conecte-se conosco


Mato Grosso

Juiz suspende audiência para julgar pedido do MP de fechamento do comércio após decreto do governo

Publicado

O MP havia pedido à Justiça o fechamento total do comércio de Cuiabá e Várzea Grande por duas semanas.

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Várzea Grande, especializada de saúde, José Luiz Lindote, suspendeu na tarde desta segunda-feira (1º), a audiência de conciliação entre os representantes das prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para julgar o pedido feito pelo Ministério Público Estadual (MPE) sobre o fechamento do comércio nas duas cidades pelo prazo de 14 dias.

A suspensão aconteceu a pedido do próprio Ministério Público Estadual, após o governador Mauro Mendes (DEM) decretar o fechamento do comércio entre 19h e 5h e toque de recolher, das 21h às 5h, em todo o estado, para conter o avanço do novo coronavírus.

“Como ainda não se conhecem os termos efetivos e finais do referido decreto, cujo teor alterará, em tese, as normas hoje vigentes entende-se que neste momento se mostra prematura qualquer audiência conciliatória, razão pela qual se requer a suspensão do ato designado para a data de hoje”, diz o pedido do promotor Alexandre de Matos Guedes, feito à Justiça.

As determinações de fechamento impactaria no funcionamentos dos shoppings, shows, parques, jogos de futebol, cinema, teatro, bares, restaurantes, casa noturna e congêneres.

Com o novo decreto, que deve ser publicado ainda hoje os comércios de todos os segmentos não poderão funcionar de segunda-feira a sexta-feira das 19h às 5h, e aos sábados, devem fechar as portas depois de 12h, e aos domingos, nenhum estabelecimento pode funcionar.

A regra não vale para as farmácias, estabelecimentos de serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências) e indústrias.

As pessoas estarão proibidas de circular a partir de 21h.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Prefeito de Nova Xavantina João Bang assina Termo de Compromisso visando a compra de 15 mil vacinas

Publicado

Prefeito João Bang assina Termo de Compromisso em conjunto com a AMM (Associação dos Municípios Mato-grossenses) visando a aquisição de 15.000 mil vacinas, assim como o Governo do Estado de Mato Grosso que só aguarda a autorização da Anvisa para aquisição, Bang busca a aquisição de vacinas junto a indústria russa para imunizar a população.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Médica de Ribeirãozinho (MT) morre vítima da Covid-19 e médicos fazem parto de emergência em Barra do Garças (MT)

Publicado

A profissional atuava no Programa Mais Médicos em Goiás e Rio Grande do Norte.

A médica Cibele Bento Rodrigues, de 38 anos, morreu nessa terça-feira (6), no Pronto Socorro de Barra do Garças (MT), vítima da Covid-19. A profissional era natural de Ribeirãozinho (MT), mas atuou recentemente no Programa Mais Médicos em Porangatu (GO) e Galinhos (RN).

Cibele veio à Barra do Garças para uma consulta de rotina devido ao estado de gravidez, com oito meses de gestação, contudo, começou a apresentar sintomas semelhantes a Covid-19, e acabou sendo transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Milton Morbeck.

Com o agravamento de seu quadro de saúde, os médicos optaram pela realização de um parto de emergência na tentativa de salvar o bebê. Cibele Rodrigues não resistiu e foi a óbito. O bebê foi encaminhado ainda nessa terça por meio de uma UTI aérea para Goiânia (GO).

Filha do ex-vereador por Ribeirãozinho, José Rodrigues Neto, a médica retornou à cidade depois de cumprir seu contrato pelo Programa Mais Médicos em Goiás e Rio Grande do Norte.

Fonte: Rede da Notícia 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estudante do Campo supera adversidades e consegue 940 pontos na redação do Enem

Publicado

No último ano letivo, Amanda conciliou as aulas online com estudos específicos para a prova

Com 940 pontos na redação do Enem, a estudante Amanda Ribas orgulha a Escola Estadual do Campo Bonifácio Sachetti, na zona rural de Itiquira (300 km ao sul da capital). Para a estudante, que concluiu o 3º ano do Ensino Médio no ano passado, estudar à distância na pandemia foi um desafio ainda maior. Ao alcançar uma nota tão alta em condições adversas, Amanda enumera os obstáculos que venceu. Ela iniciou os estudos na EE Bonifácio Sachetti em 2015 e se formou cinco anos depois.

“Sempre fui amante dos livros, devorando as bibliotecas e lendo de tudo um pouco, e acredito que isso também me ajudou a alcançar meus objetivos. Nasci e cresci na região rural de Itiquira, sempre estudando em escola pública e com todas as adversidades que os estudantes rurais passam, como problemas no transporte, entre outros”, assinala.

No último ano letivo, Amanda conciliou as aulas online da escola com estudos específicos para a prova do Enem, fazendo cerca de uma redação por semana para treinar. No entendimento da estudante, não foi fácil, pois foi um ano atípico para todos, enfrentando vários fatores.

“Contei com a ajuda de fora, de várias pessoas, sobretudo das professoras de português Priscila Cândido e Rosimirian Teles, que mesmo não sendo as minhas atuais professoras, foram extremamente solícitas comigo, tirando dúvidas e me auxiliando no que foi necessário para o êxito na prova. Tenho um carinho eterno por ambas. Essa nota é o reflexo de todo meu esforço e dedicação. Pretendo sempre me esforçar para obter êxito nos desafios acadêmicos e também da vida, lembrando sempre com carinho da escola rural que estudei”.

Para a professora Priscilla Cândido, todo o esforço da aluna Amanda a recompensou, pois a estudante foi sempre foi muito dedicada e contribuía com pontuações e argumentos enriquecedores nas aulas.

“Qualquer que seja a carreira profissional escolhida por ela será com o empenho e a dedicação de sempre. O legado da Amanda para nossa Escola Bonifácio é de uma aluna leitora, de consciência crítica e interpretativa impressionante. Que ela possa servir de exemplo para nossa escola e comunidade” salienta.

A assessora pedagógica Ellen Regina também comemora a nota da Amanda, pois as escolas públicas têm como foco o sucesso acadêmico e social de todos os nossos alunos. “Vibramos muito quando ficamos sabendo de resultados positivos na caminhada dos estudantes, pois revigora nosso compromisso e alegria em educar, ensinar, fazer parte da educação do nosso Estado”, frisa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana