conecte-se conosco


Mato Grosso

Alunos e professores apostam em limpeza para conscientizar comunidade escolar

Publicado

Alunos da Escola Estadual Ernany Mauricio Baracat de Arruda, de Várzea Grande, realizaram uma “operação de limpeza”, na Lagoa do Jacaré, localizado no bairro Cristo Rei. Foram retirados inúmeros sacos de lixo, num trabalho de conscientização coordenado pela professora de Biologia Noelma Cristina Freitas.

Os alunos mostraram aos moradores próximos da lagoa a importância de preservar o local, que antigamente era área de lazer e agora virou um depósito de lixo. O mutirão ocorreu no sábado (16.11).

Noelma Cristina explica que a escola desenvolve um projeto de educação ambiental ao trabalhar com os alunos a importância de cuidar do ambiente no qual estão inseridos. A partir da informação dos próprios alunos, a escola trabalhou o projeto, realizando a ação em prol da limpeza da lagoa.

Durante a limpeza, alguns alunos ficaram encarregados de apresentar aos moradores, músicas e declamação de poemas, chamando a atenção para que todos abracem a lagoa se preocupando com a conservação depois de limpa. Outro objetivo da ação é chamar a atenção dos órgãos públicos para a revitalização do local.

Os alunos não mediram esforços para fazer um trabalho elogiado por todos. Para o estudante Alisson de Oliveira Barros, é necessária a revitalização da lagoa, pois com a limpeza, é preciso criar consciência dos moradores. “Não adianta limpar e depois jogar lixo novamente. Existe lixo reciclável e lixo que não é biodegradável”, assinala.  

O colega dele, Eduardo Maia, tem o mesmo entendimento, pois acredita que é preciso a participação de todos para não deixar a lagoa cheia de lixo novamente. “Nossos avós tomavam banho lá, mas de lá para cá, a situação só piorou. Isso não pode continuar”, frisa.

Quem também participou da limpeza e saiu satisfeito é o aluno Mateus Pereira dos Santos. Para ele, muito mais do que a retirada do lixo, trata-se de um trabalho de conscientização. “É um momento importante para a região, pois os próprios moradores foram beneficiados. “Um momento importante, com certeza”.

“O que já foi uma área de lazer hoje se transformou num depósito de lixo, de esgoto, um monte de mau-cheiro. No período da chuva, vem a inundação que invadem as casas próximas. Por isso, resolvemos fazer a ação que teve a participação do toda a escola. Todos abraçaram a causal”, comemora a professora Noelma.

O diretor Valter Benedito da Silva destaca que foi uma aula proveitosa e os alunos tiveram um excelente aprendizado. “Tão bom que a repercussão na escola foi a melhor possível e que chegou aos lares de nossos alunos”.  

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Segunda-feira (29): Confira lista de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

Publicado


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (29.06), o Boletim Informativo n°113 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

O documento mostra (a partir da página 8) que 22 municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sorriso, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Pontes e Lacerda, Cáceres, Nova Mutum, Campo Verde, Tangará da Serra, Sinop, Querência, Colíder, Marcelândia, Vila Bela da Santíssima Trindade, Guarantã do Norte, Porto Esperidião, Nossa Senhora do Livramento, Campo Novo do Parecis, Sapezal, Poxoréu e Juruena.   

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, os municípios que estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Barra do Garças, Matupá, Pedra Petra, Peixoto de Azevedo, Jaciara, Campos de Júlio, Feliz Natal, Poconé, Água Boa, Claudia, Rosário Oeste, Diamantino, Mirassol D’Oeste, Juína, Santo Antônio do Leste, Pontal do Araguaia, Alto Garças, Juscimeira, Nobres, Juara, General Carneio, Acorizal, Gaúcha do Norte, Lambari D’Oeste, Comodoro, Nova Olímpia, São José dos Quatro Marcos, Arenápolis, Barra do Bugres, Terra Nova do Norte, Campinápolis, Rio Branco, Curvelândia, Nova Ubiratã, Ipiranga do Norte, Itiquira, Nova Bandeirantes, Nova Canaã do Norte, São Felix do Araguaia, São José do Povo,   Alto Paraguai, Barão de Melgaço, Itaúba, Santo Afonso, Tabaporã, Itanhangá, Paranaíta, Serra Nova, Alto Taquari, Figueirópolis D’Oeste, Nortelândia, Porto Estrela, União do Sul, Castanheira, Denise, Nova Monte Verde, Nova Nazaré, Jauru, Nova Xavantina e São José do Xingu.

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19.

O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais  clique AQUI .

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT disponíveis neste link.

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo mantém 27 UTIs e custeio de mais 20 unidades da Prefeitura de Rondonópolis

Publicado


.

O Governo do Estado investe na manutenção de 27 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de 72 leitos de enfermaria, somente em Rondonópolis, para o tratamento dos pacientes da Covid-19. Os leitos estão divididos entre o Hospital Regional e a Santa Casa de Rondonópolis, cujo convênio foi firmado para a ampliação da oferta de leitos e melhor atendimento à população.

O município já contava com dois leitos no Hospital Regional e, com o incremento nos investimentos, foi possível a ampliação em mais 10 UTIs na unidade estadual e de 15 UTIs na Santa Casa.

A gestão estadual cedeu à unidade filantrópica 10 ventiladores pulmonares, cinco ventiladores de transporte, cinco monitores multiparâmetros e 30 circuitos de ventilador mecânico.

O Governo ainda vai custear, junto com o Ministério da Saúde, a abertura de mais 20 leitos de UTI pela prefeitura municipal. Ou seja, o valor que será pago para manter em funcionamento as UTIs sairá do Governo Federal e do Governo Estadual. A parceria foi firmada na presença de representantes dos municípios da Região Sul.

“Quero agradecer ao governador e ao senador Wellington. Essa videoconferência foi muito produtiva e me senti contemplado enquanto representante do município”, afirmou o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, em uma reunião virtual no último dia 16 de junho.

Mais investimentos

Além de auxiliar na ampliação de leitos em Rondonópolis, a gestão estadual mantém a regularidade dos recursos previstos para o município. Os repasses financeiros realizados até o mês de maio alcançam o montante aproximado de R$ 8,5 milhões e foram utilizados na atenção primária, na alta e média complexidades, cirurgias cardíacas, farmácia básica, Samu, para convênios e também são referentes ao Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF).

O Governo ainda trabalha na reforma e ampliação do Hospital Regional de Rondonópolis. A unidade é referência para 19 municípios da Região Sul, que concentra uma população de aproximadamente 523 mil habitantes.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Patrulha Rural da PM apreende 400 quilos de droga em Itiquira

Publicado


.

Policiais da Patrulha Rural da 14ª Companhia de Força Tática e do Núcleo de Polícia Militar de Ouro Branco do Sul, unidade do 4º comando Regional de Rondonópolis, apreenderam nesta segunda-feira (29.06), em uma área rural do município de Itiquira (357 km de Cuiabá), uma carga de aproximadamente 400 quilos de maconha. Essa é uma das maiores apreensões deste ano no Estado.

A droga, dividida em 392 tabletes, estava escondida em uma mata a margem da rodovia BR-163, no quilômetro 70, na região de Ouro Branco. Encontrava-se a cerca de 200 metros de um veículo Hyundai, modelo Tucson, provavelmente o que fazia o transporte.

O carro estava parado à margem da rodovia e não tinha os bancos traseiros, o que poderia indicar que algo estaria sendo transportado nele. A Força Tática foi acionada via grupo de WhatsApp, um canal de denúncias e troca de informações que o serviço de Patrulha Rural mantém com produtores rurais, sitiantes e unidades da PM de cidades vizinhas.

Assim que chegaram ao local os policiais fizeram a checaram da placa do veículo, mas descobriram que se tratava de um “dublê”, ou seja, uma fraude com uso da placa de outro veículo. Também descobriram que o chassi estava adulterado, o que impossibilitou identificar a numeração original imediata e se o veículo é produto de roubo ou furto.

Depois, fizeram diligências pelas proximidades, em área de mata, e encontraram a droga. Todavia, até o início da noite nenhum suspeito relacionada a essa ocorrência havia sido preso. A droga e o carro foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana