conecte-se conosco


Nova Xavantina

Prefeito João Cebola demite a dentista Laragney

Publicado

O prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, demitiu na manhã desta segunda-feira, 10, a odontóloga doutora Laragney Alves Diniz.

O prefeito João cebola determinou, por portaria, a abertura de dois procedimentos administrativos contra a doutora Laragney, conhecida como doutora Lara, e, na manhã desta segunda-feira, por vilta das 10 horas, a dentista foi notificada no PSF 1, no setor Xavantina, onde prestava serviços a comunidade. 

No primeiro procedimento – PAD nº 005/2017, a doutora Laragney, juntamente com as outras dentistas do município, deixou o local de trabalho, na parte da manhã, para ir ao velório do pai da dentista doutora Daniela. Neste processo as dentistas fizeram um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta com o compromisso de ficarem pelo menos um ano sem cometer nova falta. 

A doutora Lara tem uma filha pequena portadora da Síndrome de Dawn e necessita constantemente de cuidados, e, certo dia, no final do ano 2017, a filha passou mal na escola e a diretora telefonou para o PSF do bairro Tonetto, onde a dentista estava de serviço, comunicando que a filha estava com muita febre e necessitava de cuidados urgentes. Laragney estava atendendo um paciente, motivo pelo qual pediu a um colega que fosse até a escola buscar a filha. O colega foi até a escola e trouxe a filha, portadora de Síndrome de Down. A escola fica na mesma quadra onde funciona o PSF, ou seja, menos de 100 metros do local de trabalho. Por esta razão a secretária de Saúde do Município a denunciou dando inicio a novo procedimento, descumprindo, assim, o Termo de Ajustamento de Conduta.

A Secretária de Saúde, Danielle Alves Silva Melo, encaminhou expediente pedindo a abertura do processo alegando que a dentista não estava cumprindo integralmente o TAC entabulado no PAD 005/2017, deixando de seguir corretamente o mesmo, bem como, colocava dificuldades para proceder alguns atendimentos e desobedecia as ordens emanadas da Secretária de Saúde. A denúncia culminou com a abertura do PAD nº 030/2017 onde a Comissão Processante emitiu relatório opinando pela demissão.

Comentários Facebook
Veja Também:  Vereador Edilson Caetano disse que se for cassar o Valtinho, também tem que cassar o Cebola
publicidade

Nova Xavantina

Bombeira Militar de Nova Xavantina participa de reunião em Cuiabá com tema “Carreira Militar”

Publicado

Por Layrana Araújo

Na última terça-feira (25-06) o efetivo feminino do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso participou de uma reunião em Cuiabá-MT, para tratar de temas específicos das mulheres da corporação. A  3° SGT BM Ludmila, representou a 4° CIBM  de Nova Xavantina,  Ludmila é natural de Uberlandia – MG,  mas  reside em Nova Xavantina a cerca de 9 anos e há 08 anos integra o 4° CIBM.

O evento que aconteceu em Cuiabá teve como proposta criar um momento para as mulheres falarem de carreira e maternidade. A  abertura  ficou por conta  tenente-coronel Luciana Bragança e o depoimento da sargento BM Miracy Xavier, falando sobre o desafio da maternidade e a carreira no Corpo de Bombeiros Militar. Também foi abordado um tema atual que é a mudança do acesso à reserva remunerada com a proposta de reforma da previdência apresentada ao Congresso Nacional. Apesar de haver poucas mudanças para os militares, a nova proposta aumenta o tempo de contribuição para elas. O tema foi abordado pela tenente-coronel Fernanda, da Polícia Militar de Mato Grosso, assessora jurídica da Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de Mato Grosso (Assof).

3° SGT BM Ludmila

Em entrevista ao site O Roncador a 3° SGT BM Ludmila relatou  não encontrar dificuldades em exercer a profissão por ser  mulher e militar, pelo contrário, nunca  encontrou nenhum empecilho em desenvolver as atividades que lhe correspondem, mesmo sendo a única mulher que compõe a 4° CIBM de Nova Xavantina, companhia composta em sua maioria por militares do sexo masculino.“É normal trabalhar com eles, me sinto bem e tranquila. É maravilhoso! Melhor lugar que Deus poderia ter me colocado”, finalizou a   3° SGT BM Ludmila.

Veja Também:  Morre em Goiânia o senhor Milton Barbosa, pai do Bruno da Academia Impacto

São 90 mulheres na corporação de Mato Grosso, a legislação garante 10% das vagas para as mulheres, mas agora são apenas 6%. “Com o tempo, chegaremos aos 10% do total do efetivo, é preciso que elas batalhem por qualificação, melhorem as condições de trabalho, porque quando cheguei, outras já tinham feito isso por mim”, destacou a major Pryscilla Machado, comandante adjunta do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros.

A carreira de bombeiro militar não tem muitas diferenças para homens e mulheres, o cumprimento de tarefas é requisito para ambos os gêneros durante os cursos de formação. Mas adequações são necessárias na estrutura e no regimento para que o efetivo seja misto. É preciso haver alojamentos separados e é necessário que o regimento contemple necessidades naturais, como as relacionadas à maternidade.

A cada novo dia as mulheres vêm assumindo novas responsabilidades com competência e sensibilidade. Por reconhecer a importância da mulher no Corpo de Bombeiros, o site de notícias O Roncador, parabeniza a todas as guerreiras do fogo do Estado de Mato Grosso, que são mulheres de fibra, de garra e luta. Em especial a 3° SGT BM Ludmila da 4° CIBM  de Nova Xavantina, por sua  representatividade, empoderamento, força e pelo trabalho prestado a comunidade xavantinense, provando diariamente a capacidade feminina de exercer a missão de salvar vidas.

Veja Também:  Projeto Rio Limpo Rio Lindo realiza trabalho extensivo no Rio das Mortes, com ênfase no perímetro urbano de Nova Xavantina

Confira algumas fotos da SGT BM Ludmila em exercício de sua função:

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Vereador Edilson Caetano disse que se for cassar o Valtinho, também tem que cassar o Cebola

Publicado

O vereador Edilson Caetano, do PSD, mesmo partido do prefeito Cebola, usou a tribuna na sessão ordinária desta segunda-feira e disse que se for para cassar o vereador Valtinho por ter ofendido o prefeito, será necessário fazer duas cassações, se referindo ao prefeito Cebola.

O pedido de cassação do vereador Valtinho, apresentado nesta segunda, 24, pelo prefeito João Cebola, causou indignação na população e em parte dos vereadores. O vereador Edilson Caetano, eleito pelo PSD, partido do prefeito Cebola e aliado do prefeito, ficou indignado com a atitude do prefeito cebola e disse: “Se for para esta Casa acatar o esse pedido, tem que fazer dois processos de cassação”.

“sou parceiro, mas se tiver que criticar eu critico, se tiver que cobrar eu cobro”.  Edilson disse, ainda,que o prefeito Cebola usa as mídias para maltrata o povo, chamando de bezerro, dizendo que “bezerro desmama em maio”, e, se chama de bezerro, está chamando de animal, porque bezerro é um animal. Critica o povo nas redes sociais dizendo a frase “aceita que dói menos”.

Edilson elogiou o trabalho da atual administração na região do P.A. Safra. “O Banco Safra está um canteiro de obras, com manutenção de estradas, reforma e construção de pontes e bueiros, mas fico triste, por outro lado, pois tem uma linha de transporte escolar que já tem três, dois anos que não é patrolada. Tenho admiração pelo Cebola, mas fico triste quando ele não aceita crítica, pois toda crítica é construtiva. Pode eté não concordar com as críticas, mas tem que respeitar”. Disse Edilson.

Comentários Facebook
Veja Também:  Projeto Rio Limpo Rio Lindo realiza trabalho extensivo no Rio das Mortes, com ênfase no perímetro urbano de Nova Xavantina
Continue lendo

Nova Xavantina

Vereador Elias Bueno defende Valtinho e diz o prefeito Cebola é “cara-de-pau”

Publicado

O vereador Elias Bueno, do PSDB, usou a tribuna da Câmara Municipal do Vereadores de Nova Xavantina e saiu em defesa do vereador Valtinho, do DEM, e disse que o prefeito Cebola é “cara-de-pau” em pedir a cassação do colega.

O prefeito João cebola entrou com representação com pedido de cassação do vereador Valtinho, porque no dia 10 de junho deste ano, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Nova Xavantina, o vereador fez uso da palavra livre e chamou o prefeito Cebola de desgraçado e que o prefeito Cebola, quando morrer, irá queimar no fogo do inferno com enxofre.

O pedido foi apresentado no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores na sessão ordinária do dia 10 deste mês, o que causou indignação a vários vereadores.

O vereador Elias Bueno, do PSDB, faz oposição ao prefeito Cebola, embora o partido, presidido pelo radialista Divino Carlos esteja na base aliada do prefeito. Na referida sessão o vereador usou a tribuna, na hora da palavra livre, e saiu em defesa do vereador Valtinho. Elias disse que a Câmara Municipal sempre foi parceira do executivo e faz tudo que o prefeito cebola manda. Não é porque o prefeito está fazendo alguma coisa que precisamos fazer tudo que ele quer. “Precisamos ter cautela. Nova Xavantina é um dos municípios que mais arrecada na região, com o aumento do IPTU e a cobrança de muitas taxas, por essa razão ele precisa fazer muito mais. O povo está sendo sugado.” Elias disse em seu discurso que o hospital está caindo aos pedaços e até para ter o cafezinho é preciso fazer vaquinha entre os funcionários, enquanto, por outro lado, a prefeitura paga caro pela aquisição de café.

Quanto ao pedido de cassação Elias disse que o prefeito é muito cara-de-pau em pedir a cassação do vereador Valtinho, porque quem não respeita o povo e ele. “Nas redes sociais ele maltrata os munícipes, maltrata os vereadores, já falou que eu e o vereador Valtinho somos ‘bostas’.Bosta é ele. Safado é ele. Quem rouba o dinheiro é ele’. Concluiu o vereador.

Comentários Facebook
Veja Também:  Vereador Elias Bueno defende Valtinho e diz o prefeito Cebola é "cara-de-pau"
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana