conecte-se conosco


Policial

Mato Grosso registra 12 feminicídios no primeiro trimestre

Publicado

Nara Assis / Sesp-MT

Dos 207 homicídios registrados em Mato Grosso no primeiro trimestre deste ano, 24 envolvem vítimas femininas, e 12 foram identificados como feminicídios. O levantamento foi feito pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), com base nos dados lançados no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP) e informações fornecidas pelas Diretorias Metropolitana e de Interior da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).

Os números foram apresentados à Câmara Temática de Defesa da Mulher da Sesp, em reunião realizada nesta terça-feira (14.05). Os casos tipificados como feminicídios correspondem a 50% das mortes de mulheres no estado, registradas entre janeiro e março de 2019. Vale ressaltar que este é um levantamento prévio, que ainda pode sofrer alteração, em função do andamento das investigações. Isso porque em alguns casos o feminicídio é uma circunstância que surge no decorrer do inquérito.

A Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Cuiabá não registrou feminicídio. Os casos estão distribuídos pelas Risp’s de Várzea Grande (3), Sinop (1), Rondonópolis (2), Tangará da Serra (1), Primavera do Leste (2), Pontes e Lacerda (1), Água Boa (1) e Nova Mutum (1).

A CEAC da Sesp-MT também fez o levantamento das principais ocorrências envolvendo vítimas femininas de 18 a 59 anos no período de janeiro a abril de 2019. Em Mato Grosso, o crime de ameaça continua sendo o de maior incidência, com 6.781 casos, mas apresentou redução de 2% em relação ao mesmo período de 2018, quando houve 6.936 ocorrências. Lesão corporal aumentou de 3.255 para 3.263, e o estupro apresentou redução de 146 para 122 casos.

Ciclo de violência

Nesta faixa etária e neste período, foram registrados 22 homicídios em Mato Grosso, mesmo número constatado em 2018. Já o assédio sexual teve aumento de 40% nos registros, já que no primeiro quadrimestre de 2019 foram 70 casos, contra 50 no ano passado.

Segundo a coordenadora da Câmara Temática de Defesa da Mulher da Sesp-MT, Jozirlethe Criveletto, a compreensão a respeito do início do ciclo de violência é essencial para evitar mortes. “Temos visto, principalmente no interior do nosso estado, mulheres que são vítimas de feminicídios, a maioria praticados dentro de casa. Este é o último grau do ciclo de violência, e é preciso combater desde o início, quando começam as ameaças, as injúrias, o relacionamento abusivo e, nesse sentido, é necessária a reeducação de toda a sociedade”, frisou.  

Canais de ajuda

As mulheres que precisam de auxílio podem recorrer ao Disque 180, e às Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher ou qualquer delegacia do município que reside. Em Cuiabá, a DEDM está localizada na Rua Joaquim Murtinho, nº 789, Centro Sul. Há ainda o Núcleo de Defesa da Mulher (Nudem) da Defensoria Pública de Mato Grosso, que atende pelo telefone (65) 3613-8204, e no Edifício Top Tower Center, na Capital, e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso: (65) 3613-9934.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende homem que tentava aplicar golpe com cheque fraudado em Sorriso

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante um homem, na manhã desta quinta-feira (04.06), que tentava aplicar um golpe em uma casa comercial na cidade. O suspeito, de 26 anos, foi autuado em flagrante por estelionato.

O preso também é investigado pela Polícia Civil de Sorriso por envolvimento em um crime de homicídio.

As diligências iniciaram logo que os policiais civis receberam informações que um homem estaria em um estabelecimento comercial no bairro Jardim Europa, tentando aplicar um golpe usando o um modo de ação já conhecido pela polícia. 

Para praticar o crime, o suspeito se mostrava interessado em efetuar uma compra de um valor expressivo pagando com um cheque falso. Na sequência a vítima volta troco com um cheque bom de sua empresa e o criminoso rapidamente repassa o cheque angariando lucro em dinheiro concretizando assim o golpe.

Com o suspeito foi apreendido um cheque no valor de R$ 5,3 mil, o qual ele disse ter adquirido pelo valor de R$ 300 de um terceiro. Diante dos fatos, o suspeito que é investigado em outro inquérito policial foi conduzido para Delegacia de Sorriso, onde foi interrogado e autuado em flagrante por estelionato.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de violência doméstica que continuava ameaçar vítima

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por crimes de violência doméstica e familiar foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, nesta quinta-feira (04.06). A ação foi realizada para cumprimento de mandado de prisão preventiva, decretada pela Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. 

As investigações iniciaram no dia 18 de maio, após a vítima procurar a Polícia Civil e relatar as graves ameaças de morte que vinha sofrendo por parte do ex-companheiro. Segundo a comunicante, o suspeito não respeitava as restrições das medidas protetiva impostas pela Justiça e sempre perturbava sua tranquilidade.

O agressor foi preso em flagrante no dia 24 de abril, porém depois de ser solto passou novamente a transgredir contra a vítima, encaminhando constantes mensagens com teores de ameaça, contra a ex-companheira, dizendo que a vítima estava no corredor da morte e ainda sofreria um “salve” que seria aplicado por uma organização criminosa.

Como prova foram apresentados áudios e mensagens que comprovaram as informações. Para garantir efetividade às medidas protetivas, e com intuito de evitar um possível feminicídio, a a delegada Mariell Antonini representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

Diante da ordem judicial, os policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande conseguiram localizar e prender o suspeito nesta quinta-feira (04), o qual foi encaminhado para uma unidade prisional à disposição do Poder Judiciário.  

De acordo com a delegada que coordenou as investigações, Mariell Antonini Dias Viana, mesmo em período de pandemia a Polícia Judiciária Civil continua trabalhando firmemente com intuito de prevenir e apurar delitos.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende no Pará pai e filho envolvidos em homicídio em Santa Terezinha

Publicado


.

Assessoria /Polícia Civil-MT

Pai e filho envolvidos em um crime de homicídio ocorrido em Santa Terezinha (1.312 km a nordeste de Cuiabá) foram presos em um trabalho conjunto de investigação realizado pela Polícia Civil de Mato Grosso e do Pará. Segundo as investigações, o pai atuou como mandante e o filho como executor do crime, sendo os suspeitos autuados pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

As diligências iniciaram na manhã de terça-feira (02.06) após a Delegacia de Santa Terezinha ser acionada para atender uma ocorrência homicídio, na Gleba Carlos Pellissioli, próximo à divisa de Mato Grosso com o Pará. 

Segundo as informações, na noite anterior, segunda-feira (01.06), um homem jovem, magro e alto chegou à residência da vítima em uma motocicleta broz e disse ter ido entregar uma parte do dinheiro que seu pai devia e que depois traria o restante. Quando a vítima se aproximou, foi surpreendida com dois tiros, um na região do tórax e outro na boca.

Após presenciar o ocorrido, a companheira da vítima fugiu pela porta dos fundos e se escondeu na vegetação próxima, enquanto era procurada pelo rapaz. Após andar por horas dentro da mata densa e fechada da região, a mulher chegou a uma casa onde pediu socorro.

A testemunha relatou que seu marido tinha um dinheiro a receber e cobrou a dívida de uma pessoa que mora em Santana do Araguaia, no Estado do Pará. Com base nas informações colhidas os policiais civis deslocaram-se até a cidade de Santana do Araguaia (PA) com intuito de identificar os autores do homicídio.

Em diligências em Santana do Araguaia a equipe foi até a Delegacia de Polícia da cidade, onde foram recebidos pelo delegado Diego Máximo, que junto de sua equipe contribuiu com as investigações para esclarecer o crime.

Durante o trabalho integrado, foi possível identificar o primeiro envolvido apontado como o mandante do homicídio. Na sequência conseguiram identificar o executor, como o filho do primeiro suspeito. Pai e filho foram localizados, presos e conduzidos para Delegacia de Vila Rica, responsável pelo município de Santa Terezinha, onde foram interrogados pelo delegado Luiz Felipe Nascimento de Leoni.

Segundo levantado, o pai já foi condenado por outro homicídio sob as mesmas circunstâncias. Nesta outra situação, a vítima, ex-mulher do suspeito, com quem tinha quatro filhos foi morta a facadas em razão de ter lhe cobrado uma dívida.

Diante das evidências, pai e filho foram autuados em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, pelo motivo fútil pela utilização de meio que tornou impossível a defesa da vítima. Após a confecção dos autos a Polícia Civil representou pela prisão em flagrante em prisão preventiva dos acusados, deferido pela Justiça.

O delegado de polícia de Vila Rica e Santa Terezinha, Luiz Felipe Nascimento de Leoni, destacou o empenho e dedicação dos profissionais em solucionar o crime. 

“A ação que resultou nas prisões é resultado de um brilhante trabalho realizado pelos policiais civis da Delegacia de Santa Terezinha, mesmo estando em apenas dois investigadores não mediram esforços para capturar os autores deste crime hediondo”, parabenizou o delegado.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana