conecte-se conosco


Mato Grosso

Empaer orienta produtores sobre cuidados com rede de energia elétrica

Publicado


A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistências e Extensão (Empaer) alerta produtores, agricultores e pecuaristas sobre os cuidados com as redes de energia elétrica. Propriedades onde haja linhões de alta tensão devem ter atenção redobrada.

Os períodos mais críticos para a ocorrência de acidentes são a colheita, a preparação do solo e os períodos de chuvas – durante o manuseio de máquinas de médio e grande porte. Nessas épocas, o produtor precisa fazer o planejamento das atividades para evitar acidentes e preservar vidas.

Desde 2021, quatro pessoas morreram em acidentes fatais relacionado à atividade agrícola. O último ocorreu na semana passada, no município de Querência (945 km a nordeste de Cuiabá), que resultou na morte de um jovem de 21 anos que sofreu uma descarga elétrica durante o manuseio de um maquinário.

O coordenador de Assistência Técnica e Extensão Rural da Empaer, Fabrício Ramos, ressalta a preocupação com a gravidade dos acidentes, por isso orienta os produtores e demais trabalhadores do campo quanto às ações preventivas, considerando as recomendações da empresa de distribuição de energia elétrica.

“Todo cuidado e atenção são fundamentais durante as execuções dos trabalhos. Evitar acidente é preservar a saúde e a vida do trabalhador do campo”.

O técnico em segurança do trabalho da Energisa, Alex Carvalho de Oliveira, também destaca que é muito importante o operador de máquinas, antes de iniciar suas atividades, projete o trabalho mapeando muito bem os trechos com rede elétrica. “Há uma preocupação muito grande, por exemplo, com máquinas que usam GPS como referência para se guiar, porque pode ocorrer de atingir estruturas, como torres e postes de redes elétricas”.

Segundo ele, outro ponto de atenção é fazer o içamento de cargas próximo do sistema elétrico. “Se o trabalho for mal calculado, pode atingir um condutor energizado, devido ao risco, o acidente pode ser fatal”, conclui Alex.

Dez dicas de segurança:

1 – Planejar os trabalhos observando a distância de segurança (altura e largura) em que a máquina ou o equipamento manterão da rede elétrica;

2 – Caso os fios da rede estejam próximos, não se aproxime ou toque neles;

3 – Ao manusear as máquinas agrícolas, desvie dos estais (cabos de aço que prendem os postes ao chão);

4 – Mantenha distância mínima de 5 metros de qualquer estrutura elétrica ao manobrar veículos ou equipamentos, carga e descarga de caminhões;

5 – Caso o veículo venha a encostar na rede elétrica, o motorista jamais deve tentar sair do maquinário. Neste caso, deve-se chamar imediatamente a distribuidora, que desligará o fornecimento antes de resgatar o condutor;

6 – Nunca estacione máquinas agrícolas debaixo da rede elétrica;

7 – Cuidado para não tocar na rede elétrica quando subir em uma árvore para colher frutas ou para realizar uma poda;

8 – Tenha cuidado com os equipamentos de irrigação. Não deixe o jato de água dos irrigadores atingir os fios elétricos;

9 – Nunca se aproximar ou tocar em cabos elétricos caídos no chão. Se encontrar um fio elétrico caído, o mais adequado é sinalizar a área para que ninguém se aproxime e avisar imediatamente a distribuidora de energia;

10 – Não faça queimadas perto das linhas de transmissão ou de distribuição. Além de colocar em risco a vida da população, essa prática pode danificar as estruturas do sistema elétrico, causando a queda dos postes e torres, provocando curtos-circuitos, o rompimento de cabos e interrompendo o fornecimento de energia para regiões ou até cidades inteiras.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Inscrições para projetos na área de educação ambiental e sustentabilidade continuam abertas

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) mantém abertas as inscrições para a seleção de projetos de Educação Ambiental e Sustentabilidade, para as escolas que atendem a Educação no Campo e Quilombola. Os valores disponíveis chegam a R$ 250 mil, podendo atender a 40 escolas com recursos de até R$ 6.250,00 por unidade escolar.

A iniciativa busca subsidiar projetos ambientais, que ampliem as aprendizagens essenciais, mas que também promovam nos estudantes o desenvolvimento do protagonismo juvenil, valores de cidadania, inclusão social e responsabilidade em meio às questões ambientais, tão necessárias na atualidade.

Entre os temas, que poderão ser abordados nos projetos, estão Arborização com Espécies Frutíferas; Reutilização da Água; Reciclagem/ Reutilização de Lixo; Compostagem; Reutilização de Alimentos; Preservação de Espécies em Extinção e/ ou Perda de Biodiversidade; Biofertilizante Líquido; Queimadas e Preservação de Biomas.

“Nesses temas, estão contidas as preocupações e reflexões sobre as mudanças ambientais e como a educação ambiental pode ajudar no desenvolvimento de novas ferramentas, para promover a preservação ambiental e a sustentabilidade”, observa Lucia Santos, superintendente de Políticas de Diversidades Educacionais da Seduc.

Outra intenção da Secretaria, para o desenvolvimento destes projetos, é promover a recuperação da aprendizagem dos estudantes. Com a prática das atividades de educação ambiental, toda a comunidade escolar estará atuando de maneira interdisciplinar, estabelecendo relações com a parte teórica dos componentes curriculares da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento de Referência Curricular de Mato Grosso (DRC-MT), e a Parte Diversificada.

Para conhecer o documento acesse AQUI.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Escola de Governo oferta curso na área de administração pública

Publicado

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Secretaria Adjunta da Escola de Governo, oferta 25 vagas para o curso “Administração pública pós-burocrática: modelos organizacionais”.

A qualificação será realizada na modalidade semipresencial e tem como público-alvo servidores que desenvolvam atividades na área de gestão e líderes que desejam aprimorar competências para gerenciamento. Interessados têm até a próxima terça-feira (31) para se inscrever. Inscreva-se AQUI.

O curso possui carga horária de 32 horas e abordará, entre outros temas, modelos da administração pública, conceito e metodologia de Parceria Público-Privada (PPP), de Organização Social e Empresa Pública. As aulas terão início no dia 1º de junho e serão ministradas pelo facilitador e servidor público Vinícius de Carvalho Araújo. As atividades presenciais ocorrerão na Escola de Governo – Sala Saber.

Mais informações pelo telefone (65) 3613-3611.

Supervisão de texto Nayara Takahara.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sefaz apresenta metas fiscais do primeiro quadrimestre de 2022 em audiência pública

Publicado

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) apresenta, nesta quinta-feira (26.05), em audiência pública, as metas fiscais referentes ao primeiro quadrimestre de 2022. O evento ocorre na sala de reuniões 202 da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), às 14h, com transmissão ao vivo pela TV Assembleia.

O secretário de Fazenda, Fábio Pimenta, apresentará as metas fiscais estipuladas na Lei Orçamentária Anual (LOA), as efetivamente alcançadas pelo Tesouro do Estado, além do comportamento das receitas e das despesas no período.

O evento será de forma híbrida, sendo permitida a participação popular presencialmente na sessão ou virtualmente, mediante inscrição pelo e-mail: [email protected] 

A audiência atende à recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) à Assembleia Legislativa, em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Ela foi requerida pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO), do Poder Legislativo estadual.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana