conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura inaugura posto integrado de atendimento Silva Freire

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro inaugura o Complexo Silva Freire, no Coxipó, nesta sexta-feira (8). A unidade oferecerá atendimento para o Sistema Nacional de Emprego (Sine), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Procon Municipal, além da emissão de alvarás e licenciamentos. A proposta é descentralizar o acesso a estes serviços, proporcionando mais comodidade e qualidade de vida à população da região.

A titular Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marque, lembra que no local já funcionava uma unidade do Sine Municipal, que seria reformada. “O prefeito teve então a ideia de transformar o ponto em um posto de atendimento da Prefeitura, democratizando assim a prestação de serviços e avançado no propósito de humanização da gestão.”

A obra, que será entregue às 9h, é fruto de parceria entre as Secretarias de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico; Fazenda; Ordem Pública; Meio Ambiente e Serviços Urbanos.No local também funciona o ambulatório da Policlínica do Coxipó. 

SERVIÇO

O que: Inauguração do Complexo Silva Freire

Quando: Sexta-feira (8), às 9h

Onde: Sine Coxipó – Rodovia Palmiro paes de Barros , s/n, Vista Alegre

Veja Também:  4ª Confraternização Esportiva e Cultural dos Servidores da Educação encerra com entrega de premiações

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

“Novo Hospital Municipal de Cuiabá representa virada histórica na Saúde”, afirma Dr. Xavier

Publicado

Parlamentar cuiabano parabenizou o prefeito Emanuel Pinheiro pela entrega de uma obra sonhada por toda a população cuiabana e mato-grossense
Para o vereador Dr. Xavier, a inauguração do novo Hospital Municipal de Cuiabá ontem (18) “descortina perspectivas alentadoras na Saúde Pública, representando praticamente uma virada histórica”. O único senão, alerta o parlamentar, reside na deficitária Atenção Básica,
setor que, se devidamente capacitado, seria crucial para prevenir muitas doenças. “Conforme dizem, “prevenir é sempre melhor do que remediar”. Porque, independente do rol de unidades SUS inauguradas e aparelhadas modernamente em Cuiabá ou em qualquer outro lugar do país, os problemas de inchaço hospitalar tendem a persistir se não for priorizado uma estrutura eficaz à Atenção Básica, também conhecida como Atenção Primária”.
Conhecedor da rotina hospitalar do SUS em Cuiabá, Dr. Xavier disse que tem observado essa lacuna existente entre a Atenção Básica, Secundária e Terciária há tempos. “O ideal seria estabelecer uma ponte uniforme de equilíbrio, com todas funcionando em plena harmonia. A Básica, por princípio, teria de ser estruturada para operacionalizar seu trabalho e facilitar o das demais. Veja bem: se um cidadão é orientado a não ter uma vida desregrada, mantendo hábitos alimentares saudáveis, horário regular de sono, moderação na ingestão de bebidas alcoólicas e praticando esportes, naturalmente que vai evitar muitos transtornos de saúde”.
Como exemplo, o parlamentar citou o caso de uma pessoa que eventualmente apresente problemas cardíacos decorrentes do transcurso de uma vida sedentária, sem exercícios e outros cuidados que devem nortear seu cotidiano. “Se alguém, lá atrás, tivesse orientado essa pessoa acerca dos corretos procedimentos do seu dia a dia, talvez ela nunca apresentasse deficiências cardíacas ou outro mal físico. Por vezes, a prevenção tem poder milagroso, mesmo de remédio, escudo protetor…”
Conforme o vereador, a Atenção Básica carece realmente desse olhar atencioso, essencial para que respostas positivas possam ser registradas no contexto geral da Saúde Pública. “É um retorno de dividendos automático: se a Atenção Básica dispor de condições de funcionamento segundo preceitua as normas do Ministério da Saúde, os ganhos do setor serão inevitáveis, com decréscimo progressivo dos índices de doenças”. Ele sublinhou que suas palavras não encampam nenhuma crítica à atuação dos servidores. “Eles (servidores) são idealistas no trato das funções delegadas. Querem fazer o máximo, já comprovei, porém encontram pouco amparo para cumprir seus objetivos”.
“O vai-e-vem das ambulâncias terapias só vai terminar quando as unidades hospitalares do interior estiverem estruturadas. Enquanto isto não acontecer, a sobrecarga de pacientes no Pronto Socorro de Cuiabá e de Várzea Grande terá continuidade…”
Dr. Xavier traçou ainda um prognóstico que disse não ser alentador para o atendimento rotativo de pacientes nas unidades hospitalares de urgência e emergência de Cuiabá e de Várzea Grande. “Ambos os Pronto Socorro realizam esforços extravagantes para atender quantos desembocam todos os dias. Esse inchaço de usuários SUS nos dois principais municípios do Estado se explica fácil: ocorre pela oferta de serviços médicos não disponíveis no interior de Mato Grosso”.
No geral, na sua análise, este novo Hospital Municipal de Cuiabá irá desafogar expressivamente a sobrecarga verificada no atendimento do antigo (Rua General Vale) e nas unidades clínicas da capital conveniadas ao SUS. “Só não significa a solução final de todos os dilemas registrados na Saúde, principalmente em relação à referida sobrecarga, pois quase 50% desses pacientes procedem do interior. Faz-se imperioso então que os gestores públicos foquem a Atenção Básica como um dispositivo vital na Saúde, minimizando esse quadro tão danoso e responsável por incontáveis óbitos ao longo da história”.

João Carlos de Queiroz | Assessoria Vereador Xavier

Veja Também:  Em Fortaleza, secretária conhece projeto para incentivo de empresas

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Luis Claudio afirma que HMC é um marco na saúde pública de Cuiabá

Publicado

Prefeito Emanuel Pinheiro inaugurou unidade em evento que reuniu dezenas de autoridades
Com a presença expressiva de autoridades o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) inaugurou, nesta segunda-feira (18), a última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), onde funcionará o novo Pronto-Socorro d capital. Segundo informações da Secretária Municipal de Saúde a nova unidade hospitalar possui capacidade para realizar 600 mil procedimentos por ano, com um alto padrão qualidade e atendimento.
No palanque que reuniu autoridades como o governador Mauro Mendes, toda a bancada federal e os ex-governadores do Estado: Júlio Campos, Carlos Bezerra, Jaime Campos, Blairo Maggi e Pedro Taques, secretários e vereadores, o Prefeito Emanuel afirmou que o novo hospital é a maior obra de saúde pública da história do Estado, iniciada pelo então prefeito Mauro Mendes e concluída em seu gestão. Ele também agradeceu o empenho do ministro Blairo Maggi, do senador Wellington Fagundes, da bancada federal e também do presidente Michel Temer responsável, durante seu mandato, pela liberação de R$ 100 milhões necessários à conclusão definitiva da obra, com todo estrutura de prédio e equipamentos.
O HMC custou aos cofres públicos R$ 190 milhões. A última etapa da obra adicionou, a toda estrutura inaugurada anteriormente, 20 novos leitos de UTI ( totalizando 60), cinco salas cirúrgicas, um centro de materiais e de esterelização, além do setor de urgência e emergência que abrigará o novo Pronto Socorro.
Com a última etapa entregue à população o HMC contará com 315 leitos, sendo 178 de adultos, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados, 60 de UTI, 38 de emergência, seis salas de cirurgia e 13 leitos RPA (recuperação pós-anestesia). Também já está em pleno funcionando no local um ambulatório com as 13 especialidades médicas mais procuradas pela Central de Regulação, além de salas e equipamentos para exames como ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia.
Presente na solenidade de inauguração o Vereador Luis Claudio (PP), líder do prefeito na Câmara, disse que a obra é a realização de sonho antigo e uma necessidade urgente da população que busca atendimento hospitalar no município.
“Enfrentamos dificuldades para chegar ao final desta obra grandiosa, mas hoje é um dia de vitória que ficará marcado como um divisor de águas para a saúde pública do município. Quem precisar dos serviços do HMC encontrá uma unidade hospitalar bem estruturada, com equipamentos de última geração e uma equipe profissional preparada para oferecer um atendimento eficiente e humanizado. É com obras como esta que calamos a boca daqueles que só sabem atirar pedras”, desabafou o líder do Prefeito.
Representando uma das secretarias do município que muito colaborou para conclusão da obra do novo hospital, o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, disse que chegar à conclusão e entrega da última etapa da obra é muito gratificante e uma realização pessoal, uma vez que ele acompanha e trabalha pela conclusão do HMC desde a administração anterior.
“O hospital que está sendo sendo inaugurado hoje é fruto do trabalho e esforço de muita gente, me sinto honrado em ser uma das pessoas que ao lado do Prefeito Emanuel Pinheiro lutou para chegarmos neste momento de realização. Quando penso no grande número de pessoas que serão salvas, socorridas e atendidas pelo serviço de excelência que será prestado aqui, sinto que valeu a pena todo esforço, todo suor derramado por esta obra que garantirá respeito e dignidade para nossa população, especialmente para aquelas pessoas mais humildes que procuram o atendimento público”, ressaltou o secretário Stopa.
Finalizando a solenidade de inauguração do HMC, o Prefeito Emanuel Pinheiro garantiu que, a partir do inicio da manhã desta terça-feira (19), todas as ambulâncias e o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) passarão a conduzir os pacientes socorridos diretamente para o novo Hospital Municipal. Mas que disponibilizará, durante 100 dias, uma equipe médica para atender casos de urgência e emergência daquelas pessoas que por engano procurarem o antigo pronto-socorro.

Paulo Wagner | Assessoria Vereador Luis Cláudio

Veja Também:  Luzimar Collares na bancada do Jornal Nacional é bem Mato Grosso

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Farmacêutico alerta para os perigos da automedicação

Publicado

O Diretor Presidente do Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso Alexandre Henrique Magalhães fez uso da palavra na Tribuna Livre da Sessão Ordinária realizada na manhã desta terça-feira 19, a convite do Presidente vereador Misael Galvão, para explanar sobre as ações do conselho regional de farmácia e da importância da profissão farmacêutica para a saúde da população.
A atuação do farmacêutico está relacionada diretamente a pelo menos outras 135 atividades e não só ao atendimento nas farmácias. A importância desse profissional está ligada também a preocupação “com o crescente índice de intoxicação da população, devido, principalmente ao mau uso de medicamentos”.
O CRF foi fundado em Mato Grosso em 1960 e desde então vem diversificando sua maneira de atuar. Hoje centra sua atividade na inspeção de estabelecimentos, farmácias, hospitais, ambulatórios e outros, desde que trabalhem com a dispensação de remédios. Segundo Alexandre, é feito um trabalho preventivo.
Alexandre, com 20 anos na profissão, “afirmou que Farmácia é uma ciência, mais do que uma profissão”. Ele alertou para a defasagem no número de farmacêuticos contratados para trabalhar na rede pública de saúde, porque o “farmacêutico reduz mortalidade e é alarmante o índice de intoxicação por remédios na faixa etária de 20 a 39 anos, idade em que as pessoas são, em regra, mais produtivas”, destacou.
O Diretor Presidente da CRF-MT abordou um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional que prevê autorização de vende de medicamentos em supermercados. “Isso pode ser perigoso para o cidadão”, tendo em vista que favorece a automedicação e em conseqüência a intoxicação por ingestão inadequada de medicamentos.
Outro projeto criticado foi a PEC – projeto de emenda constitucional – nº 108 que pretende desregulamentar os conselhos regionais, desobrigando a que os profissionais para atuar estejam devidamente registrados. Para ele, essa medida enfraquece o poder de fiscalização e “coloca em risco a saúde da população”.
O vereador Orivaldo da Farmácia, que farmacêutico e empresário do ramo, entregou Moção de Aplausos para o palestrante, na oportunidade.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá

Veja Também:  Câmara sabatina indicados para diretoria da Arsec em sessão extraordinária na sexta, dia 22

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana