conecte-se conosco


Nacional

Ciclone pode causar chuvas, ventos fortes e quedas de energia no RS

Publicado


source
Ciclone
Pixabay

Ciclone atingirá o Rio Grande do Sul entre terça (30) e quarta (1).

Um ciclone extratropical intenso, que também é conhecido como “ciclone bomba”, deve atingir o  Rio Grande do Sul nesta terça-feira (30) e na quarta (1º), causando pancadas de chuva, ventos fortes e falta de luz em regiões do estado.

Segundo o boletim da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), o ciclone está sobre a costa da Região Sul e pode provocar rajadas de ventos com velocidade próxima dos 100 km/h entre a madrugada e a manhã de quarta-feira em algumas áreas do estado.

Em outras regiões, onde o ciclone não chegará com força total, a previsão é de que as rajadas de ventos variem entre 60 km/h e 90 km/h.  O instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alertou sobre a tempestade dizendo que podem haver falta de energia, danos à plantações, quedas de árvore e diversos alagamentos.

Primeiros efeitos

A capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, registrou alagamentos e pontos em que houve queda de energia na manhã desta terça. Equipes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) estão trabalhando nas áreas críticas para amenizar os estragos causados.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Jogadores mortos em acidente aéreo viajavam separados por terem testado positivo para Covid

Publicado

O Palmas disse que optou por transportá-los no avião já que o período de isolamento terminaria neste domingo e portanto os quatro estariam aptos para o jogo desta segunda-feira (25)

Os quatro jogadores do Palmas que morreram no acidente aéreo registrado neste domingo (24) em Porto Nacional estavam na aeronave porque tinham testado positivo para a Covid-19. O Palmas disse que optou por transportá-los no avião já que o período de isolamento terminaria neste domingo e portanto os quatro estariam aptos para o jogo desta segunda-feira (25) contra o Vila Nova pela Copa Verde.

Nenhum dos seis ocupantes do avião sobreviveu à queda. Morreram no acidente o goleiro Ranule, o lateral-esquerdo Lucas Praxedes, o zagueiro Noé e o atacante Marcus Molinari. Nenhum deles tinha estreado pelo clube ainda, já que tinham sido contratados neste início de ano. Dos quatro, apenas Molinari não tinha sido apresentado oficialmente ainda, o que estava previsto para ocorrer nesta segunda.

Além dos atletas, o presidente do time Lucas Meira e o piloto Wagner Machado morreram na tragédia. O avião caiu na manhã deste domingo (24), pouco após decolar, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional (TO). Um vídeo feito no local do acidente mostra a aeronave em chamas logo após a queda.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que o jogo entre o Palmas e o Vila Nova está adiado e não tem nova data para acontecer. O acidente causou comoção nas redes sociais e personalidades se manifestaram para prestar solidariedade ao time. O Corpo de Bombeiros informou que se trata de um bimotor modelo Baron, de prefixo PTLYG. O site da fabricante do avião, a Beechcraft, indica que este tipo de aeronave pode transportar no máximo seis pessoas por voo.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), o avião pertencia a uma construtora com sede no Pará chamada Meirelles Mascarenhas Ltda e não tinha autorização para realização de serviços de táxi aéreo. A assessoria do Palmas informou que o avião tinha sido adquirido há pouco tempo pelo presidente, Lucas Meira, e que estava em fase de transferência. O time informou que o avião não estava realizando serviço de táxi aéreo.

– Os 23 demais membros da delegação iriam para Goiânia na noite deste domingo, 24, através do vôo determinado pela Confederação Brasileira de Futebol. O clube informa ainda que segue à disposição para maiores esclarecimentos e que toda a assistência necessária será prestada às famílias dos atletas Guilherme Afonso Noé, Lucas Praxedes Carvalho, Marcus Vinícius Molinares Reis, Ranule Gomes dos Reis e do comandante Wagner.

G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Morre Maguito Vilela, prefeito licenciado de Goiânia

Publicado

Político lutava contra uma infecção de bactérias e fungos nos pulmões após se recuperar da Covid-19. Ele estava há mais de 80 dias em UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O ex-governador de Goiás e prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), faleceu aos 71 anos, nesta quarta-feira (13). A informação foi confirmada pelo secretário de Comunicação da capital, Bruno Rocha Lima. O político estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, lutando contra uma infecção pulmonar, em decorrência da Covid-19, da qual já havia se recuperado.
A nota divulgada pela Secretaria de Comunicação da capital informou que “a família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal”.
O Hospital Albert Einstein confirmou a morte do político. Segundo a unidade de saúde, ele faleceu às 4h10 desta quarta-feira. Ele estava internado na unidade de saúde “desde o dia 27 de outubro para tratamento da Covid-19”.
Maguito perdeu duas irmãs para a Covid-19 em agosto de 2020, com menos de dez dia de diferença. No dia 19, morreu Nelma Vilela Veloso, de 76 anos, tinha diabetes e problemas pulmonares, comorbidades que agravaram o quadro. Já no dia 28, a irmã mais velha, Nelita Vilela, de 82 anos, também faleceu.
Maguito passou por vários cargos públicos em Goiás: vereador, prefeito, governador e senador. Ele ainda foi professor e advogado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Corpo de homem é encontrado dentro de carrinho de compras

Publicado


source
arma
Reprodução

Corpo de homem é encontrado dentro de carrinho de compras

O corpo de um homem foi encontrado pela polícia civil de Belo Horizonte, nesta terça-feira (1), em um carrinho de compras em uma rua da capital mineira. A polícia vai investigar as circunstâncias da morte do homem, conhecido pelo apelido de Léo.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima, que aparentava ter 40 anos, estava em um carrinho de compras.

De acordo com a perícia, foram localizadas 12 perfurações nas costas e peito do homem, e a morte teria acontecido há mais de 20 horas. 

Um outro homem em situação de rua contou que, há cerca de dois dias, não via Léo. Ninguém foi preso e o corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da capital mineira.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana