM prende homem que manteve adolescente de 16 anos em cárcere privado durante 3 meses

São dessa floresta que vêm as nove renas que ajudam Papai Noel na noite de Natal. Seus nomes? Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão, Relâmpago e Rodolfo.

Vila dos Doces

Na Vila dos Doces é onde está instalada a Fábrica de Doces de Natal. Os cenários reforçam a atmosfera das fábulas infantis na Arena Encantada. Uma simpática edificação feita de guloseimas coloridas, um lugar encantado que promete adoçar a vida dos visitantes. Tem até um moinho de vento em sua doce estrutura ornamentada com pirulitos e balas de caramelo. 

Transportadora de Mel

Comandada pela família urso, próximo à Vila dos Doces está a Transportadora de Mel, uma companhia pensada para levar doçura aos homens e mulheres de boa vontade. Há que se considerar que pessoas “amargas” necessitam do mínimo da doçura para que aflorem os sentimentos mais bonitos, durante a jornada da vida.

Um dos mais antigos alimentos da humanidade, o mel foi exaltado muitos dos grandes profetas, em seus livros. O mel representa a ternura, a justiça, a virtude e a bondade divina.

Vila das Fadas e Duendes

Endereço dos mais ilustres ajudantes do Papai Noel. É graças ao auxílio dos duendes e fadas que Papai Noel consegue atender a todos os pedidos das crianças, na noite de Natal. O trabalho incansável na fábrica de brinquedos do bom velhinho garante a alegria de meninos e meninas na manhã de Natal.

É, Papai Noel estaria perdido sem seus ajudantes. Além da fabricação dos brinquedos distribuídos na Arena Encantada no dia 17 de dezembro (anote na agenda), são os duendes e fadas que adestram as renas e preparam o trenó do Papai Noel. Outra missão importante é observar se as crianças realmente se comportaram durante o ano. A essa altura, o relatório já deve estar pronto! Cruzem os dedos, crianças!

Presépio

Um dos símbolos máximos do Natal, o presépio, em escala real, é uma das mais aguardas atrações da Arena Encantada. Aqui, todos estão presentes, os animais, pastores, o anjo, os Reis Magos trazendo ouro, incenso e mirra, São José, Maria e o motivo de toda essa celebração, o Menino Jesus. 

Veja Também:  Sequência de mutirões leva serviços de cidadania a 14 mil moradores da zona rural de MT

Você sabia que o presépio foi criado por São Francisco de Assis com o intuito de facilitar a compreensão do nascimento de Jesus Cristo, no ano de 1223? No Brasil, a ideia do presépio foi apresentada aos índios e colonos portugueses poucos anos após o descobrimento, por iniciativa do padre José de Anchieta.

Casa do Papai Noel

Sejam bem-vindos a aconchegante Casa do Papai Noel. Aqui os visitantes poderão interagir com o bom velhinho e até fazer uma self com ele. Aliás, na Arena Encantada, o visitante pode e deve fotografar à vontade (use as hashtags #ArenaEncantada e #oMaiorNataldeMT e você pode aparecer no telão da Arena).

A Casa do Papai Noel chama a atenção por seus adornos, entalhes e afrescos repletos de enfeites natalinos. A propósito, uma das atrações mais aguardadas da Arena Encantada é a entrega de presentes. Reiterando, o bom velhinho chegará no dia 17 de dezembro para entregar brinquedos a milhares de crianças carentes, selecionadas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Árvore de Natal

A Árvore de Natal é um dos mais importantes símbolos das celebrações natalinas. Luzes e enfeites adornam os 15 metros de altura do pinheiro gigante da Arena Encantada. Não por acaso é uma das principais atrações desse parque natalino.

O enorme pinheiro, retirado da Floresta Encantada, simboliza a vida, já que é uma das poucas espécies que se mantêm verde durante todo o ano, mesmo durante o outono e o inverno, quando a maioria das árvores perde a folhagem. É, ao que tudo indica, este será, realmente, o maior Natal que Mato Grosso já viu.

Boas festas!

Serviço

Natal na “Arena Encantada”

Onde: Arena Pantanal

Quando: De 06 de dezembro a 05 de janeiro, sempre das 18h às 23h

Entrada: Um quilo de alimento não perecível por família (arroz, feijão, açúcar, café, macarrão e óleo).

A Arena Pantanal é uma arena multiuso localizada na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Delegação de Mato Grosso debate mudanças climáticas em Madri

Publicado

Uma delegação com seis autoridades do Governo de Mato Grosso participa da Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 25, a partir deste sábado (07.12), até 13 de dezembro, em Madri, na Espanha.

O vice-governador Otaviano Pivetta e a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, e outros membros do Governo estarão na missão. O objetivo da delegação é divulgar os projetos internacionais relativos ao tema, que são executados em Mato Grosso, além de identificar aliados e parceiros para novas ações. A delegação embarca no final da tarde deste sábado para a capital espanhola.

Um dos principais assuntos dos debates e foco das deliberações será a definição das regras do mercado de carbono, previsto no Acordo de Paris, aprovado em 2015 por 195 países. O compromisso firmado pelas nações é para impedir que a temperatura média no mundo aumente mais do que 2 graus Celsius (2º C).  

A nova diretriz deve substituir o Protocolo de Kyoto (Japão), assinado em 1997, cuja meta era reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa na atmosfera e aquecimento global (dióxido de carbono – CO2, é um deles). Os gases são consequências do modelo de produção industrial contemporânea e formas de consumo.

Veja Também:  Governo efetua pagamento de R$ 3,9 milhões aos hospitais filantrópicos

A secretária de Meio Ambiente afirma que o objetivo da missão do Governo na COP 25 é mostrar os pilares que sustentam todas as políticas públicas de Mato Grosso, voltadas à sustentabilidade.

“Nossas metas estão construídas a partir da estratégia de Produzir, Conservar e Incluir (PCI), com tecnologia para aumentar a  produção com sustentabilidade, reduzir o desmatamento ilegal, construir estratégias com produção da floresta em pé, principalmente, focada no fortalecimento do manejo sustentável”, explica Mauren.

Além de Pivetta e a secretária, participam da COP25 pelo Governo, o secretário executivo da Sema, Alex Sandro Marega; o diretor-executivo do Instituto PCI, Fernando Sampaio; a coordenadora do Programa REM e analista de Meio Ambiente, Ligia Vendramin; e a assessora de relações internacionais, Rita Chiletto. Além de um representante da federação indígena, Crisanto Rudzö Tseremey’wá.

A COP 25 terá a presença dos principais líderes mundiais, ambientalistas e cientistas, cujo principal objetivo é mostrar as ações e iniciativas dos países e Estados subnacionais para combater o aquecimento global.

No total, irão à Europa 15 pessoas de Mato Grosso na comitiva. Entre eles, representantes de outros poderes e órgãos estatais, como da Assembleia Legislativa (deputados Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes), Ministério Público e organizações ligadas à área ambiental. O custo da viagem dos representantes na COP 25 será arcado pelas instituições a que são ligados, de apoio à conferência da ONU ou pelas próprias pessoas.

Veja Também:  Doadores de sangue poderão ganhar voo de helicóptero em Cuiabá

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Seduc homenageia alunos da Escola Presidente Médici que venceram etapa de desafio internacional

Publicado

Os cinco alunos do 2º ano do Curso Técnico de Informática da Escola Estadual Presidente Médici, vencedores da etapa nacional do “Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019”, foram homenageados com Moção de Aplausos, nesta sexta-feira (06.12), pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Os alunos receberam certificados pelos serviços prestados à educação de Mato grosso.

O “Desafio Tack Brasil + Inovation Camp é organizado por estudantes brasileiros da Harvard University e Massachusetts Institute Technology (MIT). Para participar do desafio, os alunos Mateus Ferreira, Enzo Castilho, Arthur Santiago, Matheus Torres e Fernando Massao, desenvolveram a plataforma “FEAMM”, com informações sobre turismo voltado a pessoas com deficiência física. Como prêmio, a equipe ganhou uma viagem para Boston (EUA) para participar da Brazilian Conference, em abril de 2020.

Segundo a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, a conquista desses alunos, que são exemplos para o país, mostra que é possível fazer a diferença na educação pública. “Tenho muito orgulho desses alunos e desses professores que os motivaram, auxiliaram e articularam para que tudo isso fosse possível”.

Veja Também:  Estudantes com deficiência auditiva colam grau e são exemplos de superação

A secretária ressaltou ainda que dará todo o apoio necessário para os alunos irem aos Estados Unidos representar Mato Grosso e o Brasil. “Eles já fazem parte da história da educação de Mato Grosso por esse trabalho exitoso. São mentes brilhantes que criaram uma plataforma de turismo pensando na acessibilidade e na inclusão”.

Um dos alunos, Enzo Castilho Ventura, 16 anos, disse que é muito gratificante receber a homenagem e ter o reconhecimento da Seduc pelo seu trabalho. “Nós passamos por algumas dificuldades ao longo do trajeto, mas tivemos todo o apoio que precisávamos para estar aqui hoje recebendo essa homenagem. Para mim, é extremamente importante e gratificante”, observou.

Enzo Castilho espera que a viagem possa abrir portas em universidades e contribuir para seu futuro. “As oportunidades para nós que somos de escola pública são menores do que para quem estuda em uma escola privada, mas ter passado por cima de todas as dificuldades e chegar onde chegamos comprova que quem faz a diferença na escola é o aluno”, concluiu.

Veja Também:  Em três dias, Polícia Militar captura cinco foragidos em cidades de MT

Além dos alunos, a Seduc também homenageou os professores, que coordenaram os trabalhos, Alexandra Mazei e Benedito Ribeiro, e a diretora da escola, Elina Fernandes.

A diretora acredita que essa homenagem e incentivo vai estimular e fomentar ainda mais os alunos a participarem de novos desafios. “Aceitamos esse desafio porque queríamos propor aos nossos alunos algo que fosse além da sala de aula. O processo foi muito trabalhoso, mas depois foi compensador e receber o reconhecimento da Secretaria é muito gratificante”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana