conecte-se conosco


Mato Grosso

Comunidade indígena da Aldeia Kururuzinho comemora entrega de escola nova

Publicado

Cerca de 160 alunos da Escola Estadual Indígena Itaawy’ak, localizada na Aldeia Kururuzinho, que fica entre os municípios de Apiacás (a 1.010 quilômetros de Cuiabá) e Jacareacanga (PA), foram beneficiados com uma escola nova. A entrega da obra foi realizada neste domingo (18.08) em uma cerimônia que reuniu toda a comunidade, profissionais da educação e autoridades políticas da região.

O superintendente de Obras da Seduc, Milton Mendonça Jaqueira, explicou que a execução do novo prédio foi realizada pela empresa São Manoel Energia, por meio de acordo de cooperação técnica e em atendimento ao Programa de Fortalecimento das Organizações Indígenas do Plano Básico Ambiental Indígena (PBAI).

“Que essa escola seja o alicerce para um futuro digno para todo o povo dessa terra. Espero que daqui saiam grandes profissionais e grandes líderes para cuidar e defender as comunidades indígenas do nosso país”, disse.

O novo prédio é composto por seis salas de aula, laboratório de informática, refeitório, quadra poliesportiva, alojamento para os professores e dependência administrativa. O atendimento será para alunos do ensino fundamental e médio.

A escola estadual Itaawy’Ak foi umas das primeiras unidades criadas em Mato Grosso para atender alunos indígenas. A aldeia Kururuzinho, da etnia Kayabi, fica localizada às margens do Rio Teles Pires.

Conforme destacou a assessora pedagógica de Apiacás, Érica Mota, o atendimento à essa escola requer dos profissionais da educação muita logística, pois estão, em sua maioria, margeando o Rio Teles Pires, acesso esse que exige horas de viagem por estrada não pavimentada e tantas outras por via fluvial.

“Fico encantada ao encontrar nessas aldeias crianças e jovens que mesmo na diversidade estão sendo ensinadas a ler e escrever sem perder sua cultura, pois a língua materna, práticas culturais e sustentabilidade, práticas agroecológicas e tecnologias indígenas são disciplinas obrigatórias nessas escolas”, observou a assessora.

“Hoje é um dia muito especial para nosso povo, pois receber uma escola com toda essa estrutura era um sonho que está sendo realizado. Aqui serão formados nossos alunos e garantir um futuro melhor para todos”, disse o cacique Elenildo Kayabi.

Segundo o diretor da escola, Elimar Akay, a escola atende alunos da região dos municípios de Apiacás, Alta Floresta e também de Jacareacanga (PA). “O saber e o conhecer é o caminho para um futuro melhor de qualquer comunidade e essa escola vai facilitar a execução do nosso trabalho”.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Visita técnica da Prefeitura constata que o Governo cumpre regras da Anvisa

Publicado


.

A visita realizada pela Prefeitura de Cuiabá, nos 80 leitos de UTI, já em operação nos Hospitais Estaduais Santa Casa e Metropolitano, concluiu que o Governo de Mato Grosso cumpre com as preconizações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O atesto foi feito pelo fisioterapeuta e funcionário do Hospital de Referência para COVID-19 em Cuiabá, Paulo Henrique de Oliveira. Ele explicou que a ANVISA preconiza que os hospitais precisam ter pelo menos um ventilador para cada dois leitos de UTI, e neste caso, a Santa Casa e o Metropolitano se enquadram.

“Para momentos de pandemia e em situações extremas de Síndrome Respiratória Aguda Grave, alguns pareceres técnicos preveem a utilização temporária de um ventilador pulmonar para mais de um paciente em caso de falta de mais aparelhos, mas que devem ser observados alguns critérios para que isso possa ser feito”, comentou. 

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, explicou que na Santa Casa há 40 leitos de UTIs em plena atividade e 10 UTIs pediátricas sendo implantadas. Já no Metropolitano são 40 leitos e outros 30 em fase de implantação. 

Dos 40 leitos da Santa Casa, 28 têm respiradores, e no Metropolitano, dos 40 leitos, 30 têm o equipamento. “Para todos os demais leitos, o governo já adquiriu os respiradores e eles estão no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, na alfândega para serem liberados pela Receita Federal. Além disso, é bom destacar que os 10 leitos que o Ministério da Saúde encaminhou para a Santa Casa, nenhum chegou com ventiladores. Mas, como já dissemos, compramos para todos os leitos”, explicou.

“Nós agimos rápido, compramos os equipamentos e eles já estão em solo mato-grossense. Agora é uma questão de burocracia e logo já estaremos com todos os leitos de UTI com os respiradores. E é bom deixar claro que estamos cumprindo com todas as preconizações e protocolos do Ministério da Saúde”, destacou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Corpo de Bombeiros Militar de MT ministra curso de formação para o Exército Brasileiro

Publicado


.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, no contexto da Operação Verde Brasil 2, por meio do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) e Comandos Regionais, ministrará curso de formação de Brigadista Florestal para 1170 militares do Exército Brasileiro.

O lançamento da ação ocorreu nesta terça-feira (02.06) e será distribuída nas seguintes unidades: 13 BIMTZ, 44 BIMTZ, 16 BIMTZ, 58 BIMTZ, 18 GAC.

A atividade está prevista no Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais 2020 e conta com o apoio dos Comandos Regionais Bombeiro Militar I, II, IV e V (Cuiabá, Rondonópolis, Barra do Garças e Cáceres). 

O curso tem por objetivo capacitar os militares do Exército Brasileiro frente às Ocorrências de Combate a Incêndios Florestais em todos os biomas de Mato Grosso.

O lançamento da ação (na terça-feira) ocorreu com a capacitação inicial de 55 militares do 44 BIMTZ, conforme planejamento da Diretoria Operacional e BEA que estimam finalizar a capacitação até dia 15 de julho, aumentando o número de recursos humanos capacitados e prontos para o enfrentamento dos incêndios florestais.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Corpo de Bombeiro Militar de MT ministra curso de formação de Brigadista Florestal para o Exército Brasileiro

Publicado


.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, no contexto da Operação Verde Brasil 2, por meio do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) e Comandos Regionais, ministrará curso de formação de Brigadista Florestal para 1170 militares do Exército Brasileiro.

O lançamento da ação ocorreu nesta terça-feira (02.06) e será distribuída nas seguintes unidades: 13 BIMTZ, 44 BIMTZ, 16 BIMTZ, 58 BIMTZ, 18 GAC.

A atividade está prevista no Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais 2020 e conta com o apoio dos Comandos Regionais Bombeiro Militar I, II, IV e V (Cuiabá, Rondonópolis, Barra do Garças e Cáceres). 

O curso tem por objetivo capacitar os militares do Exército Brasileiro frente às Ocorrências de Combate a Incêndios Florestais em todos os biomas de Mato Grosso.

O lançamento da ação (na terça-feira) ocorreu com a capacitação inicial de 55 militares do 44 BIMTZ, conforme planejamento da Diretoria Operacional e BEA que estimam finalizar a capacitação até dia 15 de julho, aumentando o número de recursos humanos capacitados e prontos para o enfrentamento dos incêndios florestais.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana