conecte-se conosco


Cuiabá

Dr. Xavier quer transformar a E.E. Machado Neves num Centro de Educação Infantil

Publicado

Parlamentar cuiabano visitou recentemente as instalações da antiga E.E. José Machado Neves da Costa, situada na Cohab Nova. O avançado estado de abandono do imóvel preocupa os moradores da Cohab e adjacências, que recorreram a Dr. Xavier para mobilizar providências urgentes. E em audiência com o secretário-chefe da Casa Civil do Governo de MT, Mauro Carvalho, Dr. Xavier sugeriu que ali seja sediado um Centro de Educação Infantil. Também manifestou indignação acerca da pretensão do governo em implantar no prédio uma unidade prisional em regime semi-aberto
Acompanhado do deputado estadual Paulo Araújo e de representantes da Cohab Nova (Cuiabá), o vereador Dr. Xavier esteve em audiência com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, oportunidade em que expôs a grave situação de abandono das instalações da antiga E.E. José Machado Neves da Costa, unidade educacional desativada há anos. Dr. Xavier enfatizou ao secretário que esse imóvel pode comportar perfeitamente um Centro de Educação Infantil, capaz de atender a Cohab Nova (Região Oeste) e os bairros adjacentes. Atualmente, a antiga sede do núcleo de Educação tem sido utilizada para abrigar moradores de rua e usuários de drogas.
Nas audiência, o vereador também se posicionou contrário à utilização do espaço da E.E. Machado Neves para sediar uma unidade prisional em regime semi-aberto, projeto governamental em fase de tramitação, via Tribunal de Justiça. Dr. Xavier defende a readequação desse espaço para se tornar um Centro de Educação Infantil. Ele salientou ao secretário o desconforto geral causado pelo anúncio do projeto governamental no âmbito comunitário.
“Ouvimos os moradores da Cohab Nova, e todos são taxativamente contrários à implantação do semi-aberto nas instalações da E.E. Machado Neves. Oficializamos esta audiência com o titular da Casa Civil, Mauro Carvalho, justamente para manifestar que a intenção do governo confronta 100% a vontade comunitária. Reivindicamos, ainda, a sensibilidade do governador Mauro Mendes, autoridade sempre preocupada com Cuiabá, nesse sentido. O ideal é sediar na velha sede da E.E. Machado Neves um Centro de Educação Infantil. Complexo que será de concreta utilidade social às crianças daquela região”, preconizou.
O secretário Mauro Carvalho garantiu que o governador está realmente sensível à posição manifestada pelos moradores da Cohab Nova. “Na semana que vem acontecerá outra reunião com outras pessoas envolvidas”, anunciou. “Teremos uma solução, sim, e com certeza positiva aos moradores da Cohab Nova. Existe essa reivindicação do Centro de Educação Infantil por parte do vereador Dr. Xavier, mas essa é uma outra negociação que o governador irá definir oportunamente. Apoiamos, enfim, a iniciativa de Dr. Xavier e do deputado estadual Paulo Araújo no que tocante a uma decisão que contemple os moradores da Cohab Nova”.

João Carlos de Queiroz | Assessoria Vereador Xavier

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Prefeitura divulga painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quarta-feira (03)

Publicado


.

Nesta quarta-feira (03), Cuiabá tem 888 casos confirmados de residentes no município e 275 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 248 já estão recuperados da doença e houve 13 óbitos de residentes e 18 de não residentes. Na rede hospitalar há 113 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 75 na UTI e 38 em enfermaria. Também estão internados 91 pacientes com suspeita da doença, sendo 38 na UTI e 53 em enfermaria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeito lamenta a morte do presidente da Fapemat

Publicado


.

JL Siqueira / ALMT

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro lamenta profundamente a morte do ex-reitor na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e atual presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva. Ele estava internado em Cáceres e chegou a ser transferido por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Aérea para a capital, mas não resistiu. Ele apresentou sintomas de coronavírus no último domingo, 31 de maio, e estava internado em um hospital particular de Cáceres desde segunda-feira (1). “É com uma tristeza imensa que recebo essa notícia. Desejo muita força à família neste momento de dor. Que Deus conforte o coração de todos”.  De acordo com o Governo do Estado,  Adriano fez o exame de Covid-19, cujo resultado ainda não saiu.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Nestor Fidelis ratifica declarações a Defaz durante oitiva junto a CPI da Semob

Publicado


.

De forma remota, o ex-procurador-geral do município Nestor Fidelis, participou da reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada na Câmara de Cuiabá para apurar atos de responsabilidade da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

Fidelis foi convocado para esclarecer fatos relacionados à aquisição e implantação dos semáforos inteligentes na Capital. Isto porque, na época da concretização do certame, ele respondia pela Procuradoria do Município.

Durante sua oitiva, Fidelis ratificou o que disse em depoimento junto à Delegacia Fazendária (Defaz). “Fui intimido a depor no processo que não tinha conhecimento até aquele momento. Estava sedo apontado como a pessoa que gerou o parecer que originou o contrato. Então, pude esclarecer o fato em questão. Não fui eu quem emitiu o parecer, e eu homologuei o parecer de um procurador de carreira, muito competente por sinal”, pontuou.

No final do ano passado, Fidélis prestou depoimento sobre o caso. Na oportunidade, ele afirmou que a Secretaria de Mobilidade Urbana, sob a responsabilidade do secretário Antenor Figueiredo, ignorou parecer da Procuradoria que apontava várias irregularidades do contrato.

“Analisando o parecer, me recordo que o procurador de carreira fez cinco questionamentos para a Semob para que então, pudesse emitir o seu parecer. Não me recordo se a Semob respondeu os cinco itens. Eu me lembro que emitimos parecer parcialmente favorável a contratação, tendo em vista que era uma adesão de ata de outra cidade, com realidade diferente da nossa”, acrescentou.

O ex-procurador ainda afirmou que disse que, em seu entendimento, o valor do contrato foi alto, e que ele não apresentou eficiência.

A CPI se reúne na próxima segunda-feira (08), para dar seqüência aos trabalhos. Na oportunidade, os vereadores Diego Guimarães (Cidadania), Lilo Pinheiro (PDT) e Wilson Kero Kero (Podemos), membros da Comissão, deverão definir quem será o próximo a ser ouvido pelo grupo.

Além dos semáforos inteligentes, a CPI também apura supostas irregularidades no contrato de serviço de recolhimento, custódia, gestão informatizada de veículos removidos por infrações administrativas ao código de trânsito brasileiro, a Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari) e indústria de multas e taxas.

Kamila Arruda

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana