conecte-se conosco


Esportes

Bia Zaneratto chega ao Palmeiras em momento mágico do futebol feminino

Publicado


Após a meia Andressinha, contratada pelo Corinthians, outra estrela da seleção feminina acertou o retorno ao futebol brasileiro para a temporada de 2020, e justamente para o maior rival do alvinegro. Nesta quinta (13) a atacante Bia Zaneratto foi apresentada como reforço do Palmeiras na Academia de Futebol, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo, local de treinamento da equipe masculina.

A jogadora de 26 anos, que passou os últimos sete na Coreia do Sul, estava acertada com o Wuhan Xinjiyuan (China). Porém, o surto de coronavírus no país (com epicentro na cidade de Wuhan) impediu o retorno da imperatriz (apelido que recebeu na Coreia) à Ásia. Com isso, Bia foi emprestada pelo novo clube ao verdão até 1º de junho.

Anunciada pelo diretor de futebol feminino palmeirense, Alberto Simão, como a “melhor em atividade no Brasil”, ela recebeu a camisa 10 e comemorou a fase da modalidade no país, com mais clubes grandes envolvidos e jogadoras de seleção atuando em casa.

“Acho que é um momento mágico. O futebol feminino nunca foi tão valorizado [no Brasil]. Hoje, todos os jogos são transmitidos. Sabemos da qualidade das meninas, nós que vivemos isso há muitos anos. A Rosana [vice-campeã mundial e olímpica pela seleção, hoje no Palmeiras], que ia parar, voltou. Ela disse ‘roí o osso para caramba, e agora, na hora do bolo, na parte gostosa, eu não vou viver isso?’. Acho que esse é o momento bonito do futebol feminino, que é colher os frutos que meninas lá atrás tanto sofreram e correram atrás”, declarou.

Além de Bia e Andressinha, outras jogadoras com larga experiência na seleção também estão no futebol nacional. A lateral Tamires, por exemplo, chegou ao Corinthians no ano passado, onde já atuava a zagueira Erika. O Internacional, também em 2019, repatriou a lateral Fabi Simões e a zagueira Bruna Benites. A centroavante Cristiane, que acertou no início do mês o retorno ao Santos, tinha defendido o São Paulo na última temporada.

“Hoje, o Brasil é o lugar que está mais atrativo [para as jogadoras do país] no futebol feminino. Tem a proximidade com a Pia [Sundhage, sueca que é a técnica da seleção], que está aqui acompanhando”, disse. “Era certo que eu iria para a China. Quando mudou, as meninas começaram a me chamar, cada uma para um time [risos]. Tem umas no Corinthians, tem umas no Santos, umas no São Paulo. Então, precisava ter no Palmeiras. Essa vai ser a grandeza do futebol feminino esse ano. Todos vão querer assistir, e é assim que vai crescer”, completou.

No Palmeiras, Bia terá como base a cidade de Vinhedo, interior paulista, a cerca de 75 quilômetros da capital São Paulo, onde a equipe feminina do verdão treina e joga. Ela recordou, inclusive, de ter atuado lá em uma edição de Jogos Regionais da Juventude pelo time sub-18 de sua cidade-natal, Araraquara (SP), que, aliás, é a terra da Ferroviária, atual campeã brasileira e clube que a revelou.

Por ironia, as guerreiras grenás são as próximas rivais do alviverde pelo Brasileirão Feminino, neste domingo (16), às 15h (horário de Brasília), no estádio Nélio Bracalente, em Vinhedo. A estreia de Bia, porém, depende não só da parte física, como de seu nome aparecer no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), liberando-a para jogo. Após duas rodadas, as palmeirenses têm um resultado positivo (4 a 0 sobre o Vitória, em Salvador) e um negativo (1 a 3 para o Corinthians, em casa).

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Vôlei de praia: CBV anuncia datas do retorno do circuito nacional

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou nesta segunda-feira (03) que o circuito brasileiro de vôlei de praia da temporada de 2020 começa no próximo dia 17 de setembro. A primeira etapa seguirá até 27 de setembro. As duas primeiras etapas, das cinco previstas, ocorrerão em Saquarema (RJ). As sedes das demais ainda não foram confirmadas e as disputadas devem ocorrer até dezembro.

O rígido protocolo sanitário propõe, diferentemente do que ocorria antes da pandemia, que os jogos femininos ocorram antes, e as partidas dos homens encerrem as etapas.

A última temporada do circuito nacional da modalidade foi encerrada precocemente pela CBV por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Faltavam duas etapas a serem disputadas. E a dupla André Stein e George, que já não podia mais ser alcançada, foi considerada a campeã no masculino. Já entre as mulheres, Ana Patrícia e Rebecca, que tinham o título muito bem encaminhado, ficaram com a taça.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Sesi Bauru e Montes Claros América investem pesado em reforços

Publicado


.

A líbero dominicana Brenda Castillo é o mais novo reforço do Sesi Vôlei Bauru para a temporada 2020/2021. Esta será a segunda passagem de Castillo no clube: a primeira foi no período  2016/2017. A jogadora, uma das melhores da posição no mundo, é  titular da seleção da República Dominicana. No ano passado, ela foi o destaque da equipe, na conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), a primeira do país caribenho em 16 anos. A contratação de Castillo foi anunciada pelo Sesi Bauru no último sábado (1). 

“É um grande orgulho e me enche de satisfação voltar a Bauru. É uma equipe muito profissional, que sempre me deu muita atenção. Além disso, meus colegas, fãs e o município, que é super tranquilo, contaram muito também. Sou muito grata”, revela Castillo, eleita a melhor líbero na Olimpíada de Londres (2012).  (20 em 2012, foi eleita a melhor atleta da posição. 

Nesta segunda-feira (03), a oposta chilena Pamela Sanabio, ex-jogadora do Fluminense, também acertou com o clube paulista. Castillo e Sanabio se juntam agora a outras seis reforços já anunciados pelo time paulista: as levantadoras Dani Lins e Carol Leite, as centrais Adenízia, Mayhara e Mara e a ponteira/oposta Tifanny. No comando do time está o técnico: Anderson Rodrigues. 

Masculino

O Montes Claros América confirmou ontem (2) o retorno do experiente líbero Tiago Brendle, de 34 anos, ex-Seleção Brasileira. Além do defensor, ex- Sesc Rio, a equipe mineira já conta com o levantador Rodriguinho, ex-Sada Cruzeiro, para a próxima temporada. 

O líbero Pureza, de 24 anos, também mudou de equipe. Ex-jogador do Sesi/SP fechou é o mais novo contratado do Azulim/Gabarito/Uberlândia.

Europeu

O oposto André Saliba está de partida para Portugal, onde irá jogar no Sporting. Além dele, o time europeu já havia se acertado com os centrais brasileiros Victor Hugo e Éder Levi, e o oposto PV. Na Grécia, o Panathinaikos oficializou, no domingo (2), a permanência do central brasileiro Lucas Rangel.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Rivais divergem sobre testes da covid-19 antes de final do Paulistão

Publicado


.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) informou que, “em comum acordo” entre Palmeiras e Corinthians, serão realizados testes de PCR-RT em ambas as delegações, “estando concentradas ou não”, antes da segunda partida da final do Campeonato Paulista, no sábado (8), às 16h30 (de Brasília), no Allianz Parque. O comunicado assinado pelo presidente da Comissão Médica da entidade, Moisés Cohen, foi emitido horas após a reunião em que os presidentes de Timão e Verdão divergiram sobre a obrigatoriedade ou não dos exames para detecção do novo coronavírus (covid-19).

Em publicação após a reunião, o Corinthians garantiu que segue o protocolo elaborado pela Federação, “aprovado e exigido pelo Governo do Estado de São Paulo” e que “mantém sua delegação em confinamento há 14 dias”, tendo feito duas baterias de exames nesse período. Por isso, entende que não há necessidade de realizar novos testes. O Timão diz, ainda, que o Palmeiras “descumpriu” o acordo que norteia o futebol em meio à pandemia ao liberar os atletas após as partidas, “o que nunca foi permitido”, segundo o clube.

A nota da FPF diz que, conforme o protocolo, como o Corinthians manteve o grupo isolado após a vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol, no domingo (2), não haveria obrigatoriedade de exames para o primeiro jogo da final, na quarta-feira (5), às 21h30 (de Brasília), na Arena do Timão. Segundo o comunicado, o Alvinegro foi à campo “com toda sua delegação testada”.

Já sobre o Palmeiras, a Federação afirma que, como optou por “não manter os atletas confinados e concentrados” depois de superar a Ponte Preta, também no último domingo por 1 a 0, o Alviverde terá de submeter elenco e comissão técnica a testes antes do jogo de quarta. O Verdão ainda não se pronunciou sobre os posicionamentos da entidade e do Corinthians.

O protocolo elaborado pela FPF diz que “os 16 clubes fiquem concentrados em locais previamente definidos e preparados durante todo período de jogos da competição. Isso permite maior controle das variáveis por serem grupos fechados e previamente testados, sob maior supervisão”. No item 6.4 (fase 4, pós-jogo), sobre o procedimento para saída dos times do estádio, fala-se no “retorno das equipes aos seus centros de treinamentos ou hotel de concentração”.

Testes com erro

No último sábado (1), o Red Bull Bragantino revelou que os testes de 23 pessoas, entre nove atletas, além de membros de comissão técnica e funcionários, feitos dois dias antes do jogo contra o Corinthians, pelas quartas de final, deram erroneamente positivo para covid-19. Eles foram realizados no Hospital Albert Einstein, parceiro da FPF para os exames no Estadual. O clube de Bragança Paulista (SP) disse, em comunicado, que a contraprova feita em dois laboratórios indicou resultados todos negativos. O Einstein refez os testes na quinta-feira (30), dia do jogo, e desta vez 100% deles deram negativo.

Em nota, o hospital afirmou ter identificado “um lote específico de reagentes importados (primers) com instabilidade de funcionamento, que foram provavelmente os responsáveis pelos resultados divergentes”. Disse ainda que “a fabricante, uma empresa internacional, foi imediatamente notificada sobre a ocorrência e os lotes com desempenho atípico foram retirados da rotina de exames do laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein”.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana