conecte-se conosco


Nova Xavantina

Justiça Eleitoral defere o pedido de candidatura de Vanusa Pazetto

Publicado

A Justiça Eleitoral de Nova xavantina publicou sentença deferindo o pedido de registro da candidata a prefeita de Nova Xavantina Vanuza Pazetto. O pedido havia sido impugnado pelo Ministério Público Eleitoral com a alegação de que Vanusa omitiu bens em sua declaração.

O Ministério Público Eleitoral entrou com pedido de impugnação do registro de impugnação da candidatura de Vanusa Pazetto com a alegação de que a mesma omitiu bens em sua declaração juntada com o pedido, quando declarou possuir registrado em seu nome apenas um patrimônio de 100 mil reais referente a uma empresa registrada em seu nome. O representante do Ministério Público entendeu que a candidata deveria ter declarado todos os bens que estão registrados em nome de sua empresa e em nome de seu marido Robison Pazetto.

O Juiz Eleitoral, na sentença, disse que “o Ministério Público Eleitoral não apresentou de forma analítica quais bens entendeu terem sido omitidos da declaração de bens da candidata, limitando-se a peticionar de forma genérica que “ao examinar o sistema INFOSEG foi possível verificar algumas inconsistências, pois  referida empresa possui outras duas filias, além de vários veículos, tanto em seu nome, quanto no de seu marido, Robison Aparecido Pazetto, além de imóveis, conforme anexo”

Na fundamentação o Juiz diz ainda que a  candidata Vanusa juntou os documentos  os quais demonstram não ser proprietária dos bens mencionados pelo Ministério Publico, e ainda, que o Ministério Público juntou documentos que não se referem ao processo. Em pesquisa publica no processo, percebe-se que o Ministério Público juntou no pedido de impugnação a declaração de bens do candidato Jordão de Novo São Joaquim; do candidato Jander de Campinápolis e de uma candidata a vereadora de Nova Xavantina.

Diante de todo o exposto, julgo IMPROCEDENTE a impugnação apresentada pelo Ministério Público Eleitoral e, por conseguinte, DEFIRO o pedido de registro de candidatura de VANUSA CELESTINO NASCIMENTO PAZETTO, para concorrer ao cargo de Prefeito, sob o número 25, com a seguinte opção de nome:  VANUSA PAZETTO.(PROCESSO 0600137-39.2020.6.11.0026)

 No processo foi deferida, ainda, a candidatura do pastor Divino Elias, candidato a vice prefeito na chapa de Vanusa.

Comentários Facebook
publicidade

Nova Xavantina

Chefe de facção criminosa é presa pela Polícia Civil de Nova Xavantina

Publicado

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina realizou a prisão de uma mulher na manhã de domingo (29.11), a qual se encontrava com Mandado de Prisão em Aberto pelo crime de Tráfico e Associação para o tráfico de drogas.

A Jovem de 24 anos teve a Prisão Preventiva decretada pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Nova Xavantina pelo crime de Tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, crime no qual foi flagrada com drogas em sua residência numa Operação da PC e PM de Nova Xavantina em outra ocasião, porém seguia em liberdade pelo fato de ter uma filha pequena.

Gozando de liberdade condicional, a suspeita foi presa no Estado de MS no final de Agosto de 2020 com aproximadamente 24 KG de Maconha que seria trazido para Barra do Garças e Nova Xavantina.

Devido ao descumprimento de medidas Judiciais, a suspeita teve sua Prisão Preventiva decretada no decorrer dessa semana.

De Posse do Mandado de Prisão, Investigadores diligenciaram pela cidade e localizaram a casa no Bairro União onde a suspeita estava se escondendo tendo em vista que já tinha conhecimento do mando de prisão e já se preparava para fugir da cidade. Foi realizado o cerco na residência e cumprido o presente mandado.

A Suspeita foi apresentada à Autoridade Policial, passou pelo Exame de Corpo de Delito e será encaminhada ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Polícia Civil de Nova Xavantina

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Motocicleta em alta velocidade perde controle e bate de frente com carro de casal de Nova Xavantina

Publicado

Um grave acidente na manhã deste domingo (29) na Rodovia MT 010, que liga Rosário Oeste a Cuiabá, ceifou a vida de um morador de Nobres. Júnior Batista, popular Juninho, morreu ao colidir com um veículo.
Segundo informações, Juninho estava em alta velocidade em uma motocicleta que seguia de Rosário Oeste para Cuiabá, quando bateu em um jipe Cherokee branco de propriedade do morador de Nova Xavantina senhor Aristone Matos que trafegava em sentido contrário, após não conseguir fazer uma curva que existe no local próximo a Rosário Oeste.
O condutor da motocicleta morreu na hora e o condutor do veículo, senhor Aristone teve a mão decepada e segundo o filho, está em observação juntamente com a mãe senhora Ilma que também estava no carro.
Segundo informações da Polícia Militar do Município, o acidente ocorreu por volta das 8h. A vítima seguia pela rodovia em altíssima velocidade quando bateu no Jeep Cherokee.
Com o impacto violento, a motocicleta da vítima ficou completamente destruída e diversos destroços se espalharam pela pista.
O Jeep Cherokee também ficou destruído e acabou capotando, parando em uma das margens da rodovia.
O senhor Ariatone não costuma andar em alta velocidade. Segundo informações de amigos, na hora do impacto o mesmo andava à 110 km por hora, que era de costume.
O casal de Nova Xavantina estão internados e ambos passam bem; no entanto, abalados com a morte do motociclista.
Em breve, maiores informações.
 
Nx1

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Morre cantor filho de Nova Xavantina, Djalma Lima

Publicado

É com pesar que comunicamos a morte do cantor novaxavantinense Djalma Lima. O cantor morreu na tarde deste sábado, 28, em Barra do Garças, após vários anos de tratamento de um derrame.

Djalma Lima é natural de Nova Xavantina, e desde cedo iniciou sua carreira artística, cantando em dupla com seu irmão mais novo Rubens Fontes. Ao longo de sua trajetória cantou com vários parceiros como: Ibiraci, Amaraí, Nilsinho entre outros.

O cantor que vinha realizando um trabalho “solo”, teve como último parceiro o cantor Monteiro, que antes formava a famosa dupla: Matão & Monteiro, separada a pouco tempo,  onde um dos grandes sucesso foi a canção “Deusa do Araguaia”, regravada pelo cantor Leonardo (Leandro e Leonardo).

Djalma que além de músico e compositor, sempre cantou, começou a trabalhar como cantor, se apresentando em casas noturnas de São Paulo. Djalma Lima prosseguiu sua jornada, sempre buscando aprimorar seus conhecimentos e atingir o tão sonhado objetivo, fazer uma excelente dupla para seqüenciar sua carreira profissional.

Entre as diversas parcerias que fez destaca o grande aprendizado com o Amaraí. Em suas discografias somadas às parcerias e carreira solo, gravou 03 (três) discos vinis e 07 (sete) CDs, totalizando 10 (dez) álbuns fonográficos.

Djalma é filho do pioneiro de Nova Xavantina Luiz Pereira Lima, popular Luiz Pelego e irmão de Deuzenir, Ivone, Elzimária e Idalina Lima. (Dalmir, Rubens, Robison e Neta Milhomem – falecidos).

Nossas condolências aos amigos e familiares deste grande cantor que deixou sua voz registrada em nossos corações. #LUTO

 

NX1

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana