conecte-se conosco


Economia

Instituto Êxito lança movimento Empreendedorismo de Sobrevivência

Publicado


source
Janguiê Diniz
Instituto Êxito/Divulgação

Janguiê Diniz é presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo e participará de lives no seu perfil do Instagram

Os impactos sociais, financeiros e, sobretudo, psicológicos causados pela pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) estão afetando muitas pessoas. Uma das medidas para ajudar os empreendedores parte do Instituto Êxito de Empreendedorismo , que criou o movimento Empreendedorismo de Sobrevivência.

Entre suas ações, acontece uma série de lives no Instagram com experts do seguimento. A primeira aconteceu nesta segunda-feira (2), com a CEO da Atom, Carol Paiffer e o fundador da Ser Educacional e presidente do Grupo Ser Educacional, Janguiê Diniz.

Veja também:  Instituto Êxito doará 5 toneladas de alimentos para barraqueiros em Recife

“Esse movimento foi criado para auxiliar pessoas que estão sem norte nesse momento. A primeira live foi extremamente enriquecedora e produtiva e no nosso bate papo conseguimos levantar questões importantes, falamos da situação atual e de como passar por esse momento com o menor impacto negativo possível”, relata, Janguiê Diniz.

“A participação de quem assistiu, fazendo perguntas e interagindo também foi fundamental para o sucesso do nosso debate”, acrescentou o empresário.

Sobre o movimento, Carol Paiffer afirma que “muitas pessoas estão precisando de orientação para tocar os seus empreendimentos e uma boa dose de estímulo pode fazer total diferença. É por isso que nos unimos e estamos empenhados em auxiliar os empreendedores, afinal, empreender agora é de fato uma questão de sobrevivência”, finaliza a sócia fundadora do Êxito.

Saiba mais:  Está de quarentena? Instituto Êxito oferece 300 cursos online gratuitos

As lives seguem durante as próximas três semanas e contam com nomes como o especialista negócios digitais e fundador da Be Academy, Bruno Pinheiro (03/06); o ex-jogador de futebol, palestrante e empreendededor, Juliano Belletti (04/06); o hipnotista , Pyong Lee (05/06); e a especialista em treinamentos de autoconhecimento e inteligência emocional Heloísa Capelas (07/06), entre outros.

As lives acontecem sempre no perfil dos participantes no Instagram. Confira os horários das próximas:

  • Dia 03/06 – Live Janguiê Diniz (@janguiediniz) e Bruno Pinheiro (@brunopinheiro.me), às 13h09.
  • Dia 04/06 – Live Janguiê Diniz (@janguiediniz) e Juliano Belletti (@julianobelletti), às 12h09.
  • Dia 05/06 – Live Janguiê Diniz (@janguiediniz) e Pyong Lee (@pyonglee), às 13h09.
  • Dia 07/06 – Live Janguiê Diniz (@janguiediniz) e Heloísa Capelas (heloísacapelas), às 21h09.

A programação completa será divulgada nas redes sociais do Instituto Êxito de Empreendedorismo.

A segunda etapa, que acontece entre os dias 8 e 12 de junho terá  entrevistas para o programa Inova 360, da Record News. Empreendedores de peso, que vão falar sobre o presente, o passado e futuro, sem previsões, mas sim com visões de como enfrentar o cenário atual e se preparar para o que virá.

O objetivo é auxiliar os empreendedores que precisam sobreviver à crise. Seu encerramento acontece com um congresso on-line totalmente gratuito , no próximo dia 28.

Sobre o Empreendedorismo de sobrevivência

Empreender, durante a pandemia da Covid-19, virou questão de sobrevivência. É por isso que o Instituto Êxito de Empreendedorismo lançou o movimento Empreendedorismo de Sobrevivência, uma série de ações que vão ajudar os empreendedores brasileiros a enfrentarem esse período de crise.

Leia mais:  Parceria entre Instituto Êxito e prefeitura vai beneficiar mais de 20 mil alunos

Sobre o Instituto Êxito

O Instituto Êxito de Empreendedorismo é o resultado de um sonho que envolve empreendedores visionários dos mais variados segmentos do Brasil. Hoje, já conta mais com mais de 400 sócios que compactuam de um mesmo propósito: fazer do empreendedorismo a turbina para impulsionar vidas e histórias.

O Êxito tem a filosofia de que, independente da classe social e econômica, qualquer pessoa pode transformar suas ideias em ações que mudem e melhorem a realidade e a comunidade na qual vive.

Por isso, nasceu com o objetivo de estimular o dom empreendedor dos jovens, especialmente os de escolas públicas, onde há muitos talentos escondidos e boas ideias a serem impulsionadas.

Nomeado como uma instituição sem fins lucrativos, seu principal plano de ação está em oferecer uma plataforma de cursos on-line e gratuitos, além de realizar diversas ações voltadas para o fomento ao empreendedorismo.

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Leilão do Detran tem veículos a partir de R$ 480; Confira

Publicado


source
carros
Divulgação

Lances começam em R$ 480 no leilão do Detran que vai até 14 de julho

No leilão realizado pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) do Estado do Mato Grosso do Sul, serão leiloados 300 lotes de veículos conservados, para circulação, com lance inicial de R$ 480. O edital foi publicado no Diário Oficial do MS nesta terça-feira (30).


Os veículos estão no pátio do leiloeiro credenciado, Pierre Adri, em Campo Grande. A abertura aconteceu às 10h desta terça (30) e o leilão  se encerra às 15h do dia 14 de julho.

Os interessados podem visitar os lotes nos dias 9, 10 e 13 do próximo mês. O pátio fica na Avenida Gury Marques, 7155 – Bairro Cidade Morena, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30.

São 300 veículos , sendo 265 motocicletas e 35 automóveis, e pessoas físicas e jurídicas podem participar.

Lances mais baixos

Os lances mais baixos são: para uma moto Yamaha YBR 2004, o inicial é de R$ 480; Dos carros, o lance para um Fiat Uno Eletronic ano 1993/1994 é de R$ 1.180,00. Veja o  edital completo.

Mais informações estão disponíveis no  site oficial.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Auxílio emergencial terá mais duas parcelas de R$600, afirma Guedes

Publicado


source
auxílio emergencial
Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro e Paulo Guedes


O auxílio emergencial será prorrogado e terá mais duas parcelas de R$600. A informação foi confirmada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes , em entrevista à CNN na manhã desta terça-feira.


O anúncio oficial da prorrogação do auxílio deve ser feito ainda hoje , em cerimônia no Palácio do Planalto, pelo presidente Jair Bolsonaro .

Como o valor das novas parcelas é o mesmo que já vinha sendo pago no auxílio emergencial , não é preciso que uma nova lei seja aprovada no Congresso . Um decreto presidencial é o suficiente para prorrogar o benefício.

Anteriormente, Bolsonaro chegou a dizer que o auxílio emergencial teria mais três parcelas , nos valores de R$500, R$400 e R$300. Na prática, o valor total é o mesmo, de R$1200. Depois de resistência de parlamentares, a proposta foi deixada de lado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Laticínio adulterou produtos e pagará R$ 1 milhão de indenização

Publicado


source
queijo adulterado
MARJULIÊ MARTINI/MINISTÉRIO PÚBLICO RS

Investigações em 2016 já apontavam adulterações

Duas empresas do ramo laticínio do Rio Grande do Sul foram condenadas a pagar R$ 1 milhão de indenização. Isso porque as empresas Laticínios Roesler LTDA e Laticínios Campestre LTDA adulteravam produtos alimentícios buscando aumentar seus lucros. 


As investigações mostraram que as marcas, sediadas no município de São Pedro da Serra — a 103 km de Porto Alegre —, adulteravam os seus produtos e descuidavam de aspectos técnicos e de higiene.

De acordo com a perícia, houve falhas e deficiências constatadas pelas análises físico-químicas dos produtos: além de fraude no leite recebido, os laticínios recebiam adição de água e amido de milho, para que o volume dos produtos aumentasse.

Houve também adulterações com  água oxigenada e ácido sórbico, para aumentar o tempo de validade dos produtos lácteos.

Há cinco anos, em junho de 2015, os proprietários fizeram uma manobra para para fugir das autuações. Eles solicitaram a baixa na inspeção estadual e, logo em seguida, criaram um registro para uma nova empresa láctea. Eles tentaram fugir das notificações e autuações da fiscalização sanitária, segundo o MP.

Na sentença, a juíza entendeu que houve o dano moral coletivo, porque o crime atingiu um número indeterminado de consumidores dos produtos adulterados — ou seja, todas as pessoas que adquiriram no mercado a nata, os queijos e o leite dos laticínios.

Os condenados têm de pagar R$ 1 milhão pelos danos morais coletivos — o MP havia pedido R$ 3 milhões — e têm de indenizar os consumidores que se sentirem lesados, em ações individuais.

Os réus também foram condenados a publicar o dispositivo da sentença em quatro grandes jornais do Estado por dez dias intercalados. Isso é para que os consumidores saibam da decisão judicial, sob pena de multa diária no valor de R$ 300 para cada dia de descumprimento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana