conecte-se conosco


ARAGUAIA

Estado proíbe festas até dentro de casas e libera PM para prender “furões”

Publicado

Governo considerou serviços de advocacia como atividades essenciais

O Governo do Estado publicou novo decreto restringindo ainda mais as medidas que devem ser tomadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto 532 foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (24.06).

O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Anteriormente, o Decreto 522/2020 apontava duas tabelas: uma com classificação para municípios com menos de 40 casos ativos da Covid-19; e outra, para municípios com mais de 40 casos ativos.

Com a alteração, a primeira tabela classifica os municípios com menos de 50 casos ativos do coronavírus; a segunda, classifica e aponta as medidas a serem tomadas por municípios entre 51 a 150 casos ativos; e a terceira, para municípios com mais de 150 casos. (tabelas ao final da matéria)

A classificação de risco leva em conta o índice de crescimento da contaminação da doença e a taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em todo o Estado. Na terceira tabela, por exemplo, municípios com índice de contaminação superior a 20% e com taxa de ocupação de UTIs maior de 80% já são considerados como risco “muito alto”.

A classificação de risco deve ser publicada nos Boletins Informativos da Secretaria de Estado de Saúde duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, após às 17 horas.

NOVAS MEDIDAS

Entre as alterações, para aqueles classificados como risco ‘alto’, o documento proíbe festas e confraternizações familiares, mesmo que dentro das residências, e orienta que os municípios adotem redução de dias e horários de funcionamento das atividades econômicas, consideradas não essenciais. Os serviços considerados essenciais são apontados no Decreto Federal 10.282/2020.

No entanto, o documento estadual inclui os serviços de advocacia como essenciais e exclui as atividades de academias, salões de beleza e barbearias. O governo também orientou que os municípios adotem as medidas por no mínimo 14 dias consecutivos, mesmo que durante esse período ocorra o rebaixamento da classificação. Em caso de agravamento da situação por dois boletins informativos consecutivos, a autoridade municipal deve adotar as medidas restritivas em, no máximo, dois dias.

Também fica estabelecido que as cidades de Cuiabá e Várzea Grande adotem medidas restritivas idênticas às correspondentes ao município que obtiver classificação mais alta. O decreto ainda aponta que a Polícia Militar deve atuar de forma ostensiva no apoio aos fiscais municipais, para garantir o cumprimento das medidas adotadas pelos prefeitos. “O descumprimento das medidas restritivas sujeita as pessoas físicas ou os representantes das pessoas jurídicas infratoras à aplicação das sanções administrativas, cíveis e criminais cabíveis pelas autoridades policiais, sanitárias e fiscais estaduais e municipais”.

Para os servidores do Estado, o decreto determina aos gestores dos órgãos ou entidades estaduais a garantia da manutenção dos serviços públicos, permitindo que os funcionários sejam convocados para o comparecimento presencial das atividades que não possam ser desenvolvidas em teletrabalho.

 

classificacao-covid.jpg

classificacao-covid2.jpg

classificacao-covid3.jpg

Folha Max

Comentários Facebook
publicidade

ARAGUAIA

Bombeiros monta brigada descentralizada em São Félix do Araguaia para combate a Incêndio Florestal

Publicado

Para atender com mais agilidade aos chamados de incêndio florestal no período da seca, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, através do Batalhão de Emergências Ambientais juntamente com o Comitê de Gestão do fogo da Sema, montou uma Brigada Descentralizada em São Félix do Araguaia. O objetivo é prestar apoio com ações de prevenção, orientação, fiscalização e combate a incêndios.  Segundo o Comitê de Gestão do Fogo, a Brigada Descentralizada foi montada em São Félix do Araguaia porque houve um aumento de 11,83% de focos de incêndio em comparação ao mesmo período do ano passado.

Com a chegada do período da estiagem, aumentam os focos de incêndio e as queimadas prejudicam desde o trabalho do homem do campo à saúde de todos os cidadãos.

A Brigada Descentralizada já está instalada em São Félix do Araguaia para atender a região.

Quatro bombeiros atuarão, no sistema de plantão, nesse primeiro momento as ações estão sob o comando do Sargento Izelman. As viaturas utilizadas no trabalho são cedidas pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Conforme Decreto nº 533 de 26/06/2020 o período proibitivo vai de 01/07/2020 à 30/09/2020.

Prevenção

Todos os anos, Mato Grosso decreta período proibitivo de queimadas na zona rural. Durante o período de estiagem, que normalmente ocorre entre julho e setembro, não é permitida a queima controlada na zona rural. A medida visa evitar que o fogo se alastre atingindo áreas de vegetação nativa. Os incêndios florestais emitem grandes quantidade de gases de efeitos estufa e trazem prejuízos à vegetação, vida silvestre, saúde humana e economia. Em zona urbana, o uso do fogo é proibido durante todo o ano.

Saúde humana

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a poluição do ar é um fator de risco crítico para doenças não transmissíveis, causando cerca de 24% de mortes por doenças cardiovasculares, 25% por acidente vascular cerebral, 43% por doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) e 29% associadas ao câncer de pulmão. O aumento dos incêndios pode gerar o agravamento da pandemia do COVID 19, que é uma doença relacionada ao sistema respiratório, causando mortes e prejuízos de ordem em todo Estado.

Comentários Facebook
Continue lendo

ARAGUAIA

Primavera do Leste – Corpo de adolescente que estava desaparecida há 4 dias é encontrado em decomposição

Publicado

Conforme o delegado regional da cidade, Carlos Roberto Moreira, somente após os trabalhos da perícia será possível afirmar qual foi a causa da morte já que no local não havia sinais de violência

O corpo da adolescente Dienifer Eliane dos Santos do Nascimento, de 16 anos, que estava desaparecida há 4 dias, foi encontrado em estado de decomposição em uma casa no Bairro Jardim Progresso, em Primavera do Leste (MT), nesta terça-feira (7).
Conforme o delegado regional da cidade, Carlos Roberto Moreira, somente após os trabalhos da perícia será possível afirmar qual foi a causa da morte já que no local não havia sinais de violência. Ainda conforme o delegado, a polícia não descarta a possibilidade dela ter sido assassinada e já tem um suspeito.
A Polícia Militar foi acionada nessa segunda-feira (6) por um morador que contou que desde o final de semana estaria sentido um forte odor vindo de uma casa. Ele decidiu subir no muro e encontrou o corpo da adolescente em avançado estado de decomposição. A vítima não morava na casa onde foi encontrada.
A família foi chamada e reconheceu o corpo ainda no local.
Água Boa NEWS

Comentários Facebook
Continue lendo

ARAGUAIA

Força Tática captura foragido da justiça e prende dois por uso de droga em Água Boa

Publicado

Uma equipe da Força Tática em Água Boa (MT) capturou na sexta-feira (03.07), um foragido da justiça e prendeu dois homens por uso de droga, no bairro Cristalino.

Os policiais realizavam patrulhamento quando viram o motorista de um veículo Gol branco e mais dois homens que correram com a presença da viatura. A dupla foi contida.

Dentro do carro, os militares encontraram uma porção de maconha e mais quatro cigarros da mesma droga. Via sistema, foi encontrado no nome de um deles um mandado aberto pela justiça da cidade de Canarana, sem especificar o crime.

Serviço
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Água Boa News

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana