conecte-se conosco


Esportes

Confirmado! Maracanã vai receber a final da Libertadores de 2020

Publicado

Maracanã será palco da final da Libertadores de 2020 arrow-options
Facebook / Reprodução

Maracanã será palco da final da Libertadores de 2020

Informação que já havia sido garantida pelo portal argentino Doble Amarilla , a confirmação oficial de que o Maracanã será a sede da final da Copa Libertadores 2020 veio nessa quinta-feira (17) em postagem feita pela rede social da Conmebol .

Leia também: Times mexicanos podem voltar à Libertadores e tirar vaga de equipes brasileiras

O confronto final no Maracanã ocorrerá no dia 21 de novembro do próximo ano.

Já a decisão da Copa Sul-Americana de 2020 será disputada na cidade de Córdoba, na Argentina, no estádio Mario Kempes. O duelo está agendado para 7 de novembro.

As duas finais de Liberta no Maraca

Essa será a terceira vez que um dos palcos mais importantes do futebol mundial sediará a grande decisão do torneio continental.

Em 1981, a primeira partida da final entre Flamengo e Cobreloa foi jogada no Maraca e vencida pelo Rubro-Negro por 2 a 1 na disputa onde a equipe brasileira seria campeã.

Leia também: Ibrahimovic na Libertadores 2020? Atacante recebe sondagem da América do Sul

Já em 2008, atuar em seu domínios acabou não sendo de todo bem-sucedido para o time representante do futebol nacional. Recebendo a LDU após perder o duelo de ida por 4 a 2 no Equador, o Fluminense venceu no Maracanã por 3 a 1 no tempo normal, mas acabou sendo derrotado nas penalidades.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

MP-RJ recomenda a suspensão de possível retorno do Campeonato Carioca

Publicado


.

O retorno do futebol carioca, em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19), ganhou hoje (28) mais um personagem: o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). A instituição recomenda a suspensão de tal possibilidade até que os órgãos públicos de saúde atestem a queda do número de contaminados e de óbitos. O MPRJ ainda instaurou uma portaria abrindo um inquérito sobre o caso. Segundo a última atualização da Secretaria de Saúde, o estado do Rio de Janeiro registra 44.886 casos confirmados de covid-19, e 4.856 mortes. A capital lidera o número de óbitos (3.293), seguida das cidades de Caxias (220), Nova Iguaçu (159) e Niterói (99).

A recomendação da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva e Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital é para o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e também para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). A entidade manifestou-se nesta quinta-feira (28), por nota oficial, dizendo que ratifica “uma vez mais, seguir as diretrizes das autoridades municipais de saúde e que, no momento, por não ter autorização para realizar partidas do campeonato na cidade do Rio de Janeiro, mesmo que de portões fechados, sem a presença do público, não o fará (…) até que deixe de existir impedimento ilegal”.  

Contactada, a Prefeitura disse que “vai prestar todos os esclarecimentos solicitados pelo MP-RJ”. No último domingo (24), quando se reuniu com 14 dirigentes do 16 clubes que participam do Campeonato Estadual  – exceto Botafogo e Fluminense -, Crivella disse que o retorno do Carioca dependeria da curva de casos da covid-19 na cidade. No dia seguinte, os mesmos dirigentes se reuniram com integrantes da Ferj epor videoconferência e chegaram ao concenso de possível retonro da competição no dia 14 de junho, inclusive com a viabilidade de realização de jogos fora da capital. 

Botafogo e Fluminense são contrários a mudanças de regulamento e solicitaram a impugnação da reunião da última segunda-feira (25), cuja ata foi assinada pelos dirigentes do Vasco, Flamengo e outros 12 clubes.  

O MPRJ ressalta ainda que o eventual retorno do Campeonato Carioca de Futebol de 2020, ainda que sem público nas praças esportivas, na atual “situação de Emergência’”em saúde em que se encontra o município do Rio de Janeiro, fatalmente incentivará a aglomeração de pessoas no entorno dos estádios em dias de jogos e a quebra das regras de isolamento social, e de outras medidas de prevenção à covid-19, gerando risco à vida e à saúde do torcedor.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Clubes e Confederação cancelam Brasileiro Masculino de Rugby XV

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) e os 12 clubes participantes do Campeonato Brasil de Rugby XV decidiram, de forma unânime, cancelar o torneio desse ano, que estava previsto para ser realizado entre os meses de abril e outubro. O acordo foi divulgado no site da CBRu e levou em consideração o cenário de incerteza sanitária causada pela pandemia de coronavírus (covid-19).

“Por ser um esporte de contato, o rugby é mais vulnerável ao contágio. Também não sabemos concretamente como e quando será a liberação das atividades em cada estado. Isso inviabiliza a logística de transporte entre as diversas sedes. Assim, preferimos nos adaptar e nos concentrar nos protocolos de retorno ao jogo de forma gradativa, com poucos atletas e sem contato, seguindo protocolos de identificação, distanciamento e desinfecção em consonância com regras municipais e estaduais. O objetivo é permitir uma volta prudente aos gramados para não expor a riscos desnecessários os cerca de 700 atletas e equipes técnicas envolvidas na competição. Nosso planejamento agora é organizar o tradicional torneio no próximo ano em condições normais, assim esperamos”, declarou o diretor-executivo da CBRu, Jean-Luc Jadoul.

O dirigente também alertou para os cuidados com o condicionamento físico dos jogadores: “É um desafio quando temos um prazo curto de tempo e treinamento. As equipes voltarão às atividades em momentos diferentes. Poderíamos ter muitas lesões”.

O calendário reduzido, já que a competição teria que ser finalizada em apenas três ou quatro meses, foi um outro fator analisado. A CBRU considerou que essa questão comprometeria a prestação de contas aos patrocinadores e ao Governo Federal, que liberou R$ 700 mil através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Campeonato Italiano volta em 20 de junho, diz ministro do esporte

Publicado


.

O ministro do esporte da Itália, Vincenzo Spadafora, anunciou no início da tarde desta quinta (28) que o Campeonato Italiano voltará a ser disputado no dia 20 de junho. A decisão foi tomada em encontro com representantes das ligas de futebol e com a Federação Italiana de Futebol.

Além disso, o líder político falou que há a esperança de que a bola volte a rolar na Itália uma semana antes, com a disputa das semifinais da Copa da Itália no dia 13 de junho.

“A Itália está começando de novo e é certo que o futebol também começa de novo […]. A Série A será retomada em 20 de junho […]. Há também a possibilidade de que as semifinais e a final da Copa da Itália possam ser disputadas nos dias 13 e 17 de junho, dando um sinal para todo o país”, disse Spadafora.

Logo após a declaração de Spadafora, o presidente da Serie A (liga que organiza a primeira divisão do Campeonato Italiano), Paolo Dal Pino, divulgou uma nota agradecendo a decisão do Governo italiano: “Agradeço ao ministro Spadafora e sua equipe. Enfrentamos com consistência, determinação e espírito de serviço um período extraordinário, complexo e cheio de obstáculos e pressões, sempre trabalhando com um pensamento: o bem do futebol e a defesa de seu futuro”.

No dia 13 de maio, a Serie A realizou uma assembleia por videoconferência na qual definiu que 13 de junho seria a data ideal para reiniciar a competição, que está suspensa desde o dia 9 de março por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Segundo a nota emitida pela entidade, a decisão foi tomada para “cumprir os prazos de pagamento estabelecidos pelos contratos” firmados e seguindo “as decisões do Governo e de acordo com os protocolos médicos para a proteção dos jogadores e de todos os profissionais”.

Retorno do Campeonato Inglês

Também nesta quinta outra liga importante do Velho Continente definiu a sua data de retorno, o Campeonato Inglês. Segundo a decisão, alcançada em reunião entre os 20 clubes da Premier League, a competição volta em 17 de junho.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana