conecte-se conosco


Policial

Mulher que mandou matar marido e amante em MT é condenada a 44 anos de prisão

Publicado

Além de Cléia, foram condenados Adriano dos Santos, a 13 anos de prisão, e José Graciliano dos Santos, a 16 anos de prisão, pela participação na morte do amante dela.

Cleia Rosa dos Santos Bueno, acusada de mandar matar o marido dela, Jandirlei Alves Bueno, de 39 anos, e o amante Adriano Gino, de 29 anos, em 2016 e 2017, respectivamente, foi condenada pelo Tribunal do Júri a 44 anos de prisão, no Fórum de Sinop, a 503 km de Cuiabá.
O júri havia sido marcado para fevereiro deste ano, mas foi adiado por causa da pandemia. A decisão foi publicada no Diário da Justiça da última sexta-feira (30).
Além de Cléia, foram condenados Adriano dos Santos, a 13 anos de prisão, e José Graciliano dos Santos, a 16 anos de prisão, pela participação na morte do amante dela.
Ela foi presa em março de 2018 e confessou os crimes. Os dois acusados da execução do amante também confessaram ter matado a vítima depois de terem sido contratados pela mulher.
Eles também indicaram à polícia o local onde tinham enterrado o corpo de Adriano, que foi assassinado com golpes de enxada, em dezembro de 2017.
O veículo oferecido em troca do assassinato foi apreendido pela polícia, na casa de Cléia.
Conforme a ação, os homicídios teriam sidos praticados mediante meio cruel e recurso que dificultou a defesa das vítimas, já que Jandirlei foi atacado quando estava dentro de casa, por golpes desferidos em seu abdômen, o que o fez agonizar no local por horas. Adriano Gino sofreu diversos golpes de enxada em sua cabeça, estando adormecido em razão de ter sido dopado pelos criminosos, de modo que não foi possível oferecer resistência.
“Assim, todos estes fatos revelam maior ousadia criminosa dos acusados, evidenciando acentuada periculosidade”, diz trecho da ação.
O marido de Cléia, Jandirlei Alves Bueno, de 39 anos, foi assassinado em outubro de 2016. De acordo com a polícia, o crime foi cometido por Adriano a pedido da mulher, de quem era amante. Os dois simularam um latrocínio – roubo seguido de morte – para tentar despistar a polícia.
Jandirlei levou duas facadas no abdômen, foi hospitalizado e morreu dois meses depois.
Conforme a polícia, Cléia queria se separar do marido para ficar com o amante.
Como parte do plano, ela simulou que estava em estado de choque e não soube passar detalhes do que tinha acontecido no dia do suposto assalto à residência do casal. Não informou, por exemplo, as características dos suspeitos.
“Os dois crimes foram motivados por brigas fúteis entre amante e marido. Em relação à morte do marido, ela se mostrou um pouco arrependia. Já o outro crime disse que faria novamente”, disse o delegado Ugo Ângelo Reck de Mendonça, que investigou as mortes na época.
À polícia, a mulher disse que o amante mudou o comportamento depois que passou a morar com ela e começou a ameaçá-la caso se separasse dele.

G1 MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Motociclista é preso pela PM após ser flagrado com drogas e dinheiro em Porto Alegre do Norte

Publicado

Um jovem de 25 anos foi preso pela Polícia Militar na tarde de terça-feira (17), após ser flagrado transportando entorpecentes por uma avenida do Centro de Porto Alegre do Norte, reigião Norte Araguaia.

Segundo informações repassadas ao site Olhar Alerta, a guarnição estava em patrulhamento quando avistou, por volta de 16:30h, o motociclista, que ao perceber a presença da viatura, aumentou a velocidade na expectativa de fugir. Uma perseguição foi iniciada e o suspeito foi abordado já na saída para o Distrito de Nova Floresta, onde em busca pessoal, os policiais encontraram duas porções de substância análoga à cocaína, ambas prontas para a comercialização, além da quantia de R$ 69,00 em notas trocadas.

O suspeito foi conduzido para o Núcleo de Polícia Militar para confecção do boletim de ocorrência, onde foi enquadrado nos crimes de tráfico ilícito de drogas e direção perigosa, e em seguida, até a Delegacia de Polícia Judiciária Civil para posteriores providências e investigações.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem tenta matar ex-mulher a tiros e dispara contra própria cabeça em Ribeirão Cascalheira

Publicado

Um homem de 35 anos tentou matar a ex-mulher a tiros no início da tarde de terça-feira (17/08). Em seguida, o suspeito atirou contra a própria cabeça.

O caso aconteceu no município de Ribeirão Cascalheira Mato Grosso, por volta das 12h.

De acordo com informações, uma vizinha percebeu que estava havendo uma discussão ao lado, quando escutou o suspeito dizer que iria matar alguém. No momento em que ligava para a Polícia, ela escutou disparos de arma.

Uma equipe da Polícia Judiciária Civil chegou ao local em poucos minutos, e encontrou a vítima consciente pedindo ajuda, já o suspeito, estava caído de bruços com a arma ao lado.

À Polícia Civil, uma testemunha informou que o suspeito tentou matar a vítima e em seguida cometer suicídio, atirando contra a própria cabeça.

A vítima, de 35 anos, foi levada ao hospital em uma viatura, outros policiais encaminharam o suspeito ao Pronto Socorro, ainda com vida.

No local, foram apreendidas quatro munições intactas de calibre 32, duas cápsulas deflagradas do mesmo calibre e uma arma de fabricação artesanal.

Os dois receberam os primeiros atendimentos e, em seguida, foram encaminhados ao Hospital Regional, em Água Boa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil de Cocalinho prende homem com dois mandados de prisão decretados pela Comarca de Querência

Publicado

Um homem com dois mandados de prisão expedidos pela Justiça da Comarca de Querência (MT), foi preso pela Polícia Civil, na manhã de sexta-feira (13.08), no município de Cocalinho (MT).

O foragido de 38 anos foi preso pelos policiais civis após diligências na zona rural e urbana, para averiguar uma denúncia anônima. Ele foi localizado em uma residência no bairro Cidade Nova.

Ao ser surpreendido, o suspeito foi detido em cumprimento às duas ordens judiciais e conduzido até a Delegacia de Polícia de Cocalinho, para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana