conecte-se conosco


Policial

Corpo é encontrado em estado de decomposição em Confresa

Publicado

Na manhã de domingo (23.02), um corpo foi achado em estado decomposição avançada em um terreno baldio no Bairro Vila Nova.

Moradores que passava pelo local sentiram o mal cheiro, por curiosidade foram ver, então encontraram o corpo em avançado estado de decomposição.

A Polícia Militar foi acionada e por sua vez acionou a Politec, a vítima estava vestindo apenas uma calça e uma pulseira na mão direita, aparentando ter saído de alguma festa.

A politec fez a identificação da vítima, Joelmar Alves de Melo, de 36 anos, sem passagem pela Polícia.

No corpo havia sinais de agressão. A vítima teria sido espancada até a morte.

A polícia civil esteve no local colhendo informações.

 

Noticias Araguaia

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Nova portaria define funcionamento de unidades em acordo com Decreto Estadual

Publicado


.

Assessoria | PC-MT

A Diretoria da Polícia Civil de Mato Grosso definiu novas medidas temporárias, conforme a Portaria 041/2020, de acordo com o Decreto do Governo do Estado 425/2020, que declara estado de calamidade pública no âmbito da Administração Pública Estadual, em razão dos impactos socioeconômicos e financeiros decorrentes da pandemia de coronavírus (Covid-19). Confira a íntegra da Portaria 041/2020

Para funcionamento das unidades policiais, a Portaria 041/2020 considera a necessidade de manutenção da prestação de serviços públicos da Instituição e a restrição na circulação de pessoas nos ambientes, tanto de servidores, quanto da população. Além da necessidade de reforçar o serviço prestado dos Plantões Policiais, em especial na região metropolitana, para potencializar a capacidade de pronta resposta em situações emergenciais ou urgentes, e ainda a necessidade de reforçar o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica ou vulneráveis.

A Polícia Civil, orientada pelos princípios da prevenção do efetivo policial e da solidariedade humana e dedicação extraordinária e considerando a prestação de serviço ininterruptamente, define que as unidades policiais devem retornar com horário de atendimento das 8 horas às 18 horas, observado o intervalo de almoço aos servidores, devendo ser prontamente atendidos todos os casos de flagrantes e outras situações emergenciais, tais como, homicídios, feminicídios, roubos, latrocínios, crimes sexuais, violências domésticas, sequestros, acidentes de trânsito com vítimas fatais e demais casos considerados graves pela autoridade policial respectiva.

Os policiais civis ficam proibidos de se afastarem por motivos particulares das circunscrições respectivas às suas unidades policiais, salvo situações excepcionais a serem autorizadas pelas respectivas Diretorias ou autoridades policiais imediatas.

Os delegados de polícia deverão primar para o cumprimento das intimações de vítimas, investigadores e terceiras pessoas em procedimentos policiais nas situações graves e relevantes, inclusive nos casos de investigados presos.

Com o objetivo de reforçar a capacidade de pronto atendimento da Polícia Civil, a Diretoria de Atividades Especiais, Diretoria Metropolitana, Diretoria de Execução Estratégica e a Diretoria de Inteligência, deverão apresentar relação de todos os policiais civis a serem convocados para situações extraordinárias, inclusive plantões, ressalvados as hipóteses de vulnerabilidade ou essencialidade nas funções.

As operações policiais e atendimentos referentes aos crimes de violência doméstica às mulheres, vulneráveis e crimes contra a economia popular envolvendo produtos destinados à prevenção da saúde pública e outros afins deverão ser intensificadas.

Delegacia Virtual

A Delegacia Virtual da Polícia Civil (www.delegaciavirtual.mt.gov.br) está recebendo registros de todas as ocorrências, evitando o atendimento presencial nas unidades policiais.

Ocorrências de injúria, ameaça, calúnia, difamação, constrangimento ilegal e violação de domicílio no âmbito de violência doméstica também podem ser registrados pela Delegacia Virtual. O registro de ocorrência será feito presencialmente apenas nas situações de urgência.

Em caso de dúvidas no preenchimento do Boletim de Ocorrência, a pessoa deve ligar nos números, de qualquer cidade do estado: (65) 3901-4834 / 3901-4835

Em relação à validação do Pré-registro de ocorrência, o contato deve ser nos números: (65) 3901-4839 / 99989-4035 / 98463-2525

Afastamento de servidores

Servidores que apresentarem sintomas de tosse seca, febre e dificuldade para respirar não devem comparecer ao trabalho e comunicar a chefia imediata e a Coordenadoria de Gestão de Pessoas. Servidores que regressaram de viagem internacional nos últimos 15 dias, independente de apresentarem sintomas, deverão permanecer em casa por 14 dias e fazer contato com a chefia imediata e a Gestão de Pessoas.

Servidores maiores de 60 anos, gestantes e lactantes ou com doenças crônicas, tais como: diabetes, hipertensão, doenças pulmonares, cardiopatias, doenças autoimunes, neoplasias e doenças renais, deverão trabalhar remotamente.

Os prazos da Corregedoria da Polícia Civil também estão suspensos, durante a vigência da portaria, relativos a processos administrativos disciplinares e sindicâncias desde o dia 16/03. Também foram suspensas intimações, notificações, citações, inclusive intimações sobre inquérito policial e termo circunstanciado de ocorrência em tramitação, exceto quando se tratar de investigado preso.

Empresas prestadoras de serviços foram orientadas a aumentar a frequência de limpeza nas áreas de circulação, elevadores, corrimãos, maçanetas e banheiros, em todas as unidades da Polícia Civil e observar os cuidados de higienização entre seus colaboradores.

Eventos e cursos

Atividades docentes da Academia da Polícia Civil também estão suspensas, com exceção daquelas realizadas remotamente.

Está suspensa também a realização de eventos nas unidades da instituição, incluindo a sede da diretoria, assim como a designação de servidores para treinamentos.

Servidores e colaboradores deverão observar todas as recomendações do Ministério da Saúde sobre higienização pessoal e condutas de boa etiqueta respiratória, em todos os ambientes, especialmente entre as trocas de plantões.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Projeto desenvolvido por policiais doa mais de 200 quilos de alimentos em Água Boa

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

Mais de 200 quilos de alimentos arrecadados, em ação integrada do Projeto Vizinhança Segura e do Grupo Trindade com apoio da Polícia Civil de Água Boa (730 km a Leste de Cuiabá), foram doados na tarde de sexta-feira (27.03), para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Acamara) do município.

A iniciativa do Projeto Vizinha Segura visa atender pessoas em situação de necessidade devido a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

O projeto é desenvolvido por policiais civis de Água Boa, Aurélio Mendanha e Maria Juliana e pelo Coronel da PM Gyancarlos Poglyneari, com ações preventivas e repressivas com a finalidade de reduzir índices de criminalidade no município e região.

A arrecadação de alimentos foi idealizada com objetivo de ajudar os trabalhadores da área de reciclagem, que não estão trabalhando, em razão da pandemia, devido as restrições de circulação e fechamento de comércios parceiros da associação.

Os mais de 200 quilos de alimentos arrecadados foram entregues na sexta-feira (27), para a presidente da Acamara, Vanuza Gonçalves da Silva, em nome dos membros do Projeto Vizinhança Segura e do Grupo de Aplicativo do Setor Norte.

Para o investigador, Aurélio Mendanha, neste momento é importante não pensar apenas na saúde, mas cuidar da alimentação daqueles que podem passar por necessidades devido a escassez de trabalho. “É uma ação preventiva que visa ajudar o próximo, e também evitar a incidência de crimes como saques, furtos e roubos”, disse.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais civis aprendem armas em investigação de tentativa de feminicídio

Publicado


.

Assessoria/PC-MT

A Polícia Civil em Nova Bandeirantes (997 km ao norte de Cuiabá) apreendeu duas armas de fogo no último sábado (28.03) em cumprimento a um mandado de busca e apreensão contra um suspeito que é investigado por crime de violência doméstica.

A apreensão é resultado da investigação conduzida pela Delegacia de Nova Bandeirantes em um inquérito sobre tentativa de homicídio contra a ex-companheira do suspeito e lesão corporal contra outras duas pessoas. As armas foram localizadas na casa do investigado, que foi preso anteriormente, em flagrante.

“A equipe de Investigadores de Nova Bandeirantes não tem medido esforços para dar continuidade nas atividades policiais mesmo diante da situação de pandemia que o país vem passando”, destacou a delegada Ana Paula Reveles, que responde pela Polícia Civil no município.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana