conecte-se conosco


Policial

Ação voluntária realiza reforma em Delegacia de Terra Nova do Norte

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia de Polícia de Terra Nova do Norte (675 km ao Norte) teve a estrutura parcialmente reformada, por meio de ação voluntária envolvendo policiais civis, conselheiros do Conselho Municipal de Segurança Pública (Conseg) municipal e  cidadãos terranovenses.

As obras para garantir melhorias na unidade aconteceram entre os meses de novembro de 2018 a abril de 2019, e somente foram possíveis diante da mobilização integrada dos servidores e da sociedade.

A reforma teve início quando, devido à fragilidade na segurança do prédio, os investigadores decidiram colocar grades nas janelas e portas da delegacia. Para a instalação, foi contratado um profissional serralheiro da cidade que realizou o serviço cobrando somente o valor do material.

Diante do bom o andamento das obras, a equipe do Conseg municipal buscou auxílio no comércio local, sensibilizando empresários e cidadãos para realização de doações para continuidade da reforma em outros pontos da unidade policial.

No decorrer de seis meses de reformas, foram realizadas a instalação de grades em portas e janelas; reforma dos muros que estavam desabando; construção de cerca com portão eletrônico na frente do prédio; brita no pátio; aquisição de um sofá para a recepção; troca de portas e fechaduras; sala cofre para materiais apreendidos; troca de tomadas e interruptores; revisão em pontos de instalação elétrica e internet; reparação de torneiras; e pintura interna e externa da delegacia.

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende foragido de justiça e receptador em ações distintas em Rondonópolis

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) efetuou a prisão de dois homens durante diligências distintas realizadas na segunda-feira (01.06). As ações deflagradas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) resultaram na prisão de um foragido da Justiça e de outro suspeito por receptação, além da recuperação de vários objetos furtados.

Na primeira ocorrência no final da manhã, os policiais civis localizaram em uma casa comercial no bairro Residencial Buriti, um rapaz de 33 anos, com mandado de prisão em aberto. 

O procurado foi abordado em uma revendedora de motocicletas, e após constatada da ordem judicial em aberto, ele foi conduzido à Derf Rondonópolis para o devido cumprimento de prisão, sendo posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

A segundo prisão ocorreu no final da tarde de segunda-feira (01), durante diligências para apurar um crime de furto ocorrido no início do mês de maio, em uma casa comercial agrícola.

O suspeito, de 46 anos, foi autuado em flagrante por receptação, após ser surpreendido pelos policiais civis em uma oficina no bairro Pedra 90, em Rondonópolis.  Com ele foram apreendidos os equipamentos e utensílios provenientes do furto, como motosserra, serra circular, aparador de cerca viva e relógio de pulseira.

Diante dos fatos o suspeito foi conduzido junto com todo material apreendido para a Derf Rondonópolis, onde foi interrogado e responderá pelo crime de receptação.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende mulher em posse de medicamentos abortivos em Cuiabá

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher que atuava com a venda de medicamentos abortivos em Cuiabá foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (01.06), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon). A suspeita, de 21 anos, foi flagrada com comprimidos conhecidos como “Cytotec”, medicamento de princípio ativo de uso restrito no Brasil.

Os policiais da Decon realizaram a abordagem da suspeita logo após ela ter recebido a encomenda, que foi entregue pelos Correios.

Questionada, ela confessou que comprou o medicamento abortivo e disse que entregaria o produto para uma colega de trabalho que estava grávida e queria abortar, porém a equipe da Polícia Civil levantou outras indícios que apontavam que a suspeita estava comercializando e distribuindo o medicamento para outras mulheres.

Segundo o delegado da Decon, Rogério da Silva Ferreira, durante interrogatório a suspeita entrou em contradição várias vezes e chegou a dizer que esta é a terceira vez que consegue o medicamento abortivo.

Diante dos fatos, a suspeita foi autuada em flagrante pelo crime de vender, distribuir ou entregar a consumo medicamento sem registro nos órgãos competentes e de procedência ignorada, considerado crime hediondo com pena de até 15 anos de prisão.

“Agora, a Polícia Civil trabalha para identificar gestantes que tenham encomendado o medicamento com a suspeita, sendo uma delas já identificada. A mulher que está no quarto mês de gravidez deve ser ouvida nos próximos dias”, disse o delegado.

O uso de procedimentos inseguros de interrupção voluntária da gravidez pode levar à hospitalização da gestante, com complicações e até a morte da mulher, além de poder ocasionar a morte do feto e de ser crime no Brasil.

A pena pode chegar até três anos de prisão para a gestante que praticar o autoaborto, e de até quatro anos de prisão para o terceiro que a auxilia, podendo ainda a pena pode ser duplicada se o procedimento levar a gestante a morte. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre seis mandados em operação de combate ao tráfico de drogas em Juína

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Seis mandados judiciais foram cumpridos pela Polícia Civil, na segunda-feira (01.06), na operação “Lince” deflagrada com objetivo de combater o tráfico de drogas em Juína (735 km a Noroeste de Cuiabá).

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Marco Bortolotto Remuzzi, a operação foi desencadeada com base em uma longa investigação da Polícia Civil de Juína para apurar o tráfico de drogas no município.

Com base nas apurações, foram decretadas seis ordens judiciais contra os identificados, sendo quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e dois de prisão preventiva, que foram cumpridos na segunda-feira (01).

Em um dos alvos de mandado de busca, os policiais realizaram a apreensão de um menor de 16 anos envolvidos com o tráfico de drogas no município. Na mesma casa, também estava uma adolescente de 13 anos, usuária de drogas.

Um maior de idade que estava no local também foi detido e autuado em flagrante por corrupção de menores. Ele pagou fiança arbitrada em dois salários-mínimos e responderá pelo crime em liberdade.

As prisões preventivas decretadas contra suspeitos que tiveram identificado o envolvimento com o tráfico de drogas e organização criminosa foram cumpridas, uma delas no município de Castanheira e a outra em Comodoro. Durante os trabalhos foram apreendidas diversas porções de cocaína e elementos que compravam a atuação dos suspeitos com a atividade ilícita.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana