conecte-se conosco


Política Nacional

Governo Bolsonaro instaurou “comunismo de direita”, afirma general Santos Cruz

Publicado


source
Santos Cruz
Flickr Monusco

General Santos Cruz fez declaração durante entrevista e comparou Bolsonaro com “comunistas”

O ex-ministro da Secretaria do Governo, Carlos Alberto Santos Cruz , afirmou que a  gestão do presitente Jair Bolsonaro (sem partido) se tornou um “PT verde-amarelo” e que isso seria um reflexo do ” comunismo de direita no Brasil”. A declaração foi feita em uma entrevista para a revista Veja.

“Todo regime comunista totalitário divide para facilitar a manipulação. Depois, você ataca pessoas, não ideias”, afirmou.

O general disse também que há um culto à personalidade de Bolsonaro , relembrando os títulos dados pelos seguidores, como “mito” e “designado por Deus”.

“Isso tudo é uma técnica que quem consagrou foi o sistema totalitário , foi o comunismo. É o contrário de democracia “.

O termo ” comunismo de direita ” esteve entre os assuntos mais comentados no Twitter na tarde desta sexta-feira (20). Os termos lideraram os
trending topics do Brasil.

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Paes liga para Bolsonaro e diz que o livrou do pior prefeito da história do Rio

Publicado


source
eduardo paes
Reprodução/Instagram

Eduardo Paes (DEM) é o prefeito eleito do Rio de Janeiro

Eleito em segundo turno para a Prefeitura do Rio,  Eduardo Paes (DEM) já começa a articular uma aproximação com o governo do estado e o governo federal. O prefeito eleito ligou para o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) na manhã desta segunda-feira, como adiantou a colunista Berenice Seara, e já se encontrou com o governador do Rio, Cláudio Castro (PSC).

“Falei com ele por uma ligação por vídeo com o senador Flávio Bolsonaro. Disse que vamos trabalhar juntos, em parceria  Brinquei com ele dizendo que em 2018 não consegui livrá-lo do Witzel. Tenho uma boa relação com o presidente”, afirmou ao GLOBO.

O prefeito eleito combinou uma ida a Brasília “já”, sem data ainda marcada. Houve espaço ainda para uma brincadeira: “Disse que já podia ter livrado ele do Wilson Witzel (governador afastado e alvo de impeachment), se ele não tivesse errado. Mas que ele votou errado de novo, mas eu livrei ele do pior prefeito da história da vida dele e do Rio”, relatou Paes.

Paes tem enfatizado que vai buscar um bom relacionamento com o governo federal. Uma das primeiras parcerias deve ser em torno dos testes para a Covid-19. Na primeira entrevista ao GLOBO após a vitória, o prefeito eleito afirmOU que manterá uma relação “republicana e institucional” com o presidente e o governador e que o gabinete de transição começa já.

Questionado se poderia perder o diálogo com o presidente por ter diferenças com o governo federal, Paes disse ainda que sempre teve uma boa relação com Bolsonaro.

“Eu não sou assim. Posso pensar diferente, mas manterei o diálogo sempre. Os interesses da cidade têm que estar acima das minhas opiniões políticas e pessoais sobre qualquer posição do presidente Bolsonaro. Sempre tive uma boa relação com ele. Não nos falamos há muitos anos. Em duas eleições, uma ele apoiou o Witzel e ganhou e, na outra, apoiou o Crivella e eu ganhei. E eu respeitei a posição dele e em nenhum momento pedi que fizesse o contrário. Não pedi o apoio dele”.

Paes disse à Globonews na manhã desta segunda-feira que vai buscar auxílio para o combate da pandemia e que quer “a vacina que a Anvisa liberar”.

“Eu quero a vacina que a Anvisa autorizar. Se ela vai ser chinesa, japonesa, russa, alemã não importa. O importante é que a gente tenha vacinação asism que a Anvisa liberar qualquer vacina. Nosso trabalho é preparar as unidades básicas de Saúde, aqui no Rio são as clínicas da família, para que elas estejam preparadas para quando a vaciona chegar a gente possa vacinar a população”.

Ele disse ainda ao GLOBO que descarta lockdown na cidade como medida de combate ao vírus.

“Acho que sim. A gente tem que trabalhar dentro de questões factíveis. Os dados todos apontam para um quadro em que não se precisa de lockdown, mas estabelecer um diálogo com a população. É preciso dizer: ‘Vamos manter distanciamento social e usar máscara’. E a testagem, que é fundamental. Vai impedir que as pessoas não saiam por aí espalhando o vírus. A gente exigir da população algo que ela não vai cumprir não é o ideal”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Com PSB sob ataque, governador de Pernambuco fala em possível parceria com PT

Publicado


source
paulo câmara
Agência Brasil

Governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB)

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), está aberto à possibilidade de estabelecer uma parceria com o PT após os ataques ao PSB durante as eleições municipais em que  Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB) disputaram a prefeitura.

A campanha que elegeu João Campos foi marcada por acusações mútuas e discussões entre as legendas.

Após a vitória de João, Paulo Câmara afirmou que muitas feridas devem ser sanadas para continuar a aliança PT-PSB , segundo informações do portal de notícias UOL.

“Nesta semana, vamos avaliar tudo que aconteceu, baixar a poeira e conversar. [A aliança com PT no âmbito estadual] é um processo a se avaliar. Evidentemente tivemos uma eleição muito dura, e isso leva a reflexões. A gente vai fazer essa discussão no âmbito interno da frente popular, da forma como a gente sempre faz”, disse o governador de Pernambuco .

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Internado com Covid-19, Maguito chorou ao saber que foi eleito em Goiânia

Publicado


source
Maguito Vilela
Reprodução

Maguito Vilela (MDB) está há mais de um mês internado em tratamento contra a Covid-19

O filho de Maguito Vilela (MDB) disse que o pai deixou “escorrer algumas lágrimas” ao ser informado que foi eleito para prefeito em Goiânia . A notícia chegou até ele na noite deste domingo (29), após reduzirem o nível de sedação do político, que se mantém nternado em um tratamento conta o novo coronavírus há mais de um mês.

Daniel Vilela , filho de Maguito , disse ao G1 que o resultado das eleições foi um momento especial.

“Ontem foi um dia especial não só pela eleição, mas de notícias muito boas sobre a recuperação dele. Foi reduzida bastante a sedação. Ele chegou a ficar bem acordado, à noite foi até comunicado a ele que ele havia ganhado a eleição, e ele acabou [deixando] escorrer algumas lágrimas, chegando a ficar emocionado”, disse.

Maguito foi hospitalizado em Goiânia, mas com a piora do quadro clínico precisou ser transferido para o Hospital Albert Eintein , em São Paulo, no dia 27 de outubro. Atualmente, Maguito está respirando com ajuda de aparelhos.

O pneumologista Marcelo Rabahi, que está acompanhando o caso, analisa se o paciente irá conseguir respirar sem ajuda após uma avaliação prevista para esta terça-feira (1º).

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana