conecte-se conosco


Entretenimento

“A Fazenda”: Sonia Abrão ironiza eliminação de Andréa Nóbrega: “Danou-se”

Publicado

Na noite da última quinta-feira (07), Andréa Nóbrega foi eliminada de ” A Fazenda ” com 37,17% dos votos, margem alta de rejeição na 11ª edição do programa da Record TV . Nas redes sociais, anônimos e famosos, incluindo Sonia Abrão, comentaram o resultado.

Leia também: Sonia Abrão cancela aparição no SBT por problema de saúde: “Sem condições”

Andréa Nóbrega e Sonia Abrão arrow-options
Divulgação

Andréa Nóbrega e Sonia Abrão


Leia também: Sonia Abrão vai parar no pronto-socorro e preocupa fãs

Em sua conta do Instagram, Felipeh Campos, colunista do programa “A Tarde É Sua”, mostrou compaixão com a ex-peoa. “Aproveite a visibilidade e de hoje em diante escreva sua própria história”, disse. Em resposta à publicação do jornalista,  Sonia Abrão debochou: “Danou-se”, escreveu ela que utilizou uma série de reações de riso.

Leia também: Vegana e sem aposentadoria à vista, Sonia Abrão prepara livro sobre seus amores

Fora de “A Fazenda”, Andréa Nóbrega ainda não deu entrevistas, mas seu ex-marido, o humorista Carlos Alberto de Nóbrega, comentou recentemente que não a assistiu no reality da Record TV . “Não me interessa em nada, carta fora do baralho”, disse ele. Na internet, alguns apoiaram o comentário de Sonia Abrão .

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Irmão de Luciano Huck posa com noivo e critica Bolsonaro

Publicado


source

O cineasta Fernando Grostein Andrade , irmão do apresentador Luciano Huck, postou um clique junto com seu noivo, Fernando Siqueira, no final da terde desta segunda-feira (1). Ao fundo, a bandeira colorida do movimento LGBTQ+ aparecia e, como legenda, ele se manifestou contra a opressão.

Leia também: Irmão de Luciano Huck, Fernando Grostein, se casará com o namorado

Fernando e o noivo
Reprodução/Instagram

Fernando e o noivo


Leia também: Hugo Bonemer fala que tinha vergonha da própria sexualidade e não se aceitava

“Algumas pessoas reclamam que posto foto aqui abraçado com meu amor. Vou desenhar: passamos a vida sendo oprimidos e isso não vai mais acontecer. Estamos aqui pondo a cara no sol para dizer aos que não saíram do armário se sentirem fortes. E se você realmente acha que não é homofóbico, pense no fundo da sua alma se você não é mesmo”, desabafou o irmão de Huck .

“Afinal, por que minhas fotos te incomodam tanto? Hoje é dia de Pride. O mundo começa a viver uma revolução. Não existe mais tolerância a intolerante. Vocês todos vão acabar na cadeia. A começar pelo presidente”, terminou a legenda, fazendo uma provocação ao presidente Jair Bolsonaro .

Leia também: Primeiro gay do “De Férias com o Ex” sofre ataques homofóbicos

Vários seguidores de Fernando apoiaram o casal e a fala do cineasta. “Poste o amor de vocês e os incomodados que se mudem”, comentou Preta Gil . Hugo Bonemer, ator e primo e William Bonner, também manifestou apoio ao colega ao postar um emoji de coração.

Ver essa foto no Instagram

Algumas pessoas reclamam que posto foto aqui abraçado com meu amor. Vou desenhar: passamos a vida sendo oprimidos e isso não vai mais acontecer. Estamos aqui pondo a cara no sol para dizer aos que não saíram do armário se sentirem fortes. E se você realmente acha que não é homofóbico, pense no fundo da sua alma se você não é mesmo. Afinal, por que minhas fotos te incomodam tanto? Hoje é dia de Pride. O mundo começa a viver uma revolução. Não existe mais tolerância a intolerante. Vocês todos vão acabar na cadeia. A começar pelo presidente. Some people complains that I post pictures hugging my love here. Let me explain: even though we had a lot of privileges, we spent a long time suffering oppression for being gay. This is now in the past. We are out here to say for those who are inside the closet to feel strong and make their choices. And if you think you are not homophobic, look deep inside your soul and ask yourself honestly. So why my pictures bother you so much? Today, Pride month starts. The world is in the middle of a revolution! There is no more tolerance to those who are intolerant. The intolerants will end up in jail – starting with the president of Brasil. It’s time to stand up and fight against hate. #pride? #pride #gay #lgbtq?

Uma publicação compartilhada por Fernando Grostein Andrade (@grosteinandrade) em 1 de Jun, 2020 às 12:36 PDT


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Astro de Hollywood, Josh Lucas é acusado de trair a esposa no meio da quarentena

Publicado


source

A quaretena não parece ter evitado que ator americano Josh Lucas traísse sua então esposa. A escritora Jessica Ciencin Henriquez acusou o astro de filmes como “Psicopata Americano”, “Hulk” e “Uma Mente Brilhante” de traição durante o isolamento social. Ela expôs tudo em suas redes sociais e afirmou que o relacionamento do casal acabou de vez.

Ludmilla ameaça levar o perfil que a ameaçou de traição à delegacia

Jessica Ciencin Henriquez e Josh Lucas
Michael Loccisano/Getty Images for DKC/O&M

Jessica Ciencin Henriquez e Josh Lucas


“Ex-maridos e ex-mulheres são ex-maridos e ex-mulheres sempre por um motivo. Ter um filho com alguém faz com que você queira perdoá-lo mais do que normalmente estaria disposto a fazer, faz você acreditar que eles são melhores do que são. Mas é preciso ser uma pessoa de merda para trair sua parceira (correção: agora ex-parceira) no meio de uma pandemia. Obrigado por me lembrar por que eu te deixei em primeiro lugar”, desabafou.

Leia também: Modelo expõe supostas mensagens de traição que teria recebido de Marcos Mion

Essa não é a primeira separação do casal. Jessica e Lucas foram casados pela primeira vez de 2012 a 2014. Recentemente, os dois, que são pais de Noah Rev, de 7 anos, haviam se reconciliado.

Mas o relato da escritora sobre a atitude do ex-parceiro colocou novamente um fim no relacionamento. Jessica ainda terminou o desabafo com uma mensagem de apoio para outras mulheres:

Leia também: Rafa Kalimann conta que descobriu traição do ex pela amante: “Muito dificil”

“Eu mereço melhor que isso. Nosso filho merece melhor que isso. E, sim, eu estou divulgando isso publicamente porque há muitas mulheres aceitando muito menos do que elas merecem porque há crianças na foto. Você não é estúpida por ter esperança, por acreditar que as pessoas podem mudar”, publicou.




Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Jeffrey Epstein: quem foi o homem que virou documentário da Netflix

Publicado


source

Na última quarta-feira (27), a Netflix lançou uma explosiva nova série original em seu catálogo. ” Jeffrey Epstein – Poder e Perversão ” é uma minissérie documental dividida em quatro episódios que conta a vida de Jeffrey Epstein, o bilionário americano acusado de manter um esquema de abuso sexual de mulheres e menores. Epstein cometeu suicídio em 2019, dentro da prisão.

Leia também: Madrugada de fúria: protestos nos EUA deixam mortos e rastro de destruição

Jeffrey Epstein
Reprodução/Twitter

Jeffrey Epstein foi preso em 2019 e cometeu suicídio em sua cela

No último domingo (31), o grupo hacker Anonymus botou ainda mais lenha na fogueira, quando  surpreendeu a internet com supostos vazamentos de documentos que envolveriam o presidente americano Donald Trump e diversas outras celebridades no esquema criminoso de Jeffrey Epstein . A veracidade das acusações, no entando, não foi confirmada.

Com os boatos circulando na internet, o tema tomou conta do Twitter e das pesquisas do Google e aumentou o interesse pela minissérie sobre a vida do bilionário.

Jeffrey Epstein
Netflix

Relação de Jeffrey Epstein e Donald Trump é retratada em documentário da Netflix


Confira as principais informações sobre Jeffrey Epstein reveladas no documentário:

1. O medo das vítimas

Por se tratar de uma série documental, “Jeffrey Epstein – Poder e Perversão” aborda as artimanhas utilizadas pelo bilionário para praticar seus crimes sexuais contra mulheres e menores. A minissérie é narrada sob o olhar das vítimas, que tinham medo de se manifestar publicamente contra ele.

“Algumas pessoas não queriam falar de jeito nenhum. Outras tinham mudado de número de telefone. Algumas decidiram que nunca vão falar sobre o assunto, por vários motivos. Outras nem tinham avisado aos próprios pais sobre o que tinha acontecido”, disse a diretora da série Lisa Bryant ao The Guardian .

2. Um alerta sobre o abuso infantil

“Poder e Perversão” abre os olhos da população para o fato de que, muitas vezes, o abuso sexual acontece debaixo do nariz dos pais e responsáveis sem ser notado. O dinheiro e o poder acabam sendo um grande recurso usado por exploradores para conseguirem o que querem de suas vítimas.

No documentário, a estratégia usada por Epstein é descrita como sedutora e discreta. Ela procurava por meninas (muitas delas menores de idade) que tinham problemas familiares e pouco dinheiro. Elas eram oferecidas dinheiro para fazer massagens nele dentro de sua mansão em Palm Beach, na Flórida. E assim os abusos aconteciam.

Jeffrey Epstein
Netflix

Uma das vítimas relembra viagens feitas com seu abusador, Jeffrey Epstein


3. Políticos e pessoas públicas

Jeffrey Epstein tinha uma empresa de consultoria, a J. Epstein & Co, que administrava investimentos milionários. Com isso, grandes personalidades como Donald Trump, e o ex-presidente americano Bill Clinton faziam parte do seu hall de amigos e chegaram a ser questionados sobre as acusações de assédio do magnata.

Além desses, o príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth II, também foi apontado como amigo próximo de Epstein. Vale lembrar que no fim do ano passado, o membro da Família Real foi acusado de ter abusado sexualmente Virginia Roberts Giuffre quando ainda era adolescente.

Virginia Roberts
Netflix

Virginia Roberts posa com Príncipe Andrew na casa da namorada de Epstein


4. O descaso da polícia

Em 2005, uma mulher da Flórida procurou a polícia de Palm Beach para fazer a primeira acusação formal contra a o bilionário. Na ocasião, ela afirmava que a enteada, que tinha 14 anos, tinha sido molestada por ele por intermédio de uma amiga mais velha, que teria sido paga por ele. A investigação virou um caso do Departamento Federal de Investigação (FBI) do país, que logo encontrou provas de que Epstein assediou e abusou de dezenas de vítimas.

Apesar das evidências, o empresário negou as acusações e no ano seguinte conseguiu um acordo com o promotor de justiça da Flórida Alexander Acosta, que lhe dava imunidade de qualquer acusação federal. O acordo só foi possível, pois ele confessou um dos crimes de solicitação de prostituição por um menor de idade.

Alexander Acosta
Divulgação

Alexander Acosta fechou acordo que beneficiou Jeffrey Epstein


5. O fim trágico

Jeffey Epistein e príncipe Andrew
Reprodução

Jeffey Epistein e príncipe Andrew

Onze anos depois do acordo polêmico com a Justiça, foram encontradas irregularidades no procedimento feito por Alexander Acosta, em que dizia que ele não seria acusado de crimes de assédio e abuso sexual. 

Jeffrey Epstein foi preso em 6 de julho de 2019 acusado de tráfico sexual. Além de dinheiro, em sua casa, foram encontradas inúmeras fotos eróticas de crianças e adolescentes. Um mês depois, ele foi encontrado morto em sua cela com um lençol em volta do pescoço. Posteriormente o laudo médico confirmou que ele se suicidou por enforcamento.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana