conecte-se conosco


Cuiabá

Posto de atendimento integrado estende serviços à região Sul

Publicado

Davi Valle

O prefeito Emanuel Pinheiro inaugurou um ponto de atendimento da Prefeitura de Cuiabá no Complexo Silva Freire, na sexta-feira (8). A unidade, localizada no bairro Vista Alegre, Coxipó,concentra atendimentos para o Sistema Nacional de Emprego (Sine Municipal), Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), Procon e da Secretaria de Meio Ambiente. 

 
Assim os moradores da região terão acesso facilitado a serviços como busca por emprego; entrada no seguro desemprego; solicitação de carteira de trabalho; pagamento de Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), emissão de alvarás e licenciamentos; e  direitos do consumidor. 
 
De acordo com Pinheiro, esta é uma forma de democratizar o atendimento do poder público, estendendo suas ações às regiões mais afastadas do Centro. “Se o cidadão não pode ir até a Prefeitura, não tem problema, a Prefeitura vem até ele. Este é o papel de uma gestão humanizada, que pensa na cidade, mas, sobretudo, naqueles que nela vivem”, disse. 
 
A titular Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques, lembra que no local já funcionava uma unidade do Sine Municipal, que seria reformada. “O prefeito teve então a ideia de transformar o ponto em um posto de atendimento integrado, decentralizando nossas ações e trazendo mais comodidade e agilidade no trabalho prestado.”
 
A obra é fruto de parceria entre as Secretarias de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico; Fazenda; Ordem Pública; Meio Ambiente e Serviços Urbanos.No local também funciona o ambulatório da Policlínica do Coxipó e a Creche Municipal Silva Freire, que dá nome ao Complexo. 
 
Também participaram do evento o secretário de Fazenda, José Roberto Possas; o secretário adjunto de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Ernesto Barbosa; e os vereadores Orivaldo da Farmácia e Luiz Claudio. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Veja Também:  Seminário discutiu ensino étnico-racial nas escolas de Cuiabá
publicidade

Cuiabá

Blocos de sustentação dos pilares começam a ser concretados na Av. das Torres

Publicado

Davi Valle

A obra de construção do viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”, na Avenida Profª Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), recebeu nesta terça-feira (12) o trabalho de concretagem do primeiro bloco de apoio dos pilares da edificação.  Com o início desse processo, o levantamento da estrutura caminha para a finalização das etapas correspondentes ao subsolo.

Conforme estabelecido no projeto executivo, o viaduto contará com 14 blocos distribuídos em sete pórticos, que são as estruturas darão sustentação ao elevado. Dos sete planejados, quatro já estão com a base perfurada e também devem passar pela fase de concretagem em breve. Concluindo o trabalho de execução dos blocos, a empresa iniciará a parte de construção dos pilares.

“A Prefeitura trabalha para melhorar a vida das pessoas e hoje acompanhamos a construção da primeira base de concreto, por onde serão erguidos os pilares. É um momento de muita emoção, pois o viaduto, a partir de agora, começa a tomar forma e população também passa a enxergar o desenvolvimento da sua região. Estou muito feliz de ser o responsável por essa transformação”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Veja Também:  Vereador Lilo faz audiência pública para socorrer Centro Histórico

A edificação leva o nome do ex-vereador por Cuiabá, José Maria Barbosa, o Juca do Guaraná. Falecido em julho de 2018, Juca fez um mandato marcante na Câmara Municipal, na legislatura de 2008 a 2012. Em sua passagem pela política, prestou grande colaboração para o desenvolvimento do município, principalmente com ações voltadas para a área social.

VIADUTO MURILO DOMINGOS

Na Avenida Manoel José de Arruda, popularmente chamada de Beira Rio, também será levantada uma estrutura semelhante. No local, a empresa contratada para a execução dos trabalhos já finalizou o estágios de topografia e montagem do canteiro de obras. Nas próximas semanas, quando a última máquina finalizar o procedimento na Av. das Torres, será iniciado o trabalho de perfuração do solo.

O viaduto é batizado de Murilo Domingo em homenagem ao ex-prefeito de Várzea Grande e ex-deputado federal por Mato Grosso, falecido aos 78 anos. Além da atuação política e também na área comercial, exerceu um fundamental papel no campo ambiental. Murilo foi uma das primeiras lideranças políticas a levantar discussões e a promover ações concretas de preservação do Rio Cuiabá, como a soltura de mais de 5 milhões de filhotes de peixes.

Veja Também:  Cinema, teatro e shows animam a programação deste final de semana

AS OBRAS

Com prazo de execução de 360 dias, obras fazem parte do conjunto de intervenções de infraestrutura, visando melhorar a mobilidade urbana. “Os dois viadutos terão 200 metros de extensão e 18 metros de largura. Para isso, estamos investindo o valor total de R$ 30.333.656,42, sendo R$ 16.340.726,63 para o viaduto da Av. das Torres e R$ 13.992.929,79 para o da Beira Rio”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Emenda impositiva de Misael garante centro odontológico no PSF do bairro Despraiado

Publicado

O Programa de Saúde da Família (PSF) João Borralho, localizado no Bairro Despraiado na Capital, foi entregue a população na noite desta segunda-feira, dia 11. A unidade de saúde passou por uma reforma completa graças a uma emenda destinada pelo vereador Misael Galvão (PSB), presidente da Câmara Municipal de Cuiabá.
“Passou um filme em minha cabeça durante a solenidade, lembrei-me de quando morei aqui no Despraiado. Hoje, sou imensamente grato por poder ajudar os moradores desse bairro e de toda a região que utilizam este posto de saúde. Tenho muito orgulho em dizer que destinei minha emenda para esse PSF”, conta Galvão.
O valor destinado pelo parlamentar foi de 35 mil, referente a emenda impositiva de 2017. O recurso garantiu a implantação do Centro de Especialidade Odontológica (CEO) dentro do PSF.
Além da reforma na parte estrutural, a unidade recebeu mobiliário novo e passa a contar com duas modernas salas de odontologia para atender a comunidade.
“Agradeço a Câmara de vereadores pela parceria, por estar junto buscando as melhorias para nossa cidade. Hoje entregamos um PSF totalmente reformado, com dois centros odontológicos e equipamentos de última geração”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.
A população recebeu a obra com muita felicidade e reforçaram que foi a realização de um grande sonho da comunidade.
“Sempre pedimos essa obra. Pra gente é muito importante, pois tínhamos q ficar indo nos Bairros vizinhos para conseguir consulta odontológica. Então o Misael veio nos visitar e viu a situação do nosso PSF e correu atrás e destinou essa emenda ara realizar nosso sonho. A reforma do posto e o centro odontológico foram grandes melhoria para o bairro. Agradeço ao vereador e desejo que ele continue com esse espírito de bondade ajudando o povo”, relata a presidente do Bairro Despraiado, Isail de Jesus da Silva.

Susan Bento – Assessoria Vereador Misael Galvão

Veja Também:  “Xadrez na Praça” leva tabuleiro gigante, oficinas e torneios para a Praça Alencastro

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Bussiki apresenta emendas contra aumento de salário de prefeito

Publicado

O vereador de Cuiabá Marcelo Bussiki (PSB) vai apresentar duas emendas, uma modificativa e outra supressiva, a fim de impedir que seja concedido aumento salarial ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), de R$ 23 mil para R$ 27 mil em 2020 e R$ 32 mil em 2021. O projeto que prevê o aumento salarial do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais foi proposto pela Mesa Diretoria da Câmara de Cuiabá.
As emendas serão apresentadas por Bussiki na sessão plenária desta terça-feira (12.11), quando o projeto será colocado para apreciação dos vereadores. A medida se dá em razão de Bussiki não concordar com a proposta, além de ter sido voto vencido na Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária.
Na ocasião, Bussiki foi contra o aumento por entender que a proposta vai gerar um impacto de quase R$ 10 milhões até 2021 – o que pode complicar ainda mais as contas da Prefeitura de Cuiabá. Conforme projeto proposto, o salário ficaria fixado em R$ 27 mil para o prefeito, R$ 15 mil para o vice-prefeito e R$ 13 mil para os secretários em 2020. Já em 2021, o valor aumentaria para R$ 32 mil para o prefeito, R$ 18 mil para o vice-prefeito e R$ 15 mil para os secretários.
Segundo Bussiki, os aumentos são um risco às finanças da Prefeitura de Cuiabá, porque o Município está com uma nota fiscal C no índice de Capacidade de Pagamento (Capag), da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Além disso, o Município possui uma “gestão em dificuldade”, conforme o Índice Firjan de Gestão Fiscal.
“Em uma cidade com claras dificuldades orçamentárias e financeiras, propor o aumento de salário do prefeito e seu secretariado é como premiar uma pessoa que só tem praticado a má-gestão em desfavor do cidadão cuiabano”, disse.
Além disso, Bussiki ressaltou que a atual remuneração de R$ 23 mil já atende as prerrogativas e atribuições do cargo de prefeito da Capital, especialmente quando comparada com as demais capitais do País.
De acordo com levantamento apresentado por Bussiki, o salário do prefeito de Cuiabá é mais alto do que o de 17 prefeitos de capitais, incluindo de cidades como Rio de Janeiro, que possui 6,3 milhões de habitantes.
“No comparativo, Cuiabá só fica atrás de 8 capitais. Todo o resto ganha menos que R$ 23 mil. Se houver o aumento para R$ 27 mil, o prefeito de Cuiabá receberá o segundo maior salário entre os prefeitos de Capitais. Agora, não vejo como o prefeito de Cuiabá deva ganhar mais que um prefeito de São Paulo, cuja população supera 12 milhões de pessoas”, disse.
Apesar da argumentação, Bussiki foi voto vencido na comissão de orçamento. Votaram a favor do projeto de aumento dos salários os vereadores Orivaldo da Farmácia (Progressistas) e Chico 2000 (PR). Ambos fazem parte da base de sustentação de Emanuel Pinheiro na Câmara de Cuiabá. O projeto também teve parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Por essa razão, Bussiki elaborou a emenda modificativa para que o salário seja fixado em R$ 23.634,10, bem como uma emenda supressiva para que seja retirado do texto original do projeto de lei as projeções de aumento para 2021.
Bussiki espera agora contar com o apoio dos vereadores da base para aprovação das emendas, apesar de ser oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro, em razão do “absurdo” que considera tal projeto. “O país vive uma crise financeira, os municípios têm poucos recursos. Em Cuiabá vemos várias áreas, como saúde e educação, precisando de mais investimentos. É um completo absurdo a Câmara de Cuiabá, que deveria ser a Casa do Povo, propor um projeto que não beneficia em nada o cidadão cuiabano”, encerrou.

Karine Miranda | Assessoria Vereador Marcelo Bussiki

Veja Também:  Espaço de descarte de lixo é transformado em praça com academia ao ar livre e playground

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana