conecte-se conosco


Mato Grosso

Mais de 200 mil pessoas são beneficiadas por obras realizadas pela Sinfra na região de Tangará

Publicado

As mais de 200 mil pessoas que moram no entorno de Tangará da Serra, Barra do Bugres e Denise, no Sudoeste de Mato Grosso, serão beneficiadas com a conclusão de obras de pavimentação, restauração e manutenção existentes em seis rodovias estaduais que circundam a região. Os trabalhos foram retomados no fim do primeiro semestre pela Secretaria de Estado e Infraestrutura (Sinfra) e estão em andamento, com previsão de entrega entre o final de 2019 e a segunda metade de 2020.

Para verificar a execução dos serviços mais de perto, o governador do Estado, Mauro Mendes, o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, junto com equipe técnica da Sinfra, acompanhados de prefeitos da região e dos deputados estaduais Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa, e Dr. João, representante da região, fizeram uma vistoria nesta quinta-feira (17.10) nas obras ao longo das rodovias MT-246, MT-240, MT-343 e MT-480.

Segundo o governador Mauro Mendes, algumas dessas obras foram paralisadas, causando grande transtorno à população da região. “Neste momento, o Governo do Estado consegue retomá-las, com dinheiro garantido para que possam ser finalizadas, dentro de um cronograma de execução. Além dessas que estamos visitando hoje, mais de 100 outras obras foram iniciadas ou retomadas. Continuaremos trabalhando para consertar Mato Grosso e entregar um estado muito melhor”, afirmou.

A visita começou pelo trecho localizado entre os municípios de Jangada e Barra do Bugres, na MT-246, onde a Sinfra possui dois contratos de restauração e revitalização da estrada. O primeiro engloba o trajeto do trevo de Jangada até o rio Currupira, numa extensão de 35 km. Desse total, 5 km já estão com o pavimento recuperado e outros 12 km começaram a receber camada de asfalto tipo CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente). O governador informou que este trecho será finalizado entre 10 e 15 de dezembro deste ano.

No segundo lote, de 45 km de extensão, entre o rio Currupira e Barra do Bugres, os trabalhos chegam a 50% do previsto. Segundo informações da equipe de fiscalização da Secretaria Adjunta de Obras Rodoviárias (SAOR), da Sinfra, 28 km estão finalizados e o restante continua em andamento, cumprindo cronograma.

“A gente agora está vendo um Mato Grosso diferente”, disse o prefeito de Barra do Bugres, Raimundo Nonato de Abreu Sobrinho, acrescentando: “Este é um anseio antigo de nossa população, que antes tinha vergonha de dizer ser morador de Barra do Bugres. Além disso, a aplicação de recursos do Fethab deixa o produtor satisfeito”.  

Avançando um pouco mais no roteiro, em direção ao município de Denise, a comitiva do governador avaliou as obras de restauração da MT-343, entre o distrito de Assari, passando por Denise, até Arenápolis. Os serviços estavam totalmente parados há praticamente um ano e, para garantir a conclusão da revitalização, o secretário Marcelo de Oliveira autorizou a rescisão unilateral do contrato com a construtora TCO – Terraplanagem Centro-Oeste, antiga responsável pela obra, e a convocação da segunda colocada na licitação, que aceitou assumir o contrato. A ordem de serviço para o início das atividades foi emitida no primeiro dia de outubro.

“Foi um socorro, uma ação emergencial, porque a população estava sofrendo com poeira e atoleiro. Daqui pra frente, faremos a readequação do contrato para que o serviço de qualidade continue. A tendência é, dentro de seis ou oito meses é fazer a recuperação deste pavimento de Denise até o entroncamento de Barra do Bugres e Assari”, explicou o secretário Marcelo de Oliveira.

“O governador valorizou não apenas nossa região, mas toda a sua população, que estava sofrendo. Sofremos muito, mas agora este sonho está sendo concretizado por todos nós que aqui estamos, principalmente o governador Mauro Mendes, que deu todo apoio ao nosso município”, disse a prefeita de Denise, Eliane Lins.

“Com certeza, era um sonho esperado”, completou o deputado estadual Valmir Moretto, presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa. Segundo ele, é muito importante para o Estado investir bem seus recursos disponíveis. “Como está sendo feita nesta nova gestão, a gente vê que vale a pena contribuir, porque o imposto pago pela população está retornando”.    

No total, serão totalmente recuperados 60 quilômetros da rodovia. A restauração é aguardada há mais de cinco anos pela população de Denise e vai beneficiar de forma direta mais de 10 mil pessoas.

Seguindo o percurso, a equipe passará ainda pela região de Arenápolis, Diamantino e Nortelândia. Nesse trecho, a Sinfra está tocando uma obra de 64 quilômetros, sendo que 30 deles já estão recebendo segunda camada de asfalto e outros 34 estão sendo preparados para receber a lama asfáltica.

Fechando a programação, a comitiva passou ainda pela MT-480, nas proximidades de Deciolândia. O convênio, que prevê a revitalização e restauração de trecho de 20 quilômetro da rodovia, está em fase de retomada.  

No total, foram investidos R$ 80 milhões, com recursos de financiamentos federais e do Fethab.  

Outras obras

Ainda na região de Tangará da Serra, estão em andamento as obras de reconstrução da MT-358, no trecho até Itanorte, sentido Campo Novo do Parecis, num total 66,9 quilômetros. Os trabalhos visam devolver as condições de trafegabilidade da via, garantindo a segurança de quem transita pela estrada.

Além dos serviços de reconstrução, a Sinfra realiza também a manutenção (tapa buraco e roçada) de várias rodovias no entorno do município, incluindo percurso entre Barra do Bugres e Tangará da Serra, nos entroncamentos das rodovias MT-358 e MT-343. Os trabalhos de restaura também englobam a MT-339 e 246.

Também fizeram parte da comitiva os prefeitos de Arenápolis, José Mauro; de Diamantino, Eduardo Capistrano de Oliveira; de Jangada, Ederzio de Jesus Mendes; Nova Marilândia, Juvenal Alexandre da Silva; Nova Olímpia, José Elpídio de Moraes Cavalcanti; Nortelândia, Jossimar José Fernandes; e Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira.   

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Drone com celulares é abatido na Penitenciária Feminina de Cuiabá

Publicado


.

Um drone que transportava celulares foi abatido por policiais penais da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, nesta quinta-feira (28.05). Por volta das 12h30, o agente em ronda pela passarela da torre avistou o equipamento sobrevoando a unidade e avisou a equipe de plantão.

Foi feita, então, uma vistoria no pátio atrás dos raios, onde os policiais penais encontraram uma linha de pesca com dois aparelhos celulares, um carregador, uma serra e um fone de ouvido. Ao puxar a linha, conseguiram derrubar o drone, que acabou caindo na rua que fica atrás da penitenciária.

Uma equipe já havia se deslocado à área externa com uma viatura e localizou o drone. Eles ainda realizaram buscas no local e no entorno, mas nenhum suspeito foi encontrado. O material apreendido foi encaminhado ao setor de Inteligência do Sistema Penitenciário para as providências que o caso requer.

Atualmente, a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May possui 192 reeducandas.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

MT recebe 24 mil cestas básicas do Governo Federal para reforçar atendimento

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso participou, nesta quinta-feira (28), em Rondonópolis, do evento de entrega de cestas básicas para populações indígenas. A secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, representou o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes na solenidade organizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Fundação Nacional do Índio e Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).

A ação vai disponibilizar 24 mil cestas, totalizando 528 toneladas, para 12 mil famílias indígenas de 43 etnias, entre elas, xavante, kayapó, bororo, guarani-kaiowá, cinta-larga, terena e manoki. A distribuição e articulação com lideranças indígenas envolverá seis Coordenações da Funai na região.

O vice-presidente da Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso, Tarcilo Zomoizokae, da etnia paresi, destacou que os alimentos chegaram em boa hora. “Temos várias aldeias passando por necessidades e estamos atuando também em busca de levar alimentos para eles, tendo em vista que neste momento de pandemia não queremos expor ainda mais as famílias indígenas ao risco do vírus do coronavírus”, destacou Zomoizokae.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, ressaltou que a ajuda é muito bem-vinda e essencial para reforçar o atendimento que o Governo de Mato Grosso já vem realizando aos indígenas e demais famílias em situação de vulnerabilidade social por meio da campanha Vem Ser Mais Solidário.

“Temos a sexta maior população indígena do Brasil e essas cestas com certeza irão possibilitar uma ampliação dos atendimentos que estamos prestando a estes povos durante esta crise do coronavírus”, frisou.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, enfatizou que o Governo Federal está totalmente comprometido com a segurança alimentar dos indígenas. “Seguiremos cuidando sempre desses povos. Ninguém ficará para trás”, destacou.

A solenidade, em Rondonópolis (MT), teve a presença do presidente da (Funai), Marcelo Xavier, que fizeram a entrega simbólica dos primeiros itens no Estado. Representantes dos povos Paresi e Umutina receberam os itens de forma simbólica em nome de todas as etnias do Estado.

Também estiveram presentes no evento o diretor-presidente da Conab, Guilherme Bastos, o secretário especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva, a secretária de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, Sandra Terena, a secretária-executiva do Conselho do Programa Pátria Voluntária, Adriana Ramos, representando a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, e o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, da primeira-dama Neuma Morais, além de senadores, deputados e autoridades da região.

Doações de máscaras e sabonetes

Além das cestas, houve também a doação de 210 mil máscaras de tecido. As doações foram realizadas por um grupo de empresários da região de Rondonópolis. A ação chamou a atenção da equipe do Pátria Voluntária, programa social do governo federal, coordenador pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que decidiu apoiar a ação. A escolha dos bairros do município contou com a ajuda da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Representando as mais de 1.600 famílias moradoras do bairro Alfredo de Castro, Wellington Francisco Soares, destacou a ajuda que o Governo de Mato Grosso e a Setasc tem realizado às famílias mais carentes. “Primeiro recebemos cestas, agora, as máscaras e os sabonetes. Muitas famílias do nosso bairro não têm condições financeiras de comprar estes itens. Só temos a agradecer”, disse.

O advogado Euclides Ribeiro participou da cerimônia como representante do grupo de empresários que voluntariamente uniram forças para colaborar com a população. Os sabonetes foram doados pela Unilever.

A ação conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que auxiliará na logística da entrega das máscaras.

Defesa da mulher

A pedido da primeira-dama Virginia Mendes, a ministra Damares Alves recebeu, por meio da secretária Rosamaria Carvalho, o ofício convidando para a inauguração do 1º Plantão 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e ou sexual. A obra já está pronta, só aguardando o momento adequado para inauguração. O combate à violência e a defesa e manutenção dos direitos das mulheres estão diretamente relacionados ao Ministério da Mulher, Pasta comandada por Damares.

A primeira-dama Virginia Mendes não pode comparecer ao evento, devido ser transplantada renal e do grupo de risco, mas encaminhou o ofício e presentes para a ministra e também à primeira-dama Michelle Bolsonaro. A ministra foi presenteada com um xale e uma rede, feitos artesanalmente pelas redeiras de Limpo Grande, comunidade tradicional de Várzea Grande na fabricação do artefato.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

MT recebe 24 mil cestas do Governo Federal para reforçar atendimento

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso participou, nesta quinta-feira (28), em Rondonópolis, do evento de entrega de cestas básicas para populações indígenas. A secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, representou o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes na solenidade organizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Fundação Nacional do Índio e Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).

A ação vai disponibilizar 24 mil cestas, totalizando 528 toneladas, para 12 mil famílias indígenas de 43 etnias, entre elas, xavante, kayapó, bororo, guarani-kaiowá, cinta-larga, terena e manoki. A distribuição e articulação com lideranças indígenas envolverá seis Coordenações da Funai na região.

O vice-presidente da Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso, Tarcilo Zomoizokae, da etnia paresi, destacou que os alimentos chegaram em boa hora. “Temos várias aldeias passando por necessidades e estamos atuando também em busca de levar alimentos para eles, tendo em vista que neste momento de pandemia não queremos expor ainda mais as famílias indígenas ao risco do vírus do coronavírus”, destacou Zomoizokae.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, ressaltou que a ajuda é muito bem-vinda e essencial para reforçar o atendimento que o Governo de Mato Grosso já vem realizando aos indígenas e demais famílias em situação de vulnerabilidade social por meio da campanha Vem Ser Mais Solidário.

“Temos a sexta maior população indígena do Brasil e essas cestas com certeza irão possibilitar uma ampliação dos atendimentos que estamos prestando a estes povos durante esta crise do coronavírus”, frisou.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, enfatizou que o Governo Federal está totalmente comprometido com a segurança alimentar dos indígenas. “Seguiremos cuidando sempre desses povos. Ninguém ficará para trás”, destacou.

A solenidade, em Rondonópolis (MT), teve a presença do presidente da (Funai), Marcelo Xavier, que fizeram a entrega simbólica dos primeiros itens no Estado. Representantes dos povos Paresi e Umutina receberam os itens de forma simbólica em nome de todas as etnias do Estado.

Também estiveram presentes no evento o diretor-presidente da Conab, Guilherme Bastos, o secretário especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva, a secretária de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, Sandra Terena, a secretária-executiva do Conselho do Programa Pátria Voluntária, Adriana Ramos, representando a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, e o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, da primeira-dama Neuma Morais, além de senadores, deputados e autoridades da região.

Doações de máscaras e sabonetes

Além das cestas, houve também a doação de 210 mil máscaras de tecido. As doações foram realizadas por um grupo de empresários da região de Rondonópolis. A ação chamou a atenção da equipe do Pátria Voluntária, programa social do governo federal, coordenador pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que decidiu apoiar a ação. A escolha dos bairros do município contou com a ajuda da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Representando as mais de 1.600 famílias moradoras do bairro Alfredo de Castro, Wellington Francisco Soares, destacou a ajuda que o Governo de Mato Grosso e a Setasc tem realizado às famílias mais carentes. “Primeiro recebemos cestas, agora, as máscaras e os sabonetes. Muitas famílias do nosso bairro não têm condições financeiras de comprar estes itens. Só temos a agradecer”, disse.

O advogado Euclides Ribeiro participou da cerimônia como representante do grupo de empresários que voluntariamente uniram forças para colaborar com a população. Os sabonetes foram doados pela Unilever.

A ação conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que auxiliará na logística da entrega das máscaras.

Defesa da mulher

A pedido da primeira-dama Virginia Mendes, a ministra Damares Alves recebeu, por meio da secretária Rosamaria Carvalho, o ofício convidando para a inauguração do 1º Plantão 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e ou sexual. A obra já está pronta, só aguardando o momento adequado para inauguração. O combate à violência e a defesa e manutenção dos direitos das mulheres estão diretamente relacionados ao Ministério da Mulher, Pasta comandada por Damares.

A primeira-dama Virginia Mendes não pode comparecer ao evento, devido ser transplantada renal e do grupo de risco, mas encaminhou o ofício e presentes para a ministra e também à primeira-dama Michelle Bolsonaro. A ministra foi presenteada com um xale e uma rede, feitos artesanalmente pelas redeiras de Limpo Grande, comunidade tradicional de Várzea Grande na fabricação do artefato.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana