conecte-se conosco


Policial

Alunos de projeto social em Cuiabá recebem apoio da Polícia Civil

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Mais de 60 crianças e adolescentes da região do bairro Osmar Cabral, em Cuiabá, participaram nesta quarta-feira (19.02) das ações sociais da Polícia Judiciária Civil, desenvolvidas pelos projetos da Coordenadoria de Polícia Comunitária.

Alunos do projeto “Karatê-do” foram presenteados pela Polícia Comunitária com kits contendo uma garrafa de alumínio com a logomarca dos projetos sociais da Polícia Civil e uma bolsa personalizada com o brasão da instituição.

O projeto “Karatê-do” é realizado no bairro Osmar Cabral e tem apoio de voluntários e comerciantes da região. A ação visa promover de forma contínua as aulas de karatê, aulas de violão, entre outras atividades como palestras abordando temas variados.

O professor de artes marciais, Marcivon Nunes, pontua que a Polícia tem sido grande parceira, oportunizando encontros com os policiais que através de apresentação e palestras, permitem aos alunos a compreensão em fazer boas escolhas sem a influência negativa das drogas.

“Os alunos do karatê utilizam as camisetas dos projetos sociais como um uniforme para frequentarem as aulas”, conta o professor.

Conforme o coordenador da de Polícia Comunitária, Ademar Torres, os projetos sociais seguem os protocolos a fim de garantir que os participantes das ações (alunos, professores, aos pais e/ou responsáveis), compreendam sobre a importância da prevenção da violência, como o bullying, assim como o uso indevido de drogas lícitas e ilícitas, buscando engajamento nas atividades preventivas com base na filosofia da responsabilidade compartilhada.

“Nossa intenção é ampliar as atividades de prevenção, por meio do apoio a projetos comunitários que promovam a educação e bem-estar dos jovens”, destacou o policial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Mato Grosso registra queda nos índices de criminalidade no período de isolamento social

Publicado


.

Assessoria/SESP-MT

Com o isolamento social, medida imposta para controlar a disseminação do coronavírus em Mato Grosso, as ocorrências policiais reduziram no estado, conforme análise do Observatório de Violência, da Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública. O período analisado é de 10 a 29 de março, com base nos boletins de ocorrência registrados pela Polícia Militar e Polícia Civil no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP). Por ser dados preliminares, estão passíveis de alterações após a consolidação pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Comparado com o mesmo período do ano passado, os crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) caíram 85,7%. Foi registrado um caso este ano contra 7 no ano passado. Da mesma forma, os registros de roubos caíram em 30,7%, furto 40,4%, lesão corporal 34,4%, tráfico de drogas 36,3% e 4,3% nos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar). No caso dos assassinatos, foram considerados números absolutos de vítimas. Foram 44 mortes em 2020 no período de 10 a 29 de março, enquanto foram 46 no ano passado.

Outro estudo do Observatório da Violência, mas no período de 10 de março a 24 de março, aponta que os casos de violência contra a mulher caíram 35% em Mato Grosso. Os dados levam em conta a comparação deste ano (1.402 casos) com o mesmo período do ano passado (2.170).

Nestes números, levantados pela Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), estão incluídas as 23 principais naturezas criminais praticadas contra mulheres, como ameaça, homicídio doloso e assédio sexual, por exemplo.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública destaca que as razões para a redução não significam necessariamente que o crime contra a mulher caiu, mas pode ser caso de subnotificações dos casos. Dentre os motivos pode ser que o agressor está em casa inibindo a vítima, ou caiu porque os bares estão fechados, já que o álcool é um potencializador da violência doméstica.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeitos por envolvimento com tráfico são presos com drogas e armas de fogo

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Alta Floresta (803 km ao norte de Cuiabá) prenderam em flagrante nesta segunda-feira (30.03), dois homens por envolvimento com tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Contra um deles havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. 

Em investigação para o cumprimento do mandado de prisão, a equipe policial realizou diligências em uma casa próxima à Praça do Avião, para checar denúncia de que funcionava um ponto de comércio de drogas no local. Na residência, os policiais encontraram o alvo do mandado de prisão e uma segunda pessoa, ambas flagradas com diversas porções de entorpecentes.

Em buscas pela casa, a equipe da Delegacia de Alta Floresta localizou três armas de fogo, entre elas uma espingarda; munições de calibres variados e drogas. Uma das armas estava com a numeração raspada.

Na casa, os policiais também apreenderam diversas joias. Alguma das peças, reconhecidas pela vítima, são produtos de um furto ocorrido na cidade na última semana. 

Os dois homens foram conduzidos à delegacia, onde foram ouvidos pelo delegado Pablo Carneiro e depois autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Um dos suspeitos também teve o mandado de prisão cumprido pelo crime de roubo. “Diante da quantidade de entorpecentes apreendidos, podemos afirmar que se associaram para praticar o delito de tráfico de drogas”, afirma o delegado.

Ambos foram encaminhados à unidade prisional de Alta Floresta, onde permanecerão à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende foragido com várias passagens em Poconé

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

Um homem com passagens por diversos crimes teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá), nesta terça-feira (31.03), durante diligências realizadas no município.

O foragido da Justiça, de 26 anos, responde a processos pela prática de crimes de homicídio, tráfico de drogas, furtos e outros. Ele cumpria pena em regime semiaberto quando teve o mandado de prisão definitva decretado pela Justiça.

Assim que recebeu a notícia da ordem de prisão, os policiais iniciaram as investigações para localizar o paradeiro do criminoso contumaz. Após ser localizado, o suspeito foi conduzido a Delegacia de Poconé onde foram tomadas as providências de praxe para cumprimento do mandado de prisão.

O delegado de Poconé, Ruy Guilherme Peral da Silva, destaca que mesmo diante da pandemia do coronavírus (Covid-19) a equipe da Polícia Civil de Poconé continua trabalhando firme no combate ao crime e na captura de foragidos da justiça no muncipio.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana