conecte-se conosco


Mato Grosso

Em 2019, Médio Araguaia enviou mais de 350 mil bovinos para o abate

Publicado

A unidade regional do Indea (Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso) em Água Boa – MT, que compreende nove municípios no Médio Araguaia mato-grossense, contabilizou que em 2019, os produtores da região enviaram para o abate 350.813 bovinos. O número, contudo, foi menor que em 2018.

A regional compreende os municípios de Água Boa, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Gaúcha do Norte, Querência, Nova Nazaré, Nova Xavantina e Ribeirão Cascalheira, e possui um rebanho total estimado em 2.201.150 cabeças de bovinos e bubalinos em 6.059 propriedades rurais.

O município de Cocalinho, que possui o maior rebanho bovino da região, enviou para o abate 27.803 animais. Já Água Boa, município com segundo maior rebanho, enviou 83.861 animais para o abate, sendo o município da região que mais abateu. A tendência seguiu 2018, em que os produtores aguaboenses enviaram 94.356 animais para o abate. Canarana enviou para o abate em 2019, 49.687 animais, Nova Xavantina 53.435, Querência 39.327 e Gaúcha do Norte 28.014.

Diminuição no abate em relação à 2018

Mesmo com a alta do Boi Gordo nos últimos dois meses de 2019, que impulsionou a venda de animais, o número de bovinos da região enviados para o abate foi menor que 2018, que contabilizou 363.054 animais abatidos. A explicação para a diminuição do abate está justamente no fator que contribuiu para a alta do preço, a diminuição na disponibilidade de animais prontos. Essa baixa oferta é reflexo do aumento do envio de novilhas para abate nos últimos dois anos, que diminuiu, consequentemente, a produção de matrizes.

Mato Grosso é detentor do maior rebanho bovino do País, com mais de 30,3 milhões de animais.

Fonte Agua Boa News

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Terça-feira (31): Mato Grosso tem 25 casos confirmados de coronavírus

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (31.03), 25 casos confirmados de coronavírus em Mato Grosso. Um aumento de sete casos, desde a divulgação da Nota Informativa nesta segunda-feira (30.03)

Os casos confirmados da Covid-19 são em Cuiabá (18), Rondonópolis (4), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2). Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada pela SES (anexada a este texto).

Dos 25 casos confirmados de Covid-19 em Mato Grosso, oito estão hospitalizados, sendo quatro em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e quatro em enfermaria.

A Nota Informativa com dados atualizados é divulgada diariamente a partir das 17h – horário em que ocorre a coletiva de imprensa virtual com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, transmitida pelo Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Cenário nacional

Nesta terça-feira, o Governo Federal confirmou 5.717 casos de Covid-19 no Brasil e 201 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério Saúde na segunda-feira, o país contabilizava 159 mortes e 4.579 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Reeducandos submetidos a exames por precaução testam negativo para coronavírus

Publicado


.

Exames de quatro reeducandos da Penitenciária Central do Estado (PCE), realizados apenas como medida de precaução, apresentaram resultados negativos para coronavírus (Covid-19). Um deles, de 24 anos de idade, que estava com sintomas de gripe e tinha histórico de rinite, foi isolado de outros dois com os quais manteve contato, para evitar a transmissão gripal. Posteriormente, foi constatado contato com um terceiro recuperando, que também foi colocado em isolamento, por prevenção.

Mesmo que nenhum deles tenha apresentado sintomas característicos do coronavírus, como febre e falta de ar, as amostras dos quatro homens foram colhidas de forma preventiva. Os resultados foram entregues à PCE nesta terça-feira (31.03).

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) reforça que não há caso suspeito de contaminação por coronavírus em nenhuma unidade penal de Mato Grosso. Ressalta ainda que a situação está sendo monitorada pelas equipes de saúde dos estebelecimentos penais e pela Coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário, bem como a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, frisa que caso haja confirmação de qualquer caso em unidades penais do estado, será tratado de forma transparente e que é preciso agir com responsabilidade. “Divulgar um caso como este, sem a confirmação oficial das autoridades, pode causar graves danos, principalmente aos familiares dos reeducandos e dentro da própria unidade”, alerta.

Assim como todas as demais unidades da federação, O Executivo segue protocolo do Ministério da Saúde para registro de casos suspeitos de coronavírus. “Também é importante reforçar que redobramos os procedimentos e atendimentos em saúde, portanto, não há motivo para pânico”, acrescenta o secretário adjunto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Em menos de uma semana, agentes penitenciários da Mata Grande apreendem celulares, drogas e drones

Publicado


.

Agentes da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, apreenderam nesta terça-feira (31.03) mais um drone que tentava transportar três celulares para dentro da unidade. Os objetos foram apreendidos entre as torres 2 e 4 da unidade prisional e ninguém foi preso.

Essa não é a primeira apreensão realizada em menos de uma semana pelos agentes da Mata Grande. No último domingo (29.03), um homem de 29 anos e um adolescente de 16 foram detidos tentando jogar dois pacotes que continham sete celulares, um chip, uma tela de celular e dois tabletes de substância semelhante à maconha para dentro da unidade.

Os dois foram presos e conduzidos para a Delegacia de Rondonópolis e outros dois suspeitos conseguiram fugir.

Já na noite da última sexta-feira e na manhã de sábado (27 e 28.03), agentes penitenciários da unidade também apreenderam dois drones, três celulares e cinco fones de ouvidos. Foram realizadas buscas pela região, mas ninguém foi preso.

Apesar do número de ocorrências, o diretor da unidade alerta que este tipo de prática não será tolerada e a atenção entre os agentes penitenciários nestes dias estará redobrada.

“A gente vem trabalhando para coibir todas as ações de criminalidade e estamos obtendo êxito nessas apreensões, exemplo disso são estes três casos que ocorreram em menos de uma semana”, destacou o diretor da Penitenciária da Mata Grande, Ailton Ferreira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana