conecte-se conosco


Nacional

Após tempestades, alerta de “grande perigo” é emitido para MG, RJ e SP

Publicado


source
Chuva no Rio de Janeiro
Rodrigo Soldon Souza / Creative Commons

Chuva no Rio de Janeiro

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta sexta-feira, 28, um alerta vermelho de “grande perigo” por conta de tempestades . De acordo com o alerta do instituto, parte do Sul de Minas e outras muitas áreas que podem ser afetadas, como Rio de Janeiro e São Paulo, podem ser atingidas por chuvas superiores a 60 milímetros por hora ou superiores a 100 milímetros/dia, ventos superiores a 100 quilômetros por hora e queda de granizo. O alerta vai das 16h desta sexta-feira até às 9h de sábado, 29.

As regiões que devem ser afetadas são: Campinas, Sul/Sudoeste de Minas, Zona da Mata, Sul Fluminense, Campo das Vertentes, Vale do Paraíba Paulista, Piracicaba, Centro Fluminense, Metropolitana de São Paulo, Macro Metropolitana Paulista, Metropolitana do Rio de Janeiro, Oeste de Minas, Araraquara e Ribeirão Preto.

Segundo o Inmet, há grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores, alagamentos e transtornos no transporte rodoviário. O alerta é para que aparelhos elétricos e, se possível, o quadro geral de energia sejam desligados durante a tempestade. Em situações de grande perigo, deve-se ligar para a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193).

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Portaria estabelece regras para o uso de jet ski

Publicado

Foi publicada hoje (24), no Diário Oficial da União (DOU), a portaria com normas para o uso de moto aquática ou jet ski em atividades de esporte ou lazer. Entre as regras, estão a proibição de transporte de crianças menores de 7 anos e normas para obtenção de carteira de habilitação, aluguel e de permissão para trafegar.

A medida visa “à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana e à prevenção da poluição ambiental por parte dessas embarcações no meio aquaviário e de seus condutores.”

A norma estabelece uma faixa limite de 200 metros, contada a partir da faixa de praia, seja fluvial, lacustre ou marítima, a partir da qual é permitida a navegação com os equipamentos. A medida visa resguardar a integridade física das pessoas que estiverem fazendo uso do ambiente.

A exceção fica para os equipamentos usados no serviço de salvamento de vidas humanas, por órgãos competentes, como o Corpo de Bombeiros.

O texto diz ainda que, nesses locais, a colocação ou a retirada desses equipamentos na água deve ocorrer em ponto destinado exclusivamente para o embarque e desembarque de pessoal.

Além da faixa de 200 metros, fica proibido o uso de jet ski em áreas que são consideradas de segurança, a exemplo das próximas a canais de acesso aos portos; fundeadouros de navios mercantes; proximidades das instalações portuárias; a menos de 200 metros de instalações militares e a menos de 500 metros de produção de petróleo, como plataformas fixas e flutuantes.

A portaria também proíbe a utilização de moto aquática em áreas próximas às usinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares. Nesses casos, caberá às concessionárias responsáveis pelo reservatório de água definir os locais onde o uso da embarcação poderá ser feito.

Fica ainda proibida a realização de competições em horário noturno. Também não é recomendável a realização de competições envolvendo menores de 14 anos de idade. A portaria define ainda que a participação de menores de 18 anos de idade em competições fica condicionada à apresentação de autorização formal dos pais ou responsáveis legais a quem estiver organizando o evento.

Penalidades

É necessária uma habilitação amadora de motonauta para conduzir o jet ski. O documento, emitido pela capitania, delegacia ou Agência da Capitania dos Portos, terá validade de 10 anos. Para as pessoas maiores de 65 anos, a validade será de 5 anos.

A portaria estabelece penalidades para quem descumprir as regras, entre elas a suspensão da habilitação por 120 dias para quem conduzir a “embarcação em estado de embriaguez ou após uso de substância entorpecente ou tóxica”.

Em caso de reincidência, o infrator fica sujeito à pena de cancelamento da habilitação, que só poderá ser emitida novamente após o prazo de 2 anos, após submissão “a todos os requisitos estabelecidos para o seu processo de emissão inicial.”

Aluguel

O jet ski utilizado para locação deve ser identificados com uma faixa ou placa amarela em local visível, com a inscrição “ALUGUEL ” na cor preta e letras em caixa alta. Nesses locais será possível a realização de curso para obter a habilitação para conduzir o jet ski. Os instrutores devem ter, no mínimo, 2 anos de habilitação.

A empresa responsável pelo aluguel dos equipamentos poderá ter o seu credenciamento cancelado se praticar fraude de qualquer natureza quando do processo que visa a emissão de habilitação especial; alugar o jet ski para pessoa não habilitada; receber a aplicação de duas sanções de suspensão, no intervalo de 24 meses, “independentemente do dispositivo violado e do prazo do credenciamento”.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Vídeo: avião faz pouso forçado em rio do Amazonas

Publicado

source
No rio, parte do avião que fez pouso forçado no Amazonas está à mostra
Reprodução – 24/05/2022

No rio, parte do avião que fez pouso forçado no Amazonas está à mostra

Um avião de pequeno porte fez um pouso forçado no Rio Urubu, próximo ao município de Itacoatiara, no Amazonas, nesta terça-feira. Os três homens estavam a bordo foram resgatados por ribeirinhos, segundo o Corpo de Bombeiros. A aeronave, o monomotor de prefixo C210, está parcialmente submersa.

Nesta manhã, por volta das 9h, o avião fez um pouso forçado nas águas do Rio Urubu. O local fica próximo à comunidade ribeirinha Betel, que está a 30 quilômetros do município de Itacoatiara (que, por sua vez, fica a 250 quilômetros da capital Manaus).

Dentro do avião estavam o proprietário do monomotor José Souza, de 39 anos, o tripulante Raimundo Filho, de 48, e o piloto Carlos Sobrinho, que não teve a idade revelada pelo Corpo de Bombeiros: os três foram resgatados por ribeirinhos, de acordo com as autoridades.

Em vídeo que circula nas redes sociais, feito a partir de um barco, é possível perceber que a frente da aeronave — um monomotor Cessna C210 — está toda embaixo d’água, com apenas a cauda à mostra. De acordo com o último boletim dos Bombeiros, divulgado no início da tarde, a equipe enviada ao local ainda estava por lá.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Policiais federais protestam contra Bolsonaro

Publicado

source
Policiais carregam faixas com mensagens contra Jair Bolsonaro
Reprodução – 24/05/2022

Policiais carregam faixas com mensagens contra Jair Bolsonaro

Policiais federais realizaram protestos contra o presidente Bolsonaro nesta terça-feira (24). As manifestações cobram o cumprimento de ações prometidas pelo presidente para a valorização da corporação.

Em fotos compartilhadas nas redes sociais, agentes e delegados estão carregando faixas cobrando o presidente: “Desvalorizar os policiais federais é fortalecer a corrupção. #ReestruturaçãoJá”.

Faixa pede reestruturação da PF
Reprodução

Faixa pede reestruturação da PF

Em outro cartaz, o manifestantes fazem referência a facada levada por Bolsonaro em 2018: “Te salvamos da facada e agora vai nos esfaquear pelas costas?”. Os protestos foram registrados no Rio de Janeiro, Amapá e no Ceará.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana