conecte-se conosco


Política Nacional

Joice Hasselmann fala em ‘ingratidão e traição’ ao comentar saída de liderança

Publicado

joice hasselmann arrow-options
Repordução

Joice Hasselmann fala que governo Bolsonaro foi ingrato e traíra.

Após ser destituída da liderança do governo no Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro , a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) desabafou no Twitter com sequência de mensagens em que fala de “ingratidão” e “traição”.

Ela disse ainda que só continuará apoiando Bolsonaro enquanto ele “realmente quiser combater a corrupção, sem jeitinho, sem flexibilIzar, sem carteiradas, sem protecionismo a quem quer que seja”.

Leia mais: Bivar evita falar sobre possível destituição de Flávio e Eduardo de diretórios

“Deixo a liderança (do governo) no Congresso com dever cumprido. Articulei a reforma da Previdência em todo país, aprovei o projeto que deu ao presidente R$ 248 bilhões e o salvou de um impeachment, contive inúmeras crises. Não me importo com a ingratidão. Meu couro é duro. Sigo apoiando o Brasil”, escreveu a deputada.

A situação de Joice ficou insustentável no governo na quarta-feira, após a deputada assinar uma lista de apoio à permanência de Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara. Bolsonaro articulou para que um dos seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), assuma o lugar. Joice e Eduardo não têm um bom relacionamento.

Leia também: ‘Só devo lealdade ao povo’, diz Bolsonaro em evento militar em Santa Catarina

“Continuo firme no combate à corrupção e apoio o PR @jairbolsonaro enquanto ele realmente quiser combater a corrupção, sem jeitinho, sem flexibilIzar, sem carteiradas, sem protecionismo a quem quer que seja. Se houver esse compromisso mantido com o Brasil, seguiremos juntos”, afirmou, em outra mensagem na rede social.

A deputada escreveu ainda que trabalhava 20 horas por dia para salvar o governo de crises e aprovar as pautas importantes para o país, além de “apagar incêndios durante todos esses meses”. Ela falou em uma das mensagens que esperava traição, mas que não fica abalada.

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Bolsonaro volta a criticar isolamento: “Não posso resolver tudo sozinho”

Publicado


source

Nesta quarta-feira (03), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pode resolver o isolmento adotado pelos governadores para conter o avanço do novo coronavírus (Sars-coV-2).

Leia também: São Paulo ultrapassa os 70 mil casos de Covid-19 no estado

Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

Leia também: Pandemia de Covid-19 está desacelerando em São Paulo, diz secretário

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro  declarou que não pode “resolver tudo sozinho” e que o país só não está em crise graças ao auxílio emergencial de R$ 600 reais concedido pelo governo.

Leia também: Vacina de Oxford contra Covid-19 será testada no Brasil

Em meio a apelos para interferir na decisão dos governadores – que em maioria optaram pelo isolamento -, Bolsonaro aconselhou que os eleitorem votem melhor nas próximas eleições. O Brasil já ultrapassou a margem de 30 mil mortos pela Covid-19 , infectados somam mais de 500 mil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

PF abre inquérito para investigar vazamentos de dados de Bolsonaro

Publicado


source
dois frames
Agência Brasiil e reprodução de vídeo

Grupo divulgou dados de Bolsonaro e familiares

Após um pedido do ministro da Justiça, André Mendonça, a Polícia Federal instaurou na terça-feira (2) um inquérito para investigar o vazamento de informações pessoais de Jair Bolsonaro, filhos dele, ministros e outros bolsonaristas.

O vazamento, de responsabilidade do grupo Anonymous Brasil, ocorreu no domingo (1) pelo Twitter e ficou poucas horas no ar antes de ser apagado pela própria rede social por violar as regras e diretrizes. Além do presidente, dados de Flávio, Carlos e Eduardo foram divulgados, assim como da ministra Damares Alves e do ministro Abraham Weintraub.

Leia também: Eduardo Bolsonaro irá à PF fazer boletim de ocorrência e deixar celular

Nas redes sociais, Bolsonaro considerou o vazamento como uma “intimidação”. O ministério de Damares Alves afirmou que a medida era “totalitária e antidemocrática” e Weintraub pontuou que “querem nos calar”.

Segundo o colunista Guilherme Amado, da revista Época, o nome do delegado que conduzirá a investigação contra os hackers ainda não foi definido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Hugo Leal, pré-candidato a prefeito do Rio, é o entrevistado na live do Dia

Publicado


source
Hugo Leal
Divulgação/O Dia

Hugo Leal é pré-candidato à prefeitura do Rio pelo PSD

Hugo Leal , um dos pré-candidatos à prefeitura pelo Partido Social Democrático (PSD), será a convidado de hoje na série de lives que O DIA está promovendo de forma pioneira sobre as eleições municipais do Rio.

Veja também:  Pré-candidato no Rio, Paulo Rabello de Castro chama Crivella de “melancólico”

O encontro desta quarta-feira vai acontecer novamente às 15h e será conduzido pelo colunista político do DIA Sidney Rezende e também pelo repórter Anderson Justino.

A live será transmitida ao vivo no  perfil do Facebook e no  canal do YouTube do jornal O Dia. A transmissão será simultânea nos dois canais.

Leia mais:  Rio: reabertura pode gerar “explosão” de casos de Covid-19, dizem especialistas

Fique a vontade para interagir e mandar perguntas durante a live. Essa é a hora para esclarecer todas as dúvidas e votar de forma consciente. Somente com informação de qualidade e democracia caminhando lado a lado que se toma a melhor decisão nas urnas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana