conecte-se conosco


Mato Grosso

Campanha Vem Ser Mais Solidário atende programa Rede Cidadã

Publicado


.

Mais de 130 famílias receberam, na manhã desta quinta-feira (21.05), em Cuiabá, um kit de cesta básica com alimentos e material de limpeza. A ação faz parte da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”.

A doação foi destinada para familiares de alunos que estão matriculados no Programa Rede Cidadã, que destina atividades de esporte, cultura e lazer a crianças e adolescentes da rede pública de ensino e em vulnerabilidade social. A entrega foi realizada na Escola Estadual Hélio Palma de Arruda, no bairro Planalto.

A ação só foi possível pela parceria das secretarias estaduais de Segurança Pública (Sesp) e de Assistência Social e Cidadania (Sestasc). Para o ano letivo de 2020, cerca de 400 meninas e meninos estão matriculados no Programa, que no momento, por conta da pandemia do Covid-19, estão com as aulas suspensas.

Uma das primeiras a receber a cesta básica e os demais produtos foi a família de Oaci Maria de Arruda Santos, que frisou que os mantimentos chegaram na hora certa. “É uma ajuda muito boa. Eu vendia água de coco, mas tive que parar por causa do isolamento. Meu neto é aluno do Rede Cidadã e eu fui beneficiada”.

Desempregado recentemente, o soldador Osvaldo Souza Delgado Filho destacou que a ajuda vai suprir as necessidades básicas para os próximos dias. “Na minha família somos em três pessoas e minha filha faz parte do Programa. Estou satisfeito com esta ação, pois fiquei desempregado porque a empresa que eu trabalhava fechou”.

Além de Cuiabá e Várzea Grande, o Rede Cidadã está presente também nos municípios de Nova Olímpia, Rondonópolis e Cáceres. Anualmente, cerca de mil alunos passam pelas unidades.  Dentre as atividades ofertadas estão pintura em tela, jiu-jitsu, taekwondo, futsal, aulas de canto e violão.

“É uma importante parceria da Sesp com a Setasc, pois vamos conseguir atender as famílias que fazem parte deste Programa. A Secretaria de Assistência Social e Cidadania tem desenvolvido um trabalho primoroso junto à comunidade”, ressaltou o secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, destacou que as parcerias fortalecem e cumprem o objetivo da campanha, que é ajudar os mais necessitados neste momento de pandemia. “O Vem Ser Mais Solidário é liderado voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e visa beneficiar as famílias vulneráveis, especialmente as que estão sendo mais prejudicadas por essa crise que enfrentamos”.

As cestas básicas doadas contém arroz, feijão, macarrão, óleo, sal, açúcar, café, farinha de trigo, sardinha, extrato de tomate, além de materiais de limpeza e de higiene pessoal.

União no combate ao coronavírus

Junto à cesta básica e os materiais de limpeza foram entregues também um kit com três máscaras para cada família. O produto, que é indispensável no momento de enfretamento à doença, foi confeccionado pelos servidores públicos que trabalham no Rede Cidadã. Os insumos também foram adquiridos pelos profissionais. Ao todo, foram doadas 450 unidades de máscara de tecido.

“Estou feliz com esta parceria, pois aqui são famílias que estão precisando muito. Quando entramos em contato para falar sobre a entrega dos kits muitos ficaram agradecidos com a ação”, destacou o coordenador do Rede Cidadã, tenente-coronel PM Franklin Epiphânio Gomes Almeida.

As atividades do Programa seguem o calendário da Secretária de Estado de Educação (Seduc) e somente quando retornar as aulas na rede pública de ensino é que o Rede Cidadã retornará com as programações.

Faça parte da campanha

Se você quer ajudar é possível doar alimentos ou itens de limpeza diretamente na Arena Pantanal. Quem preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas. As entidades interessadas precisam enviar solicitação para o e-mail [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Operação da PM acaba com festas clandestinas e aglomerações na capital e interior

Publicado


.

A Polícia Militar faz operação de repressão a festas clandestinas, reuniões, encontros e outros eventos e atividades proibidas durante a pandemia do coronavívus (Covid -19). A operação, denominada Dispersão II, está sendo realizada desde a noite de sexta-feira (03.07), nos 141 municípios.

As equipes atuam no policiamento e fiscalização independente sobre o uso obrigatório de máscaras, proibição de aglomerações, entre outras medidas, conforme estabelece os decretos estaduais 532 e 465/2020, os quais definem as atribuições da Polícia Militar durante o estado de calamidade pública em função da pandemia.

Em todas as regiões do Estado os policiais também atuaram em apoio aos municípios.

Em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, a PM fez 38 conduções à delegacia e acabou com uma festa clandestina regada a bebida, droga, presença de menores e até com apreensão de arma de fogo. Em Barra do Garças(509 km de Cuiabá), a denúncia de uma festa de aniversário em uma chácara levou à prisão de um homem e apreensão de uma espingarda e 56 munições.  

Em outros municípios também ocorreram conduções para delegacias, dispersões de pessoas aglomeradas e outras situações. Em Acorizal(62 km de Cuiabá), policiais militares deram apoio a agentes municipais na fiscalização de bares, distribuidoras de bebidas e outros. Na noite de sexta-feira, bares de três comunidades rurais foram notificados.

Na mesma noite, em Cuiabá, nos bairros CPA, policiais militares encontraram muitas pessoas aglomeradas em bares consumindo bebidas alcóolicas. Com o apoio da PM, fiscais da prefeitura notificaram os estabelecimentos e orientaram os consumidores a retornarem para suas casas. Os mesmo ocorreu em dois bares do bairro Altos da Serra e diversas regiões da cidade.

Em Chapada dos Guimarães(67 km de Cuiabá), junto com a Prefeitura a PM montou barreiras, uma delas na chegada da cidade, próximo a comunidade Água Fria, fazendo abordagens de pessoas, orientação sobre medidas de restrição e prevenção ao coronavirus e vistoria e checagem de veículos.

Essa operação que está em curso é a segunda, ‘Dispersão II’, com reforço nas atribuições próprias da PM no que se refere à pandemia, previstas em decretos estaduais, e principalmente em apoio aos municípios.

A PM reforça que o objetivo e principal e orientar, conscientizar sobre a gravidade do momento que o Estado está passando com o aumento do número de pessoas internadas e de mortes provocadas pela Covid-19.

DADOS

Entre os registros das ações da PM estão: 3.100 dispersões (acabou com festas, acampamentos e outros eventos),  1.600   notificações em comércios por haver pessoas sem máscaras.

Também já fez cerca de 950 conduções de pessoas a delegacias por insistência, resistência e reincidência no descumprimento de medidas de saúde pública(por fazer aglomerações, festas, não usar máscaras entre outras).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Nota MT fará dois sorteios por mês até o final do ano

Publicado


.

A Secretaria de Fazenda definiu o novo calendário de sorteios do Programa Nota MT para o restante do ano de 2020. No dia 13 de julho acontece o primeiro sorteio. Até o mês de dezembro a Secretaria de Fazenda vai promover dois sorteios por mês.

Os sorteios foram suspensos em março deste ano em razão de a Caixa Econômica ter paralisado as extrações da Loteria Federal, que servem de base para a geração dos números a serem premiados no Nota MT. Por causa da paralisação dos extrações da Loteria Federal, quatro sorteios do Nota MT deixaram de ser realizados. No entanto, as notas fiscais emitidas com CPF nesse período continuam a ter validade

“Estamos retornando com os sorteios do Nota MT e agradecemos a confiança dos nossos contribuintes que, mesmo no período de suspensão, continuaram pedindo o CPF na nota em suas compras. Até o final do ano vamos sortear mais de 6 mil mato-grossenses e distribuir quase 4 milhões de reais em prêmios. E também entregar cerca de 800 mil reais para as entidades filantrópicas indicadas pelos ganhadores para que elas continuem fazendo seus trabalhos sociais “, aponta o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

A portaria com o novo cronograma será publicada no Diário Oficial ainda nesta segunda-feira (06.07). Confira as datas no final da matéria.

O primeiro sorteio mensal acontece no dia 13 de julho, com as notas emitidas entre 1º a 30 de junho. Nele serão sorteados 1.005 prêmios, sendo mil de R$ 500 e 5 de R$ 10 mil.

Na semana seguinte, dia 20, acontece o sorteio especial de São João (que deveria ter sido realizado no dia 25 de junho). Serão distribuídos 5 prêmios de R$ 50 mil cada. Para a premiação especial foram emitidos 4.518.480 bilhetes, a partir das notas fiscais com CPF emitidas ente 1º de março a 31 de maio.

Confira o novo calendário dos sorteios do Nota MT:

Cronograma dos Concursos Mensais – Período de março a maio de 2020

Mês de referência Data da extração da Loteria Federal Data do sorteio Documentos fiscais válidos emitidos
Março 15/08/2020 17/08/2020 01/03/2020 a 31/03/2020
Abril 14/10/2020 15/10/2020 01/04/2020 a 30/04/2020
Maio 18/11/2020 19/11/2020 01/05/2020 a 31/05/2020

 

Cronograma dos Concursos Mensais – Período de junho a dezembro de 2020

Mês de referência Data da extração da Loteria Federal Data do sorteio Documentos fiscais válidos emitidos
Junho 11/07/2020 13/07/2020 01/06/2020 a 30/06/2020
Julho 08/08/2020 10/08/2020 01/07/2020 a 31/07/2020
Agosto 12/09/2020 14/09/2020 01/08/2020 a 31/08/2020
Setembro 07/10/2020 08/10/2020 01/09/2020 a 30/09/2020
Outubro 11/11/2020 12/11/2020 01/10/2020 a 31/10/2020
Novembro 09/12/2020 10/12/2020 01/11/2020 a 30/11/2020
Dezembro 13/01/2021 14/01/2021 01/12/2020 a 31/12/2020

 

Cronograma dos Concursos Especiais – Período de março a dezembro de 2020

Mês de referência Data da extração da Loteria Federal Data do sorteio Documentos fiscais válidos emitidos
São João – Março, Abril e Maio de 2020 18/07/2020 20/07/2020 01/03/2020 a 31/05/2020
Primavera – Junho, Junho e Agosto de 2020 19/09/2020 21/09/2020 01/06/2020 a 31/08/2020
Natal – Setembro, Outubro, Novembro de 2020 16/12/2020 17/12/2020 01/09/2020 a 30/11/2020

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Unemat aprova oferta de Ensino Remoto Emergencial enquanto durar pandemia

Publicado


.

Em caráter excepcional, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), aprovou a oferta de componentes curriculares por meio de tecnologia de informação e comunicação, meios digitais e demais modalidades remotas, de forma emergencial, enquanto durar a situação de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). As resoluções foram aprovadas, após intensos debates, realizados de forma on-line, ao longo da última semana no Conepe (29/06 a 03/07).

Até o final deste ano, serão oferecidos três Períodos Letivos Suplementares Excepcionais (PLSE), com início, respectivamente, em 10 de agosto, 13 de outubro e 7 de dezembro, todos na modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE). Os componentes curriculares cursados remotamente poderão ser integralizados como componentes curriculares presenciais.

O reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, frisou que essa iniciativa não é uma forma de substituição de ensino presencial pela educação a distância. “Não vamos fazer reprodução do ensino presencial, na modalidade a distância. Estamos propondo uma alternativa. O que a gente tem que ter em mente é que precisamos dar respostas e alternativas para os nossos acadêmicos. Por isso, uma proposta que surge, não como retomada de calendário, não como obrigatoriedade de alunos terem que participar. Mas sim, pensando que temos acadêmicos que precisam fechar os seus cursos, que constantemente estão pedindo para encerrar a sua formação e poder se organizar enquanto profissional. Então, a gente buscou encontrar um meio termo”.

As faculdades e os cursos, articuladamente, em conjunto com os docentes, vão definir quais os componentes curriculares serão ofertados remotamente, durante o período letivo suplementar. Serão priorizados créditos que visem à conclusão de curso. “Dessa forma, o discente que integralizar no PLSE os créditos exigidos na estrutura curricular do curso ao qual está vinculado, poderá solicitar a colação de grau”, explicou o Pró-Reitor de Ensino de Graduação, Alexandre Porto.

Período Letivo 2020/1 

O estudante poderá fazer matrícula no Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE) nos componentes curriculares equivalentes em que está matriculado no período letivo 2020/1. Para quem não optar por nenhuma disciplina, ou havendo reprovação, fica garantido o término do período letivo 2020/1, quando as atividades presenciais retornarem.

Somente os componentes curriculares cursados com aprovação no Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE) constarão no Histórico Escolar dos discentes. Dessa forma, em caso de aprovação, será registrado em seu histórico escolar e a matrícula no período 2020/1 será cancelada. Já no caso de reprovação, esta não será registrada e a matrícula no período 2020/1 continuará ativa.

Mátriculas no PLSE

Para o primeiro conjunto de componentes curriculares, a solicitação de matrícula será feita de 18 a 22 de julho. O acadêmico poderá efetuar a matrícula em qualquer Componente Curricular, desde que cumpra os pré-requisitos exigidos e o limite de 12 créditos ou 180 horas. Poderá optar, inclusive, por disciplinas de TCC e Estágio Supervisionado, além das 180 horas.

Estágios

Os Estágios Supervisionados de cursos de bacharelado e de licenciatura poderão ser desenvolvidos por meio de atividades não presenciais, observados os Projetos Pedagógicos dos cursos, bem como a legislação pertinente de cada campo de atuação profissional.

Inclusão digital

A escolha dos recursos e procedimentos didáticos, pedagógicos e tecnológicos a serem utilizados deve ter como princípio a inclusão dos discentes dos cursos. “As resoluções aprovadas asseguram aos acadêmicos da Unemat a inclusão digital para diminuir as desigualdades de acesso às ferramentas tecnológicas e à internet, assim como a qualidade de ensino. E mais importante é que essa garantia se dará pela participação efetiva das representações estudantis junto à Prae, no processo de definição dos procedimentos dessa política”, afirmou a Pró-reitora de Assuntos Estudantis (PRAE), Antônia Alves Pereira.

A Pró-Reitoria garantirá a participação efetiva das representações estudantis nos processos de discussão e definição da política de inclusão e da inclusão digital dos discentes.

ACESSE AS RESOLUÇÕES QUE REGULAMENTAM O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL:

Resolução 28/2020 – Conepe: Regulamenta a oferta de componentes curriculares por meio de tecnologia de informação e comunicação, meios digitais e demais modalidades remotas, de forma emergencial, mantida a centralidade da relação entre docente e discente, enquanto durar a situação de pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

Resolução 29/2020 – Conepe: Cria e regulamenta o Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE), que consiste em oferta de componentes curriculares na modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana