conecte-se conosco


Cuiabá

Secretaria Municipal de Saúde emite alerta sobre Influenza

Publicado

Divulgação

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Cuiabá (CIEVS/Cba) e a Coordenadoria de Vigilância a Doenças e Agravos (COVIDA) lançaram um alerta para esclarecimentos e orientações quanto às Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), especialmente a Influenza. O aviso foi emitido após o CIEVS receber informações sobre um óbito por Influenza (gripe) de uma adolescente, residente no estado de São Paulo, participante de uma excursão turística na qual participaram alunos da rede privada de ensino de Cuiabá e outros municípios de Mato Grosso.

A gripe (influenza sazonal) é uma infecção respiratória aguda, causada pelos vírus A, B, C e D. O vírus A está associado a epidemias, tem comportamento sazonal, cujo aumento de casos ocorre nas estações mais frias. Propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas (diabetes, hipertensão e imunodeficiência) são mais vulneráveis ao vírus e suas complicações.

Sintomas

A gripe inicia-se, em geral, com febre alta, seguida de dores musculares, de garganta, de cabeça, coriza e tosse. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas em estágio inicial são comuns a outras viroses que causam o resfriado e tornam-se mais evidentes com a progressão da doença, durando de 3 a 5 dias após o desaparecimento da febre. Há a possibilidade de complicações graves como pneumonia e necessidade de internação hospitalar. 

Veja Também:  Cerca de 70 ciclistas participaram do primeiro Pedal Solidário do Legislativo

Condutas preventivas gerais

  • ·          Observar as orientações quanto à vacinação (atenção especial para os grupos de risco);

    ·          Cobrir nariz e boca quando espirrar/tossir, higienizar as mãos, principalmente antes de consumir algum alimento e utilizar lenço descartável para higiene nasal;

    ·          Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

    ·          Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

    ·          Manter os ambientes bem ventilados e evitar sair de casa em período de transmissão (7 dias) da doença (ambientes fechados e/ou com aglomerações);

    ·          Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de SRAG/Influenza (distância mínima de 1 metro);

    ·          Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

    ·          Providenciar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre;

    ·          Gestantes, devido às mudanças no sistema imunológico, circulatório e pulmonar são mais propensas (grupo de risco) às complicações por Influenza e por isso a vacinação durante a gravidez protege a gestante, o feto e o bebê recém-nascido até os 6 meses.

    Caso apresente sintomas

    ·          Em creches e ambientes escolares, especialmente com crianças, proceder a higienização dos brinquedos com água e sabão e atentar para os cuidados preventivos gerais; 

    ·          Observar a atualização da situação vacinal; 

    ·          Os casos de tosse, febre e dor de garganta, devem ser informados aos pais, assim como o aumento do número de crianças com síndrome gripal ou absenteísmo pela mesma causa. A Secretaria Municipal de Saúde deve ser informada;

    ·          Afastamento do paciente, pelo menos 24 horas após o desaparecimento da febre, sem utilização de medicamentos.

    ·          Em caso de dificuldade para respirar, lábios com coloração azulada ou arroxeada, dor ou pressão abdominal ou no peito, tontura ou vertigem, vômito persistente, convulsão assim como os sintomas de SRAG, os serviços de saúde devem ser procurados imediatamente, para notificação e atendimento. Todo caso de SRAG, deve ser imediatamente notificado à Vigilância Epidemiológica Municipal.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Cuiabá intensifica vacinação contra sarampo em crianças de 06 meses a menores de 1 ano

Publicado

Gustavo Duarte

A partir desta quinta-feira (22), crianças de seis meses a menores de 01 ano, devem ser imunizadas contra o sarampo em Cuiabá. Ainda que o município não tenha casos confirmados, a ação segue a iniciativa preconizada pelo Ministério da Saúde em todo país, visando intensificação vacinal, em decorrência do último boletim epidemiológico que apontou 1.680 casos confirmados de sarampo, em 11 estados brasileiros.

“Embora Mato Grosso não tenha casos confirmados, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia, Paraná, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Sergipe, tiveram. Totalizando um coeficiente de incidência da doença de 0,80 por 100.000 habitantes. Dessa forma, o Ministério elaborou essa estratégia em resposta rápida para proteger esse público-alvo, que se mostrou mais suscetível a casos graves da doença e óbitos”, frisou a Responsável Técnica de Imunização de Cuiabá, Sandra Horn.

Com a medida preventiva, chamada de ‘dose zero’, 1,4 milhão de crianças devem ser vacinadas em todo país.  Para isso, o Ministério da Saúde informou que irá enviar 1,6 milhão de doses a mais para os estados.

Veja Também:  Vereador Marcos Veloso pronuncia contra a Lei de Abuso de Autoridade

Ainda segundo Horn, é importante esclarecer que a chamada “dose zero” não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança. “Além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral + varicela, respeitando-se o intervalo de 30 dias entre as doses. Ou seja, a vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente de a criança ter tomada a “dose zero” da vacina”, enfatizou.

ROTINA

Em Cuiabá, a Secretaria de Saúde realiza rotineiramente por meio das unidades de Atenção Básica, ações de atualização do calendário Vacinal. Na rotina, a tríplice viral está disponível em todas as salas vacinais para crianças de 12 a 15 meses.  A vacina previne também contra rubéola e caxumba.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Saúde de Cuiabá inova com palestra lúdica e desmistifica crenças históricas sobre amamentação

Publicado

Gustavo Duarte

Neste mês de agosto, cujo calendário nacional de Saúde é marcado pela intensificação das ações de conscientização e esclarecimento à população sobre a amamentação, as unidades de saúde de Cuiabá vêm inovando com abordagens lúdicas e, com isso, desmistificando crenças e mitos populares históricos acerca do tema.

Nesta quarta-feira (21), mais de 100 pacientes entre gestantes, lactantes e puérperas, atendidas nos Programas de Saúde de Família (PSFs) Serra Dourada I e II puderam atestar este novo método por meio de palestra ministrada pela enfermeira municipal, Izadora Ribeiro. Com apetrechos representativos, a profissional ressaltou a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida, e ainda orientou sobre diversas formas de realizar a amamentação visando o bem estar dos recém-nascidos e das mães.

“Embora o leite materno seja o melhor alimento que a criança pode receber em seus primeiros meses de vida, muitas mães deixam de ofertá-lo por dor, ou medos que vêm sendo disseminado historicamente, como o de que o leite materno é fraco e insuficiente para sustentar o bebê. Então, além de desmistificar esses e outros mitos, nosso papel nessas palestras e rodas de conversa é apoiar incondicionalmente essas mães para que compreendam que o gesto de amamentar é fundamental para o crescimento saudável do bebê e fortalecimento do vínculo mãe e filho”, destacou Ribeiro.

Veja Também:  Vereador Marcos Veloso pronuncia contra a Lei de Abuso de Autoridade

Mãe de quatro filhos, Luana Campos de 23 anos, ressaltou que estes mitos sempre estiveram presentes em sua vida e, inclusive, foram os motivos dela não ter amamentado corretamente seus três primeiros filhos. “Essa palestra foi emocionante esclarecedora para mim. Os meus três primeiros filhos não foram amamentados corretamente porque me diziam que meu leite não sustentava. E só agora, no meu quarto bebê é que eu compreendi que tudo isso era mentira. Graças a esse evento, poderei fazer diferente dessa vez”, frisou.

Além das palestras, o evento que foi promovido com a ajuda de toda a equipe técnica da unidade, em parceria com o Núcleo de Atenção à Saúde da Família – NASF Norte, também orientou sobre a estrutura dos bancos de leite em Cuiabá. Dentre eles, estão o Hospital Geral Universitário (HGU), que recebeu pelo quinto ano consecutivo o certificado ouro de excelência em Bancos de Leite Humano e o Hospital Júlio Müller. Nesses dois locais são feitos a captação, processamento, pasteurização e armazenamento do leite materno, que é disponibilizado para o aleitamento de recém-nascidos e bebês prematuros que não podem ser amamentados pela mãe.

Veja Também:  Processo Seletivo da Saúde de Cuiabá tem inscrições prorrogadas até sexta-feira (23)

De acordo com a diretora de Atenção Básica, Mirian Naschenveg, até o fim do mês as ações de conscientização intensificadas continuarão nas unidades de saúde, sendo que o encerramento será na Regional Sul, na próxima sexta-feira (26) na zona urbana e no sábado (27) no Distrito da Guia.  “Durante toda essa semana, daremos sequência às ações em unidades, e para fechar com chave de ouro vamos fazer um grande evento na sexta, no Sesc no bairro São João Del Rey, com a presença de toda a comunidade. E no sábado estaremos na Guia com a população rural”, finalizou.  

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Rua do Rasqueado volta ao Centro Histórico com show de Scort Som em edição dos 300 anos

Publicado

Luiz Alves

A cultura cuiabana está viva e habita as ruas de pedra e calçadas antigas dos casarões. Nesta quinta-feira (22), o Centro Histórico volta a escutar os primeiros ganzás de uma série de 12 quintas-feiras do evento “Rua do Rasqueado – Cuiabá 300 anos”, primeiro projeto do edital FUNDO/2019 a ser executado. A festa é gratuita e acontece na praça Caetano Albuquerque, das 18h às 22h ao som de Scort Som e Guapo.

As noites dançantes, de bailes na rua são tradicionais em Cuiabá e fazem parte da memória do cuiabano. Quem não lembra, vai ter a oportunidade de relembrar ou conhecer. A “Rua do Rasqueado – Cuiabá 300 anos” foi aprovada em edital FUNDO/2019 na categoria música. O projeto conta com 12 eventos, sempre às quintas-feiras, que serão distribuídos em praças pelo Centro Histórico de Cuiabá.

“A intenção é ocupar novamente o Centro Histórico de Cuiabá, com entretenimento para a população de baixa renda, gratuito, aquelas pessoas que querem curtir a noite tranquilo, dançar e voltar pra casa feliz. E essa região da cidade precisa se movimentar, como São Paulo, como Recife. Era uma região que antes tinha cinemas, restaurantes. Então, estamos resgatando essa cultura cuiabana”, explicou o autor do projeto, o cantor Milton Pereira de Pinho, mais conhecido como Guapo.

Veja Também:  Morador requer nome de rua e CEP para condomínio ser reconhecido

Guapo ainda revelou que, com a transformação da cidade numa metrópole cosmopolita, o festival que completa 26 anos se transforma junto com a cidade. “Antes a gente só tocava rasqueado e alguns pagodes, agora estamos somando, agregando pessoas de várias partes, teremos lambadinha e lambadão e ao longo do projeto participações de grupos de imigrantes em Cuiabá”, disse Guapo.

O evento será dividido em blocos de lambadinha, lambadão e rasqueado, além de um quadro de Clássicos Mundiais, que de acordo com Guapo será o momento das canções e artistas que marcaram época, como Beatles, Frank Sinatra entre outros. A banda Scort Som é a convidada da semana, mas a cada quinta-feira a programação se faz nova e abre-se espaço para novos e consagrados talentos da música autoral em Cuiabá.

“Estes são investimentos em cultura da nossa gente, para a Cuiabá dos 300 anos, mas pensando numa Cuiabá dos próximos 300, na valorização dos nossos artistas, da nossa arte, do nosso patrimônio histórico”, declarou o prefeito Emanuel Pinheiro.

O secretário adjunto de Cultura, Justino Astrevo destaca o esforço do Conselho Municipal de Cultura, responsável pela avaliação dos projetos, em pensar no futuro da cultura cuiabana no processo de seleção dos aprovados, em estruturar a cultura tradicional para que ela resista pelos próximos 300 anos.

Veja Também:  Vereador Marcos Veloso pronuncia contra a Lei de Abuso de Autoridade

“Nós estamos fazendo um investimento forte na cultura tradicional, com projetos de gravação de CD’s, DVD’s, uniformes para os grupos, instrumentos, para que quando chegarmos ano que vem, no próximo aniversário da cidade os grupos estejam preparados, vamos partir de um novo pressuposto”, completou Justino Astrevo.

O projeto “Rua do Rasqueado” é o primeiro dentre os 51 projetos aprovados no edital FUNDO/2019 a ser executado. A Secretaria de Cultura publicou no último dia 09 de agosto o cronograma de desembolso em que se definiu para o mês de agosto o pagamento dos projetos de música e artes visuais para projetos coletivos. O cronograma será tratado como prioridade pela Secretaria de Cultura e também pela Secretaria de Fazenda, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Ele segue até novembro, totalizando R$ 2,1 milhões em investimento em cultura na capital mato-grossense.

SERVIÇO

O QUE: Rua do Rasqueado – Cuiabá 300 anos

QUANDO: quinta-feira (22), das 18h às 22h

ONDE: Praça Caetano Albuquerque, Centro Histórico de Cuiabá.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana