conecte-se conosco


Nova Xavantina

Projeto de Extensão do Câmpus da UNEMAT de Nova Xavantina leva informações para os estudantes do ensino médio

Publicado

O Câmpus da UNEMAT – Universidade do Estado de Mato Grosso – de Nova Xavantina vêm realizando uma série de palestras, no âmbito do Projeto “UNEMAT na Estrada: o caminho para o seu melhor futuro”, para os estudantes do ensino médio das escolas de Nova Xavantina e do Vale do Araguaia, com o objetivo de informá-los das oportunidades que a UNEMAT oferece para toda a Região.


As palestras abordam principalmente os números da Universidade, bem como proporciona uma aproximação dos estudantes com as áreas de atuação dos profissionais formados nos cursos de Ciências Biológicas, Turismo, Agronomia e Engenharia Civil, ofertados no Câmpus de Nova Xavantina.

A equipe do Projeto é formada por professores, técnicos e acadêmicos que tem se revezado na realização das palestras. No primeiro ciclo foram realizadas 9 palestras para mais de 800 estudantes em 4 escolas estaduais, sendo duas em Nova Xavantina, uma em Água Boa, e uma em Novo São Joaquim. O projeto terá duração de dois anos e pretende, também, coletar informações junto aos estudantes. Para isso, uma pesquisa buscará identificar quais os cursos superiores que os estudantes desejam e quais, entre os que são ofertados no Câmpus de Nova Xavantina, são mais desejados pelo público-alvo do Projeto.

Nesse semestre as palestras foram realizadas entre os dias 30/04 e 10/05 e contaram com a participação dos professores Ary Gertes Carneiro Júnior, Rodrigo Tarsitano, José Marcos Faccin, Paloma Turchen, Renata Rossi, Érica Caetano e dos acadêmicos Cynthia Rodrigues e Roberto Vieira, dos cursos de Engenharia Civil e Turismo, respectivamente. Além da contribuição de muitos outros colaboradores, tanto da UNEMAT quanto da comunidade local.

Veja Também:  Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina

Para ampliar o alcance da proposta os veículos de comunicação locais e regionais devem ser convidados para serem parceiros dessas ações de caráter educacional e afinadas com o discurso da inclusão. Nessa primeira etapa os membros do Projeto concederam entrevistas nas Rádio Roncador Fm 104,9, Rádio Rezende Fm 90,7 e na Tv Cidade, SBT, Canal 9, todas em Nova Xavantina. Além da Rádio Atividade Fm 87,9 em Campinápolis, e a Rádio Comunitária Rio Manso 87,9 em Novo São Joaquim. Com isso, a mensagem do projeto “UNEMAT na Estrada” atinge um número muito maior de pessoas e dos mais variados perfis. O que pode contribuir para que a UNEMAT figure no imaginário coletivo como a melhor alternativa de ensino superior do Vale do Araguaia e de todo o Estado de Mato Grosso.

Para o coordenador do Projeto, professor Rubens José Bedin, “esse projeto é uma resposta à sociedade que muitas vezes não tem acesso à informação, desconhecendo até mesmo que a UNEMAT é uma instituição pública, gratuita e de qualidade e que oferta ensino superior no Estado de Mato Grosso a mais de 40 anos.” De acordo com o professor, em palestras feitas na região do Araguaia, uma pergunta recorrente entre os estudantes do ensino médio é “- Quanto custa para estudar na UNEMAT?”. Para ele, o Projeto pode diminuir a distância entre a sociedade que demanda o ensino superior e a universidade. Com isso, sanando dúvidas e, principalmente, estimulando os jovens a quererem cursar o ensino superior.

O Diretor Politico, Pedagógico e Financeiro do Câmpus de Nova Xavantina, professor Cesar Crispim Vilar, que é membro do Projeto, empenhou esforços para a viabilização dessas atividades que ele acredita serem importantes para a UNEMAT e para a região. “A Unemat é um patrimônio do povo mato-grossense e esse Projeto vai colocar a Universidade em evidência com destaque para as transformações que a UNEMAT tem provocado no Estado e na vida das pessoas”, frisou Cesar.

Veja Também:  Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina

Os dados obtidos durante a realização do projeto deverão ser divulgados por meio de artigos científicos, monografias, resumos e reportagens jornalísticas a fim de compartilhar com a sociedade o diagnóstico da demanda por ensino superior no Vale do Araguaia. Mais uma vez a UNEMAT cumpre com sua responsabilidade social, ampliando o acesso à informação e estendendo conhecimento para toda a população.

Divulgar a UNEMAT na Região é um trabalho que vem sendo feito há vários anos pela comunidade acadêmica de Nova Xavantina. Em 2012, foram duas equipes que se dividiram para atender mais de 15 municípios em uma semana de viagens, realizando palestras para os estudantes de toda a Região.

Em 2013, outra equipe chegou a rodar mais de 2.000 mil quilômetros, cobrindo 11 cidades e falando com mais de 1.800 alunos, além das entrevistas em rádios locais.

Já em 2014 foram realizadas 30 palestras, numa viagem que percorreu 9 municípios e contou com uma equipe de três professores que voluntariamente dedicaram uma semana inteira para estender as oportunidades e as possibilidades que a universidade pode promover na vida das pessoas.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas através do emailrubens.bedin@unemat.br ou pelos telefones (66) 3438-1224 ou 3438-2240

Comentários Facebook
publicidade

Nova Xavantina

Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina

Publicado

154 dias sem chuva em Nova Xavantina, somados as fumaças deixadas pelas queimadas, a baixa umidade do ar o e calor acima dos 40 graus, afastam os consumidores do comércio. A última chuva sobre Nova Xavantina aconteceu no dia 22 de abril, com apenas 12 mm.

O Termômetro da avenida Mato Grosso marcou 43 graus no inicio da tarde desta quinta-feira, com uma sensação térmica muito maior, em razão da baixa umidade do ar, que, segundo o site da CPTEC está em 11%, somados, ainda, a estufa criada pelas fumaças deixada pelas queimadas e pela falta de chuvas.

As ruas e avenidas da cidade de Nova Xavantina ficam vazias no horário de maior calor, afastando os consumidores dos comércios. Muitos comerciantes pensam em fechar o estabelecimento no horário do calor forte e abrir a noite, para proporcionar maior conforto aos consumidores.

No site do CPTEC consta a informação de altas temperaturas e baixa umidade do ar para a região de Nova Xavantina, com temperaturas acima dos 40 graus todos os dias.

Para agravar a situação grande parte do município de Nova Xavantina foi atingido por queimadas, com regiões ainda em chamas. A região do Rio das Mortes, tanto na margem esquerda quanto na margem esquerda, nas regiões da NX Gold, Unemat, Ilha do Coco, Antártico, Voadeira, entre outras áreas, sofre com as queimadas desde a semana passada.

Comentários Facebook
Veja Também:  Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina
Continue lendo

Nova Xavantina

QUEIMADAS – Morador da gleba Gaivota em Nova Xavantina que perdeu tudo com incêndio pede ajuda

Publicado

O senhor Manoel Francisco Marques, pequeno produtor rural na gleba Gaivota, na região do Voadeira, no município de Nova Xavantina perdeu tudo que estava em sua moradia, com um incêndio provocado pelo fogo na região da Gleba Gaivota.

 

No início da tarde desta quarta-feira, 11, um fogo provocado por um curto circuito na rede de energia elétrica provocou um incêndio nas pastagens da fazenda do empresário Jorge do Auto Posto Bom Tempo, na região do Antártico e um redemoinho jogou o fogo para o lado da gleba Gaivota, se transformando em um grande incêndio.

A casa onde morava a família do senhor Manoel e dona Maria ficou totalmente destruída e o fogo consumiu tudo, não sobrou nada. O fogo queimou tudo, roupas, cama, panelas, pratos, documentos pessoais, etc. A imagem gravada no local é lamentável. Dona maria sofreu um acidente doméstico na segunda-feira, 09, e ficou cega de um dos olhos razão pela qual está em Barra do Garças em tratamento. 

A família precisa de sua ajuda, se você tiver em sua casa, loja, escritório, fazenda, ou outro local, algum objeto que possa ser doado, como alimento, cama, guarda-roupa, panela, talheres, roupas de cama, geladeira, fogão, televisor, material de construção, tabuas, madeiras, etc. faça a sua doação. Você poderá levar a doação e entregar diretamente para o senhor Manoel, na gleba Gaivota. para chegar no local é só passar a ponte de cimento do Ribeirão Antártico e seguir em frente, rumo a Ilha do Coco, após passar a primeira baixada, entre a esquerda na primeira entrada. Dá estrada dá para ver o local onde existia a moradia.

O portal de notícias O Roncador também irá fazer a arrecadação das doações, basta entrar em contato com o advogado e jornalista doutor Wande Diniz pelo telefone (66)98116-0547. Se você quiser doar dinheiro, procure pessoalmente o senhor Manoel.

Você pode falar com dona Luzia, nora do senhor Manoel, pelo telefone (66)98131-6610 ou com a dona Ivone, filha do senhor Manoel, pelo telefone (66)98136-9076 e dar a sua contribuição.

Comentários Facebook
Veja Também:  Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina
Continue lendo

Nova Xavantina

O PSL e o DEM, partido do presidente Bolsonaro e do governador Mauro Mendes, terão candidato a prefeito em Nova Xavantina

Publicado

O projeto do prefeito João Cebola de ter candidatura única para a sua sucessão está correndo risco em razão da decisão das lideranças dos partidos da base dos governos federal e estadual de lançar candidatura própria.

O prefeito João cebola foi eleito em 2016 após ter construído uma candidatura única nas eleições municipais de 2016, quando já estava no cargo de prefeito de Nova Xavantina em razão da renúncia do então prefeito Gercino Caetano, e, por esta razão, sonha e trabalha uma candidatura única, inicialmente em torno do nome do empresário Márcio Caetano, irmão do ex prefeito Gercino e proprietário da representação das Baterias Kondor na região, podendo ser outro do grupo, tendo na lista de prováveis sucessores, além de Márcio, o nome do empresário Nico do Leilão e Beto Petter.

Francy da FCL, presidente do PSL, partido do presidente da república, Jair Bolsonaro, foi o primeiro a se opor ao projeto de candidatura única e lançou o seu nome como pré-candidato a prefeito de Nova Xavantina, com o discurso de uma candidatura única não é democracia: “Nova Xavantina não terá candidatura única porque eu vou me candidatar, para dar ao povo o direito de escolha”. Disse Francy. Francy já recebeu o apoio público de várias lideranças do partido, entre elas a senadora Selma Arruda e o deputado federal Nelson Barbudo. Na cidade de Nova Xavantina Francy passou a ser visto como p´ré-candidato a prefeito por suas publicações nas redes sociais.

Ubirtam Tavares Pimentel, o Birinha, atual  presidente do DEMOCRATAS – DEM, partido do governador Mauro Mendes, já reuniu com as lideranças de seu partido em nível estadual e definiu que não irá apoiar o projeto de candidatura única do prefeito João Cebola. O DEM lançou o nome da empresária Carla Santini, proprietária da empresa Noidore Armazéns Gerais, como pré-candidata a prefeita de Nova Xavantina. Carla foi candidata a vereadora na eleição passada e está disposta a enfrentar as eleições municipais de 2020 na disputa do cargo para assumir a sucessão do prefeito Cebola.

Birinha afirmou que, caso o partido não lance candidatura própria, irá coligar com o PSL e apoiar a candidatura do partido ou outro nome de outro partido que se firme como candidato contra o atual projeto de candidatura única.

Na busca por um espaço, aparece correndo em outras rais da disputa, a ex-primeira dama Vanusa Pazetto e o vereador João Bang, ambos contra o projeto de candidatura única do atual Prefeito. Vanusa está no PP mas poderá ir para outra agremiação, e o vereador João bang está no PSB.

Dessa forma, o candidato apoiado pelo atual prefeito João Cebola poderá fazer campanha sem o apoio do atual governador Mauro Mendes e sem o apoio do partido do presidente da república Jair Bolsonaro.

Comentários Facebook
Veja Também:  Calor acima de 40 graus afasta consumidores do comércio de Nova Xavantina
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana