conecte-se conosco


Cuiabá

Hospital de Referência para tratamento de pacientes com COVID-19 conta com 225 leitos

Publicado


.

Desde que o Pronto Socorro antigo foi escolhido para ser o Hospital Referência para COVID-19, uma série de ações são desenvolvidas  para que a unidade acolha os pacientes da melhor forma possível, com qualidade, tranquilidade e a humanização que os pacientes necessitam.

O hospital passou por uma reforma em caráter de urgência e atualmente disponibiliza 40 leitos de UTI adulto e mais 15 leitos de UTI infantil, além de 170 leitos de enfermaria. Durante a coletiva de imprensa desta sexta-feira (29), o prefeito Emanuel Pinheiro anunciou que a Prefeitura está estudando abrir mais 10 leitos de UTI no hospital.

Durante a preparação do antigo PS para se transformar em referência ao tratamento de COVID-19, toda a equipe da ponta, que são os profissionais que lidam diretamente com pacientes, receberam capacitações para lidar com pacientes de coronavírus, desde o acolhimento dos doentes até a correta utilização de EPIs pela equipe.

O trabalho realizado no Hospital de Referência tem sido acompanhado pelos Conselhos Regionais das áreas afins e por uma equipe da Secretaria de Saúde do Estado, que desde o dia 6 de maio tem realizado visitas e vistorias diariamente no local, incluindo sábados, domingos e feriados.

Nesta sexta-feira (29), a SES realizou mais uma vistoria no Hospital Referência para COVID-19. Estiveram presentes a secretária adjunta do Complexo Regulador, Fabiana Bardi, acompanhada de duas enfermeiras técnicas de urgência e emergência, que visitaram todos os leitos da unidade, inclusive as que abrigam pacientes positivados. A visita foi acompanhada pelo secretário adjunto de Planejamento e Operações da Secretaria Municipal de Saúde, Milton Correa e pelo diretor do hospital, Douglas Dolce.

O secretário Milton reiterou os cuidados que o município vem tomando para receber os pacientes de COVID-19. “Estamos vivendo um momento inédito para esta geração. Essa doença é nova e sabemos bem pouco sobre ela. Preparamos o antigo Pronto Socorro para receber estes pacientes e estamos tratando deles com todo o zelo e humanização possíveis. O compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro durante esta pandemia é salvar vidas e nós estamos fazendo todo o possível para cumprir esta missão”, concluiu.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Gestão orienta servidores sobre lei que suspende desconto em folha de empréstimos consignados

Publicado


.

Com a aprovação da Lei nº 6.547, a Secretaria Municipal de Gestão divulga orientações aos servidores, ativos e inativos, que desejam suspender o desconto em folha de suas obrigações financeiras, como empréstimos consignados. A Lei foi aprovada, por unanimidade, na Câmara Municipal de Cuiabá, no dia 01 de julho de 2020, após veto do Poder Executivo Municipal.

“Fui contrário a promulgação desta lei porque continuo honrando com o pagamento dos salários dos nossos servidores e isso tem sido fundamental na minha gestão. Por isso, penso que não estamos no momento de postergar dívidas, pois uma hora elas terão que ser pagas”, pontuou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

O servidor que desejar suspender os descontos em folha deve preencher formulário de Comunicado de Suspensão de Consignados, disponível no Portal do Servidor. De posse do documento preenchido, o servidor deve enviá-lo, juntamente com cópia do documento de identificação a sua Diretoria Administrativa Financeira (DAF) ou ao Cuiabá/Prev até o dia 30 de julho de 2020.

O caso dos servidores inativos, a documentação deve ser enviada necessariamente ao Cuiabá/Prev ao email [email protected]

A secretária de Gestão, Ozenira Félix orienta que o servidor deve procurar a instituição financeira em que o empréstimo consignado foi realizado para que o processo seja finalizado.

“Nós da Prefeitura realizamos apenas a suspensão em folha, a responsabilidade do diálogo com a intuição financeira é do servidor. Então, é importante que ele procure os canais de atendimento da instituição que mantém contrato para informar a suspensão e evitar equívocos futuros, como a negativação por falta de pagamento”, explicou a secretária.

De acordo com a lei, as parcelas suspensas deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros e multas. O prazo de suspensão poderá ser prorrogado por igual período ou enquanto durar o estado de emergência declarada pelo município de Cuiabá.

Confira em anexo a Portaria que regulamenta o procedimento de suspensão de desconto em folha de empréstimos consignados de servidores ativos e inativos:

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Segundo dia de barreira sanitária em Cuiabá registra atendimento a 2.948 pessoas

Publicado


.

O segundo dia de barreira sanitária em Cuiabá, realizado nesta quinta-feira (9), registrou atendimento a 2.948 pessoas que estavam a bordo de 1.503 veículos. Todas foram examinadas pelas equipes de fiscais da Vigilância Sanitária, nos quatro pontos estratégicos de entrada e saída da capital. 

Dessas, apenas seis pessoas precisaram ser encaminhadas para unidade de saúde por apresentarem sintomas de Covid-19. Elas assinaram um termo de consentimento se comprometendo a procurar um médico e a Vigilância Sanitária anotou os contatos dessas pessoas para encaminhar a Vigilância Epidemiológica, que deve fazer o acompanhamento.

Ao longo de toda a quinta-feira (9), foram abordadas 2.585 pessoas a bordo de 1.370 carros ou caminhonetes, 54 pessoas em 33 caminhões, 87 pessoas a bordo de 65 motocicletas e 222 pessoas em 35 ônibus, micro-ônibus ou vans.

A barreira com o maior fluxo de pessoas foi a da BR-163/364, onde 830 pessoas foram abordadas, em 405 veículos. 713 delas estavam em carro ou caminhonete, 89 em ônibus, micro-ônibus ou van, 21 em motos e sete em caminhões.

Na rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), houve a aferição de temperatura e aplicação de questionário junto a 787 pessoas a bordo de 369 veículos. Foram 685 pessoas em carros de passeio ou caminhonete, 63 em ônibus, micro-ônibus ou van, 34 em caminhão e cinco em motocicleta.

Na rodovia Helder Cândia (MT-010), conhecida como Estrada da Guia, houve a fiscalização sanitária junto a 693 pessoas, que estavam a bordo de 377 veículos, sendo 623 em carros e caminhonetes, 42 em ônibus, micro-ônibus ou van, 20 em motocicletas e oito em caminhões.

A barreira sanitária com menor fluxo no dia foi a da rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040, que liga a Capital a Santo Antônio do Leverger. Lá foram atendidas 638 pessoas em 352 veículos. 564 pessoas estavam em carros ou caminhonetes, 41 em motos, 28 em ônibus, micro-ônibus ou van e cinco em caminhões.

As barreiras sanitárias estão em funcionamento desde a quarta-feira (8) e vai até o dia 14 de julho, sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h. A implantação das estruturas é uma estratégia adotada pela Prefeitura de Cuiabá como forma de inibir o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19).

Cerca de 30 servidores da Secretaria Municipal de Saúde, além de agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana, policiais rodoviários federais e policiais militares atuam nas blitzes. Nesses pontos é feita aferição de temperatura corporal e aplicação de questionário junto aos condutores e passageiros para verificar sintomas de Covid-19. 

Também é feita limpeza dos pneus dos veículos com cloreto de benzalcônio. As pessoas identificadas com sintomas são orientadas a procurar o mais rapidamente uma unidade de saúde e assinam um termo se comprometendo a fazê-lo. Posteriormente, a Vigilância Epidemiológica faz o acompanhamento dessas pessoas.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Famílias em situação de vulnerabilidade recebem atendimento das unidades da Assistência Social

Publicado


.

Desde o início da implementação das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), estabelecida pelo prefeito Emanuel Pinheiro, as unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) estão abertas para atender as necessidades das famílias assistidas por região de abrangência.

Entre os atendimentos ofertados, desde o final do mês de março, estão a entrega de cestas básicas, caixas de leite, cobertores e kits de higiene. De acordo com relatório técnico apresentado, até o momento já foram entregues mais de 1,5 mil cestas e mais de mil caixas de leite. 

“Cada coordenador é responsável por fazer o levantamento das necessidades das famílias, para a entrega dos produtos. Vale lembrar que esse benefício já era ofertado pelos Centros de Referência. No entanto, com a pandemia, as demandas aumentaram. Estamos trabalhando para suprir as necessidades dessas famílias”, disse a secretária-adjunta de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Clausi Barbosa.

Clausi lembra que uma ação importante foi recebida por meio de um gesto solidário por parte de uma rede de empresários que fez a doação de cerca de 2 mil máscaras, que foram entregues aos Cras, Creas, Conselhos Tutelares e Centros de Convivência de Idosos. Com isso, foi possível oferecer as pessoas em situação de vulnerabilidade social um item que, além de ser obrigatórios o uso, é importante na prevenção à Covid-19. “Ficamos muito gratos com atitudes como essas. Dessa forma conseguimos oferecer um melhor acolhimento e segurança às famílias que tanto precisam do auxílio do poder público”, pontuou.

Os coordenadores dos Centros de Referência que atuam na linha de frente e conhecem de perto a realidade dessas famílias , enaltecem as parcerias e reforçam a importância da assistência ofertada. “Os Cras tem um papel importante na vida das famílias, pois estamos próximos delas, onde podemos fazer com que os direitos sejam garantidos”, declarou a coordenadora do Centro de Referência do bairro Osmar Cabral, Maria Ester.

A coordenadora do Cras Jardim Araçá, Márcia Auxiliadora Santana, reforça a importância do trabalho executado. “As unidades servem como ponto de apoio, ainda mais nesse momento de pandemia, que muitos perderam emprego e estão sem renda. Graças a essa gestão humanizada, e todo apoio do prefeito Emanuel Pinheiro e da nossa primeira-dama Márcia Pinheiro, estamos conseguindo oferecer todo suporte necessário nesse momento de crise”, ressaltou.

POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

Além desses trabalhos ofertados pelas 14 unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), mais de 40 mil marmitas já foram entregues à população em situação de rua. Igualmente, as abordagens para acolhimento desse público continuam sendo realizadas. 

Atualmente, a rede de assistência conta com os albergues municipais Manoel Miráglia, da Guia e do Porto. Além desses, está em funcionamento o programa Hotel Albergue, por meio de uma parceria realizada com uma Rede de Hotéis, sendo mais um ponto de apoio para abrigar essas pessoas. Conforme levantamento, cerca de 250 pessoas estão acolhidas nessas unidades.

A distribuição das vagas é feita de acordo com o perfil de cada um. Os albergues municipais são para pessoas em trânsito ou que vieram para Cuiabá e não conseguem voltar de imediato. Já o “Hotel Albergue” é para aquelas pessoas que já estão há algum tempo em lugares de grande concentração desse público, como o Morro da Luz, Praça do Porto, Rodoviária e Beco do Candeeiro.

“Graças a sensibilização da gestão e todos os esforços da primeira-dama Márcia Pinheiro, estamos alcançando êxito em nossos trabalhos. Estamos muito satisfeitos com os resultados. Aos poucos, estamos conscientizando as pessoas em situação de rua sobre a importância do isolamento social nesse momento de pandemia do novo coronavírus”, pontuou a secretária-adjunta. 

 

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana