conecte-se conosco


Nacional

Não perca o prazo! Veja como tirar e regularizar o título de eleitor

Publicado

source
Título de Eleitor arrow-options
Agência Brasil/ Arquivo

Pessoas precisam estar em dia com suas obrigações eleitorais para poder votar nas próximas eleições.

No segundo semestre de 2020, serão realizadas as eleições municipais em todas as cidades do país. Nelas, os cidadãos deverão eleger os novos prefeitos e vereadores que ocuparão os cargos públicos até 2024. Entretanto, para poder votar, o cidadão precisa estar com seu título de eleitor em mãos e estar com suas obrigações eleitorais em dia. Confira abaixo como fazer para tirar o documento pela primeira vez:

Leia também: Confira quais são os documentos necessários para fazer a prova do Enem

Quais são os documentos necessários?

Para emitir o título de eleitor , o cidadão deve comparecer a um Cartório Eleitoral ou em uma Unidade de Atendimento da Justiça Eleitoral com um dos seguintes documentos em mãos: carteira de identidade, carteira de trabalho, certidão de nascimento ou de casamento. Além disso, é necessário levar comprovante recente de residência original. Os homens com mais de 18 anos também deverão apresentar o certificado de quitação com o serviço militar.

Cadastro Online

Além de ser possível iniciar o processo presencialmente, o cidadão poderá realizar um cadastro online através do Título Net . Nele, o eleitor poderá agendar um horário para ir ao cartório eleitoral e solicitar o título depois. Após preencher todos os dados necessários, o cidadão receberá um número de protocolo e terá cinco dias para comparecer a alguma unidade da Justiça Eleitoral.

Veja Também:  Câmara de São Paulo proíbe uso de copo e talher de plástico

Regularização de título cancelado

Eleitores que não tenham votado ou justificado a ausência nos últimos três turnos, poderão ter seus títulos cancelados. Para reaver o documento, o cidadão deverá pagar uma multa de R$ 3,71 por turno em que deixou de votar e ir a um cartório eleitoral com documentos de identificação e comprovantes de residência para regularizar o título.

O Tribunal Superior Eleitoral ainda não estabeleceu uma data limite para a regularização do título eleitoral para as eleições de 2020. Mas, para evitar possíveis transtornos, regularize sua situação o quanto antes. 

Leia também: Estourei os pontos da CNH, e agora? Saiba como funciona o processo de reciclagem

O que acontece se eu não tirar ou regularizar o título?

O cidadão que atingiu a idade mínima obrigatória ou que deixou de regularizar o título de eleitor após o cancelamento sofrerá uma série de impedimentos, sendo eles:

  • Obter o passaporte ou carteira de identidade;
  • Participar de concursos públicos;
  • Obter empréstimos;
  • Renovar a matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • Realizar qualquer atividade que exija a quitação com as obrigações eleitorais.
Veja Também:  Samarco pede fim do cadastramento de atingidos por tragédia em Mariana

Biometria

Urna biométrica arrow-options
Wilson Dias/Agência Brasil

A biometria será obrigatória para várias cidades já nas eleições de 2020.

Apesar de não ser obrigatório em todas as cidades, o cadastro biométrico poderá impedir quem não estiver em dia de votar na eleições caso a cidade em que seu título está registrado exija a biometria. O prazo final para a realização do cadastro varia de cidade para cidade. Para saber qual é a data limite pra cadastrar sua biometria, consulte o site do Tribunal Eleitoral de seu Estado. 

Para realizar o cadastro, é necessário possuir os seguintes documentos: Comprovante de endereço, Documento de identificação, certificado de quitação do serviço militar e título de eleitor.

Leia também: 2ª via, registro digital e mais: tire as dúvidas sobre carteirinha de vacinação

Para saber se a biometria é obrigatória na sua cidade, basta consultar os sites dos Tribunais Regionais Eleitorais de cada Estado, que fornecerão uma lista de todos os munícipios onde a biometria será obrigatória para as eleições de 2020.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Óleo derramado no Nordeste pode chegar às praias do Rio e preocupa autoridades

Publicado

source
óleo no mar arrow-options
Agência Pública

Óleo que atingiu a costa do Nordeste pode chegar às praias do Rio de Janeiro.

Autoridades temem que o óleo que atingiu a costa do Nordeste chegue até as praias do Rio de Janeiro nos próximos dias. Para evitar contaminação das praias, o governo do Estado do Rio  criou um grupo de trabalho especial para monitorar a costa fluminense. O intuito do grupo é garantir que haja resposta de imediato, caso o petróleo chegue no litoral carioca.

A secretária estadual do Ambiente e Sustentabilidade Ana Lúcia coordena as ações. O estudo é composto por técnicos da secretaria e do Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea).

Leia mais: Eduardo Bolsonaro divulga logomarca do partido Aliança pelo Brasil

“O Inea realizou a capacitação de 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros e do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de surgimento de óleo na costa, disse o Inea em nota enviada ao Estadão.

Veja Também:  São Paulo tem previsão de chuva e máxima de 21ºC nesta terça-feira

A capacitação da equipe que está disponível para atuar em caso de contaminação por óleo foi iniciada nesta segunda-feira (11).

Segundo o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (Lapis) da Universidade Federal de Alagoas, a direção e intensidade das correntes marítimas e ventos na superfície do mar vão ser determinantes para a chegada do óleo no Rio de Janeiro. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

‘Terminarei meu mandato’, diz Tabata Amaral sobre disputar eleições em 2020

Publicado

source
Tabata Amaral arrow-options
Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Tabata afirma que só irá procurar novo partido quando conseguir se desfiliar do PDT sem perder mandato.

Após ser mencionada pelo líder paulistano do PSDB como possível vice de Covas nas eleições para a Prefeitura de São Paulo, a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) afirmou, nesta terça (12), que não recebeu convite formal para se filiar ao PSDB ou qualquer outro partido e que não pretende deixar seu mandato com parlamentar.

Leia também: “Tá fumando muito ou tá no daime”, diz Frota sobre Eduardo Bolsonaro governador

A prioridade de Tabata neste momento é conseguir se desfiliar do PDT , sem perder seu mandato na Câmara os Deputados, processo que está sendo analisado na Justiça Eleitoral. Desde que a deputada votou a favor da reforma da Previdência – indo contra as orientações de seu partido – sua relação com o PDT tem sido conturbada, levando ao desejo de sair do partido.

A deputada afirma que irá procurar um partido novo apenas após a oficialização de sua saída do PDT. Diz que irá buscar uma sigla onde suas ideias possam ter espaço, que apoie as mudanças que ela deseja realizar e que possua um estatuto transparente.

Veja Também:  TJ do Rio de Janeiro libera advogados da obrigatoriedade de terno no verão

Leia também: MBL pede prisão preventiva de Lula e Dirceu ao Ministério Público Federal

Tabata explica que neste momento, seria pouco cordial de sua parte dizer para quais partidos iria. Mas afirma ter uma boa relação com os partidos, mesmo os de ideologias divergentes à dela. Conta que já foi convidada, ‘em tom de brincadeira’ a participar de quase todos os partidos da Câmara.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Homem morre e criança é baleada durante tiroteio no Rio de Janeiro

Publicado

source
Tiroteio no Rio arrow-options
Divulgação

Identidade da vítima fatal não foi confirmada.

Um homem ainda não identificado foi morto e uma criança de 5 anos baleada, nesta terça, em Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro . Segundo informações da Polícia Militar, os disparos teriam partido de um carro que passava na Praça da Cohab.

Leia também: Operários ficam pendurados em andaime de obra em hotel no Rio de Janeiro 

Ainda segundo os militares, a criança seguia para a escola com sua mãe quando levou um tiro na perna. Ela foi socorrida no Hospital Municipal Albert Schweitzer, no mesmo bairro. Policiais do 14º BPM (Bangu) estão no hospital dando suporte à família. Ainda não há informações sobre a identificação e estado de saúde da vítima.

Procurada, a Polícia Civil disse que abriu inquérito para apurar o caso e que a investigação está em andamento. Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) foram acionados, fizeram perícia na região e procuram imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar os autores do crime.

Veja Também:  Idosa arremessada de ônibus no Rio morre após ficar 10 dias internada

Nas redes sociais, moradores comentaram o caso: “Muitos tiros e pânico na praça da Cohab, em Realengo. Segundo informações iniciais um jovem foi morto”, tuitou um perfil de notícias locais.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana