conecte-se conosco


Nova Xavantina

Alerta de temporal é emitido para todo o Estado e chuvas devem ser mais intensas em Nova Xavantina

Publicado

Alerta de temporal é emitido para todo o Estado e chuvas devem ser mais intensas em 116 cidades de MT

Em 25 municípios de Mato Grosso, as chuvas devem ser menos intensas, com alerta amarelo. Confira a lista.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de risco de temporais para todo o estado. Em 25 municípios de Mato Grosso, as chuvas devem ser menos intensas, com alerta amarelo. Nos outros 116, foi emitido alerta laranja, com chuvas mais intensas e ventos mais fortes.
O alerta laranja representa maior perigo.

Segundo os meteorologistas, nesses municípios deve cair chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia. Além disso, ventos intensos devem passar pela região, com velocidade entre 60 e 100 quilômetros por hora.

O Inmet alerta para o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

As cidades com alerta laranja são:

  1. Acorizal
  2. Água Boa
  3. Alta Floresta
  4. Alto Boa Vista
  5. Alto Paraguai
  6. Apiacás
  7. Araguaiana
  8. Araputanga
  9. Arenápolis
  10. Aripuanã
  11. Barra do Bugres
  12. Barra do Garças
  13. Bom Jesus do Araguaia
  14. Brasnorte
  15. Campinápolis
  16. Campo Novo do Parecis
  17. Campos de Júlio
  18. Campo Verde
  19. Canabrava do Norte
  20. Canarana
  21. Carlinda
  22. Castanheira
  23. Chapada dos Guimarães
  24. Cláudia
  25. Cocalinho
  26. Colíder
  27. Colniza
  28. Confresa
  29. Cotriguaçu
  30. Cuiabá
  31. Curvelândia
  32. Denise
  33. Diamantino
  34. Dom Aquino
  35. Feliz Natal
  36. Gaúcha do Norte
  37. General Carneiro
  38. Guarantã do Norte
  39. Indiavaí
  40. Ipiranga do Norte
  41. Itanhangá
  42. Itaúba
  43. Jaciara
  44. Jangada
  45. Juara
  46. Juína
  47. Juruena
  48. Juscimeira
  49. Lambari D’Oeste
  50. Lucas do Rio Verde
  51. Luciara
  52. Marcelândia
  53. Matupá
  54. Nobres
  55. Nortelândia
  56. Nossa Senhora do Livramento
  57. Nova Bandeirantes
  58. Nova Brasilândia
  59. Nova Canaã do Norte
  60. Nova Guarita
  61. Nova Marilândia
  62. Nova Maringá
  63. Nova Monte Verde
  64. Nova Mutum
  65. Nova Nazaré
  66. Nova Olímpia
  67. Nova Santa Helena
  68. Nova Ubiratã
  69. Nova Xavantina
  70. Novo Horizonte do Norte
  71. Novo Mundo
  72. Novo Santo Antônio
  73. Novo São Joaquim
  74. Paranaíta
  75. Paranatinga
  76. Peixoto de Azevedo
  77. Planalto da Serra
  78. Pontal do Araguaia
  79. Porto Alegre do Norte
  80. Porto dos Gaúchos
  81. Porto Estrela
  82. Poxoréu
  83. Primavera do Leste
  84. Querência
  85. Reserva do Cabaçal
  86. Ribeirão Cascalheira
  87. Ribeirãozinho
  88. Rio Branco
  89. Rondolândia
  90. Rosário Oeste
  91. Salto do Céu
  92. Santa Carmem
  93. Santa Cruz do Xingu
  94. Santa Rita do Trivelato
  95. Santa Terezinha
  96. Santo Afonso
  97. Santo Antônio do Leste
  98. São Félix do Araguaia
  99. São José do Povo
  100. São José do Rio Claro
  101. São José do Xingu
  102. São Pedro da Cipa
  103. Sapezal
  104. Serra Nova Dourada
  105. Sinop
  106. Sorriso
  107. Tabaporã
  108. Tangará da Serra
  109. Tapurah
  110. Terra Nova do Norte
  111. Tesouro
  112. Torixoréu
  113. União do Sul
  114. Várzea Grande
  115. Vera
  116. Vila Rica

O alerta amarelo prevê chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros no dia, com ventos intensos de 40 a 60 km/h. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Os municípios com alerta amarelo são:

  1. Alto Araguaia
  2. Alto Garças
  3. Alto Taquari
  4. Araguainha
  5. Barão de Melgaço
  6. Cáceres
  7. Comodoro
  8. Conquista D’Oeste
  9. Figueirópolis D’Oeste
  10. Glória D’Oeste
  11. Guiratinga
  12. Itiquira
  13. Jauru
  14. Mirassol d’Oeste
  15. Nova Lacerda
  16. Pedra Preta
  17. Poconé
  18. Ponte Branca
  19. Pontes e Lacerda
  20. Porto Esperidião
  21. Rondonópolis
  22. Santo Antônio do Leverger
  23. São José dos Quatro Marcos
  24. Vale de São Domingos
  25. Vila Bela da Santíssima Trindade

FONTE: G1 MT

 

Comentários Facebook
publicidade

Nova Xavantina

Vereador Elias Bueno ganha mais uma do ex-prefeito João Batista Vaz da Silva- CEBOLA

Publicado

O ex-prefeito João Batista Vaz da Silva, ingressou com AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANO EM RAZÃO DE PUBLICAÇÃO OFENSIVA EM REDE SOCIAL em face do vereador Elias Bueno com pedido de indenização (sugere R$ 30 mil).

A medida foi provocada a partir de publicações em redes sociais de cunho ofensivo patrocinado pelo vereador Elias Bueno, a qual atrelou o nome do Ex-prefeito João Batista Vaz da Silva em supostas práticas de corrupção e malversação do dinheiro público, dentre eles, desvio de verbas públicas destinadas ao enfretamento da pandemia por COVID-19 no município. Em decorrência disso, o ex-prefeito afirma ter sofrido danos morais que repercutiram negativamente em sua esfera íntima por conta dos vídeos divulgados pelo vereador.

Em sua defesa, o vereador Elias Bueno confirmou a veiculação do conteúdo nas redes sociais, relatando que apenas exerceu o direito de vigilância das contas públicas em razão de sua atuação como vereador da cidade, gozando de imunidade parlamentar por suas opiniões e votos. A  divulgação de dados financeiros sobre o enfrentamento a pandemia, sugerindo o desvio de verbas destinadas ao combate pelo então ex-prefeito da cidade não são suficientes para afrontar a honra e integridade moral de quem ocupava um cargo público como ex-gestor da cidade. Não podemos esquecer  que quem age em nome da coletividade, deve renunciar de parte de sua intimidade, para submeter-se á opinião pública. Este é um encargo a ser suportado para aqueles que queiram figurar em qualquer cargo público.
O dano moral é um instituto que deve ser utilizado com moderação, não podendo abraçar indenizações por qualquer problema que as pessoas tenham na vida pública, o que é a situação relatada nos autos.
Diante do exposto e por tudo mais que consta nos autos o Juiz Robson Adriano Machado julgou  IMPROCEDENTES os pedidos de indenização por danos morais propostos pelo ex-prefeito João Batista Vaz da Silva.
CONFIRA NA INTEGRA:  SENTENÇA EX PREFEITO CEBOLA

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

A procuradora geral de Nova Xavantina doutora Bruna Toledo permanecerá  afastada por mais 60 dias do cargo

Publicado

A procuradora foi denunciada por, supostamente, ter cometido várias irregularidades, o  que culminou com a abertura do Processo Administrativo Disciplinar 001/2021.

 Nesta quarta-feira, 24, foi publicado a portaria nº 1961/2021, que consta o afastamento preventivo, por mais 60 (sessenta) dias serviço do cargo a servidora pública Bruna Garcia Toledo, com vigência a partir da publicação.

A Comissão de Processo Administrativo Disciplinar composta pelos seguintes funcionários públicos: Anilton Silva de Moura, Enfermeiro, Viviam Vivas Lins, Professora, Perillo José Sabino Nunes, Biólogo, protocolou junto ao município no último dia 18 de Novembro de 2021 o  ofício de n°009/2021, que prevê ‘medo” por parte das testemunhas num possível retorno da Dra Bruna Toledo.

 “…prevendo pelos documentos do processo uma provável interferência na coleta dos documentos e intimidação das testemunhas, pela facilidade de acesso aos documentos e medo de servidores envolvidos, se a Dra. Bruna retornar, decidimos manter o afastamento pelo prazo da lei, com início após o fim do prazo da decisão que
decidiu pelo afastamento atual”. (Ofício 802/2021)

Considerando os princípios basilares estatuído na Constituição Federal da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; Considerando, finalmente, que a autoridade que tiver ciência de possíveis irregularidade no serviço público é obrigado a promover a sua imediata apuração, garantindo ao acusado a ampla defesa e contraditório e conforme determina o artigo 5º LV da Constituição Federal de 1988.

 

CONFIRA A PORTARIA NA INTEGRA: PORTARIA 19612021 BRUNA TOLEDO DIÁRIO OFICIAL

A procuradora geral de Nova Xavantina doutora Bruna Toledo foi afastada do cargo

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

POLÍCIAL CIVIL ACUSADO DE VIOLAR PRERROGATIVA TEM PROCESSO EXTINTO JÁ QUE FOI RECONHECIDA A ILEGITIMIDADE PASSIVA NA COMARCA DE NOVA XAVANTINA.

Publicado

Foi julgado neste dia 17 em nova Xavantina o processo contra o polícia civil Sr. Lusney Acusado de prerrogativas contra a advogada Dra Dangella  Moreira  onde o  processo foi extinto já que foi reconhecida a ilegitimidade passiva. Segue em anexo a sentença do processo.

SENTENÇA LUSNEY (1)

ENTENDA O CASO

Matéria públicada pelo site  de Notícias O Roncador

Na última quinta-feira(22), um fato isolado de um policial civil violou as prerrogativas de direito da advogada Dra. Dângella Moreira, do escritório Moreira Advocacia, determinando situações humilhantes e vexatórias na frente de seu cliente, situações está que a mesma preferiu não relatar.

Ocorre que por estar sozinha e sem amparo, se sentiu impossibilitada de gravar o ocorrido, momento que ao sair da delegacia ligou para o Presidente da Subseção de Nova Xavantina, que de prontidão acionou o Presidente Nacional da OAB Dr. Leonardo Campos, que ao saber da violação das prerrogativas da classe, foi diretamente a Agua Boa para informar e representar o policial civil em questão para o Delegado Regional, tomando assim todas as medias cabíveis contra o policial civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana