conecte-se conosco


Mato Grosso

Médio Araguaia pode ser atingido por tempestade com raios nas próximas 72hs

Publicado

O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) emitiu nesta quara-feira, 26/02, um alerta para 82 municípios de Mato Grosso onde nas próximas 72 horas podem ocorrer tempestades com raios.

O risco é moderado para a ocorrência de chuva forte com raios. Em algumas localidades haverá acumulados significativos de chuva em intervalo de poucas horas.

Na região Araguaia, as cidades em alerta para tempestades são Água Boa, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Querência, Ribeirão Cascalheira e adjacências.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Ministério da Saúde abre 56 vagas para 32 municípios em Mato Grosso

Publicado


.

O Ministério da Saúde contemplou 32 municípios mato-grossenses com 56 vagas para contratação de médicos pelo Programa Mais Médicos. Os profissionais que se cadastraram deverão se apresentar, durante o período de 06 a 13 de abril, aos municípios habilitados.

As vagas estão destinadas para médicos com diploma revalidado no Brasil ou formadas em instituições nacionais de educação superior.

Mais informações sobre a adesão às vagas, podem ser obtidas nos Editais em anexo. As vagas foram distribuídas conforme a tabela a seguir.

Municípios que fizeram a adesão 

N° de VAGAS

Alta Floresta

2

Araputanga

1

Barão De Melgaço

2

Barra Do Garças

3

Bom Jesus Do Araguaia

1

Cáceres

2

Canarana

1

Cotriguaçu

2

Cuiabá

4

Diamantino

1

Distrito Sanitário Especial Indígena Araguaia

1

Distrito Sanitário Especial Indígena Cuiabá

1

Distrito Sanitário Especial Indígena Kaiapó Do Mato Grosso

1

Distrito Sanitário Especial Indígena Xingu

2

Feliz Natal

1

Gloria D’oeste

1

Indiavaí

1

Mirassol D’oeste

2

Nortelândia

1

Nova Canaã Do Norte

1

Nova Mutum

2

Nova Olímpia

1

Nova Santa Helena

1

Poxoréo

1

Rondonópolis

2

São José Do Rio Claro

1

Sinop

2

Sorriso

1

Tangará Da Serra

11

Terra Nova Do Norte

1

Vila Bela Da Santissima Trindade

1

Vila Rica

1

Total MT

56

 

Cubanos são reintegrados

Os médicos cubanos oriundos da cooperação internacional serão reincorporados ao Programa Mais Médico. Para esses profissionais estrangeiros, estão previstas (05) cinco vagas em Mato Grosso. Os cubanos deverão se apresentar no período de 07 a 11 de maio para o preenchimento das cinco vagas nos seguintes municípios de Mato Grosso: Araputanga (1), Barra do Garças (1), Colíder (1), Juara (1) e Tangará da Serra (1).  

A seleção contará com quantas chamadas forem necessárias, elas serão realizadas na medida em que forem remanescendo vagas não ocupadas no projeto – seja em decorrência do encerramento das atividades e dos desligamentos por quaisquer motivos de médicos aderidos em ciclos anteriores, bem como das vagas que remanescerem não ocupadas nas chamadas da seleção do Edital SAPS/MS nº 5/2020.

Desta forma, as chamadas serão mantidas até que sejam alocados todos os médicos com manifestação de interesse validada, que tenham indicado municípios nas chamadas anunciadas e que não tenham obtido êxito na alocação.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Portal Transparência divulga contratos emergenciais para o combate ao coronavírus

Publicado


.

O Portal Transparência, mantido pela Controladoria-Geral da do Estado (CGE-MT) em conjunto com a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), divulga as informações das despesas do Governo de Mato Grosso relacionadas ao enfrentamento do coronavírus.

Ao acessar o Portal Transparência (http://www.transparencia.mt.gov.br/), logo na capa, há um banner sobre as aquisições emergenciais de combate à pandemia. É só clicar no banner e consultar as despesas executadas com base na Lei Federal nº 13.979, de 2020.

Na página do Portal Transparência, estão disponibilizadas informações como: órgão contratante, nome do contratado (razão social), número de sua inscrição na Receita Federal do Brasil, objeto, valor e prazo contratual.  Também é possível fazer o download de documentos, como a nota de empenho, o parecer jurídico da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a íntegra dos contratos.

Os dados são atualizados diariamente no Portal Transparência, tendo como fonte de informação o Sistema Integrado de Aquisições Governamentais (Siag), sob a coordenação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

Quer dizer que o conteúdo somente estará disponível para consulta se cada órgão e entidade estadual inserir as devidas informações no Siag. Isso porque, com base nos dados alimentados no Sistema de Aquisições, a CGE-MT, então, faz o redirecionamento do conteúdo para o Portal Transparência do Estado.

Por conta disso, na última segunda-feira (30.03), a CGE-MT encaminhou aos órgãos e às entidades do Governo de Mato Grosso orientação técnica na qual requer a alimentação do Siag com as informações acerca das aquisições emergenciais voltadas ao enfrentamento do coronavírus.

“Temos total ciência das dificuldades e dos desafios para o poder público neste momento de excepcionalidade, o qual demanda políticas públicas rápidas e emergenciais. Mas, ainda assim, não podemos abrir mão de garantir ao cidadão a transparência das aquisições voltadas ao enfrentamento do coronavírus para o fortalecimento do controle social”, destaca o secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Unemat tem meta de produzir 800 protetores faciais para trabalhadores da saúde

Publicado


.

Diferentes equipes da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) estão empenhadas na produção de equipamentos individuais de proteção para trabalhadores da saúde, que atuam na linha de frente do combate ao Coronavírus. Nos câmpus de Sinop e Barra do Bugres estão em atividade duas dessas iniciativas.

Em Sinop (a 480 km de Cuiabá), uma equipe de pesquisadores vem trabalhando para produzir, em impressora 3D, os protetores faciais, também chamados “face shield”. A meta inicial era de 200 equipamentos para serem entregues para o setor de saúde da cidade e região. Com o início da divulgação e a arrecadação de doações para a aquisição de materiais, a iniciativa foi somando parceiros. 

Por meio da Fundação de Apoio ao Ensino Superior Estadual (Faespe), foi viabilizada a aquisição de material acetato suficiente para a confecção de 800 viseiras que compõem as máscaras. “A nossa ideia, enquanto fundação, foi apoiar essas primeiras unidades como teste e, enquanto isso, buscar mais recursos e parceiros para produzir um número maior”, afirmou o Diretor Geral da Faespe, Valter Danzer.

“Unimos forças e hoje temos um grupo, composto por professores da Unemat, em conjunto IFMT, UFMT, membros da sociedade civil e empresas, que busca soluções rápidas para atender às demandas das unidades de saúde”, explicou o coordenador do projeto da Unemat em Sinop, professor Tales Nereu Bogoni, doutor Ciência da Computação. Nessa frente, também fazem parte os professores Benevid Félix da Silva (Sinop) e Marcelo Leandro Holzschuh (Colíder).

O maior limitador, segundo o professor Tales, é o tempo de produção na impressora 3D. Cada modelo demora em torno de uma hora para ficar pronto. Com isso, cada máquina consegue fazer entre 12 e 15 unidades por dia.

Para superar esse limite, o grupo está elaborando um molde para injeção de polímeros de plástico, que seria produzido em grande escala por uma empresa da região. “Isso agilizará o processo de fabricação das estruturas das face shields. Com a injeção de plástico, poderão ser feitas centenas de unidades em apenas um dia”, afirmou Tales.

Entenda como é feita uma máscara de proteção individual em impressora 3D

A máscara é composta de duas partes: uma estrutura de suporte feita na impressora 3D e uma viseira em folha de acetato ou um tipo de resina denominada Poliestireno Cristal (PSCR), que foi a opção da Faespe/Unemat, por ser mais transparente do que o acetato. O processo se inicia com a modelagem dos suportes no computador. É feito um projeto, utilizando o sistema Blender, um software para a criação em 3D.

O processo de impressão utiliza um filamento plástico específico, em PLA ou ABS. Enquanto isso, a viseira em PS Cristal é cortada em impressora a laser. Depois da impressão, é feito o encaixe das peças. 

Após a confecção do protótipo inicial, ele foi encaminhado para os profissionais de saúde de Sinop, que avaliaram, deram sugestões e validaram os equipamentos. “É uma máscara reutilizável e de fácil higienização. Ela tem uma proteção de 22 centímetros, protegendo toda a face dos profissionais de eventuais contatos com fluidos”.

Em Barra do Bugres, também há uma frente de produção de máscaras protetoras. Conheça essa iniciativa. Os protetores faciais produzidos pela Unemat vão ser entregues gratuitamente a hospitais e unidades de saúde em Sinop, Colíder, Barra do Bugres e Cáceres. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana