conecte-se conosco


Nova Xavantina

Ambientalistas denunciam incêndios florestais criminosos no norte de Mato Grosso

Publicado

Flagrantes foram feitos por ambientalistas do Greenpeace no estado, que proibiu as queimadas desde o início de julho. Mesmo assim, o fogo continua e vai abrindo grandes clarões.

Ambientalistas denunciaram incêndios florestais criminosos no norte de Mato Grosso.

No chão é possível ver grandes extensões já desmatadas e prontas para o plantio e pastagem. Mais à frente, a fumaça mais forte e uma imagem chocante: um área de proporções gigantescas queimando. Os tratores vão juntando milhares de árvores derrubadas, misturadas às cinzas. Em outro trecho, as madeiras cortadas e empilhadas mostram a ação de madeireiros na região.

Os flagrantes foram feitos por ambientalistas do Greenpeace no Norte de Mato Grosso. O estado proibiu as queimadas desde o início de julho. Mesmo assim, o fogo continua e vai abrindo grandes clarões na floresta amazônica.

“Vimos desmatamentos de tamanho muito grande: 1 mil,1.400 mil, 3 mil hectares desmatados e a gente viu também muito fogo – tanto fogo na floresta sendo usado para desmatar essa floresta, como o uso do fogo para preparar o solo. Então, foi derrubada a floresta, foi deixada para secar no sol e depois eles fizeram com o que a gente chama de ‘leiras’, que são amontoados de árvores mortas, secas e foi tocado o fogo”, relatou Rômulo Batista, porta-voz do Greenpeace Brasil.

O Greenpeace sobrevoou uma região considerada crítica por causa do grande número de focos de calor. A medição é feita pelos sistemas Deter e Prodes, usados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais para fiscalização e controle do desmatamento no país. Das dez cidades que mais queimam hoje no Brasil, seis estão em Mato Grosso. O número de queimadas no estado é o maior em 13 anos.

Segundo o Greenpeace, de janeiro de 2020 até o dia 21 de julho foram identificados dez mil focos de queimadas na Amazônia do lado brasileiro.

Para o pesquisador da Universidade Estadual de Mato Grosso, Ben Hur Marimon Júnior, a destruição da floresta está chegando em um ponto sem volta.

“A gente não vai mais ter floresta, a gente vai ter uma vegetação parecendo uma savana, com árvores espalhadas na paisagem, mas bastante degradada e que não cumpre a função de produção de chuva, de regulação de temperatura. A Amazônia é um ar-condicionado do continente, do mundo, provavelmente, porque ela reduz a temperatura local. Tudo isso a gente perde”, alertou Ben Hur Marimon Júnior, pós-doutor em Ecologia de Florestas Tropicaiso pesquisador.

O governo de Mato Grosso reafirmou o compromisso de fiscalizar e multar os responsáveis por incêndios criminosos. O Ministério da Defesa declarou que está trabalhando em conjunto com órgãos ambientais no combate às queimadas.

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso afirmou que a maioria dos produtores rurais atua de acordo com a legislação ambiental.

Comentários Facebook
publicidade

ARAGUAIA

Debaixo de um pé de pequi, bispo Emérito de São Félix do Araguaia é enterrado em cova simples

Publicado

Em uma cova simples, de terra crua e batida, foi enterrado nesta manhã (12) o bispo Emérito de São Félix do Araguaia (MT), dom Pedro Casaldáliga, após mais de dois dias de velório. Ele morreu aos 92 anos, de complicações pulmonares, decorrentes de uma tuberculose. O sepulcro fica à sombra de um pequizeiro e próximo ao rio Araguaia, no cemitério dos Karajás e dos Peões. O pequizeiro é a árvore símbolo do Araguaia.

Na lápide de aço, consta a frase do próprio bispo: “Para descansar, eu quero só esta cruz de pau, com chuva e sol. Estes sete palmos e a ressurreição”.

O cemitério dos Karajás e dos Peões, onde sempre desejou ser enterrado, está abandonado e desativado porque, com as chuvas, o rio Araguaia sobe e o inunda. No local, somente os pobres jazem.

Fotos de Raul Vico e Rômulo Bispo mostram a participação de religiosos, fiéis e indígenas, da etnia Xavante e de outras, todos em celebração, conduzida por um padre católico, antes do enterro.

Servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) de São Felix do Araguaia enviaram uma coroa de flores. Integrantes do Movimento Sem Terra (MST) estenderam uma bandeira da organização sobre a cova. Diversas manifestações de luto constam a cena do último adeus a Pedro.

O espanhol Pedro Casaldáliga chegou no Brasil na década de 1960. Sua biografia é marcada pela defesa dos pobres, sem-terra, indígenas e da população vulnerável. Foi enterrado em São Félix do Araguaia, onde viveu a partir dos 40 anos de idade e coordenou trabalhos reconhecidos em defesa dos direitos humanos dos mais pobres. Tem renome internacional. É da ala da Teologia da Libertadação, considerada de esquerda dentro da Igreja Católica.

 

Água Boa News

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Divino é transferido para UTI de Barra do Garças

Publicado

Desde a madrugada desta segunda para terça-feira, 11/08, o empresário e Diretor da Rádio Rezende FM, Divino Carlos, conhecido carinhosamente como Divino do Celeiro ou Divino da Rádio, iniciou uma batalha contra o Covid-19.

Desde o último dia 03, Divino vem tendo sintomas leves, onde veio a piorar no último domingo, 09/08, dia em que foi internado.

Divino amanheceu o domingo indisposto, ficou em casa o dia todo, foi a igreja, depois jantou na casa de um amigo e antes da meia noite, foi internado às pressas no Hospital Municipal.

Internado, ele teve uma leve piora no decorrer da segunda-feira, e na madrugada do mesmo dia para terça-feira, teve seu quadro agravado, com saturações baixas e um alto índice glicêmico (diabete). Os médicos estabilizaram a glicemia e a saturação por volta das 03 da manhã.

Na manhã seguinte, Divino amanheceu com o estado grave. Mesmo com toda medicação, o mesmo começou a ter muita falta de ar, chegando alcançar um alto nível de estresse respiratório com o grau de consciência muito rebaixado, momento decisivo em que os médicos decidiram realizar a intubação, que aconteceu antes das 17 horas.

A batalha começou em busca de regulação para transferência e na localização de uma vaga de UTI. Por volta das 20 horas, abriu uma vaga de UTI em Barra do Garças, e pouco mais de 21 horas, Divino estava saindo do hospital com destino à UTI de Barra do Garças.

Um momento triste, assistido por amigos que estava presentes no muro do hospital. Uma cena marcante, que nos fazem repensar toda a questão do isolamento e da velha e conhecida frase: Se puder, fique em casa!

Divino chegou em Barra do Garças e foi direto para um leito de UTI, amigos e o cunhado que o acompanharam, voltaram com a esperança que muito em breve, o Divino, o Divino da Rádio, o Divino do Celeiro, o gordo, volte para casa; com saúde e paz.

A nós, nos cabe orar, rezar e emanar energias positivas. Rogamos a Deus, em sua infinita misericórdia, que tudo possa acontecer da melhor forma possível, e que em breve, podemos ter o Divino de volta.

 

NX1

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Polícia Civil de Nova Xavantina recupera veículo furtado e identifica receptor

Publicado

 

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina recuperou um veículo Golf na manhã desta sexta-feira (07), o qual havia sido furtado no Distrito de Serra Dourada, Município de Canarana no último dia 03.

A vítima procurou a delegacia de Água Boa relatando que havia deixado seu veículo no distrito de Serra Dourada, após o mesmo ter sofrido uma pane mecânica próximo ao Presídio Major Zuzi Alves da Silva. Para subtrair o veículo, os suspeitos utilizaram um serviço de Guincho, tendo em vista que o veículo estava impossibilitado de rodar.

Os Investigadores de Nova Xavantina souberam que o veículo poderia estar na cidade, foi então que saíram em diligências pela cidade com intuito de recuperar o bem da vítima, obtendo sucesso na localização, pois o veículo estava numa oficina da cidade, logrando êxito conduzir o receptador do referido veículo para a Delegacia.

Vale ressaltar que a vítima é da cidade de Confresa e que ela relatou aos Policiais que havia comprado tal veículo na Cidade de Aparecida de Goiânia-GO dando uma parte de entrada, parcelando o restante em notas promissórias que ainda estavam por vencer.

Polícia Civil de Nova Xavantina

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana