conecte-se conosco


Cuiabá

Vereador Abilio requer audiência para debater sobre “Psoríase” e o preconceito em torno da doença

Publicado

Considerada pela medicina como uma doença da pele relativamente comum, crônica e não contagiosa, a Psoríase apresenta sintomas na pele que geram preconceito entre os leigos. Com o objetivo de debater o assunto e combater o preconceito em torno da doença, o vereador Abilio Junior (PSC) requereu, junto à Câmara de Vereadores, uma audiência pública, que deverá contar com profissionais da área de saúde, psicologia, educação e representantes dos poderes públicos e entidades civis organizadas.
O requerimento foi aprovado na sessão ordinária desta terça-feira (14-05), e a audiência deverá ocorrer em setembro, na semana em que se celebra o Dia Nacional e Mundial da Psoríase. Até lá, o vereador pretende reunir com as autoridades e entidades ligadas ao assunto para colaborarem com a organização e participação da audiência.
Acometido pela psoríase, Abilio foi vítima de preconceito praticado por um colega vereador, que usou a tribuna e o chamou de “perebento”, há alguns meses. “Foi uma situação muito humilhante. Mostrou um desconhecimento sobre a doença que eu e milhares de outras pessoas têm pelo Brasil e pelo mundo. Por essa razão, vi a necessidade de debatermos o assunto. Mostrar para a sociedade que a psoríase é uma doença não contagiosa e que, devido a seus sintomas, geralmente visíveis na pele, geram esse tipo de preconceito, podendo ter um impacto significativamente negativo na qualidade de vida e na autoestima do paciente”, explicou Abilio.
O parlamentar associou a essa questão do preconceito à atualidade, com o exacerbado uso das redes sociais, principalmente por adolescentes e jovens.
“A gente percebe que os dias de hoje há uma enorme problemática de aceitação, devido ao uso exagerado das redes sociais, em que todo mundo tem que estar bonito e feliz. Um adolescente ou um jovem, acometido pela doença, que tem os sintomas dela visíveis na pele possivelmente deve passar por muitos preconceitos, assim como sofri de um colega parlamentar, dentro do meu ambiente de trabalho. Essa é uma triste realidade que devemos combater e transformá-la”, considerou Abilio, preocupado com a questão estética, bastante evidente nas redes sociais e que podem gerar enormes problemas de ordem psicológica e de aceitação social de pessoas com psoríase.
PSORÍASE
De causa desconhecida, sabe-se que a doença pode estar relacionada ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética. Acredita-se que ela se desenvolve quando os linfócitos T (células responsáveis pela defesa do organismo) liberam substâncias inflamatórias e formadoras de vasos.
TRATATENTO
Tratamento tópico: medicamentos em cremes e pomadas, aplicados diretamente na pele. Podem ser usados em conjunto com outras terapias ou isoladamente, em casos de psoríase leve.
Assessoria de Imprensa Vereador Abílio Junior

Veja Também:  Indicação de Misael pede recapeamento na Av. dos Trabalhadores

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Parceria entre secretarias ajuda na prevenção de câncer bucal de servidores

Publicado

Gustavo Duarte

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria da Saúde Bucal, junto com o Telessaúde e o Conselho Regional de Odontologia – CRO/MT, firmaram parceria para realizar o rastreamento de lesões labiais em servidores da Prefeitura que trabalham expostos ao sol. Na primeira etapa, a ação será feita com servidores das secretarias de Obras e de Serviços Urbanos.

De acordo com a dentista da rede municipal, Diurianne França o trabalho tem como objetivo alertar os servidores expostos a radiação solar e propor ações de prevenção e diagnóstico precoce dessas alterações labiais, por meio de palestras educativas e exames bucais preventivos, fazendo a busca ativa dessas patologias e realizando exames complementares, se forem identificados possíveis casos da doença.  

“Vamos ministrar as palestras na região onde esses servidores trabalham. Ao final das explanações, aqueles que quiserem fazer o exame preventivo, serão agendados e encaminhados para a Clínica do Dom Aquino para fazer a avaliação. Pessoas que têm feridas ou lesões na boca, que fumam e bebem são mais propensos a sofrerem de câncer bucal. A ideia é conscientizá-los sobre a importância do exame para evitar complicações no futuro”, explicou a dentista Diurianne.

Veja Também:  Câmara colhe propostas para recuperação do Centro Histórico em Audiência Pública

Para o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho esta ação voltada para a saúde dos funcionários vem ao encontro do que prega a atual gestão municipal. “Estamos cuidando do bem estar do servidor, fazendo o dever de casa, mostrando como é que se deve fazer a prevenção do câncer bucal. Através disso, vamos propagar para o resto da população a importância de se observar previamente os indícios da doença. Cuidando dos servidores, conseguiremos percorrer um caminho rumo ao que o prefeito Emanuel Pinheiro determina, que é a humanização”.

Câncer Bucal

A ocorrência de câncer no mundo cresceu 20% na última década e o Instituto Nacional de Câncer – INCA estima cerca de 600 mil casos novos em 2019. O Brasil tem a 3ª maior incidência de câncer bucal no mundo, atrás apenas da Índia e da antiga Tchecoslováquia. É o 7º tipo de câncer mais comum entre a população brasileira, sendo o 5º mais comum entre os homens e o 12º entre as mulheres.

Considerando-se que serão 14.700 novos casos de câncer de boca neste ano no país, sendo 11.200 em homens e 3.500 em mulheres, estima-se que em Mato Grosso serão 190 novos casos, sendo 50 em Cuiabá.

Veja Também:  Indicação de Misael pede recapeamento na Av. dos Trabalhadores

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Alunos da EMEB Firmo José Rodrigues recebem conjuntos de quimonos do Instituto Reação

Publicado

SME

O parceiro educacional do Município de Cuiabá, Instituto Reação, entregou na semana passada aos alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Prof. Firmo José Rodrigues, localizada na região Norte da capital, mais um conjunto de 60 quimonos para a prática do Judô.

O repasse dos quimonos aos estudantes faz parte do suporte desportivo que o Instituto Reação está oferendo para o desenvolvimento do projeto na região do bairro Três Barras e, consequentemente, para a escola, como forma de auxilio no processo de educação das crianças. A meta é atender todos os alunos dentro do projeto, com a construção do Centro de Treinamento para a prática do esporte. “É uma forma de agraciá-los pelo comprometimento com o Instituto Reação, pela presença e incentivo, fazendo do esporte um caminho de mudança e de qualidade de vida para essas crianças”, disse o professor e orientador do Instituto Reação, Vinicius dos Santos Vilela.

De acordo com o orientador, existe a necessidade do equipamento para a prática do esporte, e as crianças não teriam condições de adquirir o quimono que custa entre R$ 400,00 a R$ 800.00. Na entrega, algumas crianças se emocionam já que a estrutura, quimono e equipamentos facilitam o aprendizado do esporte, e traz maior rendimento e aproveitamento, do tempo e espaço, importantes nos primeiros passos de aprendizado o Judô.

Veja Também:  Vereador quer mais conscientização da importância da higienização das mãos

“O judô usa a pegada para aplicar o golpe, quando você faz a pegada sem quimono, não tem tanto rendimento, já com o quimono, aumenta qualidade dos golpes e outros pontos da pratica do esporte”, observou o professor, ao assegurar que o atleta começa a ter uma assimilação maior do esporte que é praticado com quimono, faixa e calça.

Quanto à realização do programa, a avaliação é positiva. Os jovens atletas estão se interessando cada vez mais pela proposta e, tem aumentado a procura por inscrição na atividade que alia o esporte à prática pedagógica. “A construção do centro esportivo está dentro do programado, com a obra já acontecendo, e mais crianças estão procurando o projeto”, disse Vinicius Santos.

Para Keitel Jorge Moreira Junior, diretor da EMEB Prof.  Firmo José Rodrigues, a entrega de quimonos aos alunos inscritos no projeto também é uma questão de valorização. Segundo ele, o projeto está crescendo, além do esperado mas, mesmo assim os parceiros entenderam a situação e estão garantindo o equipamento esportivo. “Os alunos receberam 60 quimonos, assim mesmo houve uma nova chamada de alunos, e nós estamos no aguardo para que essas crianças também recebam o quimono. Caso a criança não tenha mais interesse, o quimono é devolvido para ser usado por outra criança”, explicou Keitel Moreira.

Veja Também:  Indicação de Misael pede recapeamento na Av. dos Trabalhadores

Em relação às obras do centro de treinamento, o diretor disse que já tiveram início. “A obra está dentro do prazo, estamos acompanhando o projeto e tudo está dentro do previsto”, salientou Keitel.

Instituto Reação

Fundado pelo medalhista olímpico Flávio Canto em abril de 2003, o Instituto Reação é uma organização não governamental que atua em comunidades no Rio de Janeiro, promovendo o desenvolvimento humano por meio do esporte e da educação.

O Instituto atende cerca de 1000 crianças, adolescentes e jovens a partir de 4 anos. Sua proposta é utilizar o esporte como instrumento de transformação social, auxiliando no desenvolvimento de competências sociais, pessoais, produtivas e cognitivas.

Cuiabá é a primeira capital a receber uma unidade do Instituto fora do Rio de Janeiro.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeitura publica edital retificado do Concurso Público da Assistência Social

Publicado

Luiz Alves

Foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (17), o edital retificado do Concurso Público da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh). As alterações foram feitas em virtude de alguns erros materiais encontrados pela Comissão Organizadora da Assistência Social.

Após nova conferência, foi detectado equívoco por parte do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), empresa responsável pela realização do certame, pois no projeto básico do concurso, os requisitos para os cargos e funções estavam corretos.

A primeira mudança foi com relação a exigência da apresentação do diploma na área de contabilidade. Ao invés disso, foi solicitado na área de Engenharia Civil. O outro ponto modificado foi no conteúdo programático do cargo de Apoio Jurídico, onde constava uma lei que não era municipal, por isso foi feita a retirada.  

O restante das informações contidas no edital do 1º Concurso Público específico para a Secretaria de Assistência Social do Município permanecem inalteradas. Ao todo, serão 288 vagas, sendo 185 vagas para nível médio e 103 para o nível superior, para provimento de vagas efetivas   e   formação   de   cadastro   de   reserva. A remuneração varia de R$ 1.607, 93 à 9.519,08. Entre os cargos disponíveis estão: assistente social, psicólogo, nutricionista, terapeuta ocupacional, engenheiro civil e educador físico.

Veja Também:  Prefeitura em parceria com a AMA fortalece educação especial com construção de Centro de Apoio ao Autista

Às pessoas com deficiência é assegurado o percentual de 10% das vagas existentes e na proporção de 20% para negros e índios. A prova objetiva será no dia 22 de setembro.

As   inscrições   para   o   Concurso   Público   serão   realizadas   pela Internet, no endereço eletrônico do IBFC www.ibfc.org.br, a partir das 08 horas do dia 29 de julho (segunda-feira) até às 22h59min do dia 26 de agosto (segunda-feira), sendo o dia 27 (terça-feira) o último prazo para o pagamento do boleto bancário, observando o horário local da Capital. O valor da inscrição será de R$ 39,00 para os cargos de nível médio e R$ 48,00 para os cargos de nível superior.

Para   a   realização   da   solicitação   de   isenção   do   pagamento   da inscrição, o candidato deverá preencher o Requerimento de Isenção do Pagamento de Inscrição, via internet, no site do IBFC, que estará disponível entre os dias 29 e 31 de julho. Estão aptos para a modalidade de isenção doadores de sangue, doadores de medula óssea, trabalhadores que recebem até um salário mínimo e trabalhadores que estejam desempregados.

Veja Também:  Vereador homenageia entidade centenária

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) já realizou vários concursos públicos, como do Estado para Educação e Prefeitura de Várzea Grande. Além desses, abriga em seu currículo de trabalho, várias experiências com resultados exitosos, nos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco, entre outros.

“Anteriormente, já tiveram outros concursos da Prefeitura Municipal, no entanto, os cargos ficavam a disposição de todas as secretarias. Agora, com essa seleção será possível formar um quadro permanente de profissionais da Assistência Social. Enfim, tenho certeza que não só a administração de Cuiabá, como também a população será beneficiada com atendimento de qualidade e de forma humanizada”, reforçou o secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho.

Confira o edital publicado na íntegra, em anexo:

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana