conecte-se conosco


Nova Xavantina

7º Corrida de Rua Nossa Senhora das Graças em Nova Xavantina 14,2 mil em prêmios

Publicado

Somando R$ 14 mil e duzentos reais em prêmios para serem distribuídos entre os três primeiros colocados nas quatro categorias da prova, estão abertas as inscrições para a 7ª Corrida de Rua de Nossa Senhora das Graças, padroeira de Nova Xavantina.

 

O evento ocorrerá no próximo dia 28 de novembro, um dia após o dia da padroeira, 27, feriado municipal, e as inscrições se encerram no dia 26, pelo site www. corridaeaventura.com.br. O percurso a ser percorrido é de 10 km.

A realização é da Prefeitura de Nova Xavantina, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e já se tornou tradição no município e região, constante do calendário turístico – esportivo do Estado. O valor das inscrições será a doação de 10 kg de alimentos a serem distribuídos para a população em situação de vulnerabilidade.

Confira todo o regulamento do evento

7ª Corrida de Rua Nossa Senhora da Graças

Regulamento do evento:

CORRIDA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

Anexo -I

1. A 7ª corrida de rua de Nossa Senhora das Graças tem como objetivos:

a) Divulgar o Santuário de Nossa Senhora das Graças como local religioso e turístico de nosso município, bem como, integrar e estimular a prática da atividade física de forma saudável.

b) Desenvolver o intercâmbio sócio esportivo entre as diversas Secretarias do Estado e do Município.

c) Estabelecer uma união ente desportistas a nível municipal e estadual.

d) Exaltar a prática esportiva como meio de promoção social e da saúde.

2. A Corrida terá a largada e chegada no Santuário de Nossa Senhora das Graças no Setor Xavantina, com percurso de 10Km, distribuídos nos setores Xavantina e Nova Brasília.

Data: 28 de Novembro de 2021 (domingo)

Programação da Corrida (10Km)

Horário da Concentração 05:00h, do dia 28/11/2021, no Santuário Nossa Senhora das Graças.

Horário da Largada 06:30hs horário local (DF)

Local: Santuário Nossa Senhora das Graças

Distância: 10km

  1. A corrida será dividida em: GERAL (MASCULINO/FEMININO), MORADOR LIVRE (MASCULINO E FEMININO); MORADOR – 36 A 55 ANOS (MASCULINO E FEMININO) E MORADOR ACIMA DE 55 ANOS (MASCULINO E FEMININO).
  2. A categoria GERAL (MASCULINO E FEMININO) será de classificação de todos os participantes da prova.
  3. A categoria MORADOR GERAL (MASCULINO/FEMININO) será de classificação dos moradores do Município de Nova Xavantina.
  4. A FAIXA ETÁRIA MORADOR (MASCULINO/FEMININO) DE 36 A 55 E ACIMA DE 55 ANOS, será de classificação dos moradores do Município de Nova Xavantina.
  5. Se o(a) atleta da categoria MORADOR se classificar entre os 3 (três) primeiros da categoria GERAL, automaticamente não entrará na classificação dos 3 (três) primeiros da categoria e faixa etária MORADOR.
  6. Em hipótese alguma será premiado atleta em duplicidade, ou seja, o atleta premiado na Categoria Geral não poderá ser premiado na Categoria e faixa etária Morador e vice versa.
  7. A hierarquia de classificação de pódio será de: 1º Geral Livre, 2º Morador Livre e 3º Morador de 36 a 55 anos e acima de 55 anos.
  8. Obs: Caso de denúncia sobre a naturalidade do participante, o atleta deverá mostrar seu comprovante de residência para a constatação do mesmo.
  9. A idade mínima para o atleta participar será de 16 anos, sendo necessário o termo de responsabilidade assinado pelo pai ou responsável.
  10. A idade a ser considerada, obrigatoriamente, para os efeitos de inscrição e classificação é a que o atleta é do ano de nascimento.

3. SISTEMA DE CRONOMETRAGEM E ENTREGA DO CHIP

a)O sistema de cronometragem a ser utilizado será o chip descartável (TAG).

b) O tempo de todos os corredores que participarem da prova será cronometrado e informado posteriormente, desde que observadas às normas previstas neste regulamento.

c) O participante, neste ato, fica ciente que deverá conferir no site oficial do evento os horários e os locais para realizar a retirada do chip de cronometragem.
Parágrafo único. Não haverá tempo de tolerância decorrente dos atrasos para a retirada dos chips.

d) O participante que não retirar o seu chip na data e horários estipulados ficam ciente que renuncia ao direito de ter cronometrado seu tempo.

e) O uso do chip é obrigatório, acarretando na desclassificação do (a) atleta quando se observar por algum fiscal à falta do uso do chip.

f) O chip deverá ser fixado no cadarço do tênis do pé esquerdo, na posição vertical.

g) A utilização do chip descartável (TAG) é de responsabilidade única do atleta, assim como as consequências de sua não utilização.

h) A utilização inadequada do chip pelo (a) atleta acarreta a não marcação do tempo, isentando a Comissão Organizadora e a Federação na divulgação dos resultados.

i)O chip será descartável sendo que não precisara devolver depois da corrida.

5. As inscrições serão ilimitadas:

a) Pelo site (WWW.CORRIDAEAVANTURA.COM.BR), até o dia 26/11/2020 (18:00), no dia 27/11/2020 das 14:00h as 17:30h inscrições no local da entrega dos Kits, telefone para informações: 66 99669 6264 e 66 99961 0219.

b) A inscrição será de doação de 10 kg de alimento não perecível.

6. O kit do atleta (chip) será retirado do dia 27/11/2020 das 14:00 às 17:30h Templo Nossa Senhora das Graças no Setor Xavantina.

OBS: O Kit será entregue ao atleta que for correr a prova e comprove sua inscrição ou para a pessoa indicada pelo mesmo.

7. Para retirar o Kit do Atleta, é necessário apresentar: comprovante de inscrição, documento de Identidade e termo de responsabilidade.

8. Da premiação:

a) Categoria Masculino e feminino Livre Geral

     1º Colocado……………………….3.000,00(Três mil reais);

     2º Colocado……………………….   2.500,00 (Dois mil e Quinhentos reais);

     3º Colocado ……………………….  2.000,00 (Dois mil reais);
OBS: A premiação será no valor acima, para cada categoria (Masculino e Feminino)

d) Categoria  Masculino e Feminino Morador Livre

       1º Colocado …………………………1.500.00 (Mil e Quinhentos reais);

       2º Colocado …………………………1.200,00 (Mil e duzentos  reais);

       3º Colocado ………………………… 1.000,00 (Mil reais)

OBS: A premiação será no valor acima, para cada categoria (Masculino e Feminino)

c) Categoria masculino e Feminino morador de36 a 55 anos

         1ª Colocada ……………………. ….600.00 (Seiscentos reais);

        2ª Colocada……………………………500.00 (Quinhentos reais);

        3ª Colocada…………………………….400.00 (Quatrocentos  reais);

OBS: A premiação será no valor acima, para cada categoria (Masculino e Feminino)

d) Categoria masculino e Feminino morador acima de 55 anos

         1ª Colocada…………………………….600.00 (Seiscentosreais);

         2ª Colocada …………………………… 400.00 ( Quatrocentos reais);

         3ª Colocada…………………………….. 300.00 (Trezentos reais);

OBS: A premiação será no valor acima, para cada categoria (Masculino e Feminino)

e) Medalha de participação: para todos os atletas que concluírem a prova.

f) Os Atletas que atingirem o quadro de premiação deverão, obrigatoriamente, ter conta bancária que será transferida pela prefeitura depois de 5 dias uteis para o valor da premiação.

9. Não será obrigatório o uso do colete da corrida. O atleta deverá observar o percurso, não sendo permitidos outros meios auxiliares para alcançar qualquer tipo de vantagem.

10. Recomendamos rigorosa avaliação médica prévia a todos os participantes, a comissão não se responsabilizara, por qualquer dano físico ou de saúde que ocorrer com atletas, durante a corrida.

11 – Da Segurança, a comissão oficializara as Policias Rodoviária Federal, Militar e Bombeiros e Secretaria de Saúde do município para o apoio necessária dentro de suas atribuições legais.

12.Haverá fiscais de prova para orientação dos participantes durante todo o percurso sendo, porém, obrigação de cada participante conhecer o percurso da corrida, divulgado no site www.corridaeaventura.com.br.

13. A publicação dos resultados oficiais acontecerá logo após o final da prova e será divulgado Site www.corridaeaventura.com.br.

14.O participante autoriza a utilização dos seus dados cadastrais e imagem pela organização desse evento, em suas próximas ações de divulgação e marketing do evento.

15. A corrida de rua de Nossa Senhora das Graças – Termo de Responsabilidade

Eu, “identificado no cadastramento da inscrição”, no perfeito uso de minhas faculdades, DECLARO para os devidos fins de direito que:

a. Estou ciente de que se trata de uma corrida com distância de 10km.

b. Estou em plenas condições físicas e psicológicas de participar desta PROVA, e estou ciente que não existe nenhuma recomendação médica que me impeça de praticar atividades físicas.

c. Assumo, por minha livre e espontânea vontade, todos os riscos envolvidos e suas consequências pela participação nesta PROVA (que incluem possibilidade de invalidez e morte), isentando seus organizadores, colaboradores e patrocinadores DE TODA E QUALQUER RESPONSABILIDADE por quaisquer danos materiais, morais ou físicos, que porventura venha a sofrer, advindos da participação nesta PROVA.

d. Li conheço, aceito e me submeto integralmente a todos os termos do regulamento da PROVA.

e. Declaro que não portarei, nem utilizarei, nas áreas do evento, percurso e entrega de kits, ou outra área de visibilidade no evento, ou meios de divulgação e promoção, nenhum material publicitário, promocional ou político, sem a devida autorização por escrito dos organizadores; e também, qualquer material ou objeto que ponha em risco a segurança do evento, dos participantes e/ou das pessoas presentes, aceitando ser retirado pela organização ou autoridades, das áreas acima descritas.

f. Em caso de participação neste evento, representando equipes de participantes ou prestadores de serviços e/ ou qualquer mídia ou veículo, declaro ter pleno conhecimento, e que aceito o regulamento do evento, bem como, a respeitar as áreas da organização destinadas às mesmas, e que está vedada minha participação nas estruturas de apoio a equipes montadas em locais inadequados, ou que interfiram no andamento do evento, e também locais sem autorização por escrito da organização, podendo ser retirado da prova e do local do evento em qualquer tempo.

g. Estou ciente das penalidades e possível desclassificação que posso sofrer caso descumpra o regulamento ou cometa falta grave. Excluo meu direito de reclamação sobre tais aspectos da prova.

h. Autorizo o uso de minha imagem, assim como familiares e amigos, para fins de divulgação do evento, por fotos, vídeos e entrevistas em qualquer meio de comunicação, sem geração de ônus para a, Famt, organizadores, mídia e patrocinadores.

i. Estou ciente que na hipótese de suspensão da prova por questões de segurança pública todos os eventuais custos referentes à locomoção, preparação, estadia, inscrição, entre outros gastos despendidos pelo atleta será suportado única e exclusivamente por mim, isentando a Comissão Organizadora e a empresa responsável pelo ressarcimento de qualquer destes custos.

j. Compreendi e estou de acordo com todos os itens deste TERMO DE RESPONSABILIDADE, isentando assim quem quer que seja, de toda e qualquer responsabilidade legal de tudo o que vier a ocorrer comigo por consequência da minha participação nesta PROVA.

k. Assumo todas as despesas de hospedagem, traslados, seguros, assistência médica e quaisquer outras despesas necessárias, ou provenientes da minha participação neste evento; antes, durante ou depois do mesmo.

16.As dúvidas ou casos omissos neste regulamento serão dirimidos pela Comissão Organizadora da Prova.

Comissão Organizadora

Detalhes do evento

Data do evento 28-11-2021 07:00
Data limite para inscrição 26-11-2021 18:00
Preço individual 10kg de Alimento na retirada do kit
Organizado por: Secretaria de Esportes de Nova Xavantina MT
Modalidades Corrida Pedestre

Comentários Facebook
publicidade

Nova Xavantina

Vereador Elias Bueno ganha mais uma do ex-prefeito João Batista Vaz da Silva- CEBOLA

Publicado

O ex-prefeito João Batista Vaz da Silva, ingressou com AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANO EM RAZÃO DE PUBLICAÇÃO OFENSIVA EM REDE SOCIAL em face do vereador Elias Bueno com pedido de indenização (sugere R$ 30 mil).

A medida foi provocada a partir de publicações em redes sociais de cunho ofensivo patrocinado pelo vereador Elias Bueno, a qual atrelou o nome do Ex-prefeito João Batista Vaz da Silva em supostas práticas de corrupção e malversação do dinheiro público, dentre eles, desvio de verbas públicas destinadas ao enfretamento da pandemia por COVID-19 no município. Em decorrência disso, o ex-prefeito afirma ter sofrido danos morais que repercutiram negativamente em sua esfera íntima por conta dos vídeos divulgados pelo vereador.

Em sua defesa, o vereador Elias Bueno confirmou a veiculação do conteúdo nas redes sociais, relatando que apenas exerceu o direito de vigilância das contas públicas em razão de sua atuação como vereador da cidade, gozando de imunidade parlamentar por suas opiniões e votos. A  divulgação de dados financeiros sobre o enfrentamento a pandemia, sugerindo o desvio de verbas destinadas ao combate pelo então ex-prefeito da cidade não são suficientes para afrontar a honra e integridade moral de quem ocupava um cargo público como ex-gestor da cidade. Não podemos esquecer  que quem age em nome da coletividade, deve renunciar de parte de sua intimidade, para submeter-se á opinião pública. Este é um encargo a ser suportado para aqueles que queiram figurar em qualquer cargo público.
O dano moral é um instituto que deve ser utilizado com moderação, não podendo abraçar indenizações por qualquer problema que as pessoas tenham na vida pública, o que é a situação relatada nos autos.
Diante do exposto e por tudo mais que consta nos autos o Juiz Robson Adriano Machado julgou  IMPROCEDENTES os pedidos de indenização por danos morais propostos pelo ex-prefeito João Batista Vaz da Silva.
CONFIRA NA INTEGRA:  SENTENÇA EX PREFEITO CEBOLA

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

A procuradora geral de Nova Xavantina doutora Bruna Toledo permanecerá  afastada por mais 60 dias do cargo

Publicado

A procuradora foi denunciada por, supostamente, ter cometido várias irregularidades, o  que culminou com a abertura do Processo Administrativo Disciplinar 001/2021.

 Nesta quarta-feira, 24, foi publicado a portaria nº 1961/2021, que consta o afastamento preventivo, por mais 60 (sessenta) dias serviço do cargo a servidora pública Bruna Garcia Toledo, com vigência a partir da publicação.

A Comissão de Processo Administrativo Disciplinar composta pelos seguintes funcionários públicos: Anilton Silva de Moura, Enfermeiro, Viviam Vivas Lins, Professora, Perillo José Sabino Nunes, Biólogo, protocolou junto ao município no último dia 18 de Novembro de 2021 o  ofício de n°009/2021, que prevê ‘medo” por parte das testemunhas num possível retorno da Dra Bruna Toledo.

 “…prevendo pelos documentos do processo uma provável interferência na coleta dos documentos e intimidação das testemunhas, pela facilidade de acesso aos documentos e medo de servidores envolvidos, se a Dra. Bruna retornar, decidimos manter o afastamento pelo prazo da lei, com início após o fim do prazo da decisão que
decidiu pelo afastamento atual”. (Ofício 802/2021)

Considerando os princípios basilares estatuído na Constituição Federal da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; Considerando, finalmente, que a autoridade que tiver ciência de possíveis irregularidade no serviço público é obrigado a promover a sua imediata apuração, garantindo ao acusado a ampla defesa e contraditório e conforme determina o artigo 5º LV da Constituição Federal de 1988.

 

CONFIRA A PORTARIA NA INTEGRA: PORTARIA 19612021 BRUNA TOLEDO DIÁRIO OFICIAL

A procuradora geral de Nova Xavantina doutora Bruna Toledo foi afastada do cargo

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

POLÍCIAL CIVIL ACUSADO DE VIOLAR PRERROGATIVA TEM PROCESSO EXTINTO JÁ QUE FOI RECONHECIDA A ILEGITIMIDADE PASSIVA NA COMARCA DE NOVA XAVANTINA.

Publicado

Foi julgado neste dia 17 em nova Xavantina o processo contra o polícia civil Sr. Lusney Acusado de prerrogativas contra a advogada Dra Dangella  Moreira  onde o  processo foi extinto já que foi reconhecida a ilegitimidade passiva. Segue em anexo a sentença do processo.

SENTENÇA LUSNEY (1)

ENTENDA O CASO

Matéria públicada pelo site  de Notícias O Roncador

Na última quinta-feira(22), um fato isolado de um policial civil violou as prerrogativas de direito da advogada Dra. Dângella Moreira, do escritório Moreira Advocacia, determinando situações humilhantes e vexatórias na frente de seu cliente, situações está que a mesma preferiu não relatar.

Ocorre que por estar sozinha e sem amparo, se sentiu impossibilitada de gravar o ocorrido, momento que ao sair da delegacia ligou para o Presidente da Subseção de Nova Xavantina, que de prontidão acionou o Presidente Nacional da OAB Dr. Leonardo Campos, que ao saber da violação das prerrogativas da classe, foi diretamente a Agua Boa para informar e representar o policial civil em questão para o Delegado Regional, tomando assim todas as medias cabíveis contra o policial civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana