conecte-se conosco


Últimas Noticias

Presidente Bolsonaro estará dia 5 de junho em Barra do Garças

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro vira em Barra do Garças, na divisa de Mato Grosso e Goiás, para o lançamento do Projeto juntos Pelo Araguaia, no dia 5 de junho. O evento vai acontecer na ponte que liga as cidades de Barra do Garças (MT e Aragarças (G0). A ação, em comemoraçao ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou presença no lançamento do Projeto Juntos Pelo Araguaia, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. O evento será realizado no dia 5 de junho, na ponte que liga as cidades de Barra do Garças (MT) e Aragarças (GO).

A ação foi idealizada pelo Governo de Goiás e vai revitalizar a Bacia Hidrográfica do Rio Araguaia, por meio de convênio com os governos Federal e do Mato Grosso. A confirmação da ida do presidente foi dada pelo próprio Bolsonaro durante reunião do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nesta terça-feira (14/2), no Palácio do Planalto.

Logo depois, o governador Ronaldo Caiado se reuniu com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e com a secretária do Meio Ambiente, Andrea Vulcanis.

“O Rio Araguaia pedindo socorro e coube ao destino conspirar a favor de sua revitalização. Caiado e Mauro Mendes (governador do Mato Grosso), anapolinos, do mesmo partido, juntos com o presidente Bolsonaro, que assumiu o comando dessa operação. Daqui a alguns anos veremos o Rio Araguaia respirar novamente“, disse, após a reunião no Ministério do Meio Ambiente.

Além do presidente, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, também estará em barra do Garças.
O evento será realizado em Barra do Garças no dia 5 de junho. Estarão em Barra do Garças também os governadores de Mato Grosso e Goiás, Mauro Mendes e Ronaldo Caiado, vão estar também. A agenda foi anunciada por Caiado durante abertura do Conotel em Goiás onde destacou a importância do rio Araguaia e mencionou a parceria com estado vizinho através do amigo Mauro Mendes.

Pacto pelo rio Araguaia

A tratativa desse convênio começou a ser feita aqui mesmo em Barra do Garças no dia 18/4 no encontro das secretárias de Meio Ambiente de Mato Grosso e Goiás Mauren Lazzaretti e Andrea Vulcanis. O diretor da Sema de Barra do Garças, Moacir Couto, também confirmou a agenda e disse que há possibilidade também que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, também participe desta solenidade de lançamento do pacto entre os dois estados em prol do Araguaia.

Trata-se de uma decisão importante porque o rio Araguaia está doente e precisa de cuidados especiais para que possa se prolongar. Acompanhe a reportagem do encontro das duas secretárias no mês de abril em Barra do Garças que abriu possibilidade desta parceria entre Goiás e Mato Grosso para fortalecer o rio Araguaia.

Encontro de secretárias de Meio Ambiente, em Barra do Garças, em prol do rio Araguaia

Para garantir vida longa ao rio Araguaia, o estado de Goiás apresentou a Mato Grosso uma proposta para recuperação das cabeceiras do curso d’água nos dois Estados. O projeto prevê a reposição florestal e conservação do solo de áreas degradadas na região de recarga do rio dentro das necessidades dos Programa de Regularização Ambiental (PRA) identificadas em pequenas e médias propriedades, assegurando a disponibilidade hídrica para as futuras gerações.

“Em Mato Grosso, sempre voltamos nossos olhos para a Amazônia. Sem deixar de lado a floresta, vemos a oportunidade para ampliarmos nossas ações na região do Cerrado, em especial no Araguaia”, destacou a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, que irá apresentar o projeto ao governador Mauro Mendes. De acordo com a gestora, o governador já sinalizou apoio à causa e a união entre os dois estados é primordial para que o projeto entre em ação.

O projeto foi apresentado a Mato Grosso pelo Estado vizinho em Barra do Garças (510 km a Leste da capital) na última quinta-feira (18.04). A secretária de Estado de Meio Ambiente de Goiás, Andrea Vulcanis, lembrou que a população goiana tem um carinho especial pelo rio que é amplamente utilizado para atividades turísticas e de lazer. “Este é o primeiro passo de um caminho a trilhar. A integração entre os dois Estados irá garantir força ao projeto para captação de recursos para sua execução”, projeta Vulcanis.

Baseado na experiência do Instituto Espinhaço em Minas Gerais, o projeto pretende ser o maior programa público de recuperação e revitalização de bacia hidrográfica no país. Em solo mineiro o projeto “Semeando Florestas, colhendo águas na Serra do Espinhaço” atuou na reposição florestal com mudas nativas em 61 municípios. Além dos estudos para identificação das espécies mais indicadas, a projeto também se preocupou em selecionar árvores de maior valor agregado, garantindo novas alternativas de renda aos produtores.

Segundo Luís Carlos Oliveira, fundador do Instituto, a ideia é ir além da ideia de comando e controle, oportunizando aos Estados a produção de água como negócio. Após um amplo diagnóstico realizado por meio do Cadastro Ambiental Rural (CAR) nas cabeceiras do rio, a proposta da entidade é que sejam recuperados 10 mil hectares, sendo 5 mil em cada um dos Estados, em um período de até quatro anos.

Comentários Facebook
publicidade

Últimas Noticias

Ex-vereador e mais duas pessoas morrem após caminhonete cair no rio

Publicado

O servidor público e ex-vereador Luiz da Guia Alcântara e outras duas pessoas morreram, na manhã desta segunda-feira (12), na BR-070, próximo a Cáceres, após o veículo em que eles estavam, uma Duster, bater em um barranco e cair em uma das vazões do Rio Paraguai. Em menos de 24 horas, foram seis mortes registradas na mesma rodovia.

Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado nesta manhã, no km 737 da rodovia federal. O Renault Duster seguia pela BR-070, quando saiu da pista, colidiu em um barranco e caiu na água da vazão do Rio Paraguai. O veículo submergiu logo em seguida.

No local, foram confirmados três óbitos, sendo Luiz da Guia Alcântara; Rosenildo do Espírito Santo Bragantini e mais uma ainda não identificado. Um homem também foi socorrido em estado grave.

Outro acidente

Um grave acidente entre um Celta e uma Zafira deixou três pessoas mortas, no domingo (11), na BR-070, próximo a General Carneiro (455 quilômetros de Cuiabá). Uma das vítimas foi a óbito no local e outras duas no hospital. A colisão foi frontal e dois ficaram em estado grave.

Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão frontal entre os dois veículos foi registrado no km 91 da rodovia federal. Os dois carros foram parar fora da pista, em razão da batida.

Uma passageira do veículo Celta, identificada como Eva Pereira, foi a óbito ainda no local. Outras duas pessoas deste mesmo carro foram encaminhadas em estado grave para o hospital, sendo que uma não resistiu aos ferimentos. A outra continua em situação delicada.

Na Zafira, duas pessoas ficaram feridas em estado grave, sendo que uma morreu após dar entrada no hospital e a outra permanece em estado delicado. Dois ocupantes saíram ilesos e um com ferimentos leves.

Comentários Facebook
Continue lendo

Últimas Noticias

Justiça de MT concede ao pai guarda provisória de bebê indígena resgatada após ser enterrada viva em Canarana

Publicado

A Justiça de Mato Grosso concedeu ao pai, que é índio de outra etnia, a guarda provisória da bebê indígena que foi enterrada viva pela bisavó, em junho do ano passado, em Canarana, a 838 km de Cuiabá. A decisão do dia 13 de junho foi confirmada pelo Ministério Público Estadual (MPE).
Analu Paluni Kamayura Trumai estava sob a guarda da Fundação Nacional do Índio (Funai) até que todo o processo fosse concluído. Em setembro do ano passo, Justiça solicitou um exame de DNA para comprovar a paternidade e decidir sobre a guarda da criança.
De acordo com o promotor Matheus Pavão de Oliveira, o resultado do exame foi positivo e comprovou a paternidade.
Na época do fato, quando soube que a recém-nascida tinha sido enterrada viva, o pai já havia manifestado a intenção de ficar com a criança. O indígena afirmou que não sabia da gravidez.
Ainda segundo o promotor, um estudo psicossocial e antropológico foi realizado para avaliar quem teria condições de receber a menina que, atualmente, tem um ano.
G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Últimas Noticias

Água Boa: Campanha de doação de sangue ‘Vida por Vidas’ será dia 08/06

Publicado

Layrana Araújo

A campanha de doação de sangue ‘Vida por Vidas’. Trata-se de uma campanha a nível nacional em que a população é convidada a participar do projeto que ajuda a salvar vidas.

A campanha será dia 08 de junho, segundo sábado do mês, na UCT – Unidade de Coleta e Transfusão, na Rua 16, nº 349, em anexo ao PSF Central, Água Boa-MT.

A campanha da UCT tem parceria com os Jovens Adventistas do 7º Dia. No ano passado, a campanha teve quase 40 doadores de sangue e vem se firmando como oportunidade especial para quem não tem tempo livre durante a semana.

Os doadores regulares de sangue devem estar bem alimentados (sem frituras) para participar da campanha. Já os demais interessados passarão por uma triagem da UCT.

A campanha será das 7hs 30min às 16hs na UCT em Água Boa-MT.

O PROJETO

A partir de uma iniciativa voluntária promovida pelos Jovens Adventistas, em 2005, nasceu o Projeto com a proposta de contribuir com os hemocentros através do incentivo à doação de sangue durante o período da Páscoa.

Este teria sido apenas mais um movimento de compromisso social, no entanto o Projeto atraiu a atenção da mídia em diversas regiões por onde ocorreram as doações, inclusive pelo fato de os bancos de sangue terem atingido seus limites de estoque.

Tudo isso contribuiu para que o Projeto fosse conhecido e reconhecido, através da capacidade de mobilização. Desde então, o Projeto acontece anualmente.

Motivo

A doença é uma triste realidade com a qual convivemos diariamente. Ela está próxima a nós, e em alguns casos somos as vítimas. Esse fato infelizmente faz parte de nossas vidas, não fazendo diferença entre adultos, jovens ou crianças, todos convivem com uma necessidade básica: Esperança.

Por vezes vemos os meios de comunicação convocando doadores em virtude das necessidades dos bancos de sangue. Ao nos depararmos com esta realidade, nos identificamos, e descobrimos que o mínimo que podemos fazer é demonstrar solidariedade.

Todas as pessoas estão suscetíveis a precisarem de alguma transfusão de sangue, seja por doença, acidente, cirurgia ou outro motivo. Como não existe sangue sintético com custo acessível, quem precisa de transfusão tem que contar com a boa vontade de doadores, uma vez que nada substitui o sangue verdadeiro retirado das veias de outro ser humano.

Somos sabedores da importância do ato de doar sangue, e como o sangue doado não faz a menor falta para o doador, pois a reposição é feita em pouco tempo pelo próprio organismo, então nada justifica que as pessoas deixem de doá-lo.

No entanto, muitas vezes, a primeira doação está relacionada com a necessidade de um parente, de um amigo ou com uma convocação pela mídia. E só no Brasil, diariamente são necessárias 5.500 bolsas de sangue.

Missão

Como cristãos estamos sempre dispostos a beneficiar o próximo, pois os valores como solidariedade, esperança e fé, fazem parte do potencial humano, e através do exemplo de Cristo, que se preocupava com cada pessoa, conhecia suas necessidades e sempre procurava minorar suas dores, que encontramos o caminho para nos envolvermos, a fim de que as pessoas que sofrem possam ter uma vida melhor.

“Ele deu tudo para você doar um pouco.”

Objetivo

Conscientizar os cidadãos para o hábito de doar, suprindo assim a demanda dos estoques de sangue nos hospitais e hemocentros. Atingir e envolver a mobilização e a participação de voluntários para a doação de sangue e hemoderivados, em hospitais e hemocentros de oito países da América do Sul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai.

PORQUE DOAR?

“É um ato bonito, seguro, uma forma rápida de ajudar alguém, e, seu sangue é tão bom, que não deveria guardar só pra você!”

Existem inúmeras situações que apresentam a necessidade de doações e doadores:

  • Todas as pessoas que estão passando por tratamentos de saúde, quimioterapia, recuperação cirúrgica, além de acidentados e portadores de algumas doenças do sangue, precisam de doações.
  • O doador espontâneo geralmente não sabe quem será o receptor do seu sangue, mas sabe que tal atitude é fundamental para salvar vidas.
  • O doador sabe que um dia poderá também necessitar do sangue de outros.
  • Precisamos de ter na consciência a necessidade de doar sangue. As pessoas conscientes reconhecem sua responsabilidade social, e desenvolvem o hábito de doar regularmente.

“Os doadores de sangue são pessoas especiais, movidas pelo desejo de ajudar pessoas que muitas vezes não conhecem. Ao dedicar parte do seu tempo para doar um pouco de seu sangue, o doador ajuda a salvar a vida de até quatro pacientes diferentes.”

ADVENTISTAS.ORG

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana