conecte-se conosco


Cuiabá

Com 15 mil doses, Cuiabá retoma a vacinação nesta quinta, 26 e aguarda maior quantitativo do Ministério para realizar “Drive Thru”

Publicado


.

A Prefeitura de Cuiabá retomará a vacinação contra influenza nesta quinta-feira, 26. Embora a previsão fosse retomar na próxima sexta,  após ter paralisado a 22ª Campanha Nacional por ter recebido do Ministério da Saúde apenas 9,5 mil doses (suficiente para duas horas de imunização), a Secretaria de Saúde fez uma força-tarefa para distribuir as 15 mil doses que chegaram nesta quarta-feira, 25 e já voltará com os serviços em todos os postos amanhã. 

A demanda desta primeira fase da Campanha que vai até 22 de maio é imunizar 46 mil idosos e 21 mil profissionais da Saúde pública e privada. Como novamente Cuiabá recebeu poucas doses do Ministério da Saúde, ‘Drive Thru’ que também estava previsto para ser realizado nesta sexta-feira visando diminuir a aglomeração, será adiado até que o órgão federal encaminhe quantitativo suficiente para realizar a ação. 

“O que recebemos será suficiente para no máximo dois dias de imunização. A previsão do Ministério da Saúde é encaminhar novos lotes ainda nesta semana, então aguardaremos que esse novo quantitativo chegue um pouco maior para realizarmos as estratégias que delineamos para evitar aglomeração. Por hora estamos atendendo mediante senhas”, frisou Mirian Naschenveng diretora de Atenção Básica de Cuiabá. 

Neste ano, a Campanha que normalmente é realizada na primeira quinzena de abril, foi antecipada pelo governo federal como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas e, com isso, ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus.  

Frente ao tema, a Secretaria de Saúde de Cuiabá capacitou os servidores das regionais Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural apresentando dentre outros o informe técnico da campanha e orientando sobre como evitar aglomerações nas unidades de saúde, durante o período de vacinação.

“Capacitamos nossas equipes para evitar aglomerações em combate ao Coronavírus. Dentre as medidas, optamos por iniciar a vacinação pelos acamados e idosos com maiores riscos em suas casas, e os demais que compareceram nas unidades receberam senhas. Também faremos “Drive Thru” e já definimos pontos estratégicos em bairros, mas para realizarmos as ações pensadas precisamos que o Ministério nos subsidie com mais doses”, enfatizou o secretário de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho. 

A Campanha está sendo dividida em três fases: A 1ª de 23/03 a 16/04, com a vacinação para os idosos (60 anos e mais), profissionais da Saúde pública e privada. 2ª fase de 16/04 a 09/05 professores de escolas publicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, crianças de seis meses a menores de 06 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas. 3ª fase de 09 a 22/05 adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.  

A vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B.

SINTOMAS, PREVENÇÃO E ORIENTAÇÃO

Entre os sintomas da gripe estão febre alta, dor muscular, dores de cabeça, na garganta e coriza. Além da vacinação, as orientações para evitar o vírus é lavar as mãos com frequência, usar lenço para a higiene do nariz, cobrir o rosto no momento do espirro, evitar compartilhar objetos de uso pessoal e tomar cuidado com o contato com pessoas que tenham adquirido o vírus.

O vírus usado na vacina é “inativado”, não podendo gerar uma gripe e a imunização evita entre 32% e 45% o número de hospitalização por pneumonia e entre 40% e 75% as mortes por complicações resultantes do vírus.

A imunização é contraindicada para pessoa com alergia a ovo, que devem procurar o médico para orientações. A reação em geral ocorre com dor no local da injeção, sem provocar efeitos colaterais maiores. De acordo com o Ministério da Saúde, não há risco de fazer a vacinação contra e a febre amarela e Influenza. (Trecho com informações do MS e Agencia Brasil).

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Veja todos os decretos com as medidas preventivas adotada pela Prefeitura de Cuiabá

Publicado


.

As medidas implantadas pela Prefeitura de Cuiabá em combate ao novo coronavírus (Covid-19) trazem como destaque ações voltadas para as áreas da educação, transporte coletivo, comercial e saneamento básico. Até o momento, foram oito decretos assinados pelo prefeito Emanuel Pinheiro, onde constam diversas ações de prevenção ao contágio da pandemia. 

Na educação, por exemplo, o decreto nº 7.846 suspende as aulas nas unidades educacionais e determina a distribuição de kits de alimentação para os alunos cadastrados no programa Bolsa Família. Assegurando o direito à aprendizagem, os estudantes do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos estão desenvolvendo as atividades na modalidade EAD. 

Para o transporte coletivo municipal, o decreto nº 7.850 mantém 1/3 da frota de ônibus circulando, de 23 de março até 5 de abril, conforme estabelecido por decisão judicial. Os veículos recebem higienização no ponto final de cada linha e esterilização diária. Além disso, o número máximo de passageiros, por viagem, foi limitado para 50% da capacidade total.  

“A Prefeitura está trabalhando de forma planejada para que o bem da saúde pública seja preservado. Colocamos em prática ações que, em conjunto, têm sido fundamentais para conter o avanço do Covid-19 em Cuiabá. Estamos enfrentando um momento difícil, mas temos a certeza que com a colaboração de todos vamos superar”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro. 

Em relação ao comércio, os decretos nº 7.849 e 7.850 instituem que apenas os estabelecimentos com atividades essenciais ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. Já os documentos de nº 7.851 e 7.853 tratam especificamente da regulamentação de supermercados, mercearias, padarias açougues e similares, como horários pré-estabelecidos e medidas preventivas a serem seguidas. 

Para a área do saneamento básico o prefeito assinou os decretos nº 7.847 e 7.854. O primeiro proibi a concessionária Águas Cuiabá de realizar o corte no fornecimento de água para consumidores inadimplentes, pelo prazo de 60 dias. Já o segundo, estabelece a suspensão, pelo prazo de 90 dias, do reajuste anual de 6,037% na tarifa de água e esgoto na Capital.

Confira todos os decretos abaixo

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeito reforça diálogo com setores produtivos

Publicado


.

O prefeito Emanuel Pinheiro, reiterou na manhã desta quarta-feira (01), o diálogo com setores produtivos da capital. Por meio de três vídeo conferências, Pinheiro se reuniu com representantes dos shopping centers instalados na capital, com a Associação Comercial e Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso, Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso, além do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Mais uma vez, ele lembrou a necessidade da união de esforços frente ao trabalho preventivo à disseminação do Coronavírus.

“Todos somos responsáveis nesse momento de turbulência social. Por isso a importância da manutenção desse diálogo. Preciso ouvir críticas e as sugestões dos setores. A parceria é, mais do que nunca, fundamental. Precisamos ampliar o diálogo, ouvir os setores”.

O gestor destacou a importância das medidas, ainda que drásticas, para que a população entenda que todo sacrifício temporário é necessário. “Não temos uma medida mais emergencial do que fazer com que as pessoas permaneçam em casa, que garantam o isolamento social. As projeções apontam que o cenário mais preocupante de transmissão ocorrerá entre 10 de abril e 10 de maio e trabalhamos para evitar que Cuiabá chegue a esse pico. Nossos esforços são executados justamente para evitar esse cenário”.

Durante as discussões, Lorenna Bezerra, da Abrasel, reafirmou seu compromisso e apoio as ações já executadas e apresentou ao prefeito um planejamento elaborado para evitar a propagação do vírus, destinado aos funcionários e empresários, assim como para o público em geral.

Pinheiro anunciou ainda que está debruçado, juntamente com sua equipe, formatando ações a serem desenvolvidas para proteger à saúde e a vida da população. Até o momento, sete decretos já foram editados versando sobre a adoção de medidas preventivas.

“Literalmente estamos trocando o pneu com o carro em movimento. Não estávamos preparados para esse cenário. Posso pecar por excessos, mas jamais por omissão”, finalizou.

Participaram da reunião também o secretário de Governo, Lincoln Tadeu Sardinha e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Misael Galvão.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Vereador Luis Claudio destina R$ 600 mil de emenda parlamentar ao combate do Covid-19

Publicado


.
Câmara Municipal de Cuiabá

Um documento oficial já foi encaminhado à Secretaria de Governo para que seja feita a alteração das emendas impositivas à Secretaria Municipal de Saúde
Como medida emergencial, o vereador Luis Claudio (Progressistas) vai destinar o total de R$ 600 mil em emenda impositiva ao combate do novo Coronovírus (Covid-19).&nbsp Esta decisão foi tomada a partir de uma reunião entre os vereadores, onde cada um fez a sua colocação, em uma comunicação oficial ao Executivo do município de Cuiabá para destinar suas emendas parlamentares ao combate do Covid-19.
“Eu destinei 100% das emendas impositivas para a aquisição de materiais e equipamentos básicos de saúde, que auxiliarão no enfrentamento do Covid-19. Precisamos unir forças e ajudar neste combate ao Covid-19”, destaca o vereador Luis Claudio.&nbsp
Cada um dos 25 vereadores tem direito a R$ 600 mil, sendo 50% obrigatoriamente para a Saúde.&nbsp No entanto, alguns doaram 70%, 80% e, outros, 100%, como o vereador Luis Claudio.&nbsp
A destinação das emendas impositivas de Luis Claudio era para Tenda do Abraão, Rotary Clube Bandeirantes, Mixto Esporte Clube, Posto de Saúde do bairro Jardim Imperial, Centro Comunitário do bairro Coxipó da Ponte e Cuiabá Arsenal, porém vai direcionar integralmente ao combate do Covid-19.
A emenda servirá para garantir kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) hospitalar aos profissionais da saúde, tais como luvas, máscaras, até mesmo, óculos de proteção, aventais, e sapatos de segurança, caso necessário, além de álcool em gel e outros produtos de higienização.
Um documento oficial já foi encaminhado à Secretaria de Governo para que seja feita a alteração das emendas impositivas, que serão destinadas à Secretaria Municipal de Saúde para o combate do novo Coronavírus.

Beatriz Saturnino | Assessoria Vereador Luis Cláudio

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana