conecte-se conosco


Agro News

NOTA DE PESAR – Aprosoja lamenta morte de associados

Publicado


.

Fortalecimento Institucional

NOTA DE PESAR – Aprosoja lamenta morte de associados

Eram associados da Aprosoja pelos Núcleos de Sinop e Alto Taquari

27/07/2020

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) comunica e lamenta o falecimento do jovem produtor rural Marcos Henrique Primon, 24 anos, e de sua esposa vítimas de acidente automobilístico ocorrido neste fim de semana na BR 163, em Guarantã do Norte.

Marcos Henrique Primon era associado desde 2015, pertencia ao núcleo de Sinop – Município Agregado de Matupá. Foi Delegado Suplente de Matupá na gestão passada. Marcos era filho de produtores rurais pioneiros no município, a senhora Elaine e o senhor Darci Primon.

A entidade também lamenta o falecimento do produtor rural Fabio Mauri Garbugio, 48 anos, no último domingo (26) vítima de Covid 19. Fábio Mauri era prefeito de Alto Taquari (distante 483 km de Cuiabá), associado da Aprosoja desde 2008 e pertencia ao núcleo de Alto Taquari.

Em nota, a Prefeitura lamentou o falecimento e diz que “para a população de Alto Taquari, Fabio Garbugio deixa um legado de lutas pelo município enquanto vereador, vice-prefeito e prefeito. Fabio era um exemplo de gestor, sempre administrando a cidade com zelo pelos recursos públicos e pensando no bem comum de toda a população”.

A diretoria e todos os colaboradores da Aprosoja Mato Grosso se solidarizam com a dor dos familiares, amigos e dos que com eles conviveram nas esferas profissional e pessoal.

 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
publicidade

Agro News

Ação Judicial contra a Aprosoja é extinta

Publicado


.

Fortalecimento Institucional

Ação Judicial contra a Aprosoja é extinta

Proposta pela associada do núcleo de Rondonópolis

14/08/2020

Ação Declaratória de Nulidade Parcial de Assembleia Associativa, proposta contra a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) pela associada do Núcleo de Rondonópolis, Nelli Broch Ravazio, foi extinta, sem julgamento do mérito pelo Juízo da Terceira Vara Cível de Cuiabá.

A associada, por meio da ação, pedia a suspensão da Assembleia Geral Ordinária de prestação de contas realizada no  dia 07 agosto, bem como a anulação da deliberação proferida em Assembleia Geral Extraordinária da Aprosoja, do dia 13 de dezembro de 2018, na qual autorizou a diretoria da Associação, dentre outras medidas: 1) a utilizar todos os meios jurídicos na defesa do direito do produtor de fazer sua própria semente de soja, inclusive podendo propor ação judicial contra a Instrução Normativa do Indea que limitou o plantio da soja em 31 de dezembro; 2) a fazer a defesa jurídica daqueles produtores que forem autuados por plantarem em fevereiro; 3) a buscar as melhores alternativas jurídicas para resolução da calendarização do plantio da soja.

Além de não acolher a tese da associada, a decisão judicial também condenou a mesma ao pagamento de sucumbência em honorários advocatícios.

O Estatuto Social da Aprosoja é claro ao dispor que são deveres dos seus associados obedecer às decisões da Diretoria e da Assembleia Geral, e que estes mesmos associados podem ser passíveis de exclusão do quadro associativo, se contrariarem as decisões proferidas por estes órgãos da Associação.

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Aprosoja apoia Projeto Monitor do Seguro Rural lançado pelo Mapa

Publicado


.

Política Agrícola e Logística

Aprosoja apoia Projeto Monitor do Seguro Rural lançado pelo Mapa

Entidade participará do encontro online no dia 21 de agosto

12/08/2020

Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) é uma das apoiadoras do Projeto Monitor do Seguro Rural lançado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Objetivo da ação é avaliar os produtos e serviços ofertados pelas seguradoras, propor melhorias na ferramenta de mitigação de riscos e disseminar a cultura do seguro rural.

Aprosoja Mato Grosso participará do encontro online no dia 21 de agosto, às 15h (horário de Brasília) e debaterá sobre temas relativos aos seguros para as culturas de soja, milho e milho 2ª safra – Centro-Oeste, Nordeste e Norte. A videoconferência será na plataforma TEAMS e poderá ser acessada pelo computador, tablet ou smartphone.

Conforme o consultor de política agrícola da entidade, Thiago Rocha, a atividade rural é altamente exposta a riscos decorrentes tanto das condições climáticas, quanto das oscilações de preços dos produtos, fatores que podem comprometer substancialmente sua renda e patrimônio. Por isso, a gestão de riscos por parte do produtor representa um “valioso instrumento para a mitigação de perdas, sendo o seguro rural uma importante alternativa para minimizar prejuízos ao recuperar o capital investido na lavoura, contribuindo para a estabilidade da renda e permanência na atividade”, pontuou.

O consultor afirma que o seguro rural tem sido uma das prioridades na política agrícola do governo federal, a exemplo do Plano Agrícola 20/21, em que fora anunciado R$ 1,3 bilhão para subvenção ao prêmio das apólices, o maior montante desde a criação do programa, num aumento de 30% com relação ao plano anterior.

“A tendência é de ampliação do orçamento para os próximos anos, em vista da evolução do mercado de seguro rural no país. Dados recentes do Mapa mostram que a área coberta passou de 4.5 milhões de hectares em 2018 para 6.9 milhões em 2019”, pontuou Rocha.

Produtor rural e vice-presidente da Aprosoja Mato Grosso, Fernando Cadore, afirma que para que o seguro rural atenda os produtores da Região Centro-Oeste é necessário que os seguros sejam personalizados. “Cada região tem suas particularidades e vemos que a maioria das seguradoras estão mitigando os riscos das regiões que tem mais frustração, com as regiões que tem mais estabilidade, mas a equalização dos preços é a mesma”, pontua.

Ainda segundo Cadore, outro fator essencial é que o seguro cubra efetivamente a renda do produtor rural. “O que vemos hoje são seguros que amparam somente as instituições financeiras que alavancaram esses produtores e a renda fica a ver navios. Então os produtores precisam que os seguros cubram os custos e que garanta sua renda numa possível frustração, seja ela climática, por fogo ou outras situações”, asseverou o vice-presidente.

Além de outras entidades representativas dos produtores e cooperativas, estarão presentes as revendas de insumos, companhias seguradoras, empresas resseguradoras, corretores, peritos e instituições financeiras. “Será uma oportunidade de o produtor entender mais sobre os aspectos relativos ao seguro rural, propor alternativas e colaborar com a construção de soluções de acordo com aspectos ligados à região e área a ser segurada”, finalizou Thiago Rocha.

As reuniões acontecem todas as sextas-feiras com as discussões voltadas as mais variadas culturas. Veja cronograma clicando aqui.

 

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Contas de 2019 da Aprosoja são aprovadas sem ressalvas

Publicado


.

Fortalecimento Institucional

Contas de 2019 da Aprosoja são aprovadas sem ressalvas

Cerca de 200 associados participaram da assembleia online

10/08/2020

As contas da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) referentes ao exercício financeiro encerrado em 31/12/2019 foram aprovadas, por maioria de votos, durante Assembleia Geral Ordinária, realizada por videoconferência na última sexta-feira (07.08).

As contas foram validadas com parecer favorável da auditoria independente, e do Conselho Fiscal da Aprosoja, o qual opinou pela aprovação das mesmas, sem ressalvas. Participaram da assembleia online cerca de 200 produtores espalhados pelos 25 núcleos da entidade.

Presidente da Aprosoja, Antonio Galvan, disse que a transparência e o bom uso dos recursos da entidade sempre serão pilares dessa gestão. E explicou que a assembleia ocorreu na modalidade online em respeito ao distanciamento social e às restrições governamentais, devido à pandemia provocada pelo Covid-19.

“Essa assembleia deveria ter acontecido em abril, nós adiamos pela segurança e saúde dos nossos associados e colaboradores. Mas como precisávamos aprovar as contas, presando pela transparência, pela ética e seguindo nosso estatuto, fizemos online, aprovamos os gastos de 2019 e tivemos uma grande participação e aceitação do produtor rural”, pontuou Galvan.

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana