conecte-se conosco


Nacional

Ameaça de bomba na Embaixada da Rússia mobiliza forças de segurança

Publicado

Uma ameaça de bomba na Embaixada da Rússia, no Setor de Embaixadas Norte da capital federal, movimentou o Corpo de Bombeiros e as polícias Civil e Militar, no fim da manhã desta quinta-feira (14). Segundo o Corpo de Bombeiros, mais cedo, a segurança da embaixada recebeu uma ligação telefônica em que uma pessoa ameaçava explodir o local com uma bomba. Os agentes de segurança foram chamados e realizaram uma varredura na área da embaixada.

A operação foi batizada de Petardo, em referência ao um objeto encontrado na embaixada. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar cercou o local e solicitou aumento do perímetro de segurança. O trânsito nas vias próximas foi interditado.

O esquadrão antibombas examinou uma encomenda deixada na sede da representação diplomática. Como procedimento de segurança, o pacote foi detonado. Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros e uma para o monitoramento de produtos perigosos, como artefatos tóxicos e químicos, também estão no local.

Ainda não há informações sobre a liberação da embaixada da Rússia, que invadiu a Ucrânia no dia 24 de fevereiro. Nesta quinta-feira, mísseis russos atingiram a cidade ucraniana de Vinnytsia, em um ataque que autoridades locais disseram ter deixado pelo menos 12 mortos, incluindo uma criança pequena, além de dezenas de feridos.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Ana Maria Machado é a entrevistada da série Depoimentos Cariocas

Publicado

A escritora Ana Maria Machado, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2003, é a entrevistada da série Depoimentos Cariocas, que vai ao ar hoje (9), às 17h, no YouTube do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. A transmissão terá chat aberto para a participação dos internautas.

A série foi criada pelo Arquivo Geral no ano passado, com a finalidade de registrar memórias e reflexões de personalidades nascidas na capital fluminense ou cariocas honorários que escolheram o Rio de Janeiro para trabalhar e viver. A entrevista de Ana Maria Machado é a oitava da temporada deste ano e a 16ª da série.

Carioca, nascida há 80 anos no bairro de Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro, Ana Maria Machado é autora de obras literárias adulta e infantojuvenil. A estimativa é que seus livros tenham vendido mais de 20 milhões de exemplares no Brasil e no exterior.

Entre os títulos e troféus que recebeu, estão prêmios internacionais, como o Hans Christian Andersen (Dinamarca) e o Casa de las Américas (Cuba), além de outros nacionais, como a Ordem do Mérito Cultural e o Prêmio Jabuti, que conquistou três vezes.

No depoimento dado ao jornalista Pedro Paulo Junior, Ana Maria relembra as visitas à cobertura do cronista Rubem Braga em Ipanema, zona sul da cidade, e fala de sua angústia com a situação ambiental do país.

Ela também fala de seu mandato de presidente da Academia Brasileira de Letras, nos anos 2012 e 2013, quando aproximou a instituição de eventos como a Feira Literária das Periferias (Flup), com atuação direta em comunidades cariocas, como o Complexo do Alemão e os morros Pavão-Pavãozinho, Fallet e Dona Marta.

A escritora e ex-professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), responde também a perguntas enviadas por convidados especiais. Entre eles estão o jornalista Zuenir Ventura, que abriu a série Depoimentos Cariocas; a produtora Guguta Brandão; e a presidente do Arquivo Geral da Cidade, Rosa Maria Araujo.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Ministro vistoria embarque por biometria em Congonhas

Publicado

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, esteve no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, na manhã de hoje (9), para vistoriar a implantação do projeto Embarque +Seguro 100% Digital. Combinando análise de dados e validação por biometria, a tecnologia dispensa apresentação de cartões de embarque e documentos de identificação dos viajantes de voos domésticos partindo de Congonhas e Santos Dumont, no Rio se Janeiro. A ponte aérea SP-RJ é a primeira do mundo com acesso biométrico do check-in ao embarque.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura (Minfra), o processo de implantação definitiva da tecnologia já está em andamento e acontece gradual e simultaneamente nos dois aeroportos, com previsão de conclusão neste mês. Quando a funcionalidade estiver disponível, os viajantes que estiverem em voos com embarques biométricos e optarem pelo uso da tecnologia só precisarão da imagem de seus rostos para fazer check-in e acessarem salas de embarque e aeronaves.

“No caso de comissários de bordo e pilotos da aviação regular, a solução inclui o acesso a áreas restritas dos dois terminais aéreos. A iniciativa tem o objetivo de tornar mais eficiente, ágil e seguro o processamento de passageiros e tripulantes, tendo por premissa a segurança no tratamento e a proteção dos dados pessoais dos usuários contra uso indevido ou não autorizado”, explica o Minfra.

Segundo o Minfra, cada empresa aérea que opere em um dos dois terminais poderá adotar procedimentos próprios para o cadastramento biométrico e validação do passageiro na base governamental. Para utilizar o sistema nesse momento, o usuário precisa apresentar documento biométrico válido (CNH digital ou título de eleitor digital); passagem aérea e acesso ao canal de cadastramento e validação biométrica da companhia aérea.

Por meio do canal, no momento do check-in ou após a sua realização, o passageiro realizará a validação biométrica associada a seu voo. Ele deverá aceitar os termos da Lei Geral de Proteção de Dados (LPGD), devendo fazê-lo a cada novo voo. Executada essa ação, de forma digital, e sendo validado o cadastro, o passageiro estará apto a usar o sistema biométrico para o respectivo voo.

A biometria facial será usada em duas etapas. Primeiro, no acesso à sala de embarque, onde os totens farão a leitura da face, consultarão a base do governo e verificarão o cadastro do passageiro e a existência do cartão de embarque válido, liberando a entrada. A segunda etapa ocorrerá no portão de embarque, no momento de ingresso na aeronave.

Durante a fase de testes, foi possível perceber que, com a biometria, o tempo médio do embarque caiu de 7,5 segundos para 5,4 segundos por passageiro. Isso significa que, com a biometria, será possível processar mais embarques no mesmo tempo do processamento atual, correspondendo a um ganho de 27%. Mas os viajantes poderão optar entre o sistema e os procedimentos tradicionais de check-in e embarque, que continuam disponíveis.

“Já testamos em seis mil embarques em sete grandes cidades do país, e isso permite que possamos dar passo correto em direção a essa tecnologia. Vai trazer mais segurança, confiabilidade, agilidade e eficiência na hora do embarque. Vai ser muito mais simples e prático. A partir do dia 25 todos poderão embarcar de forma facultativa utilizando a biometria na ponte área Rio-São Paulo. A imagem da face dos passageiros ficará guardada pela Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados)”, disse o ministro de Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Segundo ele, o sistema está instalado apenas dos aeroportos operados pela Infraero, mas o ministério tem feito um trabalho para incentivar os terminais privatizados a também utilizarem o serviço. “Até o final do ano teremos novos aeroportos entrando nessa tecnologia”, disse.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Polícia prende homem acusado de pedofilia e estupro no Rio de Janeiro

Publicado

O mandado foi expedido após investigação conjunta com o Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal
Reprodução / Polícia Civil 09/08/2022

O mandado foi expedido após investigação conjunta com o Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal

Agentes da 18ªDP (Praça da Bandeira) cumpriram mndado de busca e apreensão e prisão temporária contra um homem acusado de pedofilia e estupro, nesta terça-feira (9), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O mandado foi expedido após investigação conjunta com o Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal.

Identificado como Felipe Santana da Cruz, de 23 anos, o homem confessou ter estuprado três dolescentes, além de armazenar conteúdo pornográfico infantojuvenil em seu aparelho celular. Ele estava sendo monitorado pela Delegacia-Geral de Crimes da Capital por meio da rede mundial de computadores.

O trabalho de investigação foi feito em parceria com a Delegacia da Polícia Federal do Rio de Janeiro e o Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e a Pornografia Infantil (Sercopi) da Polícia Federl em Brasília, responsável por compartilhar as informações e dados que levaram à prisão de Felipe.

O material foi compartilhado pela Polícia Federal com os agentes treinados da 18ª DP, que deram cumprimento às ordens judiciais expedidas com base na representação da distrital, se dirigiram à Baixada Fluminense, no município de Nova Iguaçu, prenderam o investigado e apreenderam seu aparelho celular para análise.

Felipe Santana da Cruz será encaminhado para a Audiência de Custódia e responderá pelos crimes de estupro de vulnerável, produção de cena de sexo envolvendo criança e armazenamento de material contendo pornografia infantojuvenil.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana