conecte-se conosco


Cuiabá

Lincoln Tadeu Sardinha Costa

Publicado

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Secretaria divulga nota técnica sobre testes rápidos para servidores da Segurança e Saúde

Publicado


.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, por meio daa Diretoria Municipal de Vigilância em Saúde,divulga nota técnica e ressalta a importância da atuação dos trabalhadores da saúde e segurança pública, tornando necessário garantir a proteção desses profissionais diante da emergência sanitária que se apresenta, através do monitoramento dos profissionais sintomáticos para COVID-19.

Conforme a nota, para a correta confirmação da COVID-19, existem critérios diagnósticos, com a apresentação clínica de sinais e sintomas considerados pelo médico como compatíveis com a síndrome gripal. Da mesma forma, após notificação é realizada a investigação epidemiológica seguida de diagnóstico laboratorial. Em se tratando de diagnóstico laboratorial, temos:  Os testes moleculares realizados por RT-PCR, válidos nos primeiros dias de sintomas em que são coletadas amostras de mucosas das vias respiratórias (swab naso faríngeo) ou aspirado/lavado bronco alveolar, nos quais a sensibilidade varia de 63% a 93% (aspirado/lavado bronco alveolar); O teste rápido (imunocromatográfico) para COVID-19 que avalia a produção de anticorpos do tipo imunoglobulina M (IgM) e/ou imunoglobulina G (IgG), indicadores de anticorpos que exigem um tempo de infecção mais tardio a partir da exposição ao vírus, para que o organismo consiga produzi-los.

O uso de testes laboratoriais sem a presença de sintomas representa um grande risco ao usuário e ao Sistema Único de Saúde, uma vez que resultados, se realizados sem cumprir os protocolos, podem apontar falsos positivos e falsos negativos em pacientes assintomáticos e sem história epidemiológica de contato, resultando em condutas do paciente contrárias às preconizadas para as práticas de higiene e distanciamento que evitam a contaminação de contatos próximos. DESTA FORMA, OS TESTES LABORATORIAIS SÓ DEVERÃO SER UTILIZADOS EM INDIVÍDUOS SINTOMÁTICOS, OBEDECENDO AO PERÍODO OPORTUNO DE CADA TÉCNICA E HISTÓRIA EPIDEMIOLÓGICA QUE CORROBORAM PARA A DEFINIÇÃO DE CASOS SUSPEITOS, POIS NÃO HÁ NENHUMA EVIDÊNCIA CIENTÍFICA QUE SUSTENTE A TESTAGEM DE PESSOAS SEM SINTOMAS CLÍNICOS. 

 

Confira logo abaixo:

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Secretaria divulga nota técnica sobre testes rápidos a servidores da segurança e Saúde

Publicado


.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, por meio daa Diretoria Municipal de Vigilância em Saúde,divulga nota técnica e ressalta a importância da atuação dos trabalhadores da saúde e segurança pública, tornando necessário garantir a proteção desses profissionais diante da emergência sanitária que se apresenta, através do monitoramento dos profissionais sintomáticos para COVID-19.

Conforme a nota, para a correta confirmação da COVID-19, existem critérios diagnósticos, com a apresentação clínica de sinais e sintomas considerados pelo médico como compatíveis com a síndrome gripal. Da mesma forma, após notificação é realizada a investigação epidemiológica seguida de diagnóstico laboratorial. Em se tratando de diagnóstico laboratorial, temos:  Os testes moleculares realizados por RT-PCR, válidos nos primeiros dias de sintomas em que são coletadas amostras de mucosas das vias respiratórias (swab naso faríngeo) ou aspirado/lavado bronco alveolar, nos quais a sensibilidade varia de 63% a 93% (aspirado/lavado bronco alveolar); O teste rápido (imunocromatográfico) para COVID-19 que avalia a produção de anticorpos do tipo imunoglobulina M (IgM) e/ou imunoglobulina G (IgG), indicadores de anticorpos que exigem um tempo de infecção mais tardio a partir da exposição ao vírus, para que o organismo consiga produzi-los.

O uso de testes laboratoriais sem a presença de sintomas representa um grande risco ao usuário e ao Sistema Único de Saúde, uma vez que resultados, se realizados sem cumprir os protocolos, podem apontar falsos positivos e falsos negativos em pacientes assintomáticos e sem história epidemiológica de contato, resultando em condutas do paciente contrárias às preconizadas para as práticas de higiene e distanciamento que evitam a contaminação de contatos próximos. DESTA FORMA, OS TESTES LABORATORIAIS SÓ DEVERÃO SER UTILIZADOS EM INDIVÍDUOS SINTOMÁTICOS, OBEDECENDO AO PERÍODO OPORTUNO DE CADA TÉCNICA E HISTÓRIA EPIDEMIOLÓGICA QUE CORROBORAM PARA A DEFINIÇÃO DE CASOS SUSPEITOS, POIS NÃO HÁ NENHUMA EVIDÊNCIA CIENTÍFICA QUE SUSTENTE A TESTAGEM DE PESSOAS SEM SINTOMAS CLÍNICOS. 

 

Confira logo abaixo:

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Procon Municipal de Cuiabá reforça o uso de seu aplicativo para reclamações e denúncias de consumidores

Publicado


.

Com a suspensão dos atendimentos presenciais nos postos de atendimento em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, o Procon Municipal de Cuiabá vinculado à Secretaria Municipal de Ordem Pública, reforça aos consumidores a importância de usarem outros canais de atendimento para tratativas de denúncias e reclamações ao órgão, como seu aplicativo “Procon Cuiabá” e mensagens via Whats app.

A facilidade de utilizar um serviço público via tecnologia móvel deixa a população mais perto da gestão. “A ferramenta, que tem facilitado o acesso do consumidor ao órgão fiscalizador, tem permitido que as reclamações sejam feitas em tempo mais hábil, contribuindo para a ação imediata da instituição a fim de coibir práticas ilegais”, explicou o secretário-adjunto de Proteção e Defesa do Consumidor, Genilto Nogueira.

Na capital, os consumidores que precisam prestar reclamações sobre as empresas, relacionadas a produtos e serviços, podem acessar a plataforma de relacionamento com o cliente disponível para aparelhos celulares com sistemas operacionais Android ou IOS. Nela, com acesso totalmente gratuito, o consumidor poderá registrar sua reclamação de qualquer lugar.

Genilto explica que em regra, se a denúncia precisa de alguma constatação da equipe de fiscalização, como uma denúncia de produto vencido, falsificado, álcool adulterado etc., os fiscais fazer a ordem de serviço e vão até o estabelecimento de onde originou-se a denúncia para averiguação.  Se constatada, lavram-se o auto de constatação e infração. Depois dos autos lavrados abre-se processo no órgão para garantir o contraditório e depois vem a decisão, que se verificada infração ao consumidor, aplica as penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC)

Já quando a reclamação normal é realizada via whats app ou telefone, como estão sendo registradas neste período de pandemia, o atendente faz primeiro o atendimento preliminar entrando em contato com a empresa para tentar solucionar o problema do consumidor.

“Uma das principais vantagens do aplicativo é a agilidade, pois o consumidor poderá fazer a denúncia a qualquer momento e lugar, inclusive enviando fotos, vídeos e arquivos que comprovam sua denúncia”, concluiu.

Denuncie

As reclamações podem ser feitas pela internet por meio do aplicativo do Procon disponível em android ou IOS e também pelo Whats (65) 3641-6400.

Abaixo seguem os links para baixar o aplicativo;

 

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.goncalvescordeiro.proconcuiaba&hl=pt_BR

https://itunes.apple.com/pt/app/id1291882669?mt=8

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana