conecte-se conosco


Economia

Desemprego durante a pandemia bate recorde, atingindo taxa de 14,3%

Publicado


source

Agência Brasil

desemprego
Jana Pêssoa/Setas

Desemprego atinge recorde durante a pandemia

A taxa de desocupação atingiu valor recorde no Brasil desde o início da pandemia de Covid-19 . A taxa foi de 14,3% na quarta semana de agosto, um aumento de 1,1 ponto percentual frente à semana anterior (13,2%). Este é o maior patamar de desemprego  da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios ( Pnad ) Covid-19, iniciada em maio.

Essa alta acompanha o aumento na população desocupada na semana, representando cerca de 1,1 milhão a mais de pessoas à procura de trabalho no país, totalizando 13,7 milhões de desempregados . Os dados foram divulgada nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE ).

A população fora da força de trabalho (que não estava trabalhando nem procurava por trabalho) era de 74,4 milhões de pessoas, mantendo-se estável em relação à semana anterior (75 milhões) e, também, frente à semana de 3 a 9 de maio (76,2 milhões).

Nessa população, disseram que gostariam de trabalhar cerca de 26,7 milhões de pessoas (ou 35,8% da população fora da força de trabalho). Esse contingente ficou estável frente à semana anterior (26,9 milhões ou 35,9%) e à semana de 3 a 9 de maio (27,1 milhões ou 35,5%).

Cerca de 16,8 milhões de pessoas fora da força que gostariam de trabalhar e não procuraram trabalho não o fizeram por causa da pandemia ou por não encontrarem uma ocupação na localidade em que moravam. Elas correspondiam a 22,6% das pessoas fora da força.

Esse contingente permaneceu estável em relação à semana anterior (17,1 milhões ou 22,9%), mas diminuiu frente à semana de 3 a 9 de maio (19,1 milhões ou 25,1%).

A coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira, destaca o crescimento da taxa de desocupação, que era de 10,5% no início de maio, e explica que a alta se deve tanto às variações negativas da população ocupada quanto ao aumento de pessoas que passaram a buscar trabalho.

“No início de maio, todo mundo estava afastado, em distanciamento social, e não tinha uma forte procura [por emprego]. O mercado de trabalho estava em ritmo de espera para ver como as coisas iam se desenrolar. As empresas estavam fechadas e não tinha local onde essas pessoas pudessem trabalhar. Então, à medida que o distanciamento social vai sendo afrouxado, elas vão retornando ao mercado de trabalho em busca de atividades”, disse, em nota, a pesquisadora.

Isolamento social

A pesquisa também indica mudança no comportamento da população em relação às medidas de isolamento social . Segundo o IBGE , o número de pessoas que ficaram rigorosamente isoladas diminuiu pela segunda semana seguida.

Entre 23 e 29 de agosto, 38,9 milhões de pessoas seguiram essa medida de isolamento, uma queda de 6,5% em relação aos 41,6 milhões que estavam nessa situação na semana anterior.

Segundo Maria Lucia Vieira, há relação entre o aumento das pessoas em busca de trabalho e a flexibilização do isolamento. “A gente está vendo uma maior flexibilidade das pessoas, uma maior locomoção em relação ao mercado de trabalho, pressionando o mercado de trabalho, buscando emprego. E esses indicadores ficam refletidos no modo como eles estão se comportando em relação ao distanciamento social”.

A parcela da população que ficou em casa e só saiu por necessidade permaneceu estável. São 88,6 milhões de pessoas nessa situação, representando 41,9% da população do país. Houve estabilidade também no contingente dos que não fizeram restrição, chegando a 5 milhões de pessoas, e dos que reduziram o contato, mas que continuaram saindo de casa ou recebendo visitas, situação de 77 milhões de pessoas.

O número de pessoas ocupadas que estavam afastadas do trabalho por causa das medidas de isolamento social foi reduzido em 363 mil e esse contingente passou a 3,6 milhões. As pessoas que estão nessa situação agora representam 4,4% de toda a população ocupada, estimada em 82,2 milhões. Dos 76,1 milhões de pessoas que estavam ocupadas e não foram afastadas do trabalho, 8,3 milhões trabalhavam remotamente.

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet

Em um futuro bem próximo, a Mitsubishi deve anunciar uma nova estratégia de negócios de médio prazo em 30 de outubro.

De acordo com a Kyodo News , agência de notícias de Tóquio, a Mitsubishi irá confirmar que o programa SpaceJet será paralisado, embora tenha lutado por muito tempo para ganhar força com as companhias aéreas, 2020 está acabando ainda mais com a demanda por novas aeronaves.

O SpaceJet é um jato regional bimotor com capacidade para 70 a 90 passageiros. Atualmente há duas versões do modelo em oferta; o M90 e o M100 um pouco maior.

Menor do que o Airbus A220, a Mitsubishi estava posicionando seu avião para ser a versão utilizada no norte da Ásia.

No programa SpaceJet e seu antecessor, o Mitsubishi Regional Jet, está em andamento desde 2008. O jato fez seu primeiro voo em 2015. Até o momento, US$ 9,6 bilhões foram aplicados no desenvolvimento do avião.

No entanto, o cronograma de entrega foi adiado seis vezes até o momento. Haviam planos para entregar os primeiros M90, à All Nippon Airways no próximo ano, mas no momento nada confirmado.

Com cancelamento de até 100 Mitsubishi SpaceJet M90, a Trans States Airlines disse que o avião não era apropriado para os Estados Unidos, pois não atendia às regras do sindicato norte-americano sobre os jatos regionais.

com efeito de alto valor, a Mitsubishi reduziu pela metade seu orçamento para o programa SpaceJet, reduzindo US$ 561 milhões no financeiro do ano seguinte.

Foto: Maarten Dols © jetphotos.com

Os trabalhos no M90 continuaram, mas a produção foi interrompida. Quanto ao M100, foi efetivamente colocado ao lado.

Especialistas esperam que a demanda por aviões grandes diminuam num futuro próximo, à medida que as companhias aéreas optam por aviões menores.

O post Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Imposto sobre herança: operação em SP vasculha transações acima de R$ 2,5 mi

Publicado


source

Brasil Econômico

dinheiro
Pixabay/Reprodução

Operação Antares quer arrecadar cerca de R$ 10 milhões em Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) não recolhido

A Operação Antares, que teve início na quinta-feira (22) no Estado de São Paulo, quer arrecadar cerca de R$ 10 milhões em  Impostos de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) não recolhidos. 

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo vai fiscalizar a transferência de heranças para checar se houve o recolhimento de impostos aos cofres estaduais. Mais de 500 heranças estão sendo analisadas.

São ficalizadas as heranças de R$ 2,5 milhões ou mais. No total, o patrimônio de todas as transmissões auditadas pelo governo paulista passa de R$ 1 bilhão.

Nesta semana, uma transferência bilionária que geraria uma fatura de cerca de R$ 2 bilhões ganhou a atenção da imprensa. De acordo com o governo de SP, uma das fraudes mais comuns é o registro do imóvel transmitido ao herdeiro com menor valor de mercado para pagar menos imposto. Em São Paulo, a alíquota do ITCMD é de 4%.

A Operação Antares tem 12 agentes fiscais de renda. Houve uma operação parecida antes, sobre heranças – a Vaisyas – cujos trabalhos arrecadaram R$ 11 milhões. A expectativa é de que a Operação Antares vá até março de 2021.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Turkish recebe seu primeiro Airbus A350

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Raphael Magalhães

Turkish recebe seu primeiro Airbus A350

Após diversos atrasos na entrega, finalmente a Turkish recebeu a sua tão aguardada nova aeronave. A primeira unidade do Airbus A350-900 chegou à Istambul (IST) na madrugada de hoje (23), e em breve deve começar a operar regularmente.

Segundo a empresa, o atraso na entrega se deu pelas novas circunstâncias do mercado da aviação mundial, severamente afetado pela pandemia. Com isso, logo após o voo de aceitação a aeronave foi armazenada por quase três meses.

Entretanto, com o aumento do número diário de operações da Turkish, foi possível receber a nova aeronave nesse momento. Infelizmente, devido à pandemia, nenhuma cerimônia especial foi preparada pela empresa, que deve ocorrer em um momento futuro.

Dessa forma, a primeira das 25 unidades encomendadas, registrada como TC-LGA, voou de Toulouse (TLS) para Istambul em pouco menos de três horas. Inicialmente, a aeronave irá operar nas duas rotas mais lucrativas da empresa: Londres (LHR) e Dubai (DXB).

O post Turkish recebe seu primeiro Airbus A350 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana