conecte-se conosco


Nova Xavantina

João Cebola responde a mais um processo por Improbidade Administrativa na compra de Brita

Publicado

O prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, tem si destacado como um dos melhores prefeitos de Nova Xavantina, com significativa mudança no visual da Cidade. O recapeamento de ruas e avenidas com sinalização de trânsito e a instalação de semáforos deu uma cara nova para Nova Xavantina, hoje vista por muitos como uma das mais belas do Vale do Araguaia, porém, vem sendo alvo do Ministério Público que já ajuizou pelo menos quatro processos por improbidade administrativa  e já instaurou novos inquéritos civis que estão na fase de investigação.

No Processo nº 856-18.2018.811.0012, que tramita na Segunda Vara Cível da Comarca de Nova Xavantina, o Ministério Público Estadual alega que o prefeito cometeu atos de improbidade administrativa ocorridos em pelo menos 3 procedimentos licitatórios ocorridos no ano de 2016, relativos á pavimentação asfáltica e compra de material. Segundo o Ministério Público os processos licitatórios contém documentos sem assinatura.

O Ministério Público também alga, ainda, que existem casos em que as obras se iniciaram sem o devido processo licitatório e a existência de aditivos sem comprovação expressa de sua necessidade e demais requisitos

“No bojo do Inquérito Civil nº 014/2016, SIMP: 000654-029/2016, verifica-se a existência de atos de improbidade administrativa ocorridos nos procedimento licitatórios relativos á pavimentação asfáltica das vias públicas do Município de Nova Xavantina, referente aos Pregões nºs 11, 13 e 23 do ano de 2016, por inobservância da Lei 8.666/93, no que diz respeito á falta de assinatura em documentos essenciais para a própria existência dos procedimentos para seleção de fornecedores de materiais para realização do pavimento asfáltico nas vias da cidade em pareceres técnicos e documentos essenciais que determinam a própria (in)existência dos certames. Também existem casos em que as obras se iniciaram sem o devido processo licitatório e a existência de aditivos sem comprovação expressa de sua necessidade e demais requisitos”.

Os Processos Licitatórios nºs 011, 013 e 023/2016, na modalidade de Pregão Presencial, tiveram como objetivo a aquisição de brita e emulsão asfáltica, a fim de suprir as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura e vias públicas, para realização da pavimentação em vias urbanas. A denuncia foi apresentado pela ONG Sempre Viva, pelo ex-vereador senhor Inelson Bosa.

Em um dos pedidos o Ministério Público requer a condenação do Prefeito, com a seguinte alegação: Julgando desta forma, Vossa Excelência afastará da mente dos administrados a noção sórdida de impunidade, bem como demonstrará, com a clareza necessária, que o Poder Judiciário jamais consentirá com a imoralidade presente em certas administrações públicas desta sofrida e abandonada região do Vale do Araguaia”.

A defesa do prefeito João cebola alega que o Ministério Público não demonstrou no processo onde estão as irregularidades:

Excelência, com a devida vênia, não ficou claro na petição inicial do Ministério Público e nos documentos juntos, onde está a irregularidade, se no pregão 11 (fls. 82-99), 13 (fls. 366-372) ou 23 (fls. 68-85), todos do ano de 2016, haja vista que todos tratam do mesmo objeto, “Aquisição de brita e emulsão asfáltica para suprir as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura”, apenas o primeiro que trata especificamente do Bairro Centro Oeste.

O processo irá para o Juiz decidir se recebe ou não recebe a ação de improbidade, caso receba, será aberto prazo para a defesa ofertar a contestação e caso não receba, o processo será arquivado.

Comentários Facebook
Veja Também:  Polícia Civil prende autor de furto e recupera objetos em Nova Xavantina
publicidade

Nova Xavantina

Criança de Nova Xavantina, de 3 anos de idade, morre com dengue hemorrágica

Publicado

Pedrinho,  filho de Marcelo Henrique e Nayane Cristina, de Nova Xavantina, morreu  no início da tarde desta segunda-feira, em Goiânia, vítima de dengue hemorrágica.

A família informou que Pedrinho foi transferido para Goiânia, e, por volta das 14 horas e 30 minutos a criança teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Marcelo é policial militar e está morando na cidade de Canarana.

O corpo de Pedrinho será velado na Casa Mortuária em Nova Xavantina.

Que Deus conforte os familiares e amigos. O Roncador

Comentários Facebook
Veja Também:  Criança de Nova Xavantina, de 3 anos de idade, morre com dengue hemorrágica
Continue lendo

Nova Xavantina

Projeto de Extensão do Câmpus da UNEMAT de Nova Xavantina leva informações para os estudantes do ensino médio

Publicado

O Câmpus da UNEMAT – Universidade do Estado de Mato Grosso – de Nova Xavantina vêm realizando uma série de palestras, no âmbito do Projeto “UNEMAT na Estrada: o caminho para o seu melhor futuro”, para os estudantes do ensino médio das escolas de Nova Xavantina e do Vale do Araguaia, com o objetivo de informá-los das oportunidades que a UNEMAT oferece para toda a Região.


As palestras abordam principalmente os números da Universidade, bem como proporciona uma aproximação dos estudantes com as áreas de atuação dos profissionais formados nos cursos de Ciências Biológicas, Turismo, Agronomia e Engenharia Civil, ofertados no Câmpus de Nova Xavantina.

A equipe do Projeto é formada por professores, técnicos e acadêmicos que tem se revezado na realização das palestras. No primeiro ciclo foram realizadas 9 palestras para mais de 800 estudantes em 4 escolas estaduais, sendo duas em Nova Xavantina, uma em Água Boa, e uma em Novo São Joaquim. O projeto terá duração de dois anos e pretende, também, coletar informações junto aos estudantes. Para isso, uma pesquisa buscará identificar quais os cursos superiores que os estudantes desejam e quais, entre os que são ofertados no Câmpus de Nova Xavantina, são mais desejados pelo público-alvo do Projeto.

Nesse semestre as palestras foram realizadas entre os dias 30/04 e 10/05 e contaram com a participação dos professores Ary Gertes Carneiro Júnior, Rodrigo Tarsitano, José Marcos Faccin, Paloma Turchen, Renata Rossi, Érica Caetano e dos acadêmicos Cynthia Rodrigues e Roberto Vieira, dos cursos de Engenharia Civil e Turismo, respectivamente. Além da contribuição de muitos outros colaboradores, tanto da UNEMAT quanto da comunidade local.

Veja Também:  Projeto de Extensão do Câmpus da UNEMAT de Nova Xavantina leva informações para os estudantes do ensino médio

Para ampliar o alcance da proposta os veículos de comunicação locais e regionais devem ser convidados para serem parceiros dessas ações de caráter educacional e afinadas com o discurso da inclusão. Nessa primeira etapa os membros do Projeto concederam entrevistas nas Rádio Roncador Fm 104,9, Rádio Rezende Fm 90,7 e na Tv Cidade, SBT, Canal 9, todas em Nova Xavantina. Além da Rádio Atividade Fm 87,9 em Campinápolis, e a Rádio Comunitária Rio Manso 87,9 em Novo São Joaquim. Com isso, a mensagem do projeto “UNEMAT na Estrada” atinge um número muito maior de pessoas e dos mais variados perfis. O que pode contribuir para que a UNEMAT figure no imaginário coletivo como a melhor alternativa de ensino superior do Vale do Araguaia e de todo o Estado de Mato Grosso.

Para o coordenador do Projeto, professor Rubens José Bedin, “esse projeto é uma resposta à sociedade que muitas vezes não tem acesso à informação, desconhecendo até mesmo que a UNEMAT é uma instituição pública, gratuita e de qualidade e que oferta ensino superior no Estado de Mato Grosso a mais de 40 anos.” De acordo com o professor, em palestras feitas na região do Araguaia, uma pergunta recorrente entre os estudantes do ensino médio é “- Quanto custa para estudar na UNEMAT?”. Para ele, o Projeto pode diminuir a distância entre a sociedade que demanda o ensino superior e a universidade. Com isso, sanando dúvidas e, principalmente, estimulando os jovens a quererem cursar o ensino superior.

O Diretor Politico, Pedagógico e Financeiro do Câmpus de Nova Xavantina, professor Cesar Crispim Vilar, que é membro do Projeto, empenhou esforços para a viabilização dessas atividades que ele acredita serem importantes para a UNEMAT e para a região. “A Unemat é um patrimônio do povo mato-grossense e esse Projeto vai colocar a Universidade em evidência com destaque para as transformações que a UNEMAT tem provocado no Estado e na vida das pessoas”, frisou Cesar.

Veja Também:  Polícia Civil prende autor de furto e recupera objetos em Nova Xavantina

Os dados obtidos durante a realização do projeto deverão ser divulgados por meio de artigos científicos, monografias, resumos e reportagens jornalísticas a fim de compartilhar com a sociedade o diagnóstico da demanda por ensino superior no Vale do Araguaia. Mais uma vez a UNEMAT cumpre com sua responsabilidade social, ampliando o acesso à informação e estendendo conhecimento para toda a população.

Divulgar a UNEMAT na Região é um trabalho que vem sendo feito há vários anos pela comunidade acadêmica de Nova Xavantina. Em 2012, foram duas equipes que se dividiram para atender mais de 15 municípios em uma semana de viagens, realizando palestras para os estudantes de toda a Região.

Em 2013, outra equipe chegou a rodar mais de 2.000 mil quilômetros, cobrindo 11 cidades e falando com mais de 1.800 alunos, além das entrevistas em rádios locais.

Já em 2014 foram realizadas 30 palestras, numa viagem que percorreu 9 municípios e contou com uma equipe de três professores que voluntariamente dedicaram uma semana inteira para estender as oportunidades e as possibilidades que a universidade pode promover na vida das pessoas.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas através do emailrubens.bedin@unemat.br ou pelos telefones (66) 3438-1224 ou 3438-2240

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Morre Vagner Bernardes – UM GRANDE HOMEM

Publicado

O servidor do INDEA Vagner Bernardes do Nascimento, que ocupava o cargo de agente fiscal na unidade de Nova Xavantina, morreu no início desta madrugada, na cidade de Barretos, onde se encontrava lutando contra um câncer nos pulmões.

Vagner nasceu na cidade de Montes Claros de Goiás mas foi criado em Nova Xavantina. Era filho do ex vereador Adiel Ribeiro e da ex vereadora Maria de Lurdes, mais conhecida como Lurdes do Adiel, foi genro do empresário Lédio Diniz e era casado com a servidora pública municipal Carla Beatriz. O pai de Vagner, o ex vereador Adiel Ribeiro, também foi vítima do câncer.

O corpo está sendo transladado para Nova Xavantina, onde será velado e sepultado. 

Familiares postaram mensagens sobre a morte de Vagner. A esposa Carla Beatriz enalteceu a força que o marido tinha, mesmo nos momentos de dificuldades.

A irmãs, Zilma e Juliana também postaram mensagens no Facebook.

No dia 12 deste mês, a filha de Vagner, Fernanda Diniz postou em sua página no Facebook uma mensagem para o seu pai.

Vagner era uma pessoa diferenciada e levava uma vida com honestidade, se dedicando com exclusividade a sua família. Homem temente a Deus, era membro da Igreja Presbiteriana do Brasil em Nova Xavantina e conseguiu em sua trajetória fazer um amontado de amigos, pelos quais era admirado e respeitado.

Veja Também:  Polícia Civil prende autor de furto e recupera objetos em Nova Xavantina

“Que Deus conforte os corações dos familiares e amigos, dando forças para superar a falta de um grande homem. Que Deus o receba, grande Vagner”. O Roncador.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana