conecte-se conosco


Esportes

NBA indica que pode retomar jogos no dia 31 de julho

Publicado


.

A principal liga de basquete masculino do mundo deve recomeçar em 31 de julho, com previsão de término até 12 de outubro. A estimativa é do Conselho de Administração da NBA, que, nesta quinta-feira (4), aprovou um formato para conclusão da temporada 2019-2020 reunindo 22 das 30 equipes que iniciaram a competição. 

O torneio está suspenso desde 11 de março devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Na ocasião, a liga registrou o primeiro caso positivo da doença: o pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz.

Seguem na briga pelo título os 16 times que figuram na zona de classificação para os playoffs (mata-mata), sendo oito por conferência (leste e oeste), e seis equipes que ainda tinham chance de classificação. Cada equipe disputará oito partidas, definidas com base nos jogos que ainda restavam na temporada pré-pandemia. As sete franquias mais bem colocadas em cada grupo – 14 ao todo, portanto – avançam de fase. As outras duas vagas serão definidas de maneiras distintas:

– o dono da oitava melhor campanha de uma conferência se classifica automaticamente se estiver mais de quatro vitórias à frente do nono colocado.

– se a diferença for de quatro vitórias ou menos, oitavo e nono colocados se enfrentam em uma melhor de três jogos: quem vencer, segue no torneio.

O formato aprovado terá playoffs seguindo o modelo tradicional, com séries em melhor de sete partidas. A ideia da NBA é utilizar o Walt Disney World Resort, próximo a Orlando, na Flórida, como sede única para jogos, treinamentos e acomodações até o fim da atual temporada. Para isso, a liga depende de acordo com a The Walt Disney Company.

Se o calendário previsto for seguido, o draft – evento da NBA em que as franquias recrutam atletas de universidades norte-americanas e de diferentes países – será em 15 de outubro (a data original era 25 de junho). O armador brasileiro Caio Pacheco, que atua na Argentina, é um dos inscritos. A próxima temporada começaria em 1º de dezembro. 

“Embora a pandemia da covid-19 apresente desafios, esperamos terminar essa temporada de maneira segura e responsável, com base em protocolos rigorosos que estão sendo finalizados com as autoridades de saúde pública e médicos especialistas”, declarou o comissário da NBA, Adam Silver, em comunicado emitido pela liga, mencionando, ainda, os recentes protestos contra o racismo, intensificadas pelo mundo após a morte do segurança negro George Floyd, por um policial branco, na cidade de Minneapolis (Estados Unidos), no dia 25 de maio. 

“Também reconhecemos que, enquanto nos preparamos para retomar o campeonato, a sociedade está sofrendo com as recentes tragédias de violência racial e injustiça, e continuaremos a trabalhar em estreita colaboração com as equipes e os jogadores para usar todos os nossos recursos e influências coletivas para resolver esses problemas de maneira muito real e de formas concretas”, concluiu Silver.

Seguem na disputa pelo título:

Conferência Leste: Milwaukee Bucks, Toronto Raptors, Boston Celtics, Miami Heat, Indiana Pacers, Philadelphia 76ers, Brooklyn Nets, Orlando Magic e Washington Wizards.

Conferência Oeste: Los Angeles Lakers, Los Angeles Clippers, Denver Nuggets, Utah Jazz, Oklahoma City Thunder, Houston Rockets, Dallas Mavericks, Memphis Grizzlies, Portland Trail Blazers, New Orleans Pelicans, Sacramento Kings, San Antonio Spurs e Phoenix Suns.

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Criado por ídolo do Flamengo, Cuiabá encara o rubro-negro pela primeira vez na Arena Pantanal; veja vídeo

Publicado

A Arena Pantanal recebe, nesta quinta-feira (1º), mais um duelo inédito do Campeonato Brasileiro de 2021. O Cuiabá irá encarar o Flamengo (RJ), em Cuiabá, pela oitava rodada da competição. Esta será a primeira vez que os dois clubes se enfrentam. Apesar disto, ambos tem um elo, o ex-jogador Gaúcho, ídolo do ‘Mengão’ e responsável pela criação do ‘Dourado’ .

Luís Carlos Toffoli, o Gaúcho, marcou seu nome nos dois times. No Flamengo, o ex-atacante virou ídolo ao ser campeão brasileiro em 1992. Após pendurar as chuteiras, saiu do Rio de Janeiro e, fã de pescaria, decidiu ir morar no Mato Grosso. Lá, em 2001, fundou o Cuiabá Esporte Clube.

Gaúcho ficou no comando do clube até 2006, quando abriu mão de sua participação para os outros dois sócios fundadores.

O Cuiabá se licenciou e só retornou às competições em 2009, após ser comprado pela família Dresch, no comando do clube até hoje. Gaúcho morreu em março de 2016, vítima de um câncer de próstata.

O último jogo do Auriverde em casa foi no dia 29 de maio, no empate em 2 a 2 com o Juventude (RS), na estreia da Série A. Desde então, a equipe disputou quatro jogos longe dos seus domínios (três empates e uma derrota).

O Dourado finalizou a preparação para o confronto na tarde desta quarta, quando o auxiliar-técnico Luiz Fernando Iubel definiu a equipe que entra em campo em uma atividade técnico-tática realizada no CT. Ele não poderá contar com o lateral-direito João Lucas, que está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Além disso, como o atleta veio por empréstimo do Flamengo, o contrato não permite que ele enfrente seu clube de origem.

“A expectativa é que tenhamos diante do Flamengo um Cuiabá que vem evoluindo nas últimas rodadas, uma equipe competitiva e equilibrada, que consiga ser perigosa quebrando linhas e nos contra-ataques”, explicou Iubel em entrevista coletiva nesta tarde.

Com quatro pontos ganhos, mas dois jogos a menos do que a maioria dos clubes, o Cuiabá está na 16ª posição, enquanto que o Flamengo é o 10º, com nove pontos somados.

Confira a entrevista coletiva completa de Iubel:
https://www.youtube.com/watch?v=3DzdfOeCQsw
Olhar Direto

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Nos pênaltis, Flamengo perde para o Racing e encerra a participação na Libertadores

Publicado


Na segunda partida das oitavas de final da Libertadores, o Flamengo empatou com o Racing por 1 a 1 nesta terça-feira (01), no Maracanã. Willian Arão marcou o gol rubro-negro aos 47 minutos do segundo tempo e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, o time argentino venceu por 5 a 3.
O jogo
A primeira etapa começou com o Flamengo buscando ficar mais com a posse de bola. A primeira grande oportunidade criada foi aos quatro minutos. Arrascaeta cobrou escanteio, Gustavo Henrique ganhou de cabeça e a bola passou muito perto da trave.
O time rubro-negro pressionava a saída de bola do Racing e conseguia roubar as bolas em seu campo de ataque. No último lance da primeira etapa, Vitinho saiu cara a cara com o goleiro, mas o chute saiu triscando a trave.
O Flamengo voltou para a segunda etapa buscando o primeiro gol. Aos 17’, Rodrigo Caio recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Na sequência, o Racing fez o primeiro com Sigali: 1 a 0.
De tanto insistir, o Fla chegou ao empate aos 47’. Diego cobrou escanteio, Arão desviou na primeira trava e coloca no fundo da rede: 1 a 1. Com o resultado, a decisão foi para os pênaltis e o Racing venceu por 5 a 3.
O Rubro-Negro volta a campo no próximo sábado (05) para enfrentar o Botafogo, às 17h, no estádio Nilton Santos, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Liberto do jejum, Vitória faz partida espetacular e derrota Paraná por 4 a 1

Publicado


Soberano, o Vitória goleou o Paraná por 4 a 1 na noite desta terça-feira (1º) no Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR), em jogo válido pela 6ª rodada do returno do Brasileirão da Série B.

Léo Ceará foi o artilheiro da noite com dois gols e alcançou 10 na competição. Vico e Jean (contra) completaram o placar, descontando Vitinho para o clube paranaense.

Foi o primeiro triunfo do Vitória fora de casa na competição. Também o segundo consecutivo e sob o comando do técnico interino, Rodrigo Chagas, do time sub-20.

Com a goleada, o Vitória soma 32 pontos e subiu para a 14ª colocação, estando oito pontos atrás do Juventude (RS), último do G-4.

Foi uma atuação quase perfeita do Rubro-Negro. O time marcou forte, foi preciso na transição e começou a construir a goleada aos 20 minutos de jogo. Lucas Cândido sofreu falta batida com perfeição pelo atacante Vico.

Na volta para o segundo tempo, o Vitória continuou com o domínio das ações, envolveu mais ainda o adversário com um futebol consistente e ampliou o placar.

Léo Ceará marcou o primeiro dele aos 23 minutos. Ele recebeu excelente passe de Matheus Frizzo e foi derrubado na área. O próprio atacante bateu o pênalti com categoria.

No minuto seguinte, Lucas Cândido fez o cruzamento rasteiro e Jean desviou contra o seu próprio gol. Mesmo com 3 a 0, o Vitória continuou atacando, e não se abalou quando Vitinho marcou o gol de honra do Paraná.

Fez foi mais um após uma bela trama que culminou com a assistência de Leocovick e o chute colocado de Léo Ceará no ângulo do goleiro Felipe, aos 46 minutos.

O próximo compromisso do Vitória será contra o Confiança, sexta-feira (4), às 19h15, no Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana