conecte-se conosco


Entretenimento

“Um personagem com defeitos”, diz ator que vive Papa Francisco em “Dois Papas”

Publicado

source

Jonathan Pryce comentou seu mais novo papel como o papa Francisco. O ator, de 72 anos, interpreta o chefe da Igreja Católica em “ Dois Papas ” e revelou o quão interessante foi retratá-lo no filme.

Leia também: Netflix libera o 1º trailer de “Dois Papas”, novo filme de Fernando Meirelles

Filme Dois Papas arrow-options
Divulgação/Netflix

Cena do filme “Dois Papas”


“A coisa interessante sobre interpretar Francisco é que ele não é a figura mais sagrada, ele é um personagem com defeitos com uma história de ser visto como uma figura controversa na Argentina, possivelmente conspirando com a ditadura. Eu acho que, como ator, isso o tornou muito interessante, porque você mostra os dois lados do homem. Acho que se ele fosse apenas totalmente bom não seria tão interessante. Acredito que é por isso que as pessoas se identificam com ele, porque ele parece, sim, ser um homem do povo”, disse Jonathan Pryce em entrevista ao iG durante a 63ª edição do Festival de Cinema de Londres.

Com direção de Fernando Meirelles, o longa-metragem conta a história do então cardeal argentino Jorge Bergoglio (Jonathan Pryce), que, desiludido com o rumo da Igreja Católica, decide pedir sua aposentadoria ao papa Bento XVI (Anthony Hopkins). Passando alguns dias juntos em um verão em Roma, os dois discutem suas diferentes ideologias – reforma x tradição -, além de peculiaridades sobre suas personalidades, gostos e, até mesmo, confessam alguns de seus pecados um ao outro.

“Já interpretei muitos personagens reais no passado. Felizmente, a maioria deles estava morta, mas é uma enorme responsabilidade interpretar Francisco, porque ele é o chefe de uma organização com 1,2 bilhão de seguidores e todo mundo tem um ponto de vista sobre ele. Mas o que acho que fizemos é apresentar uma imagem completa do homem, que é um homem do povo que representa o povo, e quer fazer mudanças na estrutura da igreja e levar as pessoas de volta às igrejas”, acrescentou Pryce sobre os desafios de viver Francisco.

Veja Também:  Ao vivo, Ana Maria Braga surpreende e fã passa mal

Direção de peso

Apesar de declarar que não sabia muito sobre o Vaticano, Fernando Meirelles também explicou o motivo pelo qual foi atraído pela oportunidade de dirigir o filme.

“Eu sou um grande fã do papa Francisco. Meu interesse foi mais a oportunidade de ir pra Argentina, conhecer de onde ele veio, falar sobre o papa. Esse papa eu acho que, hoje em dia, ele é uma das vozes mais importantes do mundo, porque primeiro ele está falando sobre a conservação do planeta. Ele fala muito da questão social, que a gente está deixando os pobres do mundo de lado e ele tenta incluir. Ele é um cara que, entre poucos, está tentando construir pontes entre religiões, entre culturas, enquanto todo mundo está querendo fazer muros. Tá essa onda agora muito estúpida nesse mundo de nacionalismo, meu país, minhas fronteiras. Esse é o maior erro. A gente é um planeta só. E é uma estupidez, uma idiotice, pensar em nacionalismo. Então o papa Francisco fala em planeta, e não em nações, o que é genial”, disse Meirelles ao iG .

Leia também: Como fica a corrida pelo Oscar 2020 depois dos festivais outonais?

Segundo o diretor, “Dois Papas” vai transmitir várias mensagens ao público, tanto no nível espiritual quanto pessoal.

“O filme tem uma mensagem no nível pessoal, que é você ouvir o cara que você discorda. É isso que acontece: são dois caras que discordam de tudo e eles têm que ouvir um o outro, então tolerância é uma mensagem. Ele fala sobre essa inclusão social no mundo, é uma mensagem política. E no nível espiritual, ele fala que mesmo quando você se sente desconectado de alguma coisa maior, é uma questão de tempo. Uma hora você se reconecta. Então tem uma mensagem pra quem tem religião, pra quem tem alguma prática espiritual, que é muito legal. Faz parte. Se perder a conexão faz parte”, explicou.

Veja Também:  Depois de crise de ciúmes, Vera pede perdão a Alberto e Paloma em “Bom Sucesso”

Burburinho do Oscar 2020

Além de contar com atuações espetaculares dos veteranos Jonathan Pryce e Anthony Hopkins, “Dois Papas” foi escrito pelo roteirista Anthony McCarten, que também já escreveu os roteiros de filmes de sucesso como “A Teoria de Tudo”, “O Destino de Uma Nação” e “Bohemian Rhapsody”, consagrados pela Academia no passado.

Comentando o burburinho que a produção tem causado como um dos fortes candidatos a estatuetas no Oscar 2020, McCarten afirmou: “Tentamos não nos envolver nesse jogo nós mesmos, mas se isso acontecesse, seria formidável. No caso seria meu quarto filme consecutivo que recebe uma indicação na categoria de Melhor Filme. Dedos cruzados”.

Enquanto as expectativas aumentam em relação à temporada de premiações, uma coisa é certa. Anthony adoraria trabalhar com Meirelles mais vezes no futuro.

Leia também: Novo filme de Martin Scorsese lidera ofensiva da Netflix pelo Oscar em 2020

“Foi maravilhoso trabalhar com ele. Posso fazer isso novamente, por favor? Ele é brilhante. O que amo sobre [o Meirelles] é a sua humanidade. Você consegue ver a maneira como a câmera ama os rostos. Ele ficaria apenas feliz em deslizar a câmera no rosto de alguém. Ele é um humanista, há algo franciscano sobre ele. Ele é o único diretor de cinema que sei que pode deixar a direção amanhã e ir trabalhar em seu jardim felizmente. E ele também quer salvar o planeta. Ele é muito engajado nesse movimento de mudanças climáticas do meio ambiente. Então sou um grande fã e os atores o amam. Ele dá espaço para eles trabalharem e genuinamente os encoraja”, finalizou o roteirista ao iG .

Dois Papas ” estreia na Netflix em 20 de dezembro.

Acompanhe os eventos mais exclusivos em Londres pelo Instagram da repórter Patricia Dantas ( @patydantas8 )

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Sexo no “De Férias Com o Ex” gera polêmica: “Tu é um merda”

Publicado

source

Mais um episódio do reality ” De Férias com o Ex: Celebs ” está dando o que falar. O episódio de quinta-feira (14) exibiu cenas quentes de um casal transando no ofurô . O Tablet do Terror tocou e escolheu Gabi Fernandes para a suíte master. E a gata convidou Lipe Ribeiro para acompanhá-la, o que não agradou o surfista Flávio Nakagima, ex de Gabi. “Mulher que pisa na bola comigo é só uma vez. Daqui pra frente é só uma amiga minha”, avisou Naka.

Leia também: Na hora H participante do “De Férias com o Ex” se choca com pênis gigante

De Férias Com o Ex arrow-options
Reprodução/MTV

Gabi Fernandes e Lipe Ribeiro tem noite quente no “De Férias Com o Ex”


Leia também: Após cena de pênis gigante no “De Férias com o Ex”, Naka chega aos finalmente

Quem também não gostou nada do convite foi Marcelle Casagrande, ex de Lipe. “Você vai transar com ela?”, perguntou. “Não sei, vou ver. Você se preocupa com alguma coisa aqui dentro?”, respondeu o rapaz. A loura então se irritou e respondeu: “Óbvio que vai, porque tu é um merda”.

Veja Também:  Marion visita Júlio e deixa Lola incomodada em “Éramos Seis”

Leia também: 5 curiosidades sobre a 5ª temporada do “De Férias com o Ex”

Após toda a polêmica , Lipe e Gabi não se abalaram com os ciúmes alheios e seguiram para o ofurô, onde acabaram transando. Na manhã seguinte, o Lipe ainda provocou Marcelle ao encontrá-la na cozinha. “Faz um café pra mim. Um ovo mexido”, disse ele. “Pede pra mulher que tu dormiu, caralho”, respondeu rispidamente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Solteira, Maraisa diz focar no trabalho para não pensar em “macho”

Publicado

source

Maraisa usou as redes sociais para fazer um desabafo e recebeu apoio dos fãs. Solteira desde o término do noivado com Wendell Vieira, a irmã de Maiara resolveu falar do seu estado civil e, ao que tudo indica, ela não está à procura de um novo amor .

Leia também: Maiara e Maraisa trazem Dilsinho em novo disco e falam sobre fama e cachaça

Maraisa arrow-options
Reprodução/Instagram/@maraisa

Maraisa fala que está focada no trabalho


Leia também: Sofrência brava! Descubra o que toca na playlist de Maiara e Maraisa

“Mulher que trabalha não tem tempo pra ficar pensando em macho e rolo não!”, escreveu Maraisa no Twitter. “A gente supera. Tudo passa, de verdade”, escreveu uma seguidora em apoio à cantora. “É por isso que estou solteira há 4 anos… Sem saco pra macho chato”, comentou outra. “Tá melhor da ressaca?”, brincou mais uma.

Leia também: Novo casal? Danilo Gentili fala da sua mulher ideal e Maraisa é citada

Recentemente, os seguidores de Danilo Gentili e Maraisa começaram a “shippar” os artistas após o apresentador do “The Noite” fazer uma postagem dizendo que busca uma mulher que se relacione com ele em nível de igualdade. Já a cantora tinha declarado anteriormente que buscava um homem que torcesse pelo sucesso dela.

Veja Também:  Cantor Vavá fala sobre “namoro” com Gugu: “Me quebrava”

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Cantora protesta no Grammy Latino: “No Chile, torturam, estupram e matam”

Publicado

source

O Grammy Latino aconteceu na noite da última quinta-feira (14), em Las Vegas, nos Estados Unidos, e um protesto chamou atenção de quem passou pelo tapete vermelho. A cantora chilena Mon Laferte mostrou os seios com a mensagem: “No Chile, torturam, estupram e matam”. Ela estava indicada ao prêmio de Canção do Ano por Amarrame , gravada em parceria com Juanes.

Leia também: A eterna esnobada do pop! Katy Perry segue sem vencer o Grammy

Mon Laferte arrow-options
Reprodução/Instagram/@monlaferte

Mon Laferte fez protesto no Grammy Latino


Com apresentações de Alicia Keys, Anitta, Alejandro Sanz, Fito Páez e Luis Fonsi, a 20ª edição do Grammy Latino  aconteceu na MGM Grand Garden Arena. A edição comemorativa contou com números de cerca de 50 artistas de vários países, incluindo a brasileira Paula Fernandes. A cerimônia começou por volta das 22h (horário de Brasília) e foi comandada por Ricky Martin e pelas atrizes Roselyn Sánchez e Paz Vega.

Leia também: Confira todos os vencedores e performances do Grammy 2019

Entre os brasileiros que concorreram em categorias gerais (não só as específicas para a música em português) estavam: Anitta, Tiago Iorc, Criolo, Nego do Borel, o pianista André Marques e o trio instrumental formado por Edu Ribeiro, Fábio Peron e Toninho Ferragutti.

Veja Também:  Marion visita Júlio e deixa Lola incomodada em “Éramos Seis”

Anitta (que postou no Instagram uma propaganda do prêmio com seu rosto na Times Square, em Nova York) concorreu na categoria Melhor Álbum de música urbana por “Kisses”, mas quem levou o prêmio foi a Bad Bunny com “X 100PRE”. Tiago Iorc venceu ao prêmio de Canção do Ano com Desconstrução e Marília Mendonça levou o prêmio de Melhor Álbum Sertanejo por “Em Todos os Cantos”. 

Leia também: “Nenhum sistema vai nos calar”, diz Fernanda Montenegro ao lançar livro

Confira os vencedores nas categorias em língua portuguesa:

Álbum pop

  • “O tempo é agora”, Anavitória (VENCEDOR)
  • “Tarântula”, As bahias e a cozinha mineira
  • “Todxs”, Ana Caãas
  • “Para dias ruins”, Mahmundi
  • “Selfie”, Jair Oliveira

Sertanejo

  • “Hora certa”, Paula Fernandes
  • “Francis e Felipe”, Francis e Felipe
  • “Em todos os cantos”, Marília Mendonça (VENCEDOR)
  • “Live móvel”, Luan Santana
  • “Ao vivo em São Paulo”, Mano Walter

MPB

  • “O amor no caos”, Zeca Baleiro
  • “Canta Tito Madi”, Nana Caymmi
  • “Tudo é um”, Zélia Duncan
  • “Tempo mínimo”, Delia Fischer
  • “Ok ok ok”, Gilberto Gil (VENCEDOR)
  • “Besta fera”, Jards Macalé
Veja Também:  Na estrada com “Illegal”, Supla fala sobre política, maconha e briga com a mãe

Rock

  • “Vulcão”, The Baggios
  • “O futuro não demora”, BaianaSystem (VENCEDOR)
  • “O céu sobre a cabeça”, Chal
  • “Goela abaixo”, Liniker e os Caramelos
  • “Matriz”, Pitty

Samba/pagode

  • “Canta sereno e moa”, Nego Álvaro
  • “Mart’nália canta Vinicius de Moraes”, Mart’nália (VENCEDOR)
  • “De todos os tempos”, Monarco
  • “Em sua direção”, Péricles

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana