conecte-se conosco


Mato Grosso

Acidentes de trânsito lideram ranking de flagrantes de videomonitoramento

Publicado


Mais de 60% das imagens capturadas pelo sistema de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) resultaram em flagrante delito. No período de janeiro a dezembro de 2019, foram registradas 2.931 ocorrências. Destas, 1.786 foram em flagrante.

Dentre as ocorrências mais rotineiras nas ruas de Cuiabá e Várzea Grande estão os acidentes de trânsito com vítima de lesão corporal (537), seguidos de acidentes de trânsito sem vítima (288) e incêndios em terrenos baldios (171).

Somente em Cuiabá e Várzea Grande, 117 câmeras de monitoramento e OCR (sigla em inglês para Reconhecimento Óptico de Caracteres) estão instaladas em pontos estratégicos da região central e na periferia. Atualmente, seis operadores e quatro supervisores revezam em turnos – manhã, tarde e noite – para monitorar as imagens. Cada operador fica responsável por até 12 câmeras.

Uma das ocorrências de atropelamento captadas pelos operadores ocorreu em julho, no final da manhã, na avenida Lava Pés. Uma dupla seguia em uma motocicleta quando foi atropelada pelo veículo. A Polícia Militar (PM-MT) foi acionada e se dirigiu até o local para fazer o atendimento, conforme vídeo.

Outra ocorrência, também de atropelamento, envolveu uma mulher que tinha saído de um supermercado localizado na rua Barão de Melgaço. Ao atravessar na faixa de pedestre, um veículo que fazia a conversão à esquerda não conseguiu frear e atingiu a vítima, que foi socorrida por populares. Veja o vídeo.

“Os operadores estão aptos para identificar atitudes suspeitas e realocar as imagens para flagrar delitos criminais. Quando este tipo de imagem é captada, o operador comunica o supervisor e imediatamente a força policial é acionada”, destacou o coordenador do Ciosp, tenente coronel PM, Sizieboro Elvis de Oliveira Barbosa.

Prevenção e repressão

O secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, disse que a meta da atual gestão é ampliar o videomonitoramento. Para ele, as câmeras auxiliam na prevenção e repressão aos crimes.

“Vamos buscar parceria para garantir a ampliação, pois é um método de trabalho que traz benefícios para a segurança pública. A atuação impede a prática do delito criminal e também reprime”, avaliou.

Uma das ações repressivas ocorreu em abril passado na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. Durante monitoramento das câmeras OCR, os operadores verificaram que uma motocicleta com registro de roubo havia passado por um dos pontos de fiscalização. De imediato, a Polícia Militar foi acionada. A moto foi apreendida e o condutor encaminhado para a delegacia. Confira o vídeo.

Além do monitoramento nas vias públicas urbanas, o Ciosp e a Concessionária Rota do Oeste firmaram termo de cooperação para que as imagens capturadas ao longo de mais de 850 km de extensão na BR-163, por meio de 95 câmeras OCR, cheguem à central da Sesp.

A central do Ciosp está localizada na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Curva do Portão do Inferno – Engenheiro morre em acidente de moto na Estrada de Chapada

Publicado

O engenheiro Elton Neves Silva morreu em um acidente de moto na Rodovia Emanuel Pinheiro, em Chapada dos Guimarães, na manhã de domingo (29).

Segundo informações, Elton – que era integrante de um grupo de motoqueiros de Cuiabá – teria perdido o controle da motocicleta ao passar na curva do Portão do Inferno.

A moto bateu contra o parapeito da pista e Elton acabou sendo arremessado, caindo no barranco.

A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada para o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu pouco depois de dar entrada na unidade.

Elton era formado em Engenheira de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e trabalhava na empresa MTSul, conforme informações do seu perfil do Facebook.

Fonte Agua Boa News

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Lucas do Rio Verde: chacina que vitimou quatro jovens tinha apenas um alvo

Publicado

A Polícia Civil acredita que a chacina que vitimou quatro jovens em Lucas do Rio Verde (MT), teria um único alvo. O crime ocorreu na madrugada de sábado (28).

Foram mortos Diego Luiz Jantsche, de 30 anos, Daniel Oliveira Gonçalves, de 22, Ricardo Junior Campos José, 23, e Iago Vitor, de 22. Quatro pessoas foram presas pela Polícia poucas horas após a chacina e confessaram o crime.

“Tudo leva a crer que era para ceifar a vida apenas de uma pessoa. As outras acabaram por perder a vida por estar no local errado, na hora errada. Talvez pudesse até ter um número maior de vítimas caso eles tivessem mais munições”, disse o investigador Wlademir Mesquita em entrevista coletiva realizada no final da tarde de sábado (28) na cidade.

De acordo com a polícia, a casa onde ocorreu os homicídios não era usada para tráfico de drogas e teria sido alugada recentemente por uma das vítimas, que havia acabado de terminar um relacionamento.

Apesar da principal linha de investigação ser desavença por drogas, a polícia não descarta outras possibilidades.

Um inquérito já foi instaurado e cinco testemunhas já foram ouvidas informalmente.

O crime

De acordo com o boletim de ocorrência, as vítimas estavam em uma residência bebendo e fumando narguile quando foram surpreendidos por dois homens armados, que invadiram o local.

Os criminosos mandaram as vítimas deitarem no chão e pediram celulares e chaves de carro. Em seguida, eles efetuaram diversos tiros na cabeça dos rapazes e fugiram com a ajuda de outros dois comparsas.

A Polícia Militar foi acionada e constatou a morte de uma das vítimas ainda no local. Os outros três foram encaminhados para o Pronto-Socorro, mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito.

Durante perícia no local do crime, a Polícia Civil encontrou 15 comprimidos de ecstasy e 10 porções de maconha.

A Polícia apreendeu na casa de um dos suspeitos, o carro usado para a fuga após a chacina, além de uma arma com seis munições intactas.

Fonte Agua Boa News

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

Publicado


.

O governador Mauro Mendes anunciou, na manhã deste sábado (28), mais 147 leitos exclusivos para o tratamento de possíveis casos graves de pacientes com o coronavírus.

Os leitos estão sendo preparados no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Serão 30 leitos de UTI e 117 leitos de enfermaria.

“Uma parte desse hospital está sendo totalmente isolada e preparada para também se transformar em uma área de referência para atender ao covid-19. Essa área não terá nenhuma conexão com as áreas que continuarão a atender os outros tipos de enfermidades, de doenças, que nós teremos aqui no Hospital Estadual Santa Casa”, afirmou.

De acordo com Mendes, toda a rede hospitalar no estado está sendo preparada, em articulação com os municípios, para atender de forma exclusiva as pessoas contaminadas com o vírus.

Até o momento, Mato Grosso contabiliza 11 casos confirmados de coronavírus, sendo apenas um hospitalizado em UTI particular, e nenhum internado na rede pública. Nas próximas semanas, estarão disponíveis mais de 500 leitos e 110 UTIs exclusivos para o combate à doença.

“Em Várzea Grande, nós teremos 240 leitos de enfermaria e mais 40 UTIs. Já temos UTIs preparadas em Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta. Estamos trabalhando para melhorar a nossa rede de atendimento e aguardando a Prefeitura de Cuiabá, Várzea Grande e dos principais polos colocarem à disposição os leitos para essa rede estadual de atendimento exclusivo do Covid-19”, relatou.

Ampliação do Metropolitano

Ainda na manhã deste sábado, o governador vistoriou as obras de ampliação do Hospital Metropolitano em Várzea Grande, ao lado do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A construção vai possibilitar a acomodação de 200 novos leitos para casos graves de coronavírus e deve ser finalizada nas próximas semanas. Somada à estrutura já disponível no Hospital Metropolitano, ficará disponível um total de 260 leitos no local.

Essa força-tarefa de reforço para entregar a construção será rápida, pois o modelo do projeto prevê a montagem das paredes com painel isotérmico, mesmo sistema usado na China. Um modelo eficiente de fácil montagem que otimiza o tempo de obra, com valor estimado em R$ 2,5 milhões. A compra dos materiais será realizada diretamente com a fábrica, reduzindo assim o custo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana