conecte-se conosco


Entretenimento

Franquias das estrelas

Publicado

IstoÉ Gente

Empreender tem sido um caminho cada vez mais frequente das celebridades. E diversos atores, atrizes, apresentadores de TV e famosos em geral descobriram um filão atraente e promissor: as franquias.

Leia também: Giovanna Antonelli lança franquia de sua marca e fala sobre nova novela

Franquia das estrelas arrow-options
Divulgação

Franquia das estrelas

Para diversificar suas atividades e ter novos ganhos financeiros, eles ultrapassaram a condição de garotos propaganda para se tornarem donos do próprio negócio, contando com a força de sua marca pessoal e o esforço para levar um novo projeto adiante. Ser uma celebridade é uma vantagem ao entrar nesse mercado.

A participação de gente estrelada tem um efeito imediato e positivo de marketing na franquia. Mas sem trabalho duro não há garantia de rentabilidade e nem do sucesso da empreitada. O nome da celebridade é em si um chamariz para a marca. E a franquia pode parecer uma maneira de empreender mais segura, embora apresente riscos, como qualquer negócio.

Nos últimos tempos, atrizes como Giovanna Antonelli , apresentadores como Sabrina Sato, Rodrigo Faro e Ana Hickmann e cantores como Rogério Flausino, da banda Jota Quest, abriram suas franquias, seguindo uma tendência iniciada há uma década. “A ideia de investir em estética, bem-estar e saúde surgiu intuitivamente”, diz Giovanna, que criou a marca Giolaser, de depilação e estética, em 2013.

Veja Também:  Possível candidatura de Luciano Huck prejudica Angélica na Globo

Leia também: Ana Hickmann usa Instagram para prestar última homenagem ao pai

“Fui pesquisar sobre o mercado e vi que poderia ser algo interessante.” A atriz participa ativamente dos negócios, em especial dos assuntos de marketing e conta com a ajuda da médica Carla Sarni, que cuida da parte gerencial. Desde 2015, a Giolaser foi incorporada pelo grupo Sorridents, maior holding de saúde do Brasil.

Um aspecto fundamental na adesão a uma franquia é entender da atividade que se pretende executar. O Grupo Kalaes, por exemplo, que reúne franquias de vários setores, tem cinco parcerias com famosos e os apóia na gestão do negócio.

Seu último acordo foi com Sabrina Sato , que investiu na marca OdontoSpecial, rede de clínicas odontológicas. Por não ser do ramo, Sabrina entrou no negócio em parceria com seu cunhado, que é dentista. Outra apresentadora que se associou ao grupo Kalaes foi Ana Hickmann.

Leia também: Giovanna Antonelli aparece morena e é comparada com Gretchen

Ela montou o Instituto Ana Hickmann MaisLaser, centro de depilação e estética. Rogério Flausino investiu em educação, na escola Brasil Canadá de Educação Bilingue. Pelo que se vê, não faltam oportunidades de ganhar algum dinheiro com uma franquia.

Veja Também:  Isa Salmen fala sobre participar do filme “Duetto”: “lembrei da minha avó”

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

SBT exibe programa menos conhecido de Gugu Liberato

Publicado

source

Gugu Liberato, morto em novembro , é lembrado por apresentar alguns dos programas mais conhecidos da TV, como o “Domingo Legal” e o “Viva a Noite”. As atrações de variedades recebiam diversos convidados, nacionais e internacionais.

gugu arrow-options
Reprodução/SBT

“Play Game” foi disponibilizado pelo SBT no Youtube

Mas, em seu currículo, Gugu teve também atrações de competição, que continuam sendo exibidas até hoje, como o “Passa ou Repasse”. Uma menos conhecida, porém, voltou a programação do SBT , pelo menos na internet.

Leia também: Viúva de Gugu fala pela primeira vez sobre a morte do apresentador

O perfil do canal no Youtube publicou na noite de quinta-feira (05) um episódio na íntegra de “Play Game”, gameshow que estreou em 1993, mesmo ano que o “Domingo Legal”.

Apesar da lembrança, o SBT foi muito criticado nas últimas semanas pela cobertura escassa da morte de Gugu . O apresentador, que sofreu um acidente caseiro, foi homenageado e lembrado por outros canais, mas esquecido pelo de Silvio Santos. De acordo com o jornalista Dudu Camargo, a ordem foi do próprio dono .

Veja Também:  Star Wars mania! 10 itens que todo fã da saga deve ter

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

“Cocaína potencializa o ódio”, diz João Gordo sobre vício de Chorão

Publicado

source

IstoÉ

O apresentador João Gordo comentou sobre o vício do cantor Chorão durante painel na Comic Con Experience (CCXP) do documentário sobre a vida do cantor na noite desta quinta-feira (5). “A cocaína potencializa o ódio. O pouco de mal caráter que ele tinha multiplicava por algo gigantesco”, disse. As informações são do UOL.

Leia também: “Quase empacotei dessa vez”, diz João Gordo ao receber alta da UTI

chorao arrow-options
Divulgação

Chorão

João também relembrou o dia em que ficou sabendo da morte do músico, em 2013. “Chorei muito quando ele morreu. E no dia resolvi fazer um baseado desse tamanho, um tabaco de baseado, e saí de carro para passar em frente ao prédio dele. Isso cheio de polícia, TV e fã, e eu fumando um pra homenagear o cara”, comentou.

Leia também: Aniversário de Chorão motiva homenagens com direito a regravação de Zóio De Lula

De acordo com o UOL, durante o painel foi revelado também um episódio em que Chorão bateu em um adolescente na fila do supermercado depois de ver ele comprando um CD do grupo Rouge e de quando ele ligou para a apresentadora Sarah Oliveira pedindo para pedir desculpas ao vivo na MTV para o cantor Marcelo Camelo após agredi-lo em um aeroporto.

Veja Também:  Possível candidatura de Luciano Huck prejudica Angélica na Globo

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Turnê de Sandy & Junior arrecada mais que Phil Collins e Guns N’ Roses

Publicado

source

O retorno de Sandy & Junior para uma turnê especial de celebração da carreira marcou o ano de 2019 no Brasil. A dupla fez shows em diversas capitais do país, reuniu filas de fãs e afetou o bolso de muita gente.

Leia também: Do fim ao reencontro: tudo o que aconteceu na vida e carreira de Sandy e Junior

sandy e junior em show arrow-options
Reprodução/Instagram/@sandyoficial

Sandy & Junior

“Nossa história”, que teve início em julho e contou com 16 shows, incluindo nos EUA e em Portugal, rendeu muito para Sandy & Junior . O The Washington Post liberou um ranking das turnês mais lucrativas do ano, e a dupla apareceu em segundo lugar, atrás apenas de Elton John.

Leia também: Sandy e Junior encerram turnê que celebra 30 anos de carreira

sandy e junior em show arrow-options
Reprodução/Instagram/@sandyoficial

Sandy & Junior

De acordo com a publicação, os números incluem valor médio dos ingressos. A dupla brasileira arrecadou US$ $2,260,403 com os shows, mais do que artistas conhecidos globalmente, como Phill Collins, Guns N’ Roses, Muse e Post Malone.

Veja Também:  Deputado do PSL aciona PF contra Ludmilla por apologia à maconha em Verdinha

Além da comoção, a turnê de Sandy & Junior também foi marcada pelos preços salgados. Os dois disponibilizaram diferentes opções, que incluíam até assistir a passagem de som e entrar nas arenas antes dos outros, e os pacotes chegaram a R$ 600,00. Em Recife (PE), o camarote para 10 pessoas saia por R$ 3200,00.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana