conecte-se conosco


Esportes

Garota imita Neymar, Messi, CR7 e Pogba e viraliza na web; assista ao vídeo

Publicado

Garota imita Neymar arrow-options
Reprodução

Garota imita Neymar

Um vídeo postado nas redes sociais envolvendo grandes craques do futebol está fazendo sucesso. Na publicação, uma garota imita as batidas de pênalti de Cristiano Ronaldo, Messi, Pogba e Neymar.

Leia mais: Para ter Neymar, Real Madrid pode envolver jovem atacante no negócio, diz jornal

A imitação que mais chama a atenção é a de Neymar . Ao partir para a bola, a garota faz diversas paradinhas e, depois de marcar o gol, se joga no gramado, simulando uma contusão.

“Você não assistirá um vídeo melhor do que este hoje, acredite em mim”, escreveu o autor do post. A publicação já teve mais de 130 mil curtidas e ultrapassou 50 mil compartilhamentos.

Assista ao vídeo:


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Também:  Bolsonaro almoça com seleção do Brasil sub-17, tetracampeã de futebol
publicidade

Esportes

Coluna – O Dia da Consciência Rubro-Negra

Publicado

source

A contagem regressiva está em andamento. Nesse dia de celebração dos 50 anos do milésimo gol de Pelé, o torcedor do Flamengo está de olho no fim de um jejum de 38 anos sem disputar a final da Copa Libertadores, e de outro, de dez anos sem a conquista de um campeonato brasileiro. Não é pouco, muito menos se levarmos em consideração que os dois jejuns podem acabar no próximo fim de semana.

Mas é hora, também, de lembrarmos de como o Flamengo e sua torcida chegaram a essa situação. Não foi de janeiro para cá, quando a atual administração tomou posse. Na verdade, temos de voltar no tempo, ao dia 02 de janeiro de 2013, quando Eduardo Bandeira de Mello assumiu a presidência, decretando que as prioridades seriam a organização administrativa do clube, o pagamento de dívidas e a “limpeza” do nome na praça, deixando de lado a sede de títulos, pelo bem do futuro da instituição.

Foi o Dia da Consciência Rubro-Negra.

E o preço não foi barato. É verdade que logo no primeiro ano a nova administração festejou uma Copa do Brasil. Que não estava nos planos. Mas que acabou sendo o principal título até o fim do segundo mandato, em 2018. Além dela, vieram dois campeonatos estaduais e três vice-campeonatos importantes – na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana de 2017 e no Campeonato Brasileiro de 2018. Como gostavam de dizer os torcedores rivais, ficou “no cheirinho”. Mas já era a sinalização de que tempos melhores viriam.

Veja Também:  Brasil vence Coreia do Sul em último jogo do ano da seleção

E chegamos a 2019, manchado pelo incêndio no Ninho do Urubu, com dez vítimas fatais. Nos campos, porém, os resultados comprovam o acerto da decisão lá de 2013 e recompensam o sacrifício de quem entrou para a história do clube, se não como grande campeão, mas como um dos melhores administradores. Com erros, é claro, como todos os outros, mas que não pode ser esquecido.

O caminho do Flamengo está sedimentado. Para se confirmar como um dos, se não o principal, clube do país. Ainda distante dos europeus, mas num patamar acima da grande maioria dos clubes brasileiros e sul-americanos. Se os títulos virão, é outra questão, pois o que acontece dentro de campo foge da capacidade dos dirigentes.

De certo que o clube vai se fortalecer. Vai faturar, encher o cofre. Que tal pensar nos garotos que tiveram a vida interrompida no dia 8 de fevereiro? Que tal botar a mão na consciência e fechar o ano com uma chave, não de ouro, mas rubro-negra?

Edição: Verônica Dalcanal

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vasco folga na rodada e só volta a jogar dia 28 contra o São Paulo

Publicado

source

O Vasco da Gama só volta a campo dia 28, quando enfrenta o São Paulo no Morumbi. Até lá, a última lembrança do torcedor vai ser o empate de 1 a 1 contra o Goiás, em pleno São Januário, diante de 18 mil torcedores. Fred Guarín marcou para os vascaínos e a vitória estava garantida até o último minuto dos acréscimos, quando outro colombiano, Oswaldo Henríquez, marcou contra para os Esmeraldinos.

“Faltou segurar a bola no ataque, mastigar a bola mais na frente para que naturalmente saísse um segundo gol. Nós não conseguimos fazer isso e eles ficaram cruzando, cruzando, até que numa falha acontece o gol”, analisou Vanderlei Luxemburgo.

Ouça na Rádio Nacional

O técnico deu folga para o elenco até quinta-feira (21) e reclamou de todo esse tempo parado. “Neste contexto de reta final de temporada, a gente fica meio pirado, porque a gente quer mais é jogar para acabar logo o campeonato”.

Depois do São Paulo, o Vasco retorna ao Rio de Janeiro, onde encara o Cruzeiro novamente dentro de casa. O clube não joga esta semana, pois já enfrentou o Flamengo, na última quarta (13), em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato .  O jogo foi antecipado em virtude da final da Libertadores, entre os rubro-negros cariocas e os argentinos do River Plate, no próximo sábado (23), em Lima (Peru), às 17h (horário de Brasilia).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Também:  Messi marca e garante vitória da Argentina sobre o Brasil
Continue lendo

Esportes

Brasil vence Coreia do Sul em último jogo do ano da seleção

Publicado

source

Após cinco jogos sem vencer, a seleção brasileira de futebol espantou a má fase ao derrotar por 3 x 0 a Coreia do Sul, no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).  As cinco modificações feitas pelo técnico Tite, em relação ao time que perdeu para a Argentina no domingo (17), surtiram efeito em campo. O ataque brasileiro ganhou velocidade e ficou mais criativo.

E o primeiro gol saiu logo aos 9 minutos de partida, depois de uma linda jogada do meia Phillipe Coutinho – que entrou hoje (17) no lugar de William: ele rolou para Renan Lodi cruzar na medida para Lucas Paquetá abrir o placar de cabeça. Lodi substituiu hoje Alecsandro, machucado.

As outras três alterações feitas por Tite também contribuíram na vitória desta terça-feira (19). Richarlison iniciou a partida no lugar do atacante Roberto Firmino, no meio-campo Fabinho substituiu Casemiro, e na zaga Marquinhos entrou no lugar de Thiago Silva, herdando também a braçadeira de capitão.

Danilo fez o terceiro gol da seleção, aos 14 minutos do segundo tempo

Danilo fez o terceiro gol da seleção, aos 14 minutos do segundo tempo – Lucas Figueiredo/CBF

 

Com mais mobilidade do meio de campo para a frente, a seleção criou boas oportunidades de ampliar. Numa delas, Fabinho tinha acabado de roubar a bola e partia com ela, quando foi derrubado pelo atacante coreano Hee-Chan Hwang. Falta para o Brasil, que Coutinho cobrou com maestria aos 34 minutos, quebrando um jejum de cinco anos. O último gol em cobrança de falta da seleção foi marcado por Neymar, num confronto contra a Colômbia, em 05 de setembro de 2014.

Veja Também:  Skatistas brasileiras brilham no STU Open e ficam perto de Tóquio 2020

Após o intervalo, a seleção seguiu no controle e não demorou para marcar o terceiro gol: aos 14 minutos Coutinho rolou para Richarlison, que passou para Lodi cruzar para Danilo estufar a rede com um golaço de fora da área. E a vantagem brasileira no placar poderia ter sido ainda maior: Richarlison perdeu uma boa chance de ampliar aos 22 minutos, e na sequência, aos 26, Gabriel Jesus recebeu de Coutinho mas chutou do lado de fora da rede. A Coreia do Sul teve sua melhor chance de descontar aos 29 minutos com Son Heung-Min, estrela do Tottenham (Inglaterra), que chutou duas vezes: na primeira Danilo afastou e depois o goleiro Alisson agarrou. 

Já nos minutos finais, Tite promoveu várias substituições: Lucas Paquetá deixou o campo para Roberto Firmino entrar aos 38 minutos; o jovem atacante Rodrygo assumiu o ataque no lugar de Gabriel Jesus aos 41; e aos 42 o lateral-direito Emerson substituiu Renan Lodi, um dos principais destaque da partida.

 

Ficha Técnica:

Terça-feira, 19 de novembro de 2019

Veja Também:  Fluminense define o goleiro titular para jogo contra Atlético-MG

BRASIL  3 x 0  COREIA DO SUL

Amistoso

Local: Estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos-EAU)

Juiz: Ammar Al Jeneibi (EAU)

Assistentes: Ahmed Al Rashidi (EAU e Jassem Abdulla Al Ali (EAU)

Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Paquetá; Gabriel Jesus, Firmino e Coutinho.

Coreia do Sul: Jo Hyeon-woo; Kim Moon-hwan, Kim Young-Gwon, Kim Min-jae e Kim Jin-Su; Jung Woo-young, Ju Se-jong, Son e Lee Jae Sung; Hee-Chan  Hwang e Hwang Ui-jo

Gols: no primeiro tempo Lucas Paquetá (8), Philippe Coutinho (35);  no segundo tempo Danilo (14).

Edição: Guilherme Neto

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana